Retroceder nunca, render-se jamais!

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Convidad em Ter Jul 10, 2012 6:32 pm

Super-Choque: -Aí, pessoal... eu não quero ser divisor de águas, nem tô aqui pra muita confusão... mas se querem saber, estamos errados. A gente se uniu pra salvar o mundo, não pra se comportar assim. Dagon é um dos nossos, assim como a Columba e, se não formos um grupo, por que então continuar juntos?! Se querem saber, eu podia ter parado ele como fiz com várias névoas, mas não fiz! Isso aqui só tem atraído mais confusão! A gente luta e luta uns contra os outros, mas não estamos nos ajudando de verdade ou inspirando heróis e procurando mais gente pra ajudar e sim brigando e destruindo. Vamos acabar é chamando atençã...
Chris: -Eu estou ouvindo os lagartos...
Super-Choque: -Saco...

Ouve todos decidirem por Los Angeles. A ideia é boa. Se a cidade realmente tem a resistência, há mais pessoas para inspirar, ajudar e tentarmos retomar nosso mundo. Os outros pareciam não se importar com os membros perdidos e aqui ainda tínhamos pessoas sendo escoltadas para a Homem Livre, em Dakota. Virgil não exita e se aproxima de Gordon.
Super-Choque: -Ei, você. Parece liderar eles. Olha, pegue isto e vá na direção de Minesota e leva todos contigo. Continua com isso, não larga por nada!
Ele entrega um dos rastreadores de localização de Dakota ao homem. De certo, uma equipe da cidade irá intercepta-los em segurança. O herói negro fica para sair após ver que todos os homens evacuaram e seguiram em segurança na direção certa. As lutas eram por causa deles. Depois, rumaria atrás dos demais Titãs, até Los Angeles. Se aquele grupo ainda poderia funcionar, dependerá muito de saber o que faz. E ele dará sua última chance junto deles, pelo bem do planeta.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Administrador em Qua Jul 11, 2012 3:20 pm

Quando estávamos perto de encontrar os fragmentos da Pedra da Eternidade, o assassino de deuses apareceu para atrapalhar as coisas. Pelo que sabemos, ele já matou Atlas e Salomão. Agora está querendo uma nova vítima: Mary. Ele terá que passar pelo meu cadáver para conseguir. Ao que parece, ele é leal ao Adão Negro. Não sei porque não desconfiei do Adão Negro desde soube que deuses estavam sendo assassinados. Acho que porque era óbvio demais! Pelo visto, leopardos não mudam mesmo as pintas. Adão Negro continua sendo o louco sociopata de sempre!
Mas deixarei as opiniões para depois. O importante agora é garantir que Mary vá até a Pedra da Eternidade para recuperar a magia de Shazam. A única maneira de fazer isso é distrair o tal do Osiris para que Mia e Zareb tirem Mary daqui.

- Não sei quem você é, mas se está do lado do Adão Negro, não pode ser uma boa pessoa! Afinal, por que jurou lealdade para Adão Negro e Ísis? Se para você eles são como rei e rainha, então isso faz de você um capacho real! Esse é o merdinha que você é?

Eu peguei pesado, mas era importante tirar Osiris do sério e atraiar a atenção dele para mim. É um plano idiota. Mas terei de me sacrificar para que Mary cumpra sua missão. No momento, meu único poder é a Cura de Apolo. Então dá pra levar muita porrada e não morrer no processo. Pelo visto, apanharei muito. Nunca fui masoquista, mas é o único curso de ação óbvio no momento. Antes de avançar na direção de Osiris, eu dei sinal para que Mia e Zareb levassem Mary para longe. Agora é aguentar o páreo para conseguir tempo suficiente para Mary...


Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3981
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Qui Jul 12, 2012 7:16 pm

Novíssimos Titãs (Robin, Superboy, Moça-Maravilha, Anarquia, Chris Kent e Superchoque):

O grupo conseguiu sair do local da batalha com Dagon antes da chegada dos Reptilianos. Após discutirem os próximos passos, decidiram seguir rumo a Los Angeles, onde ouviram notícias de uma resistência organizada. Antes, porém, o grupo resolveu seguir as recomendações de Superchoque e encaminhar o grupo de sobreviventes de Gotham em segurança.
Gordon exitou um pouco ao saber da idéia, mas cedeu aos apelos dos heróis e dos Gothamitas que se dispuseram a ir. Ele se sentia responsável por aquelas pessoas, como se passasse de comissário a guardião delas, e foi nessa posição que ele seguiu com o grupo.
Um outro grupo ainda preferiu permanecer na cidade, sendo capitaneado pelo Pinguim. Quando perguntado por Chris sobre porque ficar, o empresário apenas sorriu e disse:

Arrow Aqui eu sei quem eu sou...

Robin alcançou o grupo no Iceberg Lounge e contou a todos sobre a conversa com Theodere. Ao ouvir sobre as decisões tomadas pelo grupo, anuiu sem esboçar discordância de nenhum ponto, mas com um ar de preocupado com a jornada.
Após todos os preparativos e recomendações, o grupo partiu e os heróis puderam finalmente iniciar a jornada rumo a L.A.
A jornada segue sem maiores percalços. Em alguns momentos o grupo lutou com alguns Aracnos e Reptilianos, mas nenhuma tropa expressiva e nada que chamasse a atenção dos comandos aliens. Em cerca de 3 dias o grupo chegou à L.A. e lá pode encontrar o mesmo cenário de guerra. Por um instante se perguntaram se teriam andado tanto para simplesmente não encontrarem nada do que procuravam. Estes questionamentos acabaram quando ouviram o barulho de tiros. Seguindo o instinto o grupo correu ao local da movimentação e encontrou um grupo de cinco humanos (duas mulheres e três homens) cercado por um grupo de 20 aracnos. Os humanos disparavam com precisão nos aracnos, mas a ofensiva das feras parecia prestes a subjugar o grupo... Pelo menos até os Titãs chegarem!

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Qui Jul 12, 2012 8:01 pm

John:

O trajeto até Gotham parecia relativamente tranquilo, no entanto, no meio do caminho, seu braço começou a emitir um sinal fraco. A programação feita por Victor Stone apontava que o sinal estático do Titã conhecido como Superchoque estava se movendo em outra direção.
Em um cavalo de pau rápido, John muda o trajeto levando o carro até LA. Ele para ainda umas duas vezes para abastecer no caminho e em pouco tempo chega ao seu destino. Na entrada da cidade, a última gota do combustível deu seu último sopro e o viajante teve que seguir a jornada a pé.
Ele caminha cautelosamente, tentando lembrar desse cenário e de como o viu pela última vez. Seu braço apita cada vez mais forte e sente que finalmente encontrou o grupo que procurava. Ao dobrar uma esquina, ele avista os Titãs prestes a entrar numa briga com um grupo de Aracnos.
Seriam os verdadeiros Titãs? Seria ilusão de ótica? A viagem estaria lhe pregando peças?
Ele precisava ter certeza, pois esta resposta era a chave para a salvação do mundo.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Qui Jul 12, 2012 9:41 pm

Capitão Marvel:

Arrow Não sei quem você é, mas se está do lado do Adão Negro, não pode ser uma boa pessoa! Afinal, por que jurou lealdade para Adão Negro e Ísis? Se para você eles são como rei e rainha, então isso faz de você um capacho real! Esse é o merdinha que você é?

Tal qual o verso de uma cantiga de escárnio, as palavras de Freddy atingem Osiris em cheio. O jovem vocifera com ira sem igual:

Arrow Eu sou o irmão de Isis! O herdeiro legítimo do título de campeão místico da terra! Em honra aos que me precederam, eu devo conseguir o poder dos deuses e nem você, nem ninguém ficará em meu caminho!

Ele salta na direção de Freddy, atingindo o abdomen do jovem herói. Um jarro de sangue saí da boca de Freddy. Em seguida, Osiris o levanta pela gola da camisa e diz:

Arrow Você é um fraco! Depende de amigos para seguir. Amigos mais fracos ainda que você! Eu posso esmagá-los com o poder que me foi investido, mas quero apenas acabar com você. Não posso ter alguém tentando dividir o poder dos deuses comigo! Apenas concentrado todo o poder poderei ser forte o suficiente para honrá-los. Assim ele disse..

Mais um golpe no rosto arremessa Freddy em direção a uma das paredes. Ele sente ossos quebrando em seu corpo e a pressão das hemorragias internas. Ele tem uma incrível consciência de seu corpo. Sente cada parte como se fosse única e especial, mas não entende porque o processo de cura ainda não começou a fazer efeito. Ele tenta pensar no gatilho para isso, mas a chuva de golpes torna cada vez mais difícil a tarefa. Por fim, após alguns minutos, Osiris lembra que Mary também poderia ser uma ameaça a seus planos e se volta para procurar a garota. Ao virar, ele nota que Zareb está abrindo uma passagem para o que parece ser a Pedra da Eternidade. Ele grita e tenta correr para alcançar o grupo.
Mia dispara algumas flechas na direção de Osiris, tentando ganhar tempo para os amigos, mas sem efeitos muito expressivos.
Caído no chão, Freddy olha a tudo. Ele sabe que precisa levantar. Que disso depende o futuro do mundo. Mas será que ele conseguirá?

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Convidado em Ter Jul 17, 2012 3:35 pm


Aos poucos, Cassie voltava a compreender seu papel junto aquele grupo de Titãs, como se as memórias de um tempo mais simples aos poucos voltassem para sua cabeça. Em boa parte do tempo, apenas acompanhou o grupo em silêncio. Remoía-se ainda a respeito do destino das amazonas naquela nova configuração de planeta, imaginando se Diana não poderia estar viva, e bem. Mas sabia que, acima de tudo, seu espírito de amazona estava guiando-a para a maior das batalhas, e ela precisava corresponder àquele chamado. Seu silêncio e concentração se quebrariam com alguns combates ao longo do percurso até a cidade de Los Angeles, mas logo ela se fecharia novamente. Sentia todos mais distantes uns dos outros, menos Titãs e mais um grupo de combate, mas achava que aquilo era efeito de tudo que havia acontecido com o mundo à volta deles.

Quando a rota os levou direto para um combate entre humanos e aracnídeos, Cassandra se lançou ao mesmo com a típica ferocidade das guerreiras amazonas. Um aracno havia conseguido se aproximar demais, mas logo ele se viu erguido em pleno ar, preso pelo laço da Moça-Maravilha. Cassandra girou primeiro vagarosa e depois aceleradamente o inimigo, e o lançou contra outros, causando um belo estrago na ofensiva. Por um segundo, seu olhar passou pelo das pessoas a quem acabara de iniciar o resgate, e ela fez um meneio de cabeça positivo, só para logo depois descer em outro rasante na direção do ataque.

Embora aquele tipo de atitude parecesse, à primeira vista, algo completamente isolado, Cassie não se esquecera do grupo a quem acompanhava. A estratégia se desenhava em sua mente naquele instante.

- Anarquia, Chris! Protejam a resistência!

Ela laçava outro grupo de inimigos, puxando o laço e mantendo-os juntos e apertados momentaneamente, o que garantiria a oportunidade de um aliado destruir muitos de uma única vez.

- Precisando de um disparo único aqui! Choque? Robin? Alguém???

Seus músculos tensionavam para manter as feras presas.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Convidad em Ter Jul 17, 2012 8:26 pm

Super-Choque: -Salta uma voltagem expressa no capricho, Maravilha! Vamos dar choque nessas aranhas desenvolvidas!

Um disparo, calculado, enquanto Virgil passa sobrevoando atrás da Moça Maravilha. A frequência emulada pela eletricidade estática já era comum ao herói de Dakota. Uma nova carga era feita, mas desta vez, circulando os inocentes da resistência, impedindo que qualquer Aracno possa chegar até eles.

Super-Choque: -Continuem que aqui eu seguro o que vier! E vocês, da resistência, todos bem?

Virgil se animava muito, pois há tempos não percebia o grupo agindo como um! Ele faria o possível para continuar a dar certo.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Scorpion em Qua Jul 18, 2012 6:51 pm

A mudança de curso era algo que incomodava profundamente John. Victor Stone sempre fora bem metódico em tudo o que fazia... se algo estava mudando no plano, era um sinal de que um novo fracasso poderia estar por vir.
Abastecer o carro era algo difícil com aqueles tempos, mas o braço construído por Cyborg tinha excelentes meios de localização. Sendo assim, John conseguia chegar a L.A. para deparar-se com os Titãs se degladiando com um bando de Aracnos.
O braço soltou a voz do colega cibernético, Victor.
Braço: Assinaturas Genéticas.... scaneando..... 42%.... 76%.... 100%. Assinaturas confirmadas. Titãs: Superboy, Anarquia, Robin, Chris Kent, Moça Maravilha e Super Choque confirmadas!
John acelerou mais ainda o carro.
John: São os moleques mesmo!
O veículo atingiu quase 200km por hora. John fez um pequeno desvio para não acertar Anarquia com o carro... abriu a porta do motorista e inclinou-se para saltar, enquanto com a mão direita mirava o carro nos Aracnos que Super Choque e Moça Maravilha combatiam. Quando estava perto, ele saltou do carro, rolando e caindo próximo à Robin.
John: Precisam de ajuda?
O velho então, ainda ajoelhado, ergueu o braço metálico que transformou-se de uma mão para um canhão sônico, idêntico ao usado pelo Cyborg, dos Titãs. O carro chocou-se a pouco menos de 200km/h contra os Aracnos que Moça Maravilha segurava e Super Choque eletrocutava.




Então, o velho John disparou e explodiu o carro, visando explodir quantos Aracnos pudesse.
John: Precisando de uma mãozinha, guri?
O velho possuía uma barba grisalha bem feita e um cabelo volumoso.


John: Nós não temos muito tempo. Temos de acabar com eles, ou tudo estará perdido.
O homem trajava apenas um sobretudo, estando nu por baixo dele. Mesmo assim, isso não parecia desconfortá-lo.
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2324
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Nasinbene em Dom Jul 22, 2012 7:31 pm

Tudo parecia estar se encaminhando. Depois de deixarmos tudo acertado no Louge, partimos rumo a Los Angeles à procura de um suposto foco de resistência. Imagino o quanto essa decisão pode ter desagradado Conner e Chris, depois do ataque à Fortaleza. Eu mesmo não estava satisfeito em deixar toda aquela tecnologia kriptoniana à merce dos aliens, mas se não mantivermos o grupo unido agora, será o fim...
Nos deparamos com algumas tropas de reconhecimento no caminho, nada complicado demais. Garantindo que nenhum deles escapasse, os invasores sequer têm noção do que os está atingindo. Isso é essencial para nós nesse momento...
Ao chegarmos em Los Angeles, nos deparamos com o mesmo cenários miserável que tem assolado a Terra desde a chegada desses aliens: desolação, destruição, morte. E, ao que parace a guerra nunca pára por aqui. Avistamos um grupo de humanos sendo atacado por aracnos e antes que eu possa dizer qualquer coisa, Cassie e Super-Choque se lançam ao combate. Mas de forma desorganizada: eles contam com o grupo e agem praticamente em uníssono. Isso é muito bom, finalmente estamos agindo como uma equipe novamente.
No entanto, surpresa parece ser a palavra do dia. Um veículo a mais de 200 km por hora surge e atinge os aracnos como se fossem pinos de boliche. Chego a tremer de pensar o que tal temeridade causaria aos civis se Chris e Anarquia não s estivessem protegendo. Mas mesmo essa ação extremada pode não ter sido o suficiente. Lanço mais uma capsula do meu composto para paralizar aracnos bem no centro das chamas. Sabemos o que isso pode fazer em contato com o fogo...
O estranho fala comigo, mas no momento precisamos garantir nossa posição. Só o encaro por um momento e a seu braço. Embora não deixe transparecer, tenho um sobressalto. Sem a menor dúvida, aquele era o Canhão Sônico de Vic Stone. Seu rosto é familiar e sua linguagem corporal também. Tento reunir todas as peças do quebra-cabeças enquanto falo com os demais:

- Superboy, precisamos que escaneie a área com sua visão de raios x. Descubra quantos ainda estão vivos, se é que estão. Moça Maravilha e Super-Choque, reagrupem. Vamos avaliar nossas opções. Chris e Anarquia, garantam os civis... Quanto a você, recém-chegado... Onde conseguiu essa tecnologia? Que contato você teve com Vic Stone?

Falo com ele sem perguntar quem é, mas em meu íntimo sei a resposta. Antes de tudo sou um detetive, minha função é conhecer o mundo e as pessoas e tirar deduções a respeito disso. Identidade do desconhecido me vem à mente de assalto, como um trem cargueiro descontrolado. Apenas o absurdo da situação me impede de falar por alguns segundos. Um viajante do tempo, aparentemente novamente deslocado...

- Gladiador...? É mesmo você...?
avatar
Nasinbene

Número de Mensagens : 1239
Data de inscrição : 29/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Scorpion em Seg Jul 23, 2012 9:27 am

John: Pelo visto ainda sou famoso, hein? Vamos deixar as apresentações para um hora mais oportuna. Tudo o que posso dizer é que o tempo urge...
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2324
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Drako em Ter Jul 24, 2012 1:23 pm

Antes de partirmos, Chris me diz que poderia ir até a Fortaleza enviar um sinal para o mundo, um sinal de esperança. Eu não sei, realmente não sei.

Superboy:
Não gosto da ideia de você sair sozinho até a fortaleza de novo, principalmente agora com o Dagon a solta sedento por sangue K. Preciso pensar, vamos até a resistência. Lá eu te respondo.

Seguimos até Los Angeles, após deixar os sobreviventes em Gotham. Durante a viagem lutamos com alguns alienígenas, nada que causasse problemas. A viagem durou 3 dias. Eu e Chris poderíamos chegar aqui em instantes, mas o grupo é grande, não podemos arriscar ser vistos, por isso a cautela. Bart ficaria entediado.

Finalmente chegamos ao local, todo devastado, parecia um campo de guerra. Pensei que não teria ninguém vivo e foi tudo uma grande perda de tempo, até que ouvimos tiros. Vamos até lá e vemos um grupo de 5 pessoas tentando fazer frente aos aracnos. Cassie toma a frente e faz seu movimento, coordenando o grupo. Robin veio depois e pede para dar uma observada com minha visão de Raio-X e assim o faço.

Enquanto eu olho o local, Tim pergunta se o homem recém-chegado era o Gladiador Dourado. Aquilo foi uma surpresa.

Superboy:
Gladiador? Por essa eu não esperava, mas precisamos mesmo de toda a ajuda possível. Por isso, devo te dar a minha resposta Chris. –Me aproximo dele. – Você disse que queria ir até a fortaleza, e depois de pensar um pouco vou deixa-lo ir. Tenho que confiar em você, mas quero que me prometa, vá direto o mais rápido possível e não pare. Não pare até chegar na fortaleza.

Pego no único bolso da minha roupa o relógio que eu tinha guardado.


Superboy:
Pegue isso, é o relógio igual ao que seu pai deu ao Jimmy Olsen. Eu trouxe comigo para entregar ao Robin quando nos encontramos, mas acho que é melhor deixar com você. Se acontecer algo perigoso, aperte o botão vermelho e eu escutarei o sinal de qualquer lugar na terra. Eu irei até você o mais rápido que puder. Tome Cuidado.

Entrego o relógio para ele e me viro para os civis.

Superboy:
O que houve aqui? Porque estão sozinhos em um pequeno grupo em um lugar desses? Viemos aqui porque ouvimos sobre a resistência, sabem onde ela fica? Vocês fazem parte da resistência?

_________________
avatar
Drako

Número de Mensagens : 1698
Idade : 28
Data de inscrição : 28/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.ds-club.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Phelipe Peregrino em Qua Ago 01, 2012 5:28 pm

Superboy: Não gosto da ideia de você sair sozinho até a fortaleza de novo, principalmente agora com o Dagon a solta sedento por sangue K. Preciso pensar, vamos até a resistência. Lá eu te respondo.

Chris: Mas... - Eu sabia que estava pronto. Sentia isso. Mais do que apenas sentir, eu tinha certeza! Por isso sabia que conseguiria chegar à fortaleza e ajudar as pessoas a acreditarem. Mas, meu tio falava como meu pai. O tom era como o dele, e eu vi o olhar dele nos olhos do meu tio e naquele momento não pude suportar a ideia de só desobedecê-lo. - Certo. - Respondi animado. - Mas, por favor. Acredite em mim: Eu posso fazer isso!

Vamos em direção à cidade onde soubemos que haveria a resistência. Onde todos se reuniam para lutar contra a invasão e fomos acabando com as criaturas que apareciam no caminho. Era divertido ver o grupo lutando junto. Foi como quando vi a Liga da Justiça pela primeira vez. Eles pareciam tão ensaiados. Tão bons! E, aos poucos, via isso se formando no nosso grupo também. E meu coração se alegrava e palpitava.

Foi então que nos deparamos com um grupo sob ameaça e partimos para ajudar. A Moça Maravilha foi a primeira a avançar e ela parecia muito mais confiante, agora.

Moça Maravilha: Anarquia, Chris! Protejam a resistência!

Pousei entre as criaturas e as pessoas, mantendo as aranhas gigantes afastadas com minha visão de calor.

Moça Maravilha: Precisando de um disparo único aqui! - Ela havia amarrado as criaturas em seu laço, deixando elas todas no mesmo lugar. - Choque? Robin? Alguém???

Então, o Super-choque - eu gosto dele, ele é divertido - atacou, e um clarão seguido do som estático quase me deixou tonto.

[Braço: Assinatura genéticas.... scaneando..... 42%.... 76%.... 100%. Assinaturas confirmadas.] Captei algo com minha super-audição, e olhei ao redor tentando identificar de onde vinha. [Titãs: Superboy, Anarquia, Robin, Chris Kent, Moça Maravilha e Super Choque confirmadas!]

Nesse momento, o som do carro sendo acelerado e o pneu cantando aquele arranhar quase ensurdecedor. O carro vinha na direção das pessoas, e já havia me posicionado para segurá-lo se fosse preciso. Já ia atacar o veículo com minha visão de calor, quando ele fez uma curva brusca e virou-se para a direção das aranhas. Finalmente, o motorista saltou e disparou no exato momento em que o carro alcançava as criaturas. O resultado foi uma estrondosa explosão.

????: Precisando de uma mãozinha, guri? - O homem disse.

Chris: Legaaaal! - Deixei escapar baixinho.

????: Nós não temos muito tempo. Temos de acabar com eles, ou tudo estará perdido.

Robin ataca algo nas chamas e uma fumaça mal cheirosa se mistura ao também fedido cheiro de gasolina queimada. Então ele anda na direção do estranho.

Robin: Superboy, precisamos que escaneie a área com sua visão de raios x. - Instintivamente eu também o fiz, não porque não confiava no meu tio, mas é como se alguém pedisse para você não pensar em um elefante cor de rosa usando vestido. A primeira coisa que você faz é pensar em um elefante cor de rosa usando vestido. - Quanto a você, recém-chegado... Onde conseguiu essa tecnologia? Que contato você teve com Vic Stone? - Ele para e observa um momento. - Gladiador...? É mesmo você...?

Gladiador: Pelo visto ainda sou famoso, hein? Vamos deixar as apresentações para um hora mais oportuna. Tudo o que posso dizer é que o tempo urge...

Chris: Err... - Falei de forma tímida me dirigindo ao estranho. - O senhor está pelado, sabia disso?

Superboy: Gladiador? Por essa eu não esperava, mas precisamos mesmo de toda a ajuda possível. - Então ele virou para mim e se aproximou. - Por isso, devo te dar a minha resposta Chris. Você disse que queria ir até a fortaleza, e depois de pensar um pouco vou deixá-lo ir. Tenho que confiar em você, mas quero que me prometa, vá direto o mais rápido possível e não pare. Não pare até chegar na fortaleza.

Eu senti vontade de gritar e pular. Esta explodindo de alegria. Mas, me contive. Tentei, pelo menos.

Chris: Isso! - Escapou o grito.

Meu tio pegou um relógio no bolso e me entregou.

Superboy: Pegue isso, é o relógio igual ao que seu pai deu ao Jimmy Olsen. Eu trouxe comigo para entregar ao Robin quando nos encontramos, mas acho que é melhor deixar com você. Se acontecer algo perigoso, aperte o botão vermelho e eu escutarei o sinal de qualquer lugar na terra. Eu irei até você o mais rápido que puder. Tome Cuidado.

Chris: Eu não vou te decepcionar, tio. - Disse com firmeza. Eu o abracei. - Obrigado por confiar em mim.

Depois, parti o mais rápido que pude em direção à fortaleza da solidão e, mesmo sabendo que poderia encontrar uma grande variedade de inimigos, mal conseguia segurar a felicidade.

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1389
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Qui Ago 09, 2012 1:27 pm

Novíssimos Titãs (Robin, Superboy, Moça-Maravilha, Anarquia, Chris Kent e Superchoque, Gladiador):

O grupo que estava sob ataque aproveitou a ação dos Titãs para investir de forma mais incisiva contra os aracnídeo. Usando suas armas e as habilidades especiais dos titãs, a vitória foi incontestável. Tendo acabado a contenda, um deles se aproximou dos heróis, dizendo:    

Arrow Meu nome e Turk. Faço parte da célula de resistência. A gata hispânica e a minha esposa Carla. O velho decrépito se chama kelso. O cara de bandana e o Todd e o maluco ali do lado gosta de ser chamado de zelador. Vocês são os Titãs mesmo?  

Enquanto ocorrem as apresentações, Chris nota que o Gladiador se encontra nu. O herói do futuro também se da conta do fato e esboça um sorriso gaiato. Por sorte, zelador possuía um macacão extra na bolsa, que foi cedido Michael.
Após a confirmação da identidade dos titãs, Turku faz a proposta para que eles conheçam o núcleo da resistência e seu líder, John Dorian. O grupo aceita e, após se despedirem de Chris, seguem rumo ao local.
Durante a ida os dois grupos tiveram tempo para conversar e trocar impressões. Quando entram nós túneis de metro abandonados da cidade e que finalmente acham a base da resistência. Ao vê-los, indicam homem que coordenava algumas ações diz:  

Arrow Entao realmente existem heróis ainda... Meu nome é John. O que pretendem vindo a nossa casa?

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Sab Ago 11, 2012 12:50 pm

Chris:

Ele voava com rapidez e orgulho. Era a primeira vez que voaria pelo mundo sem a supervisão de seu tio e mais ainda, cumprindo uma missão designada por ele. Chris tenta se manter em uma velocidade que dificulte seu rastreio e segue sem maiores problemas até a localização da Fortaleza da Solidão. Ao chegar ao local, seus olhos se enchem de lágrimas ao presenciar que o legado de seu pai estava totalmente devastado. Ele tenta achar pistas do que aconteceu ali quando ouve um som mecênico se aproximando e tem seu primeiro contato com um Mecanical.
A criatura passa imponente, sem notá-lo e segue carregando uma pequena redoma de vidro. A criança nota que dentro dela está a cidade de Kandor. Centenas de vidas indefesas nas mãos do monstro. O sangue ferve em suas veias e Chris nota que a situação é realmente pior do que pensava.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Administrador em Dom Ago 12, 2012 7:01 pm

Mary está em perigo e eu não tenho condições de fazer muita coisa. É frustrante. Acho que eu me sentia menos impotente quando era manco. Nada saiu como eu planejei. Estou recebendo os golpes de Osiris, mas não estou me curando. O dom da cura de Apolo não está funcionando. Tem algo que eu ainda não saquei. Pensei que o poder já estaria ativado após a conquista do desafio de Apolo, mas não é assim que as coisas funcionam para a Família Marvel. Muitos não entendem porque precisamos de palavras mágicas para ativar nossos poderes. Mas essa necessidade tem uma razão. As palavras mágicas servem para nos lembrar de que os poderes de Shazam não são realmente nossos, são dádivas ofertadas e emprestadas dos deuses, e eles podem nos tomar esses poderes com a mesma facilidade com que os conquistamos.
Se eu quero mais algum tempo de vida, eu tenho que descobrir como ativar o poder que Apolo me ofertou. Meu primeiro impulso foi de gritar minha antiga palavra mágica. Mas eu não estou nessa jornada para recuperar meus antigos poderes. Eu estou nessa luta para me tornar algo mais. Ser o Campeão de Shazam. Nunca pensei que diria essa palavra em alto e bom som. Ainda soa estranho. Era a palavra mágica do Billy. Não a minha. Mas tenho que distrair Osiris até a Mary encontrar os fragmentos da Pedra da Eternidade, e não terei como fazer isso morto. Então... SHAZAM!!!

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3981
Idade : 33
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Convidado em Sex Ago 17, 2012 12:58 pm


A ação em grupo que fazia dos Titãs um grupo tão eficiente estava voltando. Contudo, aquela aparição surpresa deixou Cassie curiosa sobre aquele aliado que usara de um carro para destruir os aracnos. Cassie recolheu o laço com sua habitual habilidade e se aproximou devagar, reagrupando conforme as orientações de Robin. Antes de voltar ao chão, aproximou-se de Virgil.

- Valeu pela ajuda, Choque!

Naquele momento, Robin tentava identificar o sujeito que havia ajudado-os. A Moça-Maravilha o observa com atenção, guardando para si suas conclusões, mesmo porque, preferia conversar com o recém-chegado depois que ele estivesse devidamente trajado. Cassie nem tinha se dado conta que ainda estava um pouco no ar. Fitou Superboy e Chris em um canto. Viu quando o garoto pareceu animado e semicerrou os olhos diante do objeto que o mais velho entregava ao mais novo. Chris partiu naquele instante, enquanto a garota se aproximava de Conner, sussurrando.

- Você deixou mesmo ele ir sozinho? Você não se lembra daquilo que eu estava carregando, Conner? Nossos inimigos podem ter mais... tsc... mais kriptonita!

Fez um negativo discreto, claramente reprovando aquilo. Naquele momento, aqueles a quem tinha salvo se manifestavam. Cassandra fez meneios de cabeça discretos depois das apresentações.

- Sim, nós somos os Titãs, e estávamos mesmo a procura da resistência contra os invasores. É muito bom encontrá-los! Sei que isso parece clichê, mas... poderiam nos levar a seu líder?

Tinha uma certa carga irônica na frase, mas o tom sério de Cassandra denunciava que ela não parecia muito disposta a brincadeiras. Depois das confirmações, o grupo começou a seguir na direção do núcleo da resistência. Cassandra caminhava alerta, e por vezes, subia para verificar os arredores. Tinha também guardada pra si, por enquanto, a curiosidade de saber porque aquele membro ganhara o nome de "Zelador", já que parecia ser o único a ter um codinome ao invés do nome. Quando adentraram o túnel, Cassie ficou na parte de trás, guardando a retaguarda do grupo.

Não demorou, e finalmente se encontraram com o responsável direto pela resistência. Cassie considerou a pergunta desnecessária.

- Eu sou a Moça-Maravilha, e os Titãs estão interessados em concentrar os seus e os nossos esforços em prol de libertar o planeta do jugo imposto pelos invasores.

Simples e direta. Talvez a diplomacia não fosse exatamente o forte de Cassandra.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Scorpion em Sex Ago 24, 2012 7:06 pm

O velho aceitou as roupas do Zelador e agradeceu com um meneio de cabeça.
GD: Droga... sem cuecas. Vou ficar assado se ficar andando daqui pra lá.
Então, os heróis foram levados para a liderança daqueles sobreviventes. Gladiador olhava tudo aquilo com um ar acostumado, de quem já vira o que havia acontecido com a Terra mais de 100 vezes.
Ele observou Cassie falando com o líder da resistência e conferiu o seu computador de pulso. Por conta da viagem temporal, o computador sempre tinha de ligar.
Diversas luzinhas acenderam e ocmeçaram a piscar como se fossem falhar, mas então pegaram força e finalmente começaram a funcionar à toda.
Skeets: Skeets online, senhor! Bom dia! Pelo visto sua viagem foi um sucesso!
GD: Devagar, Skeets. Estamos só começando.
Skeets: Sim, senhor.
Gladiador e Cyborg haviam transferido o backup de Skeets para o braço, pois em uma das viagens temporais, ele acabou pifando e o firewall do braço era bem mais potente.
Quando Cassie terminou de falar, Michael adiantou-se e disse:
GD: Crianças, eu até entendo que vocês estejam doidos pra salvarem esse pessoal, mas infelizmente não vai ser possível. Eu já vi esta cena acontecer dezenas de vezes e sempre que o tentamos salvar, as coisas dão muito errado. A verdade é que em pouco tempo um de vocês vai morrer... e isso pode ser impedido, mas tem de ser feito a partir de agora. Precisamos ir até a colônia alien de L.A. e destruí-la. Este é o primeiro passo para ganharmos esta guerra. Salvar as pessoas, por enquanto, é somente colocá-las na geladeira para os aliens. Temos de parar de nos defender... e começar a atacar.
Ele podia ver a cara de decepção de muitos deles e explicou-se.
GD: Eu sei, é frustrante, mas é assim que deve ser feito. Quanto ao membro de vocês que está prestes a morrer, eu não posso dizer. Conhecer o futuro é alterá-lo. A única forma de controle que tenho sobre o que pode dar certo é vocês saberem o mínimo possível, do contrário, tudo o que sei não servirá de nada.

_________________
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2324
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Drako em Sab Set 15, 2012 10:58 am

Deixo Chris seguir sozinho até a fortaleza, uma decisão nada fácil para mim. O acompanho com minha visão microscópica por um tempo, até Cassie me perguntar se eu fiz a escolha certa. A respondo normalmente, não adianta sussurrar com Kryptonianos. Se o Chris quiser ouvir, ele vai ouvir.

Superboy:
Não posso segurá-lo por muito tempo, Cass. Ele está crescendo, e nesse mundo, não posso deixá-lo sobre minha proteção o tempo todo. Estamos em guerra, precisamos do máximo de poder que possamos usar, e infelizmente ele é um K, forte o suficiente para nos ajudar em batalha. Quando tudo isso acabar, farei de tudo para que o Chris tenha uma infância “normal”, com você ao meu lado.

Fito seus olhos e dou um pequeno sorriso. Queria fazer muito mais, só que não é nem a hora, nem o lugar apropriado para isso. Nosso trabalho é muito mais importante.

Os caras que salvamos vieram até nos, se apresentando e fazendo algumas perguntas. Cass novamente toma a frente, esses meses a tornaram mais confiante, mais proativa. Com o Tim fora, ela seria a escolha ideal para liderar essa equipe. Vamos ao líder do grupo, mas quem faz os maiores comentários é o Gladiador.

Superboy:
Espere um pouco, Gladiador. Eu concordo com você sobre pararmos de nos defender e começarmos a atacar, mas que história é essa de que um de nós vai morrer? Porque não contou isso antes? E que diabos aconteceu com você? Está velho demais. Você não é o Gladiador que estamos acostumados a lidar, poderia pelo menos nós dizer o que aconteceu contigo?

Essa história de que um de nós vai morrer me tira do sério. Já não bastasse o Mutano, e agora essa. Farei de tudo para que todos saiam dessa vivos, nem que eu que tenha que morrer no lugar deles.

_________________
avatar
Drako

Número de Mensagens : 1698
Idade : 28
Data de inscrição : 28/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.ds-club.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Qua Dez 19, 2012 10:46 am

Novíssimos Titãs (Robin, Superboy, Moça-Maravilha, Anarquia, Superchoque, Gladiador):

Os Titãs estavam em reunião com a resistência de L.A. e a conversa parecia seguir bem até o momento em que o Gladiador do Futuro informa que há a previsão de morte de um dos Titãs. Superboy é o primeiro a falar:

Arrow Espere um pouco, Gladiador. Eu concordo com você sobre pararmos de nos defender e começarmos a atacar, mas que história é essa de que um de nós vai morrer? Porque não contou isso antes? E que diabos aconteceu com você? Está velho demais. Você não é o Gladiador que estamos acostumados a lidar, poderia pelo menos nós dizer o que aconteceu contigo?

Antes mesmo que o futurista responda, surgem outras falas, sendo a primeira do Superchoque:

Arrow Ei cara! Você chega do nada dizendo que é um herói desaparecido que veio do futuro e que um de nós vai morrer. Não acha que essa história tá no mínimo complicada? Como podemos confiar no que diz?

Por fim, John Dorian se manifesta:

Arrow Vocês vem à nossa casa pedindo ajuda para um confronto direto com os invasores e falando de morte entre vocês? Essa não é a melhor estratégia para conseguir apoio... Durante muito tempo nós ficamos olhando para os céus esperando que vocês fizessem tudo por nós. Fomos sacrificados nas brigas entre vocês e quando mais precisamos vocês simplesmente não estavam lá. Nós estamos dispostos a lutar com todas as nossas forças pela nossa sobrevivência, mas não seremos bucha de canhão novamente. Desculpem se eu soou um pouco rude, mas os tempos em que eu ainda tinha o direito de ser gentil e ingênuo ficaram pra trás... Então se tem algo a nos dizer, digam agora e sejam objetivos.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Qua Dez 19, 2012 11:18 am

Capitão Marvel:

Arrow SHAZAM!!!

Osiris pára ao sentir o ar sendo energizado e se vira a tempo de ver o trovão cair em cima de Freddy. O jovem então se levanta recuperado dos ferimentos em seus olhos se nota a esperança de que, a partir daquele momento, as coisas iriam mudar.
Osiris então fala:

Arrow Você é um idiota! Se ficasse deitado poderia morrer em paz, agora irei destroçar seus ossos. Eu tenho a armadura de guerra mais poderosa já vista. eu sou da linhagem real do kandaq e você é um nada! Não irá me deter nunca.

Arrow Ele só precisa te chutar o traseiro.. cof

Freddy vê Mia dizer, enquanto dispara contra a cabeça de Osíris. A arqueira percebeu que a ausência de um capacete era uma vulnerabilidade a ser explorada na armadura e acerta com sucesso a orelha de Osiris, tirando sangue deste e dando tempo para reação de Freddy.

Enquanto isso, Zareb e Mary conseguiam entrar na Pedra da Eternidade.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Leo Rocha em Qua Dez 19, 2012 11:21 am

Chris:

Ele voava com rapidez e orgulho. Era a primeira vez que voaria pelo mundo sem a supervisão de seu tio e mais ainda, cumprindo uma missão designada por ele. Chris tenta se manter em uma velocidade que dificulte seu rastreio e segue sem maiores problemas até a localização da Fortaleza da Solidão. Ao chegar ao local, seus olhos se enchem de lágrimas ao presenciar que o legado de seu pai estava totalmente devastado. Ele tenta achar pistas do que aconteceu ali quando ouve um som mecênico se aproximando e tem seu primeiro contato com um Mecanical.
A criatura passa imponente, sem notá-lo e segue carregando uma pequena redoma de vidro. A criança nota que dentro dela está a cidade de Kandor. Centenas de vidas indefesas nas mãos do monstro. O sangue ferve em suas veias e Chris nota que a situação é realmente pior do que pensava.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4094
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Dom Maio 19, 2013 3:06 pm

John Dorian disse:
Arrow Vocês vem à nossa casa pedindo ajuda para um confronto direto com os invasores e falando de morte entre vocês? Essa não é a melhor estratégia para conseguir apoio... Durante muito tempo nós ficamos olhando para os céus esperando que vocês fizessem tudo por nós. Fomos sacrificados nas brigas entre vocês e quando mais precisamos vocês simplesmente não estavam lá. Nós estamos dispostos a lutar com todas as nossas forças pela nossa sobrevivência, mas não seremos bucha de canhão novamente. Desculpem se eu soou um pouco rude, mas os tempos em que eu ainda tinha o direito de ser gentil e ingênuo ficaram pra trás... Então se tem algo a nos dizer, digam agora e sejam objetivos.

Eu apenas observo, sou um criminoso de guerra para a maioria das pessoas aqui dentro. Então apenas ajeito meu bastão e espero o momento oportuno para falar. O silêncio parece demorar meses e falta de ação me fazem pronunciar.

-Escutem, o que realmente sabemos sobre eles? Questão apenas me fez suposições e contou lendas tolas e insanas... Como se essa raça de aliens tivesse nos criado... Eu gostaria muito de ajudar... Mas para isso eu preciso realmente que colaborem com meus métodos e sei perfeitamente que muitos de vocês ainda acreditam que o modo de vida americano pode ser reconstruido depois disso, particularmente creio que o melhor dele pode ser salvo e o melhor do modo de vida de toda espécie humana também.

Olho diretamente para John e continuo:

-O filósofo Sarte disse que quando os nazistas invadiram a França foi quando ele viu seu povo se tornar mais livre, foi quando eles realmente mostraram quem eram e conseguiram agir em prol de suas crenças se ajudando a enfrentar os ditadores. Creio que é assim para você e todos nós hoje... Alguns aqui tiraram a vida de aliens porque não existe lei que os proíbia, outros até mesmo criaram exércitos de vampiros apenas porque agora eram capazes de faze-lo sem represárias. Eu pergunto, quem de vocês quer ainda ser livremente um herói?

Olhando para o Superboy:

-Vivos ou mortos?

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2572
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Retroceder nunca, render-se jamais!

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum