Atlas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 3:54 pm

Neste tópico estão informações sobre nações estrangeiras do UDC.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 3:56 pm

Atlântida:

Conhecida como (provavelmente) a mais antiga civilização humana da Terra, desenvolvida já há cerca de 1.000.000 de anos atrás, originalmente governada com base em uma monarquia ligada as energias místicas (Mana) que eram abundantes nessa região, até o desenvolvimento da tecnologia e queda do misticismo.
Originalmente, governado por 12 casas poderosas, o próprio Império em si, governado pelo mais poderoso entre esses reis e rainhas, governante da maior cidade, a chamada Cidade dos Portões Dourados, capital do reino. O mais poderoso e reconhecido desses governantes foi o Rei-Feiticeiro Calculha, e sua rainha, Majiestra, de quem nasceram os príncipes-magos Ahri’ahn e Garn. Majiestra cultuava as forças das trevas, e usando os Doze Cristais do Zodíaco tentou dominar Atlântida e o mundo, mas foi detida pelo sacrifício da vida de seu filho mais velho.
O espírito de Ahri’ahn era forte, e voltou ao mundo físico reencarnado como o mago Arion. Este defendeu o Império e suas fronteiras de diversas ameaças, que incluía invasões de seres místicos de outras dimensões, a ameaça dos sub-homens (na verdade, homo erectus), ameaça do retorno de Majiestra Negra e Garn Daanuth, e principalmente, do retorno dos Atlantes que migraram para outras regiões do Universo, retornando milhares de anos depois como seres puramente tecnólogos, e esquecidos de suas origens.
Com o passar do tempo, e diminuição do Mana, as ameaças se tornaram cada vez mais sérias, até a queda total e completa do reino frente ao controle (ou descontrole) de uma governante insana responsável pela submersão total e absoluta do reino. Alguns garantem que houve influência de seres de outro tempo e/ou dimensão envolvidos.
Antes do colapso total, Lord Norrad o Jovem, um dos membros da família real, liderou um grupo de colonos em direção as regiões ao sul, indo colonizar um espaço extra-dimensional chamado Nova Atlântida (ver Skartaris).
O colapso final levou a submersão parcial do reino, apenas a cidade de Poseidonis, sob o comando do rei Orin permaneceu a salvo, graças ao misto de magia e tecnologia controlada por Lord Arion e ensinada aos governantes. Após a partida do mago, com propósitos desconhecidos, o irmão do rei, Shaakos levantou sua voz em oposição a tecnologia do irmão, querendo voltar-se aos velhos deuses (Calculha e Majiestra) como sua fonte de vida.
Quando um meteoro aproximou-se em queda da cidade, e causou sua submersão, o domo protetor de Poseidonis manteve o povo a salvo graças a seu rei. Sentindo-se traído pelo rei, Shalakos liderou parte do povo para a antiga cidade de Tritonis, onde ergueram um domo protetor como da cidade irmã e montaram seu próprio reino. Com o tempo, Orin e seus cientistas desenvolveram um soro que os possibilitou respirar sob a água. Em sinal de amizade, ofereceram o soro a Tritonis, que foi aceito pela população sem ressalvas.
No entanto, Shalakos sentiu-se traído pelo povo, e orando aos deuses das trevas por vingança, foi atendido com a forma de uma mutação. O povo de Tritonis desenvolveu traços como cauda de peixe em substituição às pernas e guelras. Muitas lutas e escaramuças entre ambas cidades, e entre elas e a superfície se seguiram, com significantes participações dos Atlantes em períodos históricos do Egito e Mesopotâmia, e esparsadamente, na Grécia Clássica.
O retorno dos Atlantes deu-se apenas em tempos contemporâneos, com a ação do super-herói Aquaman entre os heróis terrestres, confirmação da existência dessa civilização e sua participação e vários eventos recentes.
O povo atlante localiza-se sobretudo em duas principais cidades, Poseidonis e Tritonis, ambas cidades sob cúpulas em que se desenvolve a cultura e tradições antigas, localizadas aproximadamente a 7000 pés de profundidade, no Atlântico Norte. Tritonis é mais inclinada ao pacifismo e estudos humanos, enquanto Poseidonis e mais militarista e prinicipal responsável pela interação com o mundo da superfície, muitas vezes de forma agressiva.
Outros pontos de interesse, próximos às cidades atlantes, estão os Domínios Idílicos, sob comando de Thar o Insano; as Cavernas dos Selvagens Maarzons, que vivem em um equivalente a uma Idade da Pedra submarina; Thierna na Oge, governada pela maga Nuada Mão Prateada; Nova Veneza, hoje uma cidade quase abandonada, fundada por dissidentes atlantes e humanos, próxima a costa da Flórida; e Sub Diego, uma versão de parte de San Diego recentemente submersa, lar da nova Aquamoça; Lemuria, um outro reino localizado no Pacífico, similar a Atlântida; Venturia e Aurânia, postos avançados atlantes, a primeira dominada pela Rainha Cléa, inimiga da Mulher-Maravilha; e o Domínio dos Trolls de Fogo, na fronteira da Atlântida.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 3:58 pm

Austanburg:

Localizado em uma intrincada fronteira, o pequeno país de Austanburg é ligado à França pelo Oeste, Alemanha pelo Leste e Sul, e Luxemburgo pelo Norte.
Durante séculos sua história foi marcada pela supressão por parte de outros reinos, como os Germanos, Francos e Prussianos, até ser anexada pela Alemanha no inicio do século XX, e aproximadamente em 1921 um golpe comunista derrubou a monarquia e assumiu o poder, aproximando o país da URSS. Após o término da Segunda Guerra Mundial e a intervenção do grupo militar conhecido como Companhia Moleza e seu líder, o Sargento Rock, o país mudou seus rumos.
Em meados de 1970 o presidente Bela Varden mudou os rumos do país, aproximando-o do modelo norte-americano e abrindo as portas com facilidades para diversas empresas multi-nacionais. Dentre essas, as que mais se destacam são a Lexcorp, Brysler Motors, Ferris Aeronáutica, Cornelius/Krieg Farmacêutica, Cypher Internacional e Indústrias Dayton.
Embora o país se modernize a cada dia, a arquitetura da capital continua sendo mantida no formato clássico, e tentativas de mudar isso não foram aceitas pela população.


Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:01 pm

Badhnisia:

Um pequeno reino, pouco maior que uma cidade pequena, localizado em algum lugar da Europa, suas fronteiras e localização são desconhecidos de todos, exceto dos próprios Badhnisianos. Algumas vezes é descrita como uma terra pastoral e bucólica, e outras como uma região montanhosa e de difícil acesso. Por essas discrepâncias, muitos acreditam que na verdade trata-se de um nexo dimensional, ricamente carregado de Mana.
Em 7 de Julho de 1917, um sábado, nasceu uma criança nos EUA, no Bronx (NY), que foi tida pelos Badhnisianos como um escolhido pelas forças místicas, e graças a intervenção do Alto-Clérigo de Badhnisia, a criança foi misticamente seqüestrada, e uma vez na terra mística, foi feito um ritual em que foi inscrito 7 vezes a palavra Cei-U ao seu redor, conferindo-lhe certos poderes especiais.
Após uma série de circunstâncias, o jovem retornou aos EUA, onde seus pais, Mildred e Simon Thunder criaram o pequeno Jhonny sem esse conhecer seus poderes especiais. Ao acaso, ao dizer as palavras “say, you” (semanticamente próximas a Cei-U) ele invocou um gênio que ficou a sua disposição. O jovem ingressou na Sociedade da Justiça e lutou ao lado desses heróis por anos, até o fim do grupo, quando retornou a Badhnisia para aprender sobre suas origens e poderes.
Uma vez na terra mística, lutou com um mago que queria dominar seus poderes e o povo, e após derrotá-lo viveu por alguns anos com seu povo, ensinando-os sobre os conceitos de democracia e direito popular, e após isso retornou aos EUA.
A democracia presidencialista é a atual forma de governo, mas suas escolhas ocorrem de forma diferente de outros lugares, sendo o presidente escolhido misticamente, e seu mandato durando de alguns minutos até vários anos, dependendo dos sinais propícios quando há sua eleição.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:03 pm

Bialya:

Localizada no Oriente Médio, faz fronteira ao Norte com a Turquia, e ao Leste e Sul com a Síria, ao Oeste está o Mar Mediterrâneo. Reconhecido como um país desde o século V d.c, já passou pelo controle de Palestinos, Árabes, Cruzados Europeus e Turcos Otomanos, que finalmente conquistaram o país em definitivo aproximadamente no século XVI.
Com o fim da Primeira Guerra Mundial e a queda do Império Otomano, passou ao controle britânico, até 1956, onde a Guerra Anti-Colonial levou a expulsão inglesa e violento ódio ao ocidente, sobretudo pelo líder rebelde, Rumaan Harjavti.
Harjavti foi eleito o primeiro presidente da nascente República da Bialya, assumindo o titulo de Presidente Perpétuo, amparado pelo poderio militar libanês, e seus muitos campos de petróleo. Em busca de proteção durante a Guerra Fria, aproximou-se politicamente da URSS e do Irã, e em tempos mais recentes, foi escolhida como base para a ação de seres extra-dimensionais que pretendiam dar um fim as armas atômicas no mundo, mas foram impedidos pela Liga da Justiça Internacional, que com isso caiu em desgraça com o Presidente Harjavti.
Como vingança, esse se uniu ao Coringa para acabar com o grupo, mas não foi bem-sucedido, e após alguns outros eventos envolvendo a LJI, Rumaan foi morto e sua conserte, a chamada Abelha-Rainha, assumiu o poder e tentou o domínio de diversos lideres do mundo, e mesmo dos heróis do grupo conhecido como Guardiões Globais.
Em anos mais recentes, a Abelha foi morta por um golpe popular liderado por Sumaan Harjavti, irmão mais novo de Rumaan, que passou a liderar o país pelos anos seguintes. Atualmente, o país busca relações comerciais com o ocidente, e tenta mudar sua fama de terrorista, embora fontes secretas digam que isso é apenas uma fachada para esconder sua verdadeira ação.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:04 pm

Bogatago:

Um país localizado na América do Sul, faz fronteira ao Norte com a Colômbia, e ao Oeste com a Bolívia, de resto é contornado pela fronteira com o Brasil. O Democrático Estado de Bogatago é tudo, menos democrático, uma ditadura militar governada pelo Coronel Simon Salinas, e apoiado pelos grandes barões das drogas da América do Sul.
As fronteiras são amplamente vigiadas pelo Brasil e Colômbia, mas a área interna é de responsabilidade única e exclusiva das forças militares. Em meados de 1970 quase a inteira população do país estava de algum modo ligado a plantação, produção ou distribuição de coca, o que levou a um rígido controle de quem entra e sai do país, inclusive os vizinhos restringindo viagens ao lugar.
Quase a totalidade do terreno é coberto por selvas e pântanos, e mais abundantemente, plantações de coca. As poucas cidades são pouco mais que vilas pré-coloniais, exceção sendo feita apenas a capital, La Ciudad de Salinas, a maior e mais moderna cidade, rivalizando com as maiores metrópoles ocidentais, fundada e mantida pelo dinheiro do tráfego em honra do ditador.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:05 pm

Ilha Diablo:

Uma Ilha localizada no Mar do Caribe, a aproximadamente 110 milhas náuticas da Republica Dominicana. Por séculos, o povo adorou as trevas, especialmente em períodos de eclipses, liderados pelo líder-bruxo.
Anos atrás, o astrônomo e diletante, Bruce Gordon visitou a ilha, mas foi atacado pelo líder, um selvagem chamado Mofir, que usou para isso um estranho diamante negro. Gordon tomou esse diamante para estudos e o levou para os EUA, onde algum tempo depois, durante um eclipse solar, o ser chamado Eclipso tomou conta de Gordon e deu inicio a seu reino de terror.
Anos depois, Eclipso retornou a Ilha e a tomou sob seu poder, criando um país próprio do qual era o único dirigente. Recentemente o ser criou uma base de poder ali, mas partiu com propósitos desconhecidos, sendo ainda adorado como alto-clérigo pela população.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:05 pm

Feithera:

Originalmente localizada e algum ponto ao sul da Groelândia, a Cidade das Aves tem cerca de 3000 anos, mantida e construída por um povo que lembra pássaros humaniformes. Permanecendo oculta até meados dos anos 1940, foi descoberta após um acidente com um piloto norte-americano, e posteriormente visitado por Carter Hall e Shiera Hall, Gavião Negro e Mulher Gavião, respectivamente.
Anos depois, o antropólogo Fred Cantrell foi levado pelos Hall em uma de suas visitas a cidade, e ficou com o objetivo de estudar o povo, mas se apaixonou pela princesa local, e deles chocou o jovem chamado Norda, que anos depois migrou para os EUA e ingressou no grupo conhecido como Corporação Infinito como Bóreas. Graças ao auxilio do grupo, anos depois, quando a cidade foi ameaçada de destruição, mudaram-na para algum ponto no ártico, onde mantiveram-se em segredo total por anos.
Recentemente, por motivos desconhecidos, os Feitheranos foram vistos no Kandaq auxiliando o líder local em sua cruzada pessoal. O destino final da cidade permanece desconhecido.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:07 pm

Cidade Gorila:

Localizada na África Equatorial, entre o Congo e Sudão, é o lar de uma raça de gorilas super-inteligentes. Embora tenha várias origens diferentes para o lugar, a mais aceita fala de uma nave alienígena que teria caído nesse lugar muito tempo antes, e de sua radiação um grupo de gorilas locais sofreu mutação e tornou-se o atual povo dos super-gorilas. Dois dos membros dessa raça foram mais afetados que outros, e ajudaram o alienígena, tornando-se os mais poderosos entre seus pares.
Por sua sabedoria e habilidade, o mais velho deles, chamado agora Solovar, tornou-se o líder do povo, enquanto o outro, chamado Grodd tornou-se um cientista, responsável por muito do sistema defensivo da cidade. Para garantir a paz e prosperidade, entre outras coisas decidiram manter-se ocultos dos humanos e sem contato com outros povos.
Tempos depois, uma dupla de exploradores foi atraída pelas emanações telepáticas do alienígena e convencidos por ele a libertarem-no, mas foram descobertos por Grodd que os executou cruelmente. Convencidos da periculosidade de seu membro, os outros cidadãos, liderados por Solovar, expulsaram o Gorila Grodd e decidiram esconder a cidade dos olhos do mundo por intermédio de um campo de força especial, que a deixa invisível e inatingível para qualquer um não convidado.
Em tempos recentes, o inimigo de Grodd, Flash (Barry Allen) descobriu a cidade e tornou-se amigo do povo, bem como alguns poucos de seus aliados (Kid Flash e LJA). Solovar é o atual líder escolhido pelo povo, e embora a existência da Cidade Gorila seja conhecida, sua localização é protegida muito bem.
A Cidade consiste em uma área do campo de força, seguida de um anel industrial e uma zona defensiva, área residencial, área agrícola, Cidade Interna (habitat de sábios e cientistas) e o Palácio Real, lar de Solovar, suas concubinas e filhos, entre eles seu sobrinho Ulgo, lider militar da cidade, e N'Mandi, filho e herdeiro de Solovar.
Uma milícia especialmente treinada protege a cidade, e os gorilas contam com sua maior habilidade física e mental. Outro membro importante e conhecido da região, inclui o artista Sam Simeon, desenhista e detetive particular com Angel O’Dare, e neto de Grodd, vivendo atualmente em Nova Iorque.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:08 pm

Markóvia:

A pequena nação da Markóvia está localizada no oeste europeu, quase todo sendo circulado pela Itália, tendo ao Norte uma pequena fronteira com a Suíça, e ao Leste um pequeno trecho com a Alemanha.
A maior parte do terreno é de origem montanhosa, com algumas áreas de planície, notadamente áreas usadas para as habitações (vilas e cidades). Embora reconhecida por seus avanços científicos (Universidades, Usina Nuclear e Laboratórios Genéticos), também é amplamente difundido o turismo, especialmente nos esportes de inverno. As estações de esqui markovianas atraem pessoas do mundo todo.
Governado pela família Markov a gerações, o país caiu ante os nazistas durante os anos da Segunda Grande Guerra, especialmente por conta dos colaboradores, mas foi resgatado graças ao esforço conjunto da Companhia Moleza, Os Perdedores e o Ás Navajo, Tommy Cloud. Após a intervenção dos Aliados, os Nazistas debandaram e o governante por eles imposto foi morto pelo povo, que restituiu a família Markov ao poder.
Em épocas mais recentes, um mercenário auto-denominado Barão Bedlam conquistou o país com apoio de tropas mercenárias, mas foi deposto por intervenção do Batman e um grupo de aventureiros, que incluíam o segundo príncipe da Nação, Brion Markov. O ditador foi morto pelo povo e a sucessão passou ao Príncipe Herdeiro, Gregor. Um terceiro membro da família real, Dana Markov, estava dada como desaparecida, mas depois soube-se que ela estava com o grupo chamado Novos Titãs e morreu em combate.
Tempos depois, o super-grupo chamado Os Renegados passou a defender o país, inclusive usando uma de suas plataformas de pesquisa como sede, e impedindo nova invasão das forças de um clone do Barão Bedlam que queria usar um clone de Adolf Hitler em seus planos, bem como o grupo mercenário chamado Mestres do Desastre, mas foram frustrados e detidos.
Tempos depois, os Mestres do Desastre voltaram a atacar, dessa vez agindo com o Pirata Psíquico, e Os Renegados e a Corporação Infinito os detiveram, mas perderam o Príncipe Gregor no processo, o que levou o herói Geo-Força a assumir seu posto como herdeiro e regente, situação que mantém-se até hoje.
Na capital, Markovburg está localizado o Castelo Markov, a Universidade Federal e diversos hotéis amplamente conhecidos e divulgados pelos visitantes, com uma arquitetura bem tradicional.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:08 pm

Modora:

Localizada entre a República Tcheca, Alemanha e Polônia, o pequeno reino de Modora é mais conhecido pelo tempo em que ficou em posse dos comunistas anexado pela Tchecoslováquia. Em meados dos anos 1960 conquistou sua independência, governada por um parlamento, e desenvolveu sua tecnologia em larga escala.
As principais conquistas modorianas deram-se nas áreas de cibernética e nas pesquisas do som, usado desde aparelhos médicos e musicais, até armas baseadas em diferentes escalas sonoras.
Seu principal agente, Bito Wladon, tornou-se conhecido anos atrás quando assumiu o nome de Sonar, e enfrentou diversas vezes o herói Lanterna Verde, tanto Hal Jordan, quanto John Stewart, e como aliado e inimigo, Guy Gardner.
Atualmente, Modora é alvo da disputa entre outras nações, e conta com a abertura de suas fronteiras a empresas como a Lexcorp e a Ferris Aeronáutica.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:10 pm

Qurac:

A República Popular do Qurac, está localizada na Península do Sinai, fazendo fronteira ao Leste com o Golfo Pérsico, ao Norte, por um pequeno trecho, com o Iraque, e ao Oeste e Sul, com a Arábia Saudita.
O Qurac fez parte do Império Otomano, e depois esteve em disputa por forças da Arábia Saudita e Grã-Bretanha, até a Primeira Guerra Mundial, quando graças a intervenção de T. E. Lawrence (Lawrence da Arábia) conquistou independência sob a proteção da Grã-Bretanha.
Durante a Segunda Guerra, o Irã deu suporte tático às forças nazistas, e com a ajuda de Hassan al-Sadr dominaram a área do Qurac, onde ele assumiu o nome de Suleiman (Saladino) e apoiou a construção da fortaleza nazista chamada jotunheim nas montanhas ao norte do país. A fortaleza foi destruída pelo primeiro Esquadrão Suicida e a equipe do Tanque Mal-Assombrado (Jeb Stuart).
Conquistando independência com o fim da Guerra, o país se manteve neutro até meados dos anos 1970, quando o General Marlo, um anti-ocidental e anti-israelense, assumiu o governo e deu inicio a uma ditadura que estendeu-se por anos, inclusive contando com e apoiando grupos terroristas, o que levou a combates com vários meta-humanos norte-americanos, como Superman, Os Novos Titãs e o novo Esquadrão Suicida, em especial contra o super-grupo local, o Jihad.
Em anos recentes, a base de Jotunheim foi destruída em uma misteriosa explosão nuclear, dito que insuflada por um membro da comunidade de inteligência norte-americana, mas o desgaste da energia levou a OTAN a observar de mais perto as atividades de Marlo, e a Rússia a retirar seu apoio do país.
A capital é Al Kuwait, ao norte, e suas maiores cidades localizam-se todas ao sul, incluindo Bahrein, Doha e Abu Dhabi. A maior parte do terreno é marcadamente deserto, sendo que nos oásis quase apenas Beduinos ainda vivem, muitos dos quais se opõem e enfrentam o governo despótico de Marlo.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:10 pm

Vlatava:

Localizado na intersecção entre Bulgária, Iugoslávia e Romênia, o pequeno país conhecido como Vlatava ficou sob a influência do bloco soviético até o colapso final desse, durante os anos de 1990.
Originalmente uma monarquia, durante os anos de 1960 uma revolução depôs a família real e pos no poder um politburo ao estilo soviético. Mais conhecido como o lar do vilão Werner Vertigo (Conde Vertigo) Vlatava foi palco da disputa entre membros de grupos meta-humanos de inteligência ligados aos EUA e a Rússia, mas após um “empate” ambos grupos se retiraram e o país foi deixado a sua própria sorte.
Em tempos recentes, iniciou um processo de re-democratização como em várias outras pequenas nações dessa área, com uma assustadora presença de movimentos de extrema direita no seio dos acontecimentos, o que levou a um ataque da entidade conhecida como Eclipso e sua derrota pelo grupo de aventureiros chamado Pacto das Sombras.
Hoje, Vlatava vive de sua econômia insurgente e busca assegurar sua posição junto a comunidade européia.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Administrador em Qui Out 28, 2010 4:16 pm

Zâmbia:

Pequeno país mediterrâneo, localizado entre a Itália e o Continente Africano, comandada desde 1200 (aproximadamente) por um misto de monarquia e sacerdócio, emblematizado pela figura do Irmão Sangue.
Titulo passado de pai a filho desde o primeiro Irmão Sangue (um sardenho, bispo de Zâmbia) e sua guerra contra as forças do Papa Inocêncio IV. Após várias lutas, e a conquista de uma relíquia sagrada, o primeiro Irmão Sangue se banhou no sangue de centenas de inimigos e atingiu uma quase imortalidade, além de conquistar poderes mentais.
Governando pro aproximadamente 100 anos, foi sucedido pelo filho, após esse matá-lo e assumir seus poderes. Com isso, o governo foi sendo passado sempre assim, com o anterior morto pelo sucessor (sempre filho) ou por um inimigo, levando o filho a usar seus despojos e assumir seus poderes.
O país de Zâmbia permaneceu fechado por anos, e apenas em meados dos anos 1950, quando um novo Irmão Sangue assumiu o poder, após retornar de Europa e matar o pai, assumindo seus poderes, e abrindo as fronteiras aos interessados que pudessem pagar por sua proteção e auxiliar em seus planos de expansão da Igreja de Sangue.
Seus planos sucederam em sucesso, até tentar o rapto da heroína chamada Ravena, membro dos Novos Titãs norte-americanos, quando o grupo foi o responsável por sua destruição e fim do culto, ao menos em escala mundial. No entanto, a Igreja continuou forte em Zâmbia, e o país continuou servindo como um paraíso seguro para vários super-vilões, uma vez que não tem tratados de extradição com nenhum outro país.
Além dos Titãs, houve também um combate com a equipe conhecida como Justiça Jovem e diversos de seus aliados com os dirigentes de Zâmbia e um exército de vilões mercenários. Em tempos recentes, a ascensão de um novo sucessor da família Sangue, que novamente foi detido pela atuação dos Titãs e da equipe conhecida como Renegados.
Atualmente o país é governado por uma junta de seres que, segundo boatos, estão entre o que a humanidade tem de pior a oferecer. Segundo outros, nem ao menos são mais humanos. A verdade permanece um mistério.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atlas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum