Cena 1: Ordem & Caos

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Ter Maio 19, 2009 3:27 am

03 de Setembro de 2001



Gotham City, 23:45 hs


Os últimos 15 anos dessa cidade foram curiosos, isso faz um homem sem rosto se sentir ainda mais contrariado nessa sociedade alternativa criada pelo medo da figura imponente do morcego. Caminhando próximo a um imenso monumento construído em homenagem ao Batman um homem sem rosto é capaz de se perder sobre seu papel, enquanto tenta lembrar realmente quem ele foi um dia.

Nesse momento a frase inscrita na base da estátua é lida em voz baixa pelo vigilante de capa e chapéu: "Ele vigia a noite."

Para as várias pessoas sem rosto da cidade tudo começou por volta de pouco mais de dois anos com os tremores e o ebóla. Mas para o homem sem rosto que caminha próximo ao centro da cidade que um dia foi a prefeitura e hoje suporta um pequeno grupo de conselheiros, esse lugar foi na verdade destacado dos Estados Unidos aos poucos. Quando as placas se deslocaram o espetáculo todo já tinha sido armado muito antes.

Esse homem sem rosto que se esgueira pelas sombras dessa velha central acredita nisso. Hoje a antiga central de polícia é controlada por um grupo de milícia armada chamada de "os azuis", eles são eleitos pela comunidade e destituidos automaticamente caso comentam qualquer ato diferente do que proporam.

Toda Gotham City tem armas, comida estocada e sobrevive através de uma produção de subsistência. As fabricas e o porto pertencem a todos e tudo isso segue os mandamentos dos azuis, liderados pela antiga Comissária Ellen Yindel que aparentemente foi apoiada para se manter no poder.

Curiosamente ela sempre foi contra a participação de Batman em apoiar a polícia, mas depois de um tempo decidiu apoiar o regime imposto pelo vigilante.

Esse homem sem rosto tem uma pista. O que levaria a jovem Comissária Ellen Yiendel, uma republicana branca e protestante, ficar a favor do Cruzado de Capa?

Essa é a questão que esse homem resolveu responder essa noite.


Nova York 23:47 hs


O escritório dos quase cinquentões "Azul&Dourado" conta com a super brazuca Fogo nessa noite, ela esta fazendo cerão para por em ordem o arquivo de casos de adultério que pegou por aqui. Ela pensa o quanto esses casos são comuns. Ela ouve o telefone tocar.

Ela atende e ouve o riso do outro lado faz sua espinha gelar, na janela dela uma ilustre figura se faz presente. O sujeito joga o celular e quebra o vidro antes de entrar em seguida.




Rastejante:_Oi, gostosona! Quase não te reconheci vestida! Tô com um problema lá na minha querida Gotham. Não sei se você viu na TV alguma coisa falando a respeito... Tô precisando de uma ajuda e to vendo uns orçamentos, o dos Titãs é bem caro, sabe?

Jack Rider é um herói que começou sua carreira nos anos 70, ele aparentemente não envelheceu. Talvez tenha algo haver com sua capacidade regenerativa. Ele tinha um programa de entrevistas, mas ele era muito crítico e incisivo e foi demito.


Santa Fé 22:00


Guy Gardner esta usando do poder amarelo de seu anel para enfrentar mais uma ameaça contra a vida de algumas pessoas em um pequeno incêncio em um sítio arqueológico distante do centro da cidade. Ele cria um extintor de incêndio amarelo e vai apagando as chamas conforme voa por cima dos cientistas.

Desesperada uma bela jovem corre até ele e o abraça saindo do meio da fumaça.

Karla: -Obrigado, Senhor Gardner. O senhor ainda esta com esse anel amarelo, eu o vi na TV...

Gardner:_Não precisa agradecer, o maior herói do mundo esta aqui para isso, gata!

Karla: -Ainda bem, por pouco perdemos tudo. Esse incêndio quase destruiu os dados para encontrarmos o que estavamos procurando.

Gardner:-E o que seria?

Karla:-O túmulo do guerreiro. Um lugar onde foi enterrado um possível alquimista maçon que nas lendas podia mudar seu corpo para armas e outros objetos de guerra.

Gardner:-Que coisa bizarra! Mas acho que é o preço para se tornar um bom guerreiro quando não se tem um anel de energia.

Karla:-Não vai nos ajudar?


Houston 22:00


Sobrevoando a cidade Starman se prepara para encara um terrível meteoro que secretamente os cientistas o avisaram que colidiria com a Terra. Com o objetivo de não alarmar a população, o herói foi avisado secretamente para poder rumar em direção às estrelas sem medo, ele acelera em direção do espaço e nota a aproximação da imensa pedra verde descendo sobre ele.

Ele vai precisar pensar agora o que fazer.


Los Angeles 23:54


O Maioral chegou na cidade, ele tem um encontro com um sujeito que disse que é importante. Ele pousa sua moto sobre um prédio da cidade em um luxuoso prédio local. E seguindo o cheiro de pólvora e charutos ele acaba se deparando com um homem disparando contra alguns alvos em uma sala de tiro com uma pequena metralhadora, ao ver a chegada de Lobo ele para e se dispõe a conversar.



Maxwell Lord:_Então você é o homem de quem Garner me falou. Ele disse que conseguiu seu anel graças a sua ajuda, é verdade?


Dakota 23:57


Virgil Hawkins esta em mais um dia de combate aos criminosos criados pelos experimentos inescrupulosos da corporação Alba. Bem, ele acha que é isso que esta enfrentando.

Ter se formado como sociologo e ser ainda mais importante no centro comunitário Freeman não reduziu sua jornada de trabalho como herói, nem dividir seu espaço com os Titãs em parte de seu trabalho.

Cada vez mais ele tenta recrutar os meta-humanos transformados pelo "acidente" de 93, ele se lembra da falta de condições e de trabalho que essa mesma empresa tem gerado na cidade. Dificuldades não faltam, mas ele não acredita que o melhor meio possa ser o que esses criminosos estão utilizando. Ele nocalteia a gangue que cerca o jovem que chama a si mesmo de guerreiro que montar armas de seu corpo quando nota a aproximação de duas figuras noturnas adultas que já são conhecidas no combate ao crime.


Meia-noite (Tim Drake)



Robin (Stephanie Brow)

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2535
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Ter Maio 19, 2009 6:42 am



A heroína Fogo nesta noite debruçava-se sobre uma infinidade de papéis, enquanto sistematicamente tentava colocar os arquivos em ordem com a ajuda do computador. A brasileira pensava consigo mesma, irritada, que quando dissera "ajudar", obviamente não se referia a esse tipo de trabalho. Ela se vestia de uma maneira talvez informal demais para um trabalho no escritório, ela inclusive calçava chinelos. Mas não havia ninguém ali além dela, e isso sinceramente não era algo que a preocupava.

Quando a heroína pensou em deixar o resto do trabalho para o dia seguinte, e sair dali imediatamente para comer alguma coisa - pra dizer a verdade a maior parte dos pensamentos de Bia já desviara-se da palavra adultério para o termo "Burguer King" - o telefone tocou. Ao atender, algo naquela gargalhada lhe soou extremamente familiar e irritante, logo após o susto do primeiro momento.

Quando um celular atravessou a janela, aí sim Fogo gritou, e alguns papéis que estavam em suas mãos voaram pro chão do escritório. Internamente agradeceu por hoje em dia ter um controle muito melhor sobre suas reações - antigamente o susto faria o escritório inteiro virar um monte de cinzas em poucos segundos - e olhou enquanto soltava um suspiro de reprovação para o colorido herói conhecido como "Rastejante", notadamente conhecido também por sua insanidade. Viu o estrago na janela, e deu uma rápida olhada pra ver o quanto aquele barulho havia chamado a atenção dos vizinhos. Por sorte, Nova York é uma cidade na qual as pessoas não costumam ficar em suas casas à noite.

Foi andando calmamente enquanto ele falava, nem pareceu ficar irritada com o "quase não te reconheci vestida", talvez porque não era a primeira vez que ouvia isso de alguém.

_Não podia ter simplesmente tocado a campainha? Eu teria atendido. - resmungou ao chegar perto de sua mesa, anotou num bloco de papel timbrado que ficava ali com uma caneta ao lado - não um papel timbrado do escritório, mas um antigo, contendo impresso o velho símbolo da LJI, afinal eles podiam ter envelhecido, mas ainda tinham senso de humor. - "contatar vidraceiro pela manhã".

Então Beatriz sentou-se na cadeira. Alguns papéis ainda estavam no chão, mas ela pareceu não se importar. Cruzou as pernas e apoiou o queixo em uma das mãos, enquanto parecia considerar o que o o repórter - ou seria ex-repórter? - Jack Rider havia dito.

_Gotham, huh? Bem, talvez eu tenha ouvido algo. Conte-me mais detalhes e eu verei o que posso fazer...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Ter Maio 19, 2009 8:37 am

O ex-Lanterna Verde mantinha o punho bem fechado, e do anel deixava emanar uma energia brilhante e incisiva. Com seu fulgor dourado iluminando tanto a cena quanto a bela cientista que corria aos seus braços, o velho Gardner simplesmente não tirava o sorriso grande da cara. -Claro que eu ainda tô com ele! É a melhor coisa que me aconteceu desde sempre! -O veterano em seguida dá um beijo molhado no artefato, levitando para fora dos escombros do lugar, e levando consigo a mulher, obviamente.

Ao ser questionado sobre a ajuda para encontrar o tal alquimista, Gardner prontamente respondeu, enquanto deixava a cientista segura na rua em frente a construção. -Gostosa, por ti eu acharia até pêlo em ovo. - O velho Gardner não havia mudado muito. Apesar de ter envelhecido e se tornado mais turrão, ainda era mulherengo e, bem, idiota. Segurou delicadamente o queixo da cientista, puxando-a lentamente em sua direção. -CLARO, isso depende também dos tipos de bonificações envolvidas no negócio...heh. Que tal um filminho no meu apê depois que eu achar a tua múmia, docinho?

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Phelipe Peregrino em Ter Maio 19, 2009 11:17 am

Lobo se dirigiu até o local do encontro... Sabe-se lá como um figurão da Terra conseguiu entrar em contato com ele... Na hora ele pensou em mandar um “Pro inferno! Estou de férias!”. Mas, sei lá, se o cara conseguiu entrar em contato dessa forma, então deve valer a pena.
Pousou na cobertura. O prédio era luxuoso, o que o fez pensar que aquilo poderia ser interessante.
Em quanto estacionava sua moto ele sentiu o cheiro de pólvora e charutos e não pode deixar de pensar “ahhh... Cheirinho de casa...”
Lobo acendeu um de seus charutos “confiscados” durante uma de suas... “voltinhas” pelo sistema vega e foi seguindo pelo corredor.
Quando se deparou com um homem disparando contra uns alvos que o indagou:

Então você é o homem de quem Garner me falou. Ele disse que conseguiu seu anel graças a sua ajuda, é verdade?

- Pois é! Então, quer dizer que foi assim que você teve noticias sobre mim? Aquele borra-botas do Garner não conseguiu ficar de bico calado?

Fez uma breve pausa para tragar o charuto...

- Pois bem, me chame de Lobo... O Maioral, mestre na arte da fodelancia! O que você quer?

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1381
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Ter Maio 19, 2009 8:00 pm

Silenciosamente, o misterioso homem abre uma das janelas do local.Sua destreza é assustadora, como se ele apenas houvesse feito arrombamentos e invasões toda a sua vida.O que não deixava de ser parcialmente verdadeiro, é claro.As sombras eram a melhor amiga de todo vigillante fora-da-lei, e isso elese lembrava.E isso tud se soma a falta de rastros de Questão.Esse, oviamente, não era um titulo dado por ele, mas sim um nome dado por que o perseguia.

Seus olhos estão mais habituados ao escuro do que a luz, e ele se sente como que em casa.Após analisar a segurança do local, ele segue silenciosamente entre os corredores, buscando a sala da Comissária.Sua paranóia é tanta que ele nem ao mens se levanta.Segue agachado por todo o caminho, não retirando os olhos de possíveis contratempos.Assim que chega à sala, ele usa da mesma perícia para abrí-la, e trancá-la em seguida.Caso alguém tentasse algo contra ele, o golpe seria diretamente letal e certeiro, para não ocupar tempo.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Administrador em Qui Maio 21, 2009 1:57 am

Diante da possibilidade de colisão do imenso meteoro verde com a Terra, Starman optou por concentrar uma grande quantidade de energia de fusão em seu corpo para criar uma força oposta. Starman iria usar esta energia para impulsionar um potente golpe, capaz de mudar a trajetória do meteoro. Starman também considerou a direção para qual o meteoro rumaria e cuidou para que a Terra não mais estivesse na rota de colisão do meteoro verde. Caso esta estratégia não fosse eficiente, Starman iria tentar desintegrar o meteoro com rajadas de fusão.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3981
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Sex Maio 22, 2009 12:53 am

Ajeitando-se sobre o disco voador ganho de Gear, Super Choque abaixa-se próximo do solo e com as mãos, ergue de leve o sobretudo para virar-se aos visitantes.

-Caramba, esse aqui era estranho! E ae, Meia-Noite, Robin, tudo beleza?
Virgil cumprimenta Meia-Noite estendendo a mão para um toque "de mano". Suponho que sejam conhecidos e Timothy corresponda. Caso não o faça, Choque varia sua expressão facial de feliz e cordial para sério e imbecil.
Indiferente das opções, Virgil continua o assunto, seja junto deles ou um pouco mais distante.

-A que devo a visita, rolo dos Titãs ou é zica com o Batman?

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sab Maio 23, 2009 1:45 pm

Starman canaliza suas forças para o meteoro em avanço constante, a rajada atinge com força e ele percebe a estranha radiação esverdeada que emana do seu interior. Conforme ele circunda com seu poder o meteoro para o repelir ele sente uma resistência vinda de dentro da rocha, algo que parece agir com certa inteligência e aparentemente supera suas forças de atuação. É nessa hora que surge flutuando pelo ar portando uma jovem garota loira, levando um cajado envolto em energias estrelares que fazem com que o herói se sinta até próximo por alguma razão.




Stargirl:_Calma, Starman! Eu vim ajudar!

Do bastão da menina emanam energias que fazem a rocha se despedaçar e abrir, revelando em seu interior uma misteriosa esfera de energia verde que em poucos instantes depois se desfaz e dá para eles a visão de uma conhecida figura.



Distante dali o portador do anel amarelo sente mais do que seus hormônios se animarem conforme ele tenta passar uma de suas cantadas baratas, é como se uma misteriosa energia se formando a distância o chamasse, energia essa que parece fortalecer ainda mais o artefato que ele possue nas mãos.

Ele rapidamente faz um esforço para que essas energias não o consumam, mas sem que ele consiga notar como e quando ele rapidamente desaparece em pleno ar e reaparece diante de um dos homens que ele mais odeia na vida.

Gardner esta diante de Hall Jordan, que parece bastante desorientado enquanto é encarado por dois heróis de nome Star.

Will Payton aliás nem sabe que a garota ostenta o nome de Stargirl, mas sente como se a energia no bastão dela lhe fosse bastante amistosa.

------------------------------------------------------------------------------------------

Rastejante:_Bom, Bia... O caso é complicado. Gotham estava com problemas desde que aqueles divertidos ricaços ex-comunistas da máfia russa se instalaram na cidade por volta de 89 logo depois que o Batman salvou a vida de Ronald Reagan em rede nacional, lembra? Pois é, foi no mesmo ano que ele brigou com o Superman a mando do Reagan. E foi nessa época que deu toda a confusão na cidade, acho que você lembra que depois dos boatos da morte do morcegão e que um ano depois ele voltou tão cheio de tecnologia que parecia um segurança da Lexcorp!

Foi logo em seguida que rolou com o finzinho da Guerra Fria, logo depois o Morcegão surtou! Acho que cê não vai lembrar bem porque teu lance era só malhar na época e respeitar as leis brasileiras de ter a mais bela bunda dentre as adolescentes... Sei lá, quantos anos você tinha quando entrou pra liga mesmo?

Bom, enfim... Pelo que eu ouvi falar os federais tão ainda querendo pegar o líder de Gotham, eles tem um plano para quebrar com a megalópole que consegue sobreviver sem precisar comercializar diretamente com os Estados Unidos... E eu preciso da sua ajuda para descobrir o que realmente o Batman quer... Você era amiga dele, né?


----------------------------------------------------------------------------------------------
Static flutua observando o casal dinâmico, eles se mantém nas sombras o tempo todo enquanto seu aliado elétrico se aproxima. Tim não responde a principio a saudação dele, mas se sente tão constrangido quanto o seu amigo e acaba por comprimenta-lo.

Meia-Noite:_Nosso problema na verdade é mais grave que isso, Virgil. Sabe que faz quase dez anos que não falo com o Batman e acho que ele esta passando dos limites. Acreditamos que ele se aliou com terroristas e pretende outras cidades do controle dos Estados Unidos.

Robin:_Possivelmente ele pense em agir inicialmente em...

Eles se entreolham, Stephanie parece estar esperando uma aprovação de Tim para responder.

Robin:_Dakota. Por isso viemos até você para ver o que podemos fazer para impedir.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Caminhando pelos corredores dos azuis, a milicia federativa eleita de Gotham City, Questão procura pela sala da jovem conhecida pelo nome de Ellen Yindel. Quando ele esta destrancando a porta sente o frio metal em sua nuca de uma arma ultratecnológica parecida com as que os robôs do Batman usam nas ruas.

Ele se vira para se deparar com a policial de quem procurava pistas...



Questão se vira rapidamente e a desarma enquanto a outra mão voa no pescoço dela, para a arrastar até a parede e a segurar olhando-a nos olhos.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Maxwell Lord:_O que eu quero, Sr. Lobo é poder refazer a Liga da Justiça Internacional e para isso eu preciso da sua ajuda. Eu preciso que o senhor sequestre um alvo...

O Maioral acente um charuto.

Lobo:_E quem seria?

Maxwell Lord:_O presidente dos Estados Unidos: Lex Luthor II.

--------------------------------


Nota Narrativa: A policial Yin da série animada "The Batman" é inspirada na Comissária de Polícia do Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, tem até o mesmo nome. O uso da imagem não foi apenas uma homenagem, como também foi para mostrar a referência.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2535
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Sab Maio 23, 2009 2:48 pm

-Como é que é, boneca, tu não vai respond... -A trova de Gardner é interrompida no instante que seu anel o faz desaparecer do lado da garota, reaparecendo nos limites do céu onde o ar ainda é respirável.

O ex-Lanterna Verde olha para os lados sem entender o que aconteceu. O anel do Sinestro só falava em Korugariano, língua que Gardner nem de longe dominava, e as vezes coisas loucas aconteciam com aquele aparelho, mesmo após anos de uso. Porém, ao se ver diante de Hal Jordan, quaisquer dúvidas que passavam pela cabeça de Gardner desapareceram. Tudo o que ele tinha era punhos fechados e sangue nos olhos.

Antes que Hal, Starman ou Stargirl pudessem falar qualquer coisa, um enorme par de punhos amarelos surgiram diante de Guy Gardner, unidos em um poderoso murro que vinha de cima para baixo, atingindo Hal Jordan com fúria e mandando-o em direção do solo.

-Seu puto! Tem que ter muito bago ou muita burrice pra aparecer por aqui de novo!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Sab Maio 23, 2009 5:08 pm

Fogo não responde as perguntas ou provocações do Rastejante. Seu olhar parece longe...

Spoiler:

_Hã.. sim, nós éramos amigos. - quando se deu conta que havia ficado parada olhando pro nada por alguns instantes, Bia respondeu, levantando-se antes de continuar falar. - Em primeiro lugar, você poderia fazer as contas, então só contaria minha idade pra você sob tortura. Em segundo, pra quem até pouco tempo atrás era colega de profissão da Oprah, não acho válidas suas piadinhas sobre o que eu fazia na época do final da Guerra Fria.

Beatriz considerou o que tinha ouvido por alguns instantes, enquanto já guardava as coisas pra fechar o escritório, se questionava dos motivos de Rider para fazer isso. Ele realmente queria se aliar com o Morcego pra salvar Gotham ou tinha algum outro interesse por trás disso. Por fim, após um breve tempo que se passou, ela voltou-se de novo para o ex-apresentador.

_Bem.. E o que pretende fazer para descobrir o que ele quer? Faz muito tempo que eu não falo com o Batman. E existe algum motivo pra você ter me procurado além de achar que meu preço seria mais em conta do que o dos Titãs?

Fogo olhou novamente para Jack Rider com um sorriso irônico.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Sab Maio 23, 2009 6:48 pm

Caramba! Isso era um problema... as lembranças de Virgil o levavam até o vigilante heróico que conheceu, o Batman.
-Caramba, Meia-Noite! Ok, o morcego estava violento, mas depois do inferno que Gotham... ah, perdão... saco, sempre esqueço o quanto perderam e como devem saber que aquela cidade merecia continuar sendo o paraíso que um dia foi... mas imaginar o Batman atacando Dakota?

Enquanto conversam, Virgil ergue estaticamente o vilão Guerreiro e o suspende, mantendo-o preso junto a uma parede, de cabeça para baixo, muito acima do chão.
-Batman salvou Dakota comigo anos atrás. Não consigo imaginar ele como um dos caras maus... muito menos aliado com terroristas... ele liderou o Esquadrão Morcego por muito tempo. Vocês eram do Esquadrão, não eram?

As lembranças de Virgil retornam à sua mãe e ao fato de saber que Batman reconhecia a dor da perda de entes queridos, além de compartilhar da aversão por armas e por gangues. Em sua mente, a imagem de Batman liderando gangues de terroristas mutantes ou criminosos armados era inconcebível.

-Aí, mas mesmo assim, Dakota já sofre demais desde que o Alba liberou aquele gás, há oito anos. Sou todo ouvidos, tem minha confiança pelos anos nos Titãs juntos, Meia-Noite. Contem-me o que o morcego pretende e como podemos fazer algo, pois se o morcego realmente for ameaça, ele e toda a tecnologia que usa vão descobrir que sou estático demais praquela parafernália toda!

E, num movimento simples, a energia estática do ambiente parecia concentrar-se toda nas mãos de Static.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Phelipe Peregrino em Dom Maio 24, 2009 12:34 am

Maxwell Lord: – O que eu quero, Sr. Lobo é poder refazer a Liga da Justiça Internacional e para isso eu preciso da sua ajuda. Eu preciso que o senhor sequestre um alvo...

<Lá vem merda!>
Lobo pensou em uma das milhares de línguas das quais é fluente...
É claro que ele sabia do que se tratava a Liga da Justiça... Como não poderia?
Tragou o charuto imaginando o que viria a seguir:
Ele iria sequestrar alguém – provavelmente um heroizinho de quinta categoria ou um figurão importante – e essa galera iria se reunir pra salvar o tal sequestrado...

– E quem seria?

Maxwell Lord: – O presidente dos Estados Unidos: Lex Luthor II.

Ele, então, esboçou um sorriso...

<Ahhh! Isso vai ser maravilhoso!>
Lobo pensou novamente! Ele sabia a influencia que o presidente dos Estados Unidos tinha... Isso seria... FODA! Digno de seus talentos!

– Qual é o lance? Só chegar colocar o cara na moto e sair? Ou você quer algo mais... Discreto? – Lobo cutucou o chapeu – Mas vou adiantando... Esse papo de “discreto” não é meu forte...

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1381
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Administrador em Seg Maio 25, 2009 8:37 pm

Starman ficou literalmente embaraçado com os rumos dos acontecimentos. Ele não esperava pela intervenção daquela garota e nem mesmo da aparição de Parallax.
Já era constrangedor que uma garota conseguisse realizar aquilo que ele não foi capaz. A menina lidou com o meteoro com relativa facilidade com seu raio de tração. Claro, se ele tivesse um raio de tração seria muito mais fácil lidar com corpos celestes em rota de colisão com a Terra. Era um verdadeiro vexame que um herói importante como ele tivesse que depender de uma adolescente. Pra piorar, a dupla de heróis estelares estava diante de um ser de poder imensurável. Parallax antes foi Hal Jordan, um dos mais ilustres heróis de todos os tempos, o maior dos Lanternas Verdes. Mas já passou muito tempo desde a última vez que alguém ouviu falar nele. Como Jordan conseguiu esta longevidade? Outra pergunta. Por que Starman sentiu uma energia familiar vinda do cajado da garota? Será que os dois tinham algo em comum? Starman só sabia que a garota não tinha chance contra alguém tão ameaçador quanto Parallax.

- Garota, eu aprecio seu entusiasmo e suas boas intenções, mas agora isto se tornou muito perigoso. Este cara é muito poderoso. Sem mencionar que não estou em busca de um sidekick.

Assim que Starman terminou de falar, Guy Gardner surgiu diante deles. Starman sabia do histórico de Gardner. Ele foi expulso da Tropa dos Lanternas Verdes. Isto significava que ele não era um herói disciplinado. Starman se recordava também de ter dado uma surra em Gardner, quando este cogitou sua entrada para a Liga da Justiça Internacional. Quais foram mesmo as palavras de Gardner naquela data?

"Tu vem comigo agora, moleque!"

A resposta de Payton foi um poderoso golpe que cravou Gardner dentro de uma parede. Isto lembrou Payton de sua fase como herói novato e impetuoso. Muito diferente da voluntariosa e sabichona garota ao seu lado. Payton foi um herói relutante, mas se ele já passou por aquilo, como poderia dizer pra garota desistir? Talvez ela precisasse mesmo de orientação. Payton só não sabia se seria um bom mentor.

Questões que poderiam ficar para depois, pois Gardner e Jordan tinham um histórico de desavenças e Payton sabia que ele resultaria num confronto de proporções inimagináveis. Então tratou de avisar a garota.

- Prepare-se, garota! Não sabemos quais são as intenções destes dois, mas pode ter certeza de que eles vão lutar um contra o outro. Só precisamos saber quem apoiar, pois não nenhum deles é confiável.

Então Starman rumou na direção do confronto, com a intenção de se colocar entre os dois combatentes. Ele tomou esta decisão ao notar a confusão de Hal Jordan. Ele não permitiria que um homem tão confuso fosse atacado daquela maneira por Gardner. Ainda não estava certo se Jordan era mesmo uma ameaça. Starman iria dar a ele o benefício da dúvida. Algo que não teria feito quando começou como herói.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3981
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Qui Maio 28, 2009 9:31 pm

Questão segura o pescoço o pescoço da comissária com firmeza.Sua luva roça de forma agoniante por sua delicada pele, como um psicopata pronto para executar sua vítima.Seu olhos não são visíveis, mas as manchas de sua máscara se movimentam, mudando de posição.As sombras encobrem aquela cena, tornando tudo extremamente assutador.

Com uma voz grave, poucas vezes ouvida, o detetive começa a falar:

-Desculpe-me a falta de modos, mas a senhorita deve-me muitas explicações a mim.Entre na sala.*ele arremessa a moça para dentro, mas sem fazer a mesma cair.Mirando a arma nela, ele entra e tranca a porta, sem mesmo olhar para ela.*Sabe qual é o seu erro?Você é muito precipitada, jovem.Mas vamos...me explique a situação de Batman.Me fale tudo que sabe.Ah...e eu vou saber se você mentir.Eu sei boa parte das informações, e saberei quando estiver tentando me enganar.E acredite...você não vai querer conhecer meus outros metodos de descobrir a verdade.


Apesar de não costumar poupar seus interrogados, ele costumava abrir uma exceção às mulheres.Afinal, ela poderiam desmaiar com seu métodos...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sex Maio 29, 2009 9:33 am

Com uma agressividade desmedida, Guy Gardner esmaga Hall Jordan com um construto amarelado saido do seu anel. Ele em seguida sente como se parte da energia esverdeada do corpo do chamado Parallax fluísse para sua mão...

O que ocorre depois é surpreendente, o portador do anel de Sinestro sente como se sua arma estivesse se alimentando da energia vital do oponente e se sente fisicamente revigorado com isso.

Jordan dá um grito de agonia enquanto sente dores imensas, a resposta é uma gigantesca garra esverdeada que ataca rasgando parte do campo de força fazendo-o voar pelo céu cerca de uns dez metros e essa projeção é evitada de aumentar enquanto o próprio Gardner se sustenta no ar evitando de ser jogado para longe.

Stargirl¹ se aproxima flutuando, mas é impedida de prosseguir pelo próprio Starman que pretende muito mais fazer com que essa luta não gere vítimas inocentes do que simplesmente derrotar os dois. Payton tenta dialogar para que ambos parem e Jordan parece se voltar para o herói em seguida, enquanto as garras seguram firmente Guy e esse tenta expandir seu campo de força para se soltar.

Parallax: -Onde estou? Essa é Coast City?

-----------------------------------------------------------------------------------------------

_Sr. Lobo! Se eu quisesse sutileza teria contratado o Meia-Noite ou o Questão. Sua presença aqui é justamente com o objetivo de gerar o maior caos possível, mas assim como ocorreu com a Máxima eu espero que o senhor "se arrependa" do seu ataque e algum tempo depois se torne parte da nova Liga da Justiça. Que você acha de se tornar o mais novo herói da Terra? Eu prometo que irá receber apoio para proteger todos golfinhos do Universo e dos noss os outros heróis para isso.
----------------------------------------------------------------------------------------------

Meia-Noite e Robin se aproximam de Virgil.

-Eu estou com Night-nave aqui. Poderemos chegar nos limites de Gotham pela manhã. Vamos estudar melhor a estratégia com os outros Titãs.

Os três vigilantes se afastam e deixam para a polícia o Guerreiro e seus capangas como um presente para polícia.

--------------------------------------------------------------------------------------------

_Existe o fato de você conhecer o Batman e... Que você é latina... Sabe, latinos sempre entendem a questão dos problemas raciais por aqui nos Estados Unidos porque são desrespeitados e toda aquela questão cultural, saca? Preciso dos desajustados e desamparados para salvar Gotham, porque ela é uma cidade de desamparados só que é uma cidade com desamparados que se apegaram à imagem do Morcego. Ele é por si só um sinal de medo na alma daquele povo e eles se apegaram à esse medo com um amor e reverência. É como se o cara fosse algum tipo de santo protetor, saca?

-Eu não jogo volêi pra sacar...

-Certo, vai zuando! Mas o que eu quero dizer é que você é da nova linha, gata! O Batman anda aterrorizando Gotham desde a Segunda Guerra. Eu acho que essa história foi criada muito tempo antes de nós...

-Como assim?

-Batman é uma cria do governo. Mas eu preciso de provas...

-Cara, que paranóia a sua!
-Eu não disse que tenho provas, mas posso levar você para minha fonte. E então, vai aceitar o caso?
-----------------------------------------------------------------------------------------
Yindell sente a força do ataque de seu oponente e pensa quem ele poderia ser, ferida duramente pelo adversário ela sente um pavor tremendo percorrer sua espinha ao notar a imagem que se forma.

-Eu não sei nada... Ele só me contata... Eu não vou deixar um vigilante dizer como a polícia deve agir.

-Ora, mas era isso que você dizia, Comissária.

-Eu só tento fazer meu trabalho... Ele só me chama... Mas é só...

-Sou paciente... Posso esperar, mas talvez a senhorita tenha algo mais a oferecer.

-Não...calma...O que quer...

-Batman, o agente de todo esse caos.

-Caos? Mas...Ele salvou a cidade...Reestruturou a política, fez com que todos pudessem trabalhar em empresas da nova república. Todos são agora parte do governo e participam...

-Ele é um ditador, senhorita Yindell. Não aprendeu nada enquanto era cidadã americana?

-O que você quer com o Batman?

Ela paralizada e quase sem ar de medo pergunta enquanto sombras se desenham e se mudam na face do Questão.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2535
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Phelipe Peregrino em Sex Maio 29, 2009 1:49 pm

Maxwell Lord: – Sr. Lobo! Se eu quisesse sutileza teria contratado o Meia-Noite ou o Questão. Sua presença aqui é justamente com o objetivo de gerar o maior caos possível...

<Que bom! Heh>

Maxwell Lord: – Mas assim como ocorreu com a Máxima eu espero que o senhor "se arrependa" do seu ataque e algum tempo depois se torne parte da nova Liga da Justiça. Que você acha de se tornar o mais novo herói da Terra? Eu prometo que irá receber apoio para proteger todos golfinhos do Universo e dos noss os outros heróis para isso.

Lobo fez aquela cara de “bunda”...

Trabalhar com um grupo de “pela sacos” pra ajudar a defender esse planeta, é? Não era o que ele havia planejado para suas férias... Mas... As vantagens eram extremamente sedutoras...

<Pobres golfinhos!> Pensou Lobo!

Era visível a cara de indecisão do Maioral e Maxwell Lord notava com facilidade...

<Pro inferno! Os golfinhos merecem uns sacrifícios de vez em quando... Alem do mais, se os caras começarem a me encher o saco eu mostro pra eles o por que me chamam de Maiora!>

- Beleza, eu topo!

Tragou o charuto.

- Vou chegar metendo o pé! – Lobo, então, fechou a cara e falou de forma bem severa – Mas, se você SONHAR em me sacanear, você vai aprender como se pede “arrego” em 17 mil línguas!

Abriu o sorriso e arrumou o chapelão de cowboy e, depois, assobiou alto, chamando sua “Maquina”!

- Algum recado para a vítima?

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1381
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Dom Maio 31, 2009 11:10 am

Fogo olhou pro Rastejante com um olhar de reprovação.

_Me chamou de desajustada e desamparada, e ainda quer que eu ajude? Sabe, vocês daqui ainda tem uma visão estereotipada do lugar de onde eu venho. As coisas estão mudando, o país está até querendo um lugar no Conselho de Segurança da ONU e... Tá, quem eu estou querendo enganar?

Bia permanecia em pé, apoiada na mesa com os braços cruzados.

_Mas é que você falando assim, eu fico até com a impressão que pensa que no lugar de onde eu venho as pessoas veneram coisas que caem do céu¹ ou até mesmo a polícia. E não é bem assim... Bem, você quer uma resposta, não?


A mulher pensou por alguns instantes. Apesar de achar uma completa maluquice essa história de cria do governo e tais teorias conspiratórias, a idéia de poder reencontrar com o Batman e descobrir como ele estava parecia muito interessante. Não só pelos motivos óbvios, mas porque talvez ele pudesse ajudar com a idéia de reunir-se novamente em um grupo de super-heróis que ela confabulava a algum tempo.

_Tá... eu vou te ajudar. Mas se tu disser que a capital do Brasil é Buenos Aires, eu juro que te quebro a cara.


¹ Referência à clássica cena do filme "Os Deuses devem estar loucos".

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Dom Maio 31, 2009 3:59 pm

Questão se afasta dela. Seus passos soam barulhentos, devido ao terror da situação. Ele nem mesmo aponta a arma na garota. Sua audição e o terror imprimido fariam qualquer tentativa de ataque ser facilmente interrompida. Andando lentamente em direção da mesa, ele se senta, enquanto abre as gavetas. Ele procura tanto docuentos como itens pessoais(fotos, cartas...), para caso a moça não queira falar. Ainda olhando para baixo, ele começa:

-Você sabe o quão grande é a pressão sobre a população. Não tente me enganar, ele conseguiu o seu preço. Eu quero saber qual foi. Acredite, o que posso fazer a você certamente não será pago por dinheiro algum nesse mundo. Ou quem sabe então a alguém que você goste muito. Se eu quiser, podemos ir a um local mais seguro, onde ninguém nos achará...

Seu tom de voz é tranquila, como a de algém que acredita plenamente que o que faz é correto.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Sab Jun 06, 2009 3:50 pm

Os Titãs.
Desde que o pai e a irmã de Virgil conheceram sua identidade secreta e se afastaram por motivos distintos, fosse o casamento de Sharon ou a proteção a seu pai no Centro Comunitário, os Titãs são o que Virgil tem de mais próximo de sua família, assim como muitos de seus aliados em Dakota. Virgil foi talvez um dos titãs mais jovens a ser aceito entre o grupo, quando este substituiu o papel da Liga da Justiça, diferente de Meia-Noite e Robin, amigos da Justiça Jovem em fase de integração com os titânicos na nova Torre Titã.
Super-choque alegrava-se com a idéia de rever amigos como Grant Emerson e Kyle Rayner, além de finalmente ver os projetos de Gear junto ao super-grupo, convite que Virgil tem negado e evitado há quase dois meses, enquanto se afunda em responsabilidades junto a Dakota, seja com ações sociais, críticas sócio-políticas, educação e seu serviço como vigilante.
Uma vez acomodados dentro da Night-nave de Timothy Drake, a curiosidade falava mais alto, mesclada à ansiedade de rever os amigos e a responsabilidade para com Dakota e o mundo.
-Então, Mid, diz aí, quando vamos falar com os outros? Vocês tem um daqueles telões conectados com a Torre enquanto viajamos? Passa The WB nele também?
Sem jeito, Virgil coça a nuca e prossegue:
-E... hã... será que posso ligar pro pessoal do Centro Comunitário Freeman pra avisar que o Virgil vai se atrasar novamente, Tim?

O clima era amigável, mas nada afastaria dos três a sensação estranha de que, em breve, poderão vir a enfrentar o maior herói de Gotham City...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Administrador em Sab Jun 13, 2009 8:10 pm

Starman testemunhou o conflito entre Guy Gardner e Parallax. A batalha trouxe mais dúvidas do que certeza. Guy Gardner pareceu abastecer seu anel amarelo com a energia de Parallax, mas como Jordan já não mais usava um anel e estava vinculado ao poder da extinta bateria de Oa, parte da energia vital de Jordan foi retirada dele. Starman não gostou disto. Gardner estava indo longe demais. Até aquele momento, Jordan mais parecia um homem confuso do que uma ameaça real. Claro, tudo dependeria do quanto sua sanidade foi prejudicada ou não. Mas Starman optou por conversar primeiro, antes de travar combate.

- Calma! Você não está em Coast City. Na verdade, a cidade não existe mais. Ela foi destruída anos atrás. Agora vamos cessar estas hostilidades. Podemos resolver isto de outra maneira. Você já foi um herói. É um bom momento para voltar a agir como tal. Eu posso te ajudar, se você permitir. Você passou muitos anos afastado. Deve estar confuso e vai precisar de auxílio pra se adaptar.

Então Starman aguardou pela reação de Parallax. A situação era preocupante, pois Jordan nem mesmo se lembrava da destruição de Coast City. A mente dele estava mais confusa do que nunca, mas quando se tratava de alguém com tanto poder e nenhum controle, toda cautela era necessária. Por isto Starman conversou de maneira ponderada, embora soubesse que Jordan provavelmente iria se irritar ao se recordar de que Coast City estava destruída. No entanto, ele saberia disto cedo ou tarde, então quanto mais cedo lidar com isto, melhor. Starman ficou atento para a jovem heroína ao seu lado. Ele se preocupava com o bem estar dela. Principalmente porque estavam diante de seres tão poderosos e insensatos quanto Guy Gardner e Hal Jordan. Starman temia que a menina pudesse se machucar seriamente.


Off Mode: Desculpem a demora pra postar, mas é que eu não notei que o narrador já tinha atualizado minha cena. Só agora é que reparei na atualização. Sinto muito. Não vai se repetir.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3981
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Dom Jun 14, 2009 11:52 pm

Gardner sentiu o poder do Parallax percorrer seu corpo como uma espécie de eletricidade quente e reconfortante. Seu corpo se contraiu e suas veias saltaram do pescoço enquanto se concentrava para incrementar cada vez mais o brilho de seu campo de força enquanto Hal Jordan investisse contra ele. Quando conseguisse por um instante vencer a força dos construtos do adversário, Guy deslizaria para fora de sua própria bolha de energia, esquivando-se da prisão.

-Como é que é? -Gardner agora era um herói veterano. Alguns fios grisalhos apareciam nos cabelos que já estavam ralos, e por isso ele mantinha sua cabeça constantemente raspada. Rugas se alinhavam nos cantos de seus olhos enquanto ele aproximava-se de Starman com uma expressão de indignação no rosto e um dedo acusador apontado para Hal Jordan. -Que bosta é essa que tu tá falando, Star-Banana? Tu esqueceu o que esse panaca fez? Quantas pessoas morreram por causa nele? Acho que tu não tava presente quando esse cara resolveu brincar de bomba atômica com a própria cidade.

O ex-Lanterna Verde tinha o punho faíscando com um brilho dourado, e todo seu corpo era rodeado por uma aura de mesma coloração. Seus olhos tinham um estranho brilho amarelado, como duas pequenas estrelas, estranhamente maldosos. -Eu não podia fazer nada na época, mas estes são tempos diferentes. Esse planeta está sobre MINHA proteção. Me dê um único motivo para que eu não exploda a cabeça desse desgraçado de uma vez por todas. -Gardner falava com mais do que rancor, falava com um tom assombroso. O anel em seu dedo havia mudado muitas coisas em seu coração. Havia se tornado, acima de tudo, um homem com coração praticamente incapaz de perdoar. Seu punho com energia amarela era um sol que muitos deviam temer.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sex Jun 19, 2009 1:54 pm

Starman tenta apaziguar os animos de Guy Gardner e Hall Jordan, o poder dos dois era imenso e deixa-los irritados poderia ser perigoso para pessoas inocentes em quilômetros.

Enquanto o portador do anel amarelo retruca com o Starman, a jovem Stargirl se aproxima com seu cajado.

-Escute Starman, Sr. Gardner. Ele é o maior herói do mundo!

Hall Jordan tenta se recompor e responde aos comentários de Guy com raiva.

-Minha cidade! Coast City foi atacada por Mongul e o seu Superman! Porque ninguém acredita em mim eu tive de buscar o poder para reconstrui-la! Porque vocês apoiaram aquele assassino cibernético! Eu voltei para dete-lo antes que ele controle todo o planeta exatamente como esta pretendendo.

---------------------------------------------------------------------------------------

Pegando o jato de Meia-Noite o maior herói de Dakota segue para se encontrar com velhos amigos da organização conhecida como Titãs.

Se aproximando da reunião, o líder Asa Noturna e sua parceira Pássaro Flamejante avançam até o jato para poderem conversar. Eles veêm acompanhados do grupo da Legião dos guerreiros kandorianos.



Asa noturna:-Desculpe que Estrelar não possa estar conosco.

Pássaro Flamejante:-E Impulso esta com ela...

Asa Noturna:-Mas creio que podemos juntos chegar à uma solução para como trazer Gotham City de volta para os Estados Unidos.
-----------------------------------------------------------------------------

-Eu não sei de nada, seu maluco... Eu apenas passei a concordar com ele quando ele decidiu administrar melhor a cidade, apenas isso. Lembro-me de que Batman era um criminoso, ele até enfrentou o Superman que em 89 foi enviado para prende-lo. Eu era jovem na época, queria impressionar meus superiores e pensei que prender o morcego me ajudaria... Fui uma tola, ele é um herói. Salvou até mesmo aquela víbora do prefeito da gangue de vocês!

-Nossa gangue?

-É! De vocês Jokers! Sei que você é um deles, não é?

-----------------------------------------------------------------------------

Rastejante consegue pegar na manhã seguinte uma trilha secreta que leva para uma base da resistência de Gotham City. É um caminho estreito por túneis secos de antigas galerias de esgoto que chegam finalmente em um galpão perto do parque da cidade.

Pouco depois quando a visão de Fogo e Rastejante começam a nublar com a escuridão a brasileira se prepara para criar uma labareda e iluminar o local, mas é surpreendida pelo brilho do bastão de uma terceira figura que se encontra ali.



Ele esta sendo acompanhado por mais uma jovem vestida com uma roupa parecida com a de algum bufão medieval e um homem com um traje verde extravagante.





Nota Narrativa1: Lobo pode aguardar o Ato 2: Comércio de Almas

Nota Narrativa 2: Renata deve considerar que a Arlequina nunca foi vista antes, ela surgiu na década de 90 e nos quadrinhos apenas depois da série da Terra de Ninguém e como os dados sobre Gotham são todos muito obscuros ela nunca ouviu falar dela.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2535
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Sab Jun 20, 2009 3:10 am

Fogo seguiu Rastejante pelos tunéis de esgoto com um claro olhar de desagrado. Embora aquilo provavelmente estivesse inutilizado à anos, a heroína ergueu a barra da calça para passar, enquanto repetidamente perguntava consigo mesma o que diabos estava fazendo ali.

Quando as outras figuras chegaram, e não eram menos estranhas que o próprio Rastejante, Beatriz se sentiu literalmente no meio de um bando de lunáticos. Nenhuma das figuras era conhecida para ela, mas ao notar o símbolo da anarquia na roupa do homem que segurava o bastão que iluminava o local, teve uma vaga idéia do que viria a seguir. A brasileira pensava que se literalmente o sujeito "vestia a camisa" de uma ideologia dessa forma, qualquer informação que viesse dele deveria ser pensada com cuidado.

Bia tentou não levar a situação com tanta estranheza, e pra isso lembrou-se de que apesar de Jack Ryder parecer um completo lunático as coisas que ele dizia algumas vezes faziam um sentido enorme. Como por exemplo as críticas ácidas do herói, que fizeram o seu programa ser tirado do ar. Isso fez com que Fogo pensasse que talvez estivesse diante de pessoas como ele. Então Beatriz volta-se para os três recém-chegados.



_Bom, creio que não nos conhecemos. Podem me chamar de Fogo, e eu estou aqui porque o Rastejante disse que encontraríamos informações à respeito do Morcego e sobre o que está acontecendo em Gotham. Acreditem, estou disposta a ouvir o que vocês têm a dizer sobre isso, e a ajudar se for o caso.
- Fogo fitou os três, aguardando que se pronunciassem.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Administrador em Dom Jun 21, 2009 8:00 pm

As palavras de Parallax foram surpreendentes para Starman. Parallax acusou o renascido Superman de ser o responsável pela destruição de Coast City e de estar conspirando contra todo o mundo. Realmente Starman estranhou quando Superman retornou com parte de seu corpo em estado cibernético, alegando que foi mutilado pela batalha com Apocalipse e que precisou dos avanços cibernéticos para manter seu corpo e saúde. E aquele ser não se parecia com o Superman que Starman conheceu no início de suas aventuras como herói. Mas será que era suficiente para duvidar de que ele era ou não o Superman?

- Você está mesmo certo de que o Superman Cybog foi o responsável pela destruição de Coast City? Por acaso tem alguma prova disto? Eu concordo que isto merece averiguação, mas vamos fazer isto do meu jeito. Está de acordo? Não vai encontrar muitas pessoas na Terra dispostas a te ouvir. Eu sou um dos únicos que vai te dar algum crédito. Então vai ter que me contar tudo o que sabe sobre esta suspeita e me seguir sem questionar. Eu acredito que o primeiro lugar pra averiguar é Metrópolis, onde provavelmente está o Superman, mas se você tiver outro local em mente para o início de nossa investigação, diga logo.

Apesar da sua determinação em verificar a culpa do Superman Cyborg na autoria daquele crime, Starman aguardou pela reação de Guy Gardner diante do que Parallax alegou. Se Gardner ainda tinha a intenção de continuar o combate contra Parallax, não seria possível iniciar as buscas pelo paradeiro do Superman Cyborg e a verdade do que aconteceu em Coast City. Por isto, o homem das estrelas ficou atento para a reação de Gardner. E o fato de ter uma tiete por perto não aliviava o preocupado Starman. A menina não estava lidando com ocorrências comuns e a falta de experiência dela poderia ser perigosa agora.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3981
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Convidad em Qua Jun 24, 2009 10:27 pm

Questão não fazia a mínima idéia do qua a mulher dizia. Porém, ele finge de forma perfeita em sua resposta:

-Sim, sou. E pelo que parece, ele enganou você direitinho, não? Agora, me fale francamente..você realmente acredita que o Batman não é um ditador? Ele impôe sua lei pela força, não de forma democrática. Gotham se fechou ao mundo desde que ele assumiu seu governo à rédeas curtas...sim, ele é quem realmente manda nessa cidade... e essa é uma piada que não tem graça-Disse Questão, deduzindo que a tal gangue estaria envolvida ao criminoso Coringa. Apesar de ter estado longe da região por certo tempo, ele lembrava bem do cenário que deixara.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Ordem & Caos

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum