O despertar do Vulcano.

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O despertar do Vulcano.

Mensagem  Guima em Seg Out 23, 2017 9:22 pm

O Olympus - Estação Orbital Base do Panteão.



Todos os integrantes do Panteão Time Bravo tinham sido convocados para a sala de monitorização do Olympus. O time Bravo era uma equipe "reserva" do Panteão. Eles ainda não tinham sido colocados a prova e nem sido enviados a nenhuma missão, na verdade eles foram inseridos recentemente ao Panteão no intuito de criar uma equipe "B" caso a equipe Alpha estivesse ausente em alguma missão. E dada a convocação de urgência, hoje seria o dia do Batismo de Fogo da equipe.

Quando todos chegam a sala de monitorização encontram Miranda Tate ladeada de alguns especialistas que trabalhavam na estação. Analistas, engenheiros, cientistas... a equipe que cuidava da estação era bem grande. Cerca de 300 pessoas trabalhavam na estação orbital além das superequipes Alpha e Bravo.

Vice Diretora Tate

Os integrantes da equipe Bravo já se conheciam, afinal já estavam juntos a mais ou menos seis meses desde que foram convocados para ingressarem na equipe Panteão e durante esse período passaram por diversos testes e provas adimissionais para estarem ali hoje. Mas nunca tiveram contato com a Equipe Alpha e com o diretor Pentecost. O que era estranho, afinal eles eram uma equipe reserva, era natural conhecer os "veteranos". Mas talvez fosse o caso deles sempre estarem ocupados, ou não.

Com uma pasta em mãos, Miranda vai ao centro da sala onde atrás da mesma se encontrava um grande monitor que monitorava eventos ao redor do globo. Era possivel ver uma exclamação em vermelho no ponto terrestre localizado no Hawaii.

- Muito bem senhoras e senhores, chegou o dia de estreia do Time Bravo. A equipe Alpha está ausente em uma missão arriscada e uma nova ameaça fora detectada e não há tempo para esperas. Sejam bem vindos a sala de monitoração e eu serei a responsável por vocês. Pois bem, vamos ao briefing.

Articulando as mãos, Miranda tras para si as imagens que estavam no grande monitor. Numa especie de Realidade aumentada ela transforma as imagens da tela em uma esfera de escala menor do globo terrestre. Ela o gira e posiciona na localidade desejada, o Hawai no caso. Ela expande a ilha e a tela de realidade aumentada se forma na frente da mesma e na frente de todos e imagens em tempo real do local podem ser vistos.

- Essas são imagens de Honolulu neste exato momento. Enviamos uma equipe técnica e científica ao local, pois a cidade estava registrando tremores gradativos na escala richter. Embora quase todo mundo sabe que o Hawaii é um lugar arriscado para terremotos, tsunamis e atividades vulcânicas, a cidade de Honolulu é bastante segura sendo que há cerca de cem anos não apresentava nenhum registro sismológico de media ou alta gravidade. Porem o relatório da equipe científica trouxe uma novidade inesperada.. A evidencia de uma erupção vulcânica no Diamond Head: uma cratera vulcânica formada por uma explosão de lava num dos respiros do Koʻolau Volcano, vulcão que formou a ilha de Oahu e vários de seus pontos turísticos, mas que está adormecido a pelo menos 150 milhões de anos.

A missão de vocês é a seguinte: Acompanhar a equipe científica no estudo deste evento e assegurar a integridade deles. Existe uma grande probabilidade do Vulcão se tornar ativo devido aos meteoros sigma que podem ter caído na região. E caso haja uma atividade vulcanica iniciar uma evacuação da cidade imediatamente...

Enquanto dava as ordens, um dos agentes de Miranda chegou ao lado dela falando em seu ouvido, era possivel reparar um certo espanto em sua face embora a mesma mantivesse firme. Ela apenas olhou para o agente e disse - Coloque na tela.

A imagem a seguir, gravada através do celular de algum civil mostrava algo realmente inesperado e extraordinario... "Homens" feitos de lava incandescente começam a brotar do solo, causando pequenas erupções no asfalto jorrando lava na avenida atingindo civis, automoveis, imoveis... logo o medo e o loucura tomam conta das pessoas que correm no intuito de salvar suas vidas... um desses monstros de lava se aproximam da pessoa que estava gravando o video e sua mão ardente queima o aparelho sendo possivel ouvir o grito de dor e depois o silencio brutal...

Equipe Bravo dirijam-se imediatamente a area de teleporte. Vocês serão transferidos para o local da missão. Aguardem ordens posteriores, comunicarei com vocês atraves do transponder localizado nos seus braceletes. Isso é tudo.

A equipe bravo se posiciona na area de teletransporte e em questão de minutos são teleportados para a Capital do Hawaii. Materializados em uma das avenidas do centro, a equipe bravo se depara com uma situação de destruição e caos. E diante deles, havia um exercito de homens lava.



Eles emitiam sons guturais e perceberam a equipe aparecendo no centro da cidade... eles então começaram a andar na direção do grupo, com seus passos derretendo o asfalto e tudo o que tocava.

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2319
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Ter Out 24, 2017 3:08 am

Lannister Tower


Um centro da economia pujante mundial do mundo livre, meu santuário particular e simbolo do poder adquirido da construção civil e minha riqueza pessoal. Décadas de planejamento são os verdadeiros pilares desse lugar.

Eu estou em mais uma longa reunião reorganizando a ação para vendermos para Síria, muitos dizem que os Estados Unidos apoiam os anarquistas no Curdistão, outros que apoia a Turquia. Só eu sei que é fundamental para o interesse da democracia apoiar os dois, afinal sem os pesados impostos de 40% sobre fortuna que meus equipamentos concedem ao meu país, como poderíamos proteger os interesses de nosso povo?

A paz é algo complicado, burocrático, com prazos... Eu forneço a verdadeira democracia! É por isso que depois de um tempo de testes feitos pelo grupo de mutantes mais poderoso da Terra eu finalmente fui admitido para participar do grupo. Um grupo secundário, com menos responsabilidades, mas é assim que se começa. Ser firme nos negócios, é o que aprendemos rápido em um sistema tão dinâmico!

Eu já estava ficando entediado com os números, quando sou alertado que há um problema que requerem nossa ajuda. Eu rapidamente reúno minha entrou equipe de técnicos e especialistas para preparar minha partida.


Clark Lannister: -Muito bem, Tom... Qual é a nova proposta para a armadura? Sabe o que significa esse passo de adentrarmos no time Alfa, será um futuro para vendermos tecnologia para o mundo todo.

Tom Hawkins: -Clark, o Patriota é o herói mais americano de todos os tempos. Você veste uma armadura com as cores da bandeira, tem um escudo e não tem uma arma... pelo menos seu canhão repulsor de blaster e o magnetismo não é visível... Tudo parece defensa, tranquilidade e confiança.

Clark Lannister: -Ótimo, Tom! Você é mesmo um feiticeiro do marketing. Doutor Guttieres  alguma novidade sobre diminuir os efeitos do contato com kriptonita...?

Doutor Charles Guttieres: -Nada ainda, Senhor Lannister. Temo que efeitos ligados à radiação dos fragmentos do meteoro podem atravessar o traje... Deve tomar muito cuidado se entrar em contato com os meta-humanos que usarem radiação do meteoro como arma.

Clark Lannister: -Isso é péssimo, Doutor. Acha que teve algo haver com o tipo de equipamento que vendemos para os burocratas dos governos resolverem o problema do meteoro...?

Doutor Charles Guttieres:-Provavelmente, senhor. Sua armadura se abastece por energia magnética, o isotopo que atraí o criptônio pode ter haver com o tipo de propulsão dos foguetes que vendemos.

Clark Lannister: -Uma lástima. Alguma novidade sobre os relatórios dos efeitos físicos da radiação que criou os mutantes, Doutora Bright?

Doutora Emily Bright:-Nada ainda de informações do laboratório de conclusivo e prefirimos chama-los de meta-humanos ou afetados, senhor. Mutantes pode soar pejorativo... Comentamos isso com Tom e o setor de marketing.

Clark Lannister:-Que seja, eu tenho de partir imediatamente para o Olympus! Vejam só senhores... forjamos um deus!


Patriota de Aço:-Já era hora do mundo reconhecer isso!



O Olympus fica em órbita, como se esperasse uma invasão marciana ou algo assim...
Assim que chego, reconheço os mesmos rostos que vejo há alguns meses...
Rapidamente vejo os membros dos outros países e a Miranda...
Ela novamente começa a demonstrar o que precisamos fazer e explicar detalhes, como se eu precisasse saber...
Somos o time Bravo, o que me lembra um filme de quase 100 anos*...  Muito americano!

As imagens que ela nos passa são surpreendentes.
Patriota de Aço:-Bom, acho que podemos usar o rapaz dos poderes de ar e água com muita eficiência sobre essas criaturas para ver o quanto elas são quentes e eu posso dar cobertura até onde der enquanto o resto de nós tenta fechar a fenda. Que acham?

*Clark se refere ao filme de velho oeste "Fuga do Forte Bravo", de 1953.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2614
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Scorpion em Qua Out 25, 2017 2:42 am

CHINA - ALGUMA PEQUENA PROVÍNCIA

Aquele era para ser um momento de relaxamento. Madhula Fahine, o Espírito das Artes Marciais costumava rondar o mundo como uma andarilha. Ela havia acabado de chegar em uma pequena província da China, onde ela observou uma criança tentando roubar umas frutas, mas que havia sido pega pelo dono da venda. Após interferir e imobilizar o homem da venda, diversos chineses começaram a se juntar contra ela. Em uma cena clássica de filmes de Kung Fu, Madhula derrotou quase 40 dos vendedores, alguns armados com facões e cutelos. Depois, ela pegou a fruta, limpou em suas vestes e entregou para a criança.

Foi quando um velho chinês se aproximou. Ele se curvou a ela com dificuldade, pois suas costas estavam podres de velhas. Apresentou-se e disse que havia reconhecido ela, pois quando era garoto, viu um homem lutar como ela e que era o antigo Espírito das Artes Marciais. Madhula se curvou também para o velho ancião, pois qualquer um que tivesse a disciplina e o amor pelas artes marciais, também tinha a admiração de seu Espírito.

Ela estava na posição de Lótus, sobre um morro de pedras, meditando e entrando em contato com o seu chacra e com os antigos Espíritos das Artes Marciais quando recebeu o chamado para o Olympus. Madhula abriu serenamente os olhos e olhou para cima, como se pudesse enxergar a estação Olympus. Então, ela levantou-se e pegou seu bastão, que mais parecia um ordinário Bastão de madeira velho, mas que era a arma passada de Espírito para Espírito... e acionou o teleporte.

Chegando lá, ela observou seus companheiros, mas manteve-se quieta como sempre. Ouviu as explicações da sra. Tate e não tinha mais perguntas. Havia lá um de seus companheiros que já falava. Seu nome era Lannister... um bilionário do mundo corporativo que de nada interessava Madhula, muito pelo contrário: as armas dele causavam parte da miséria que ela encontrava no mundo sempre que o rodava... ela só esperava que ele se mostrasse um homem valoroso.

Lannister monta um plano... ele sugere que um dos nossos companheiros cuide dos monstros, enquanto ele dá cobertura e os outros tentam fechar a fenda. Na realidade, os mais aptos para fecharem a fenda eram ele e o próprio garoto dos elementos. Não havia muito que a Escorpião pudesse fazer naquela fenda, então ela se prontificou a ajudar o homem que controlava os elementos.

Escorpião: Eu vou ajudar vocês com as criaturas. Não há nada que eu possa fazer pela fenda e eu não ficarei parada enquanto inocentes estão em perigo.

Ela girou seu bastão mágico e saltou para cima das criaturas, girando ele e acertando quantas pudesse, apenas com o bastão para não se queimar, num balé mortal e belo. Aquela era a maior artista marcial do mundo em ação!

_________________
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2429
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Ricardo Sato em Qua Out 25, 2017 5:13 pm

Sentado de pernas cruzadas doutor Adrian sorvia um vinho(vício que tinha a uns 70 anos)enquanto lia os relatórios,tinha sido fácil chegar...passava quase todo tempo por aqui mesmo nos laboratórios tentando fazer com que um bando de incompetentes não explodisse o mundo.Aos poucos os outros vão chegando e Nachtstern os cumprimenta.

Senhores,senhoras...é um prazer revê-los.

Logo depois a vice diretora começa e o doutor presta atenção,sério e compenetrado a ela sem dar-se conta de que o reflexo em sua taça mostrava um crânio com presas sorvendo vinho ou que sua sombra parecia gargalhar das cenas de destruição e morte.

Hummm...fascinante,esse Merlot e essas criaturas,adoraria sondar suas assinaturas para ver o que eram antes de Sigma.Porém creio que devemos seguir o protocolo quanto a essas....pessoas,alguma chance de uma instituição local nos fornecer apoio com um daqueles aviões que despejam água em incêndios florestais,talvez as criaturas mais distantes do foco de lava possam ser mais suscetíveis a serem atrasadas por algo assim e possam nos abrir um caminho.

Sinto muito,mas o verdadeiro perigo vai estar na fonte,apenas confrontar esse ataque pode não nos fornecer nada...a propósito,os seres se comunicam de alguma forma,parecem ter um padrão de ataque ou apenas avançam a esmo?


Depois de ouvir as respostas ele segue para o local e começa a disparar atrasando as criaturas até que todos estejam em posição de avançar.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Leo Rocha em Qua Out 25, 2017 9:03 pm

Akin estava fazendo uma das coisas que mais gostava: estava no laboratório fazendo algumas experiências com isótopos. Ao mesmo tempo, acompanhava os resultados das últimas análises do pequeno suricate que foi atingido pela explosão de um dos destroços do meteoro. A pequena e engraçada criatura olhava curiosa para ele,enquanto Jamal cantava junto com a música que tocava em seu sistema de som.



Nesse momento, o comunicador toca e ele toma ciência da convocação para comparecer à Olympus. Ele dá um suspiro profundo e pensa no que estaria por vir. Se despede do suricate e aciona o teleporte.

Em poucos segundos ele já está na estação ouvindo sobre a missão e assistindo as imagens. O primeiro a falar é o fabricante de armas americano. Jamal não entende como um homem como aquele pode ser envolvido em um projeto tão importante. Na verdade, se dependesse dele, aquele homem seria preso e pagaria pelos crimes que cometeu indiretamente ao espalhar armas pelo mundo indiscriminadamente. Na sequência, a lutadora oriental se ofereceu para ajudar a conter as criaturas e o "vampiro" alemão faz algumas perguntas sobre a criatura. Jamal apenas ouve a tudo com atenção. Por fim, ele diz:

Arrow Eu posso ajudar a combater as criaturas, mas também posso ajudar na aproximação do epicentro. Acho que nenhum destes planos será efetivo se não formos avaliação a situação diretamente no campo.

Ele então se cala e aguarda o que os demais tem a dizer.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4143
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Renata C. em Qua Out 25, 2017 10:25 pm



Uma figura movia-se com desenvoltura pelos céus de Tóquio. Era quase como um borrão, passando despercebida pelo céu escuro daquela noite. Naoko saltava entre os edifícios com facilidade, tal qual uma caminhada corriqueira. Mas não era apenas um exercício, daquele momento a Fantasma de Tóquio fazia uma patrulha noturna, passando por cada beco escuro que conseguisse alcançar. Já havia impedido alguns assaltos, mas naquele momento a espada estava embainhada, a garota apenas seguia um homem de terno. Acomodado em suas costas, o pequeno panda vermelho que a seguia para onde quer que ela fosse. Ela de fato possuía uma ligação com ele, ele parecia ler seus pensamentos, seus movimentos. Não havia ninguém que a conhecesse melhor.

Parecia apenas um executivo que havia recém saído do serviço e estava a procura de um bar para desestressar, mas se tratava de um dos chefes da máfia daquela região. Por isso, mais do que tudo ela precisava ser cuidadosa. Os pés descalços se equilibravam com perfeição conforme ela ajustava a câmera, focalizando com o potente zoom o homem cumprimentando outro, pegando um pacote. Ela batia fotos, numa distância segura demais para que os "clicks" da câmera fossem ouvidos.

Mais tarde, no seu apartamento a própria Naoko revelava as fotos, num estúdio montado em um dos quartos. Enquanto as fotografias secavam ela olhava para a parede da sala de estar, ou melhor ali não havia somente as paredes, mais pistas que ela havia coletado durante algum tempo.


Somente parou de olhar quando a chaleira na cozinha apitou, indicando que a água estava quente. Após misturar o pó do chá verde com a água sentou-se no sofá, antes afastando alguns livros para o lado. O lugar estava uma bagunça mas ela não se importava. Estava tão perto de finalmente ligar todos os pontos do esquema da máfia. Seria um trabalho grande, quando tivesse informações o suficiente seria hora de agir.

Havia um pequeno vaso com folhas de bambu no canto da sala, onde o panda estava entretido. Não era como se ele fosse seu animal de estimação, na verdade estava longe disso. Ele fazia suas coisas a maior parte do tempo. Mas seguia Naoko a maioria das vezes em que ela saía para seu "trabalho". Logo após o primeiro gole no líquido amargo, o comunicador que recebeu há algum tempo tocava. Na verdade levou algum tempo para que Naoko o encontrasse.

Ainda não sabia se tinha sido uma boa ideia aceitar o convite. Definitivamente ela era uma pessoa que preferia trabalhar sozinha. E, definitivamente, não ia com a cara de todos os membros do grupo. Mas havia jurado se dedicar a uma causa, salvar pessoas. Então, se precisavam dela, ela estaria lá.

Logo Naoko adentrava a estação Olympus. Suas roupas provavelmente causariam estranhamento a maioria das pessoas. A saia de tecido branco era levemente transparente e esvoaçante, apesar disso usava um casaco pesado com capuz que no momento cobria seus cabelos, além disso estava descalça. O panda vermelho Aka permanecia acomodado nos seus ombros, como ficava na maior parte do tempo. A jovem exalava um leve perfume de sakura.

Naoko manteve-se em silêncio praticamente o tempo todo, ouvindo com atenção as explicações da vice diretora Tate.

Era a primeira missão deles, e Naoko ainda não tinha certeza do quanto funcionariam bem como um time. Deveriam enfrentar uma ameaça no Havaí. Quando Tate mostrou a cena das pessoas sendo atacadas filmadas por algum celular, Naoko não disse nada, porém se levantou, deixando claro que estava impaciente pelo fato deles ainda estarem ali.

Logo eram transportados até o local do incidente, por sorte também era um grande centro urbano. A outra mulher do grupo disse que se encarregaria de enfrentar alguma das criaturas, o vendedor de armas tentava bolar um plano. Sim, eles já haviam trabalhado juntos mas definitivamente não tinham toda aquela dinâmica de equipe.

Naoko: Eu vou tentar descobrir o que está causando esses monstros e a erupção. - falava com os outros antes de começar a se concentrar.

Naoko ainda não entrava em combate direto, pois sabia que poderia ser útil em outro campo. Com sua capacidade de se ligar com as cidades, poderia entender melhor o que havia ocasionado a erupção de um vulcão que estava inativo há milhões de anos... e principalmente a presença de homens feitos de lava. Podia sentir o ar de desespero e caos que se instaurava à volta deles.

Se tivessem respostas, poderiam planejar melhor os próximos passos. Naoko então inspirou profundamente, pouco intimidada com as criaturas de lava que se aproximavam cada vez mais, confiava que os outros membros da equipe podiam controlar a situação. A jovem tentou sentir a cidade à sua volta. Que perturbação era aquela? Os pés no concreto sentiam o asfalto que começava a ficar mais quente conforme as criaturas se aproximavam, mas ainda assim, ela não se moveu.

Naoko: O que está causando isso? Nós queremos ajudar... como podemos fazer isso?

Ela tentava se comunicar diretamente com a cidade. Já havia funcionado em outros lugares, então porque não tentar com o Havaí também?

_________________


"Miracles aren't free, you know. If you wish for something good to happen, a whole lot of bad stuff is gonna happen too. I guess that's how the world stays in balance, good bad, everything zeros out. "
avatar
Renata C.

Número de Mensagens : 523
Idade : 32
Data de inscrição : 27/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  El Cabron em Qui Out 26, 2017 6:28 pm

A Estação Olympus

~ A criatura não se reconhece mais em frente ao espelho de seu dormitório na estação Olympus. Ele ainda tem algumas dificuldades em se adaptar ao grande e desajeitado corpo, bem como em viver fora da Terra. Vagando por entre os humanos da Base, tem a nítida impressão que, embora cada um deles tenham suas próprias características e individualidades, agora lhe parecem tão iguais, sendo quase impossível distinguir um para o outro. Ele reluta em aceitar algumas verdades, fatos que o atormentam e o impedem de fechar os olhos para dormir. Em sua silenciosa dor, lembra-se de Gretta e do pequeno Christer. Recorda-se de uma vida coberta por títulos e glorias. De sucesso e felicidade. Uma vida tão distante do que vive agora. Uma vida que não voltará mais.

Se lágrimas pudessem cair, elas cairiam. ~


- ...

~ Era irônico que, dentro de uma estação nomeada como Olympus, o Titã estivesse ali dentro. O “apelido” era um dos únicos resquícios de humanidade que Larsson ainda detinha. Não o incomodava o fato de ser exclusivamente chamado pelo apelido que a crônica esportiva e os fãs o titularam na época em que era lutador de boxe. O que o perturbava, de fato, era o temor de um dia esquecer seu verdadeiro nome, sua verdadeira história, sua verdadeira vida. Muitos viam-no apenas como um monstro e poucos sabiam quem de fato um dia ele havia sido.
De toda forma, o Panteão o salvou após a fuga do Complexo Militar d’A Agência. Seus registros haviam sido queimados. Sua vida não mais existia. Mikel Larsson era uma vítima dentre tantas durante o trágico acidente com os meteoros. Sua família, aceitando ou não, estava melhor sem ele. E isso corroía o seu coração. ~


____

~ O briefing era passado. O Titã mantinha-se sério, concentrado, mas era impossível não notar os olhares que recebia de alguns tripulantes da Estação. Ele, naquele momento, pouco ligava. A situação no Hawaii era tão preocupante quanto trágica. Não apenas pela tensão na eminente possibilidade de uma erupção vulcânica, mas também pelo repentino aparecimento de seres cobertos por lava, que se mostravam tão hostis quando aparentavam.
Após as breves orientações dadas por Tate, o Time Bravo era tele portado para o centro da cidade. A chegada do time não passou em vão e os “homens de lava” passaram a investir contra o grupo.
Ainda que fossem “inexperientes” em campo, alguns dos membros da equipe tomaram seus postos. O Patriota orientava uma ação direta contra tais seres enquanto outra parte do grupo se encarregaria de fechar a fenda. A questão, no entanto, não seria tão simples quanto o Patriota sugeria, afinal, como “fechar” algo aberto de dentro para fora, sem razão aparente, que cuspia seres cobertos de lava e que o grupo sequer conhecia a origem?
Ainda que pudesse ser de alguma ajuda, o Titã sabia, porém, que uma tentativa de vibração territorial seria muito arriscada. Um abalo sísmico poderia resultar em uma reação em cadeia, fazendo com que o vulcão entrasse em erupção.
Não havia tempo a perder. Pessoas estavam correndo perigo a cada instante em que demoravam a achar alguma solução. O Monstro, por fim, pegava um grande carro e lançava-o brutalmente contra aqueles seres, procurando retardá-los o máximo possível para, com certa dificuldade, falar com os demais membros da equipe. ~


- GRAAAA!!!
Precisamos achar... a equipe científica...eles podem ter alguma...informação importante

_________________
avatar
El Cabron

Número de Mensagens : 174
Idade : 27
Data de inscrição : 05/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Nasinbene em Sex Out 27, 2017 1:54 pm

Glasgow, Escócia - 5:35 PM

Sentado num canto de um velho e ensebado pub na periferia de Glasgow, Angus tomava sua merecida cerveja após o que ele acreditava ser um cansativo dia de trabalho. Tinha impedido um assalto a banco em Edimbugo e impedido que um grupo radical separatista atacasse a sede do governo inglês na cidade. Então, ao seu ver, nada mais justo que uma bela e encorpada cerveja. A primeira de muitas, na verdade. Ainda estava pensando nos separatistas... a causa deles até era justa, mas não da forma como agiam. E além do mais, estavam lutando pra separar a Escócia desde os tempos de Willian Wallace... Talvez devessem perceber que essa coisa de separação não estava indo lá muito bem...
Quando Angus já estava no meio da caneca, o comunicar é acionado, exigindo sua presença no Olympus. Angus respira fundo... ao que parecia, o trabalho ainda não havia acabado. Ele mata a caneca, e acena para o Barman Willie:

- Ei Willie... pendura essa aí, velho. Tenho que sair correndo...

- De novo? Caralho, Angus já deu uma olhada na sua conta? Não faço caridade não, sabia?

- Vai se foder, cara... Eu salvei esse teu rabo sardento mais vezes do que posso lembrar! E vou salvar o mundo de novo! Pendura essa merda e não enche meu saco...

- Tá, tá... que seja... que Buda de merda é você...

- Buda de cú é rola, xará... passo aqui na volta

Num clarão de luz, Angus é levado pro satélite Olympus, onde vê algumas caras conhecidas. Tinha treinado com alguns deles (não que Angus precisasse de algum treino adicional após o período com os monges) e sabia das capacidades de alguns deles. Não demora e a vice diretora os põe a par da situação em Honolulu. Sem demora, eles são enviados para o centro da cidade, onde um exército de homens-lava atacava o local. Um plano logo é proposto pelo Patriota e Angus torce o nariz para o milionário:

- Rapaz dos elementos é o caralho! Veja lá como fala comigo, Lannister. Ce ta careca de saber meu nome, então fica esperto se ainda estiver afim de respirar... Agora, teu plano até que é bom. Vou parar esses caras enquanto ces durrubam eles. A galera que vai cuidar do vulcão... não selem, não tampem ou vai explodir. Tentem esvaziar a pressão na parede que dá pro mar.... Ou aguentem um pouco e eu mesmo faço isso...

Mal termina de falar e o Avatar põe seu plano em prática. Usando seu controle elemental, ele manipula a terra no corpo dos homens-lava, impedindo que eles se movam por mais que tentem. Isso daria aos outros o tempo que precisavam pra lidar com eles...
avatar
Nasinbene

Número de Mensagens : 1281
Data de inscrição : 29/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Guima em Dom Out 29, 2017 5:29 pm

Ao chegarem em Honolulu o grupo ainda não tinha bolado um plano de ataque. Impaciente a Aranha de Jade decidiu não esperar pelo ataque e se lançou contra as criaturas numa batalha direta. Embora parecesse inconsequente, a artista marcial tomava todo o cuidado para não machucar com o calor das criaturas usando assim seu bastão.

Seus golpes eram fortes e precisos porem ineficientes pois as criaturas pareciam regenerar as suas investidas. Irritado com os golpes da lutadora, o homem de lava revida dando-lhe um golpe com as costas das mãos. ( Resultado da FA=6)

O Patriota de Aço como todo bom americano ao chegar na cidade ja traça um plano de ataque contando com a ajuda de Angus, o controlador de Elementos, a sugestão do Patriota irrita Angus que já logo dispara uma reposta de insatisfação. Antes que o Patriota pudesse responder os sensores da sua armadura detectaram pequenos tremores no solo. No mesmo instante um jato de lava irrompe o solo bem no local onde o Americano se encontrava... ( Glaucio role um teste de Habilidade com NA 3. Sucesso você escapa da explosão, falha você leva 6 pontos de dano absorvível somente com armadura natural.

O Dr Nitghshade contatou Miranda através do comunicador sugerindo a mesma para que enviasse aviões anti incêndio para ajudar a deter os homens lava e a mesma rapidamente respondeu - As autoridades locais estão ocupadas na remoção dos civis. Vocês possuem capacidades suficientes para deterem tais criaturas Doutor. E acredito que suas habilidades seriam melhores bem vindas no local onde está a equipe cientifica, no Diamond Head.
Enquanto conversava com Miranda, o Dr disparava contra os homens lava, mas suas balas derretiam quando os atingiam devido ao corpo de lava.

Angus ainda irritado por ser chamado de rapaz dos elementos, gesticula seus braços de uma maneira que aparentava controlar algo... e ele controlava. Cinco das dez criaturas pararam de avançar e ficaram completamente imoveis... Elas rugiam tentando se livrar do controle mas era em vão, o dominio da terra dava a Angus plenos controles para impedir o avaço das criaturas ( Nasin como foi dito pelo Whats, para cada criatura "parada" você gasta 1 ponto de Poder então você está agora com - 5 Pps)

Aproveitando a deixa de Angus, a criatura monstruosa de nome de Titã arremessou um carro contra os homens de lava paralisados por Angus. O impacto causado destruiu 3 das 5 criaturas e o calor de seus corpos fez com que o combustivel do automovel inflamasse e explodisse atingindo as outras duas criaturas que ficaram bastante debilitadas com a explosão. Com palavras guturais, o Titã voltou a lembrar os demais da importancia de irem atras da  equipe cientifica.

Os poderes de conexão urbana de Naoko funcionaram perfeitamente em Honolulu. Tentando uma conexão com a cidade, Naoko se concentra, mesmo com os Homens de Lava se aproximando... Quando Naoko finalmente "alcança a cidade" ela pergunta a mesma.

Naoko: O que está causando isso? Nós queremos ajudar... como podemos fazer isso?

Honolulu então responde - Não há nada o que você possa fazer. Estou condenada... As pessoas esqueceram de oferecer o sacrifício a Volcano e agora ele irá despertar do seu sono. Mas eu não quero morrer....


Ainda conectada a cidade, Naoko sentia que a temperatura do solo aumentava a cada minuto e que em breve uma erupção leve iria irromper na cidade, porem antes que mais informações pudessem ser dadas , a explosão do automóvel fez com que ela perdesse a conexão. ( Renata custa 1 Pp para se conectar com a cidade e devido a conexão perdida tem que fazer um teste de Habilidade com NA 3)

Assim que se materializou em Honolulu, Jamal decidiu ir de encontro a equipe cientifica, porem como eles foram recepcionados pelos Homens Lava a equipe teria que esperar. Observou a ação do time bravo contra os homens lava e tentava descobrir mais sobre as criaturas que seus aliados lidavam...Não descobrira muita coisa, exceto que de alguma forma, eles irradiavam de uma forma minima a mesma radiação de que compunha seu campo de força....

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2319
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Dom Out 29, 2017 7:45 pm

Rapidamente o jovem elemental responde com uma provocação, essa geração Y não tem respeito pelos nascidos nos anos 90! Me enfureço com o desaforo! Como ele pode falar assim com alguém como eu! E vou andando para tirar satisfações.

-Qualé, garoto...

Alerta: Aumento de aquecimento do solo com a pressão.

-...deveria ter mais respeito um her...

Ignoro o aviso, com isso o calor explode do solo em uma pequena e confusa erupção, me atingindo em cheio. Eu estaria derretido agora se não vestisse a melhor blindagem que os engenheiros militares de todo mundo puderam criar. Eu sinto a lava comer parte da fuselagem e consumir energia... Com isso eu começo a voar, agora atento às fissuras no chão e olho para o homem-Lava que acaba de atacar Jade.

Do ar, faço um disparo contra ele imaginando que depois terei de dar umas palmadas no Angus.

Patriota de Aço: -Honolulu é dos Estados Unidos da América, seus abajures ambulantes!!! Vocês vão virar pedras para minha grelha de hamburger!

E a rajada de repulsão vai pra cima dele.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2614
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Ricardo Sato em Dom Out 29, 2017 11:36 pm

Fazer o que...tão tedioso,ei garotos e garotas,a base me pediu para ir até a equipe científica,nos vemos lá.De qualquer forma minhas balas não parecem fazer muito efeito.

Por um segundo trevas se condensam ao redor de Nachtstern,as costas de seu sobretudo parecem se umedecer e de repente enormes asas coriáceas feitas de sombras surgem,veias negras cobrem seu rosto,seus olhos ficam negros com iris vermelhas e por um instante uma brisa fria o rodeia mesmo ali.Abrindo os braços ele se ergue aos céus saindo do alcance das criaturas em busca dos cientistas,mas antes disso se vira para os outros e fala com uma voz sombria.

Alguém quer uma carona?

O doutor então voaria dali,seja só ou carregando algum dos outros se possível.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Leo Rocha em Seg Out 30, 2017 8:11 am

Jamal chega à Honolulu e começa a voar em torno do grande evento. Ele precisava se concentrar em onde seria mais efetivo dentro daquele grupo de ataque. Ele vê o sanguessuga estadunidense (ele se recusava a chamá-lo de americano, pois, assim como a África, a América é um continente e não um país) começar e dar ordens de combate e vê que zero por cento da equipe estão as seguindo. Vendo que os companheiros de equipe parecem traçar seus planos próprios, ele se mantém na retaguarda, guardando a integridade do grupo.
Em um determinado momento, ele nota o avatar se encaminhar para o vulcão e pensa:

"Bom.. Ele pelo menos parece ter um objetivo pra além de deter as criaturas"

Seguindo o avatar, ele disparará contra as criaturas que surgirem no caminho do oponente. Ao mesmo tempo, ele permanecerá com seu escudo de energia levantado, aproveitando que está distante dos demais membros da equipe.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4143
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Renata C. em Ter Out 31, 2017 7:51 pm

Alheia à batalha que acontecia diante dela, Naoko se comunicava com Honolulu. A cidade parecia estar sofrendo, e dizia ser tarde demais para fazerem algo. A garota pensava nas informações que recebera, quando um carro que explodia próximo a ela. Ao saltar para esquivar-se Naoko acaba perdendo a concentração.

Naoko: Vamos.. Fala comigo. - a jovem resmungava, enquanto tentava se concentrar de novo.

Ela sentia o solo cada vez mais quente e que uma explosão estava prestes a atingir a cidade. Cada vez mais parecia uma péssima ideia ficar ali no meio do combate para conseguir informações. Mas então, a cidade falava com ela, e lhe dava informações que seriam importantes para resolverem o caso.

Naoko: Mas como este homem pode ter sido um sacrifício e estar por aí.. A não ser que.. ele é um desses homens-lava?

Aguardaria a resposta e em seguida Toyko Ghost sacaria sua katana e se juntaria aos demais no combate aos homens de lava.


Naoko: Nós temos cerca de duas horas antes de tudo ir pelos ares... A cidade inteira vai explodir, e não é por conta de um fenômeno natural.. e sim como um sacrifício ao vulcão que antes estava adormecido. Eu tenho um nome, Kailola. A cidade diz que ele foi um sacrifício ao vulcão muitos anos atrás, então é bem provável que tenha a aparência de um destes homens-lava que estamos enfrentando.

Ela falava ativando o comunicador preso ao ouvido para que todos membros da equipe tivessem a informação. Sua voz saía ligeiramente ofegante, pois ao mesmo tempo ela atacava a criatura mais próxima com sua espada.

_________________


"Miracles aren't free, you know. If you wish for something good to happen, a whole lot of bad stuff is gonna happen too. I guess that's how the world stays in balance, good bad, everything zeros out. "
avatar
Renata C.

Número de Mensagens : 523
Idade : 32
Data de inscrição : 27/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  El Cabron em Qua Nov 01, 2017 4:06 pm

Honolulu

~  O caos era imperativo por praticamente todo o centro da cidade de Honolulu. Enquanto equipes de evacuação prestavam o rápido apoio, o Time Bravo lutava contra os monstruosos “Homens de Lava”. No entanto, enfrentar a causa de um problema não era, necessariamente, o mesmo que resolvê-lo. Na mente do Titã, eles estavam bem distantes de chegarem a alguma conclusão certa, exceto pela jovem japonesa conhecida como “Tokyo Ghost”, que parecia estar chegando a algum lugar. ~

- ...

~ A criatura rochosa percebe que seu ataque acaba por destruir três das furiosas criaturas, dando-lhe brecha para outras ações. Em sua mente, a equipe científica poderia ter as respostas para as principais perguntas que explodiam em sua mente. Era preciso que todos atuassem como uma equipe naquele momento. Os “Homens de Lava” eram apenas uma ponta de toda aquela situação estranha que se passava no Hawaii.
Em outros tempos, o Titã agiria como na época em que treinara jovens garotos para adentrarem ao mundo do boxe, quando ainda era chamado pelo seu verdadeiro nome... mas falar ainda era algo pesaroso para o Gigante de Pedra. Grunhir e rosnar era tão mais fácil que o temor em deixar de ter ainda um dos poucos resquícios de humanidade lhe assombrava. ~


- ...

~ A criatura então enrijeceu seu corpo e passou a correr o mais rápido que podia em direção aos cientistas. Qualquer um que se opusesse a ele, durante aquele trajeto, seria atropelado violentamente pela grande figura, do alto de seus mais de dois metros de altura e trezentos e cinquenta quilos. Pará-lo ou procurar obstruí-lo, agora, seria literalmente uma missão suicida.
Chegando ao local, o Titã procuraria observar o local-origem da erupção, bem como atentar-se à possibilidade dele ser o caminho de entrada dos “Homens de Lava”. Logo, voltaria-se aos cientistas, tentando não parecer tão hostil quanto sua aparência sugeria. ~


- O que houve...aqui? O que...descobriram...nesse lugar?

_________________
avatar
El Cabron

Número de Mensagens : 174
Idade : 27
Data de inscrição : 05/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Guima em Qui Nov 02, 2017 10:38 am

Seguindo as ordens de Miranda, o Dr Nachtstern levanta voo na direção do Diamon Head. Ele oferece carona para um dos companheiros de equipe e Akin decide ir junto com o companheiro até a cratera do Vulcão Inativo.

O Diamond Head era o nome da cratera e como vulcão estava inativo ha milhares de anos, fora então transformado num parque nacional. O local era uma reserva natural mantida pelo governo local e estava bem conservado. Chegando ao topo do local, os dois doutores encontram a equipe cientifica que fora enviada para estudar o local. A equipe cientifica composta por seis homens contava agora com apenas quatro. Haviam dois corpos carbonizados virando cinzas no chão.

A equipe cientifica tentava se aproximar de uma grande rocha. E a rocha estava prestes a rachar com diversas ranhuras incandescentes como se estivesse prestes a "chocar". Porem a mesma Rocha era protegida por um ser parecido com os homens de lava, mas este era diferente... Era maior e composto por magma e rocha.

Um dos cientistas ao verem os dois integrantes do time Bravo grita para os mesmos: Nos ajude, por favor desde que chegamos essa criatura está tentano nos matar. Ela protege aquela pedra, e nossos aparelhos indicam sinais de radiação sigma irradiando dela.


Em Honolulu a luta ainda continua nas ruas, O Patriota de Aço alça voo saindo do alcance das criaturas vulcanicas e dispara um poderoso raio laser em um deles destruindo-o por completo.


Apos ter se reconectado ao espirito da cidade e descoberto informações uteis, Naoko se lança no combate contra as criaturas brandindo sua Katana. O Golpe desliza afiado no corpo da criatura causando uma cicatriz incandescente, mas golpear a criatura em combate corpo a corpo era perigoso pois o calor do seu corpo causava queimaduras... Naoko sentiu sua mão arder e ficar avermelhada pelo calor vulcânico do monstro.
Mas seu golpe havia machucado a criatura tambem, que retaliou com um soco ( Renata, role Armadura+atenção para se defender ou Atletismo+Habilidade pra se esquivar, dois sucessos é o suficiente pra escapar ou defender o ataque. Depois se quiser pode rolar seu ataque novamente).

O Titã observou o dr Nightstar sair da zona de combate juntamente com Aakin. Ao olhar a direção para onde estavam voando, logo deduziu que os dois foram até o local onde estava a equipe Cientifica. Então Titã decidiu segui-los pelo solo. O monstro correu em direção ao Diamond Head. Embora fosse lento, seus passos em corrida eram extremamente largos e isso diminui a distancia... Logo o gigante desfigurado se encontrava no topo do Diamond Head alguns minutos depois de Nightstar e Akin terem pousado...

A criatura vulcanica que protegia a pedra ao ver Titã, rosnou. Ela movimentou seu braço como se golpeasse o ar e um pedaço de rocha incandescente soltou do seu braço indo em direção de Titã. (Guilherme, role Atenção+Armadura para absorver o dano. Depois se quiser pode rolar seu ataque rolando Atletismo+Força)

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2319
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Qui Nov 02, 2017 8:40 pm


-YES!

Nessa hora o patriótico ventrículo direito do coração intacto de Clark Lannister pulsa mais forte, sem precisar ampliar seus esforços o disparo de energia reduziu à nada a criatura...

Funciona! Funciona! Mesmo contra a cria das profundezas da Terra o disparo é mais eficiente do que as balas como provou mais do que empiricamente! Ele vai ficar ainda mais rico! A liberdade de criar funciona! Isso ele não vai esquecer! Seu convencimento vai às alturas... Monstro foi reduzido à nada!

Após despedaçar a criatura que atacava Jade, rapidamente preparo já faço disparo contra a que esta atacando a nossa mística aliada que encorpora almas das cidades pensando o quanto nesse momento ela deve estar se sentindo parte de nossa gloriosa cultura de conquistas e liberdade ao sentir o espírito dessa ilha que pertence à nossa grande nação e com isso envio meu recado final ao inimigo.

Patriota de aço: -Estenda de um vez, seu lixo de pedra derretido! A América é foda!

E disparo na que ataca Naoko. Afinal, quando um americano salva uma ninja, pode salvar duas!

Deus salve a porra da América!


_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2614
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  El Cabron em Qui Nov 02, 2017 9:25 pm

~ O Gigante de Pedra, por fim, chegava aos cientistas. Vendo que outros de seus companheiros de equipe também estavam no local, o Titã permanece em silêncio ao notar que uma criatura, de aparência tão hostil quanto a sua, também estava presente no lugar. Era impossível não perceber que o dito ser aparentava resguardar uma grande rocha, coberta por curtas fendas que pareciam estar prestes a explodir. ~


- ...

~ Os instantes seguintes ocorreram tão rápido que qualquer um ali presente poderia não compreender exatamente o que ocorrera.
O monstro vulcânico, assim que percebe a presença d’o Titã, ataca-o. Rosnando selvagemente, a criatura coberta por magma lança uma grande e incandescente rocha em uma velocidade acima do normal.
Titã, em um ato puramente instintivo, ergue o braço esquerdo rapidamente, como se estivesse fechando sua guarda. A rocha, ao colidir contra o antebraço do Colosso de Pedra, estoura em milhares de pedaços, espalhando-se por todo o local. Seu movimento seguinte foi o de dar um salto na direção da criatura e socar na região torácica, imaginando aquele ser o seu ponto fraco para ruptura do monstro.
Ledo engano. O monstro sequer se move, tal qual o próprio Titã anteriormente, quando fora atacado.
E, então, algo passou-se em sua mente; O que acontece quando uma força que não pode ser parada vai de encontro a um objeto que não pode ser movido? ~

_________________
avatar
El Cabron

Número de Mensagens : 174
Idade : 27
Data de inscrição : 05/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Ricardo Sato em Qui Nov 02, 2017 9:49 pm

Chego até o topo com o jovem Akin...um rapaz com um futuro promissor nas ciências,apesar de um pouco verde e encontramos 4 dos seis cientistas na cratera frente a uma criatura diferente mas similar as outras.

Parece que chegamos,gostaria de analisar as leituras dos sensores da equipe científica,mas creio que devemos tirar aqueles homens primeiro dali...certo?

Me volto então aos cientistas.

Acalmem-se meus jovens,deixem-me tirá-los daqui e quando em segurança usem os comunicadores para me passar os detalhes de suas descobertas.

Começo a rapidamente retirá-los do alcance do "monstro",enquanto percebo claramente que ele protege o objeto de rocha.Logo quando estou terminando o rapaz Larsson se aproxima...imediatamente sendo percebido como ameaça e atacado.Um combate se inicia e decido que era hora de testar a aparente posição de guardião do ser,vamos ver se quando o "ovo" for colocado em risco ele conseguirá se focar no Titã.Alguns disparos próximos do objeto devem fazer o serviço,me preparo também para esquivar-me caso minha teoria se prove válida.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Leo Rocha em Dom Nov 05, 2017 9:17 am

E lá estamos nós em nossa primeira missão oficial... Salvar Honolulu é o objetivo principal. Os secundários são descobrir o que causou este fenômeno e identificar se há possibilidade disso ocorrer em outros lugares.
Eu avanço junto com o Dr. Nightstar. Ele é um homem um tanto quanto estranho e com um modo de fazer ciência bem diferente do meu, mas ainda assim é um cientista e nós dois somos os mais indicados para verificar os dados da equipe científica.
Enquanto isso, o tal Patriota de Ferro fica despejando sua diarréia verbal sobre a supremacia dos EUA e tentando gritar ordens para os que estão mais próximos. Eu tenho que conversar com a Vice diretora Tate sobre essa postura dele mais tarde. Nós não somos uma força subordinada aos EUA e não podemos ter um idiota prepotente como esse falando como se estivessemos sob seu comando.
Ao chegar ao topo do vulcão, a equipe nos conta que o monstro à nossa frente está guardando um ítem atrás dele. Eu consigo ver daqui: parece um ovo prestes a chocar. Um ovo de pedra.
Os equipamentos alertam para concentração de energia sigma no local,mais um evento provocado pelo meteoro.

Arrow Concordo com a evacuação, Dr. Mas gostaria de estudar aquele ítem.

Nessa hora chega o gigante, conhecido como Titã. Pelo que li de seu dossiê, um bom homem preso em uma prisão criada em torno de seu próprio corpo. Fico pensando na sorte que tive, pois o acidente que me tornou Akin poderia ter me transformado em uma criatura como ele. Se ele me permitir, um dia gostaria de examinar sua condição e ver se consigo ajudar. Mas nesse momento, tenho outro trabalho...

Arrow Bem vindo Titan. Parece que temos um zagueiro à nossa frente e algo muito valioso atrás dele. Você acha que consegue distraí-lo?

A pedra arremessada no Titan quando ele chegou e a postura da criatura mostram que ele é a minha melhor aposta para distração no momento, se ele aguentar lutar nesse calor...

Eu aproveito o embate crio uma pinça de energia, tentando puxar o item na minha direção. Caso consiga, irei tirá-lo dali e analisar.



_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4143
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Guima em Dom Nov 05, 2017 10:48 am

Na cidade.

A batalha contra os monstros de Lava ainda continuava... Naoko conseguiu bloquear o ataque da criatura mas seu braço ficou chamuscado devido ao calor que emanava do mesmo. Ela o retalha novamente com sua espada porem ataca-lo fisicamente lhe causava dano. Era uma batalha dificil para Tokyo Ghost e talvez ela poderia até derrotar a criatura, mas acabaria tombando também.

Do alto o Patriota de Aço estava em polvorosa por suas manoplas energeticas term funcionado que não percebeu que uma pequena erupção formava-se na direção de onde estava. Ele viu a criatura tentar atacar Naoko mas seu disparo dessa vez passou direto pela criatura sem acerta-la e logo depois uma pequena erupção vulcanica irrompeu do solo subindo na direção do heroi blindado ( Glaucio faça um teste de esquiva e depois faça sua jogada de armadura caso não obtenha sucesso no primeiro teste)

O monstro de lava ruge alto. O som gutural de seu grito é sentido pela japonesa na forma de um vapor quente que toca sua pele deixando-a levemente vermelha. Ele junta suas mãos num unico punho e prepara um ataque para esmaga-la. Não tinha escapatoria.... não dessa vez.

No momento em que iria desferir o golpe a criatura ruge novamente, mas desa vez seu rugido é parecido com o de dor. Naoko olha para o monstro e percebe que uma grande quantidade de vapor surgindo das suas costas como se estivesse sendo atingido por um jato d´agua?! Ela estica o pescoço olhando por trás da criatura e vê uma figura desconhecida e simpatica.


Aloha! E ai gata, precisando de uma ajudinha?

Ele manipulava a agua de um hidrante e a transformava num jato de alta potencia que atingia com tudo a criatura de lava. A pele da criatura começava a ficar enrijecida e craquelada... Acho que agora é a sua deixa. Diz o rapaz para Naoko.

Ainda restavam 6 criaturas. Duas estavam paralisadas devido ao controle de Angus, duas atacavam a Aranha de Jade que esquivava dos seus golpes com maestria deixando-os ocupados e outras duas caminhavam ainda pela cidade destruindo tudo o que via pela frente...

No Diamond Head.

Titã avançou golpeando o mostro que protegia a pedra. Mas seu soco não surtiu o efeito desejado... a criatura bloqueou seu golpe e agarrou titã levantando o do solo por cima da sua cabeça e jogando o longe dali. O monstro pugilista arrastou-se pelo solo engolindo uma bela quantidade de terra pelo caminho.

O Dr Nigthstar atirava proximo da pedra pra tentar estudar o comportamento da criatura. Ele queria testar a criatura sabendo se colocando a pedra em risco ele atacaria ou manteria sua atenção em outras ameaças. A criatura percebe os tiros do Dr, e sua atenção se volta contra o mesmo. Mas ao invés de ir na direção dele ele desfere um soco contra o solo e erosões incandescentes desenham -se no solo indo em direção de Nightstar, ao alcança-lo a erosão explode num geiser de lava lançando magma em varias direções...

( faça um teste de esquiva, caso falhe faça um teste de armadura conforme as regras)


Akin aproveitando-se da distração, criou uma pinça manipulando seu campo de energia e puxou para si um fragmento da pedra que a criatura tanto protegia... O tecnico cientifico que estava com Akin abriu sua maleta de equipamentos e os dois começaram uma rapida analise do fragmento antes que a criatura voltasse a atenção contra eles. Por sorte, Titã se levantava, furioso e preparado pro proximo round. ( Leo faça um teste de habilidade + Pericia conhecimento para analise da pedra. O NA 2 portanto serão necessarios dois sucessos).

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2319
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Dom Nov 05, 2017 5:56 pm



Oh, droga!

Esse manipulador de água me fez errar o tiro! Pelo menos agora tenho outro ângulo e...

O quê?

E... Ei! A Ilha parece que quer me acertar!? Esta muito animadinha, não é mesmo, senhora Ilha!?

Pelo menos esse nativo parece mais educado que o nosso manipulador de água. Aproveito que ele entrou na frente para atacar o monstro que eu tinha mira (claro... Foi por isso que errei, só pode ser!) e atiro de novo contra o monstro que esta em cima de Naoko, que aproveitando a brecha do ataque de vapor de água.

Depois desse tiro, sigo voando para mais perto dos outros dois que estão se afastando.

Patriota de Aço: -Terminem o serviço com esses, vou pegar os outros dois que estão atacando a cidade antes que atinjam os civis!

Demorando... Estamos demorando muito!




_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2614
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  El Cabron em Dom Nov 05, 2017 8:32 pm

~ O embate entre ambas as criaturas parecia carregar consigo pretensões inimagináveis, como se, de fato, um duelo de titãs fosse iniciar. No entanto, o que se viu foram ambos ataques sendo repelidos pelas figuras monstruosas em combate.
O monstro coberto por magma acabaria, em um rápido movimento, desvencilhando-se de Titã e, com isso, pegando-o em um contra-ataque e lançando-o para longe do local de combate. ~


- !!!

~ Arrastado fortemente contra o solo, criando um pequeno buraco no local de sua queda, Titã levanta-se furioso. Com o olhar penetrado ao horizonte, calculando de onde havia sido arremessado, o Gigante de Pedra coloca-se em corrida.
Embora seu grande peso atrapalhe sua velocidade, Titã consegue um bom impulso até chegar novamente na região de Diamond Head e, ao localizar o monstro de magma, não cessa sua corrida, investindo todo seu peso em seu ombro, para atingir em cheio o seu adversário. ~


GRAAAAAAAAAA!!!!!

_________________
avatar
El Cabron

Número de Mensagens : 174
Idade : 27
Data de inscrição : 05/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Renata C. em Dom Nov 05, 2017 9:34 pm

Sentia o calor da criatura atravessar a lâmina de sua katana, queimando a sua mão. Atacar aqueles monstros produzia um efeito colateral, mas ainda que ficasse com a marca do cabo da espada em suas mãos, ela não a soltaria. Logo vinha outro ataque, que apesar dela conseguir bloquear queimava a pele do seu braço como se enfiasse o mesmo dentro de uma fogueira.

Naoko cerrava os dentes evitando assim emitir qualquer som que denotasse dor, e já preparava o próximo ataque. Mesmo que seu braço estivesse em condições lamentáveis, não cessaria os ataques a criatura. Não enquanto ainda conseguisse ficar em pé. O segundo ataque não foi tão bem sucedido, em parte pela condição em que ela estava.

Podia sentir o calor que o monstro de lava emitia através de um simples rugido esquentando sua pele. Ele preparava seu ataque derradeiro, quando um rapaz que controlava a água o impedia de prosseguir.

Então, a fraqueza daquelas criaturas era a água. Naoko via a pele da criatura craquelar e parecia um momento perfeito para atacar. Mas a rajada disparada pelo Patriota de Aço dava cabo da criatura antes que ela pudesse atingi-la com sua espada. Ok, um a menos.

Naoko: Obrigada. - dizia aos dois, enquanto se colocava em posição de combate novamente, pouco se importando com os ferimentos que deixavam seu braço levemente enegrecido - Utilizando água podemos enfraquecê-los e acabar com isso logo. Depois de vocês.

Saltava pela rua indo em direção aos dois monstros restantes. Utilizaria o cenário urbano ao seu favor, para não ser pega novamente desprevenida pelos ataques dos monstros. Ela se movia como um praticante de parkour, utilizando o que tivesse ao seu alcance para escalar as edificações em sua volta, preparando o ataque assim que o rapaz pudesse direcionar um ataque de água nos outros monstros de lava.

[ativando os poderes de arena, Guima]

_________________


"Miracles aren't free, you know. If you wish for something good to happen, a whole lot of bad stuff is gonna happen too. I guess that's how the world stays in balance, good bad, everything zeros out. "
avatar
Renata C.

Número de Mensagens : 523
Idade : 32
Data de inscrição : 27/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Ricardo Sato em Seg Nov 06, 2017 12:10 am

Vejo a criatura urrar e virar-se contra mim quando ponho o "ovo" em perigo...teoria comprovada,porém inusitadamente ela não avança e soca o solo.Felizmente não sou tão tolo a ponto de não perceber que apesar da aparente bestialidade aquilo deveria ter algum propósito.Sigo o caminho das rachaduras com o olhar e lanço-me para o local que julgo mais seguro...acerto por pouco ao ver a lava subir aos céus.Rolo pelo solo,felizmente meu corpo quando tinha 30 era mais acostumado as aventuras e agruras da vida,era bom realizar tais feitos sem sentir as dores do tempo.

Vejo também o jovem Akin,unir-se aos cientistas resgatados na tarefa de analisar a rocha,esplêndido!Acredito que Titã irá entreter a criatura tempo suficiente mas não posso me arriscar,as sondagens devem ser bem sucedidas.

Belo golpe jovem Larsson...devemos deter a criatura até que a equipe possa analisar aquele objeto,tenha cuidado,claramente não sabemos de todas as suas capacidades.

Elevo meus sentidos em busca de qualquer dica sobre o ovo ou sobre os ataques subterrâneos da criatura,um ponto mais quente,um barulho mais sutil,uma vibração estranha...tudo isso pode indicar um local de interesse a ser sondado ou um lugar no solo a ser evitado,me certificarei de avisar aos outros caso encontre algo.Enquanto isso me foco em distrair o ser de avançar para a rocha,analizo seu corpo em busca de pontos fracos e disparo de forma calculada.            





(off-se ainda existir é ataque especial/manobra,não vantagem...antigamente tinha,se não é normal)

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Nasinbene em Ter Nov 07, 2017 4:44 pm

Angus tinha se mantido imóvel até o momento, concentrando-se em manter parados os homens-lava que tinha paralisado até o momento. No entanto, a aparição de um jovem havaiano capaz de, como ele, manipular a água, chama-lhe a atenção. Seria ele um dobrador de água assim como Angus? Seria possível que um novo Avatar tenha surgido no Havai, dando a Angus sua tão esperada liberdade de uma sina que não desejava? São questões relevantes, mas que teria que ficar pra depois. A atitude do jovem tinha lhe inspirado. Inércia não combinava com aquele que havia sido predito como o próximo Buda. Era preciso agir...
Assim, Angus passa a realizar a movimentação típica de dobra terra. Enquanto se movia, ele avisa aos demais:

- Pessoal, saiam de perto desses caras... Hora de dar um fim neles...

Assim, Angus usa seus poderes pra manipular a terra que havia abaixo deles, fazendo-a subir muito rapidamente e com ela os homens-lava... Quando estivessem a uma altura considerável, Angus retiraria o apoio, deixando-os cair de forma brusca no chão. O impacto cuidaria deles...
avatar
Nasinbene

Número de Mensagens : 1281
Data de inscrição : 29/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O despertar do Vulcano.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum