O Retorno de Bruce Wayne

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Administrador em Sab Mar 27, 2010 9:29 pm

Creio que provavelmente todos já sabem sobre a volta de Bruce Wayne, mas, como a publicação da minissérie começa agora em abril, achei que era importante comentar aqui no fórum também.
Pois bem, Batman: The Return of Bruce Wayne será uma minissérie em 6 edições. Na trama veremos Batman perdido no tempo depois que recebeu o Feixe Ômega de Darkseid. Ele está saltando de século em século, mas, sem lembranças de quem é realmente. Então até ele retornar para sua época de origem, veremos Batman em diferentes momentos históricos e encarnando diversos papéis.

Na primeira edição veremos Batman na Pré-História no papel de Homem das Cavernas.



Na segunda edição veremos Batman na época da Caça às Bruxas no papel de Puritano.



Na terceira edição veremos Batman na época das pilhagens marítimas no papel de Pirata.



Na quarta edição veremos Batman no Velho Oeste no papel de Cowboy (Vaqueiro/Pistoleiro).



Na quinta edição veremos Batman em um Cenário Noir no papel de Detetive Particular.



Na sexta edição veremos o aguardado retorno de Batman para o mundo contemporâneo.



A minissérie Batman: The Return of Bruce Wayne tem roteiros de Grant Morrison e seu desenrolar será decisivo para o futuro dos títulos dos Vigilantes de Gotham.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3984
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sex Abr 16, 2010 9:15 pm

Nem sei se comento algo sobre isso.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2485
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Convidad em Sex Abr 16, 2010 9:20 pm

Essa viagem no tempo do Bruce vai ser muito legal!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Convidad em Seg Abr 19, 2010 12:02 pm

É...
Vamos aguardar para ver.

Ainda não lí as histórias com o Batman Dick Grayson, mas TODO MUNDO está adorando e está tendo uma boa vendagem lá fora.
Pelo pouco das imagens que pude ver, me pareceu que Dick anda se saindo muito bem no manto.

Acharia certo Bruce Wayne retornar, mas não como O BATMAN.
Talvez, poderiam coloca-lo nos bastidores.

Ah, só lembrando.
Além de BATMAN: O RETORNO DE BRUCE WAYNE, também haverá a revista TIME MASTER (Mestre do Tempo) estrelada por Rip Hunter, que se unirá com Superman, Hal Jordan e Gladiador para procurar Batman através do tempo.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Convidad em Seg Abr 19, 2010 1:52 pm

É, e agora o Morrison vai explicar o que aconteceu no final de RIP também /hmm
Tiops, desde que o Bruce caiu na água até o confronto com Darkseid...

O que eu acho é que isso aí parece exigência editorial =X
Pelo o menos a parte de revisitar RIP eu tenho certeza...
Eu fiquei muito bem sem essa lacuna, até porque o Morrison explica SIM o que acontece no arco pós-RIP dele.

Anyway, esperando pra ver se a idéia partiu do Morrison ou não.
Até porque se não partiu, ele vai fazer birra e escrever algo TENSO como Planeta X 8D (alguém já leu esse arco dele pros X-Men??? QQQ)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Administrador em Seg Abr 26, 2010 7:18 pm

Azrael escreveu:Nem sei se comento algo sobre isso.

Claro que não tem nada pra dizer. Afinal, a Marvel usou o mesmo esquema para trazer Steve Rogers de volta e você não disse nada. Argumentaram que transportaram o corpo de Steve Rogers para o passado por meio da Plataforma Temporal do Dr. Destino e que ele estava amnésico na época da guerra acreditando que estava vivendo aquele momento pela primeira vez.
Se você não disse nada sobre isso por que criticaria o enredo da minissérie do Batman, não é mesmo? Não tem por quê.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3984
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Administrador em Qua Set 29, 2010 3:14 am

Como todos já sabem, o retorno de Bruce Wayne é iminente. Mas com a notícia da volta de Bruce, muitos fãs questionaram qual seria o destino de Dick Grayson, afinal, Grayson assumiu o capuz do Batman e suas aventuras são elogiadas pelos leitores e os críticos. A resposta é que teremos dois Batman daqui para frente. Cada qual com um uniforme distinto e revistas específicas.
Enquanto Dick Grayson permanece como protagonista dos títulos Detective Comics e Batman, Bruce Wayne torna-se protagonista de novos títulos, Batman: The Dark Knight (roteiro e arte de David Finch) e Batman Incorporated (roteiro de Grant Morrison e arte de Yanick Paquette). Sem mencionar que Dick Grayson e Damian Wayne ainda formam a Dupla Dinâmica em Batman & Robin, agora com roteiro de Peter Tomasi. No aspecto visual, Dick Grayson mantém o traje que vem usando desde que se tornou o Batman, enquanto que Bruce Wayne ganha um novo uniforme.
No novo uniforme de Bruce Wayne notamos o retorno da elipse amarela ao redor do símbolo do morcego. O traje está mais cinzento. Também parece mais pesado e resistente. As luvas deram lugar para manoplas metálicas de aspecto mais tecnológico. Por fim, Bruce não usa mais cueca por fora da calça. No entanto, os Batman não diferem apenas no visual, mas também na metodologia.
Aqueles que acompanham as aventuras de Dick Grayson como Batman perceberam que os métodos empregados por ele são diferentes dos utilizados por seu mentor. Bruce tinha o hábito de ocultar sua presença para manter o mistério mítico do Batman, desligando câmeras de segurança e destruindo quaisquer evidências de sua presença. Também removia pistas importantes das cenas dos crimes, não deixando nada para as autoridades trabalharem. Deste modo, era muito difícil condenar os criminosos, pois nunca havia imagens dos crimes cometidos e os advogados sempre alegavam que as provas foram comprometidas pelo Batman. Com Dick Grayson ocorre o contrário. Ele não se esconde das câmeras, pois gosta de mostrar para os criminosos que o Batman existe realmente e que está sempre pronto para intervir. É debochado e audacioso o suficiente para sorrir enquanto é filmado. Ele também não remove nenhuma evidência das cenas dos crimes, deixando tudo para a polícia. Ele é o Batman que o povo de Gotham quer, um herói confiável. Desde que se tornou o Batman, as condenações de criminosos aumentaram, pois poucos são libertados por detalhes técnicos. Em suma, ele é um herói mais ousado, como Demolidor e Homem-Aranha.
Portanto, agora que Bruce Wayne retornou, ele tem que reconhecer o êxito de seu pupilo. Assim, Dick Grayson será o Batman do público, trabalhando com as autoridades e oferecendo esperança ao povo de Gotham, enquanto que Bruce Wayne será aquele que atua nas sombras, lidando com os criminosos que a lei não tem condições de alcançar. Essa é a premissa da nova série mensal, Batman: The Dark Knight, onde veremos o Batman contra vilões que usam uma fachada de legalidade para escapar da justiça. Por esta razão, veremos o Pinguim no primeiro arco de histórias.


E se Gotham está bem protegida com Dick Grayson atuando como Batman, o mundo ganha a dedicação de Bruce Wayne na série mensal Batman Incorporated. Não é a primeira vez que Grant Morrison utiliza tal ideia. Quando Morrison escrevia Novos X-Men, o Professor X criou a Corporação X para estabelecer embaixadas mutantes por todo o mundo. Agora Bruce Wayne usa seus recursos para financiar atividades de heroísmo por todo o globo. A intenção é apresentar parcerias de Bruce Wayne com heróis de outros países, todos inspirados pela figura lendária do próprio Batman. Mas também há espaço para a participação de aliados típicos do Homem-Morcego. Na primeira edição veremos o Batman ao lado da Mulher-Gato. Mas na segunda edição já vemos o Batman na Ásia auxiliando um Homem-Morcego do Oriente.


Cada vez mais os heróis do Universo DC se tornam mais emblemáticos, ampliando a influência de seus símbolos na sociedade. Se temos uma Tropa de Lanternas Verdes reverberando por todo o cosmo, vários velocistas escarlates, agora temos Homens-Morcego. Ainda é cedo para saber se essa ideia será bem sucedida, mas ao menos para Dick Grayson como personagem, a mudança é uma grande evolução.


Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3984
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Qua Dez 15, 2010 11:38 am

Batman escreveu:
Azrael escreveu:Nem sei se comento algo sobre isso.

Claro que não tem nada pra dizer. Afinal, a Marvel usou o mesmo esquema para trazer Steve Rogers de volta e você não disse nada. Argumentaram que transportaram o corpo de Steve Rogers para o passado por meio da Plataforma Temporal do Dr. Destino e que ele estava amnésico na época da guerra acreditando que estava vivendo aquele momento pela primeira vez.
Se você não disse nada sobre isso por que criticaria o enredo da minissérie do Batman, não é mesmo? Não tem por quê.

Pois é... Exatamente isso... E não comentei nada do Rogers não por ser fã do que fizeram, eu sempre soube que não o matariam de forma tão estúpida.

Só to postando isso para não pensarem que eu gostei do retorno do Capitão América depois que você falou isso, porque eu tenho uma imagem de que tenho bom gosto pela qual zelar.

Agora no caso da DC é pior, não só mataram o Batman porque mataram o Capitão América como trouxeram ele de volta do mesmo jeito porque plagear o maior "super normal" da outra editora não era suficiente...

Essa morte do Batman foi a morte mais "morna" dos quadrinhos. Nunca vi um herói morrer de forma tão sem sal... Tudo ficou muito frágil e todos sabima que não significava nada.

E a do Steve também foi algo no mesmo naipe. E não falo na questão de texto, argumentos ou coisas assim. Falo de influência no cenário e na história geral do gibi. Foram mortes sem significado.

Ambos tiveram mortes anunciadas com a sensação clara de retornos iminentes em edições comerativas.

Até a Tia May tem direito à um "raise dead" ou outro de vez em quando...

Com relação à termos dois Batman, isso é algo que desde os anos 90 eles veem ensaiando.

Aliás os anos 90 foram cheios de mortes, doenças letais e cadáveres caindo às dúzias. Quando não eram morais eram cadáveres físicos dos heróis lendários. Uma modernização que na verdade tentava só dar uma continuidade à vida dos heróis, como se ela não fosse um eterno retorno onde o povo sai da cadeia, eles batem neles e eles voltam pra cadeia.

Nos anos 90 a Marvel copiou o Batman aleijado pondo uma armadura num debilitado Capitão América.

No caso do retorno do Bruce Wayne, prova-se que não precisamos do Bruce debaixo da máscara do Batman para sempre, isso é evidente tanto no Flash quanto no Lanterna Verde. Do que se precisa é gente que QUEIRA que existam outras identidades secretas debaixo do capuz de determinado herói e pronto... Vamos ter gente escrevendo um texto que segue essa idéia.

Batman Behold tinha exatamente essa idéia, mas no desenho da Liga quiseram dizer que o cara era clone do Bruce...

Não precisou ser clone por todos os episódios da série, mas...

Creio que somos todos indivíduos e toda história pode ser uma boa história heróica quando a personalidade de alguém é explorada como a de um ser humano. Não precisamos achar que só Bruce Wayne pode salvar o mundo, isso é um antagonismo com (Como diria Leo Rocha) "os verdadeiros heróis" que são cada uma das pessoas que vive sua vida.

É com pessoas que os leitores se identificam. E é repetir o trauma de Bruce Wayne que o torna interessante, mas o mundo tem risos do Dick Grayson e sadismo do Damian ainda bem funcionais.

Essa coisa de manter os heróis antigos por décadas com as mesmas tramas reestruturadas é só medo de perder mercado.

E não preciso dizer que é por isso que gosto do Fórum, cujo compromisso é só a diversão e boas histórias.

Reforçando, não acho o retorno do Rogers uma coisa interessante.

E Batman já viaja no tempo pelos Elsewords.

Quero ver se toda vítima do feixe ômega também quiser fazer esse role pelo tempo, onde é que o Universo vai parar quando todos chegarem aqui!

Bom, agora dois Batmen me parece uma idéia banaca.

Nem precisava dessa de jogar raios no Bruce...


_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2485
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Administrador em Qua Dez 15, 2010 3:33 pm

É válido lembrar que a DC iniciou a saga Batman Reborn antes da Marvel publicar Captain America Reborn. Sem mencionar que desde o final de Crise Final, já estava implícito que o Efeito Ômega de Darkseid lançou Bruce Wayne pelo espaço-tempo. Então a Marvel aparece com a desculpa de que usaram a Plataforma Temporal do Doutor Destino para devolver Steve Rogers ao passado. Pode até ser que a Marvel pensou nesse esquema temporal antes da DC, mas o fato é que a DC saiu na frente.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3984
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Qui Dez 16, 2010 12:13 pm

Certo... Só não sei o que torna realmente uma desculpa dessas mais aceitável.

O Morrison fez um tremendo trabalho pondo as coisas dos anos 50 como o monstro Arco-íris e o Bat-mine como alucinações de efeitos de hipnoses e alucionógenos que o Batman teve de superar, pondo que um personagem que é um ser humano normal tem problemas mais normais do que invasões de aliens ou de forças cósmicas para depois mandar o Batman pelo tempo.

Particularmente eu não via essa necessidade, o que aconteceu com a mente do Bruce no Batman R.I.P. poderia já ser suficiente para ele ser uma nova versão de Batman e ter ficado sumido um tempo...

O Batman não precisava ter saido de uma caixa mágica igual o gênio da lâmpada pra voltar...

Eu gosto dos Elseworlds do Batman, mas é porque gosto do personagem, agora eles não precisavam ter se tornado parte da linha central do tempo...

Ou poderiam, nessa altura do campeonato tanto faz também...

Speedy Gonzales,
Pensando que é melhor se concentrar nas aventuras do Fórum.



_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2485
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Administrador em Qua Dez 22, 2010 5:48 pm

Bom, eu acho que mesmo com o Bruce Wayne perdido no espaço-tempo, a trama de Morrison é melhor do que o declínio de Bruce Wayne nos anos 90. A série Knightfall em si, até que foi interessante, mas as séries derivadas, Knightquest: The Crusade (apresentando a cruzada de Jean-Paul Valley em Gotham) e Knightquest: The Search (apresentando a busca de Bruce Wayne por Shondra Kinsolving) foram enfadonhas. Era uma tarefa árdua ler aqueles enredos. Algumas poucas histórias se salvaram, como aquela em que Jean-Paul Valley se deparou com o Coringa. Mas muitas daquelas histórias foram ruins, como aquela em que Jean-Paul enfrentou o Talião. Logo depois, as sagas do Batman tornaram-se meras cópias de filmes de desastre, já que Gotham era alvo de contaminações e catastrofes.
Sinceramente, as histórias do Batman estão muito melhores agora. Afinal, o retorno de Bruce Wayne não tinha como ser pior do que o estilo de enredo escrito nos anos 90.
Sobre se concentrar nas aventuras dos fóruns, da minha parte, eu já estou cuidando para que as aventuras retomem o ritmo de antes. Agora os jogadores precisam fazer a parte deles.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3984
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Qua Jan 05, 2011 10:33 am

Batman escreveu:
Bom, eu acho que mesmo com o Bruce Wayne perdido no espaço-tempo, a trama de Morrison é melhor do que o declínio de Bruce Wayne nos anos 90. A série Knightfall em si, até que foi interessante, mas as séries derivadas, Knightquest: The Crusade (apresentando a cruzada de Jean-Paul Valley em Gotham) e Knightquest: The Search (apresentando a busca de Bruce Wayne por Shondra Kinsolving) foram enfadonhas. Era uma tarefa árdua ler aqueles enredos. Algumas poucas histórias se salvaram, como aquela em que Jean-Paul Valley se deparou com o Coringa. Mas muitas daquelas histórias foram ruins, como aquela em que Jean-Paul enfrentou o Talião. Logo depois, as sagas do Batman tornaram-se meras cópias de filmes de desastre, já que Gotham era alvo de contaminações e catastrofes.
Sinceramente, as histórias do Batman estão muito melhores agora. Afinal, o retorno de Bruce Wayne não tinha como ser pior do que o estilo de enredo escrito nos anos 90.
(...)

Os anos 90 copiaram eles mesmos. A queda do Morcego todos gostaram, o começo da carreira do Azrael como Batman muita gente curtiu. E a maioria esmagadora das pessoas que leram reclamou da roupa ultra-hightec do AzBat. Alguns curtiram até a primeira roupa, mas quando começou a surgir mil coisas nela passaram a odiar.

Tal fato ocorreu porque a história estava sendo escrita para esperarmos Bruce Wayne voltar, como você disse foram enfadonhas e cansativas porque foram repetitivas e apenas enrolação para vender gibis enquanto você esperava o retorno do Batman original. E o próprio texto te fazia sentir isso, porque era essa a intenção.

Depois do Batman ficar aleijado e voltar enfrentando um personagem que já era bem distante da idéia original do Azrael, idéia que como você mesmo disse aniquilou a personalidade do Az) ele foi dar uma volta sabe-se lá pra onde e deixou o Dick Grayson de Batman sabe-se lá porque.

Mais tempo enrolando, e a gente com vontade de ver o Bruce Wayne de novo. Mesmo com o Dick de Batman, tudo fazia querer o Bruce! E o motivo era simples, o Bruce iria voltar mesmo. Além do mais, foi durante a queda que o Asa voltou para Gotham! Só para lembrar ele era dos Titãs e não tinha envolvimentos mais com o morcego só em raras histórias que eram mais como visitas sociais que viravam solução de crimes.

Não li Terra de Ninguém na época, li só quando entrei no Fórum. Eu parei de ler Batman ASSIM que o Bruce Wayne voltou, para voltar a ler só quando entrei aqui para jogar de acordo com a cronologia que estava sendo assumida. Para mim tudo começou a ficar repetitivo de novo e o Asa Noturna querer ir embora porque o Batman tava vestindo preto e não mais cinza e azul foi a gota d´água! Eu já tive de engolir o Bruce durante sua luta com o Azrael dizer que NÂO sabia do Sistema e o Asa falar que se o Bruce pedisse ele teria usado o manto de Batman quando ele disse durante a Queda que não queria ser a sombra do morcego. (se fudeu, porque depois foi pra um gibi com esse nome)

Quando as desgraças começam a ocorrer em Gotham, na verdade é um novo "aleijamento" do morcego. É uma coisa para sentir culpa e pena do Batman DE NOVO! Toda idéia foi idêntica, todos inimigos dele em cima, vilões tentando tomar o controle da cidade que É ele. Gotham é o Batman, como Metrópoles É o Superman. Detonar a cidade é o mesmo que agredir o Batman, mas como ficaria repetitivo criaram uma forma alternativa. (aliás destruiram metrópoles poucos anos depois, só pra lembrar.)

Destruir uma cidade de um Super-herói na DC é algo tão pessoal que o Hal Jordan e o Oliver Queen sairam matando meio mundo quando as deles foram atingidas. (Para mim foi até redundante quando o Arqueiro Verde virou prefeito.) Em questão de construção de roteiro e semiótica No Man's Land é outra Knightfall com direito até a volta do Batman no final!

É justamente essa a questão...

Quando digo que é "repeteco", é por essa semiótica do herói ferido que vence o desafio.

Na verdade, como citei no tópico que você quis agitar sobre o melhor Batman eu comentei que nunca foi essa a sacada do Batman. Nunca, em nenhum dos seus 70 anos foi a idéia de que ele é um sujeito acima dos homens e sim que ele era um homem que conseguiu superar imensos desafios. Por isso o Batman se tornou mais popular que o Superman. Aliás, Tintin manteve mais vendas que o Super durante todo a ano de 38 e 39, até o surgimento do Batman. Justamente se usando da alegação de que era um herói comum e que não pulava prédios com um só salto.

Dentro ainda desse contexto, finalmente mataram o Batman. Mas fo a morte menos sentida de toda história em quadrinhos. Uma morte morna, fraca e que todo mundo tinha certeza que não aconteceu. E como se não bastasse houve um reboliço na cidade pelo sumiço do Batman. De novo...

Um novo Batman mais perverso apareceu (de novo) para tentar ocupar o lugar do Bruce Wayne (de novo).

É a mesma semiótica, repetida várias vezes. Só que agora eles foram muito mais rápidos com a batalha do manto do que nos anos 90 porque aprenderam e colocaram as disputas de forma muito rápida antes de darem o capuz para o Dick... (de novo)

Mas a diferença dessa passagem de manto pro Dick com a dos anos 90, Dick termina a Batalha do manto com um texto que descreve que ser o Batman sempre foi seu destino e não é uma fala do Bruce dizendo que vai sair de férias!

Em resumo o Bruce Wayne retornou de novo... E suas histórias agora é que estam cansativas...

O novo Batman e Robin estão muito legais e acima de tudo o Red Robin esta tendo histórias fantásticas. E o real motivo que me atraiu nas histórias deles é o que me atraiu em Batman. São gente normal, medindo esforços para superar imensos desafios e não alguém como o atual Bruce Wayne que esta ainda mais arrogante e vazio.

É como se tivessem tudo que o Bruce Wayne tem de pior e posto no "insector X r8" que ele virou. Fora que o uniforme dele no "Caminho para Casa" é do Falcão Noturno do poder supremo.





Sinceramente eu nem sei o motivo dele abandonar essa roupa depois, já que ela tem mais recursos que o uniforme do Batman.

Ele agora parece muito acima do que era antes, acima de todas as coisas, e Dick e Damian estão divertidos de ler.

Por essas e outras que a morte perde toda intensidade nos quadrinhos e por isso que durante os elsewords e what ifs morrem dúzias de persoangens. Porque vender brinquedos é melhor do que produzir boas histórias.

Que venha o Bruce Wayne...

De novo...

Speedy Gonzales,
Que vê a tragédia e a comédia.



_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2485
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Administrador em Qua Jan 05, 2011 5:25 pm

Cara, dizer que a fase inicial do Azrael como Batman recebeu elogios é forçar a amizade. As histórias do Jean-Paul como Batman não foram cansativas porque já se sabia que Bruce Wayne voltaria ou por causa dos constantes upgrades na armadura de Azrael, mas sim porque ele era um herói sem personalidade. Ele tinha apenas um conceito, não uma personalidade. Tanto que em seu título próprio, ele mudou várias vezes de atitudade e no final o leitor não sabia quem realmente era Jean-Paul Valley. Como o leitor pode se identificar com um herói que não tem traços marcantes e uma identidade definida?
E sinceramente, dizer que a recente volta do Bruce Wayne deixou as histórias cansativas como nos anos 90 é precipitação, afinal, não temos condições de fazer essa análise ainda, já que Batman Incorporated totalizou apenas 3 edições até o momento. Ou seja, é pouco tempo para fazer essa afirmação. O que sabemos é que a DC em novembro pela primeira vez em muito tempo, dominou o mercado dos quadrinhos. A Marvel dominava 51% das vendas no mercado dos quadrinhos em cada mês há mais de 10 anos. Em novembro, a DC reverteu a situação. Quem foi o responsável por isso? Grant Morrison e o retorno de Wayne.
Aliás, das 10 revistas do Top 10 de novembro, 4 foram escritas por Grant Morrison, sendo elas, Batman: The Return (primeiro lugar), Batman Inc. #1 (segundo lugar), Batman - The Return of Bruce Wayne #6 (quarto lugar) e Batman & Robin #16 (quinto lugar). Assim, a DC conseguiu 8 colocações do Top 10. A Marvel somente apareceu na lista em terceiro lugar com os Vingadores e em oitavo lugar com o Homem-Aranha. Acabaram os dias em que os X-Men garantiam as boas vendas da Marvel. Hoje os mutantes representam muito pouco para a editora, enquanto que o Batman se fortalece na DC.
Portanto, duvido que os leitores estejam vendo o retorno de Wayne como cansativo. Pelo que sei, as revistas com Bruce Wayne vendem bem no momento e repercutem. Só a escolha do Batman da França já rendeu polêmica e muitos comentários da mídia internacional, já que o herói escolhido é um franco-argelino e muçulmano convicto. Então me desculpe, mas o seu julgamento é muito prematuro.
Melhor esperar mais alguns meses para verificar os resultados do retorno de Bruce Wayne. Por enquanto, ainda não se tem uma ideia da reação dos leitores.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3984
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Retorno de Bruce Wayne

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum