Prólogo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Prólogo

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Dom Maio 17, 2009 3:08 pm

15 de Agosto de 2001


Ansioso por mais uma entrevista exclusiva, o jovem e promissor reporter Fracis Roberson se senta em um confortável cadeira do salão oval. Ele se sente um tanto deslocado por não tem em sua frente uma mesa estilizada em um aspecto futurista que compõe o cenário de seu programa de entrevistas, mas esses detalhes ele releva pela ansiedade com a qual aguarda o entrevistado. Ele terá acesso a uma entrevista exclusiva com o presidente que foi eleito no lugar de Bill Clinton, alguém que representa o partido republicano.

Conforme ele aguarda e a equipe de iluminação e câmera se preparam, uma jovem acessora adentra o recinto sendo seguida por um homem de uma vasta cabelereira ruiva e com um cavanhaque.

Fracis Roberson:_É uma honra, senhor presidente.

Lex Luthor II:_O prazer é meu, Senhor Roberson.

Fracis Roberson:_Pode me chamar de Frank.

Lex Luthor II:_Certo.


Ele apenas sorri.

Fracis Roberson:_Eu gostaria de começar dizendo que o nome de Lex Luthor II é o mais citado no mundo desde Janeiro desse ano, mas creio que ele começou a ser mencionado tanto com sua disputada vitória no Colégio eleitoral na Flórida em Novembro. Alguns chegaram a pensar que seu oponente tivesse vencido.

Lex Luthor II:_Certamente eu tive muita sorte realmente, espero que entenda que eu não aguardo muito mais do que fazer pelo povo de todo país o que eu fiz pela cidade de Metrópolis.

Fracis Roberson:_Mas ouvi dizer que sua disputa foi apertada já dentro do partido repúblicano com o candidato George W. Bush. Jr.

Lex Luthor II:_O que posso dizer? Quando o público conheceu que ele foi um estudante preso por embriagues e porte de cocaína, que como empresário levou à falência três empresas do ramo de petróleo, era um político demagogo vinculado ao fanatismo religioso e aos grupos racistas e de um homem de idéias radicalmente conservadoras e obscurantistas entenderam que Bush nunca teria condições de chegar ao poder central da maior potência democrática do planeta. Nosso povo sabe o que é melhor para ele e escolhe livremente seus representantes.

Fracis Roberson:_O que o vossa excelência diz sobre os que acusam a eleição de 2000 se constituir em uma fraude?

Lex Luthor II:_Todos tem liberdade para opiniar, é isso que defendemos. Mas é um erro pensar assim de qualquer modo. O democrata Al Gore foi à público pedir para que o povo americano aceitasse meu governo e creio que vou precisar do apoio de todos que puder.

Fracis Roberson:_A apuração das eleições da Flórida se arrastou por quase 40 dias, foi coordenada pela secretária de Estado Katherine Harris, que, por coincidência, também era a co-presidente do comitê da campanha do Partido Republicano no Estado. Isso não pode afetar a crença do eleitor no sistema de representação?

Lex Luthor II:_Frank, isso é algo que em uma democracia deve ser respeitado e assim que a população vier a nós e expressar qualquer reclamação ou problema eu peço para que essas pessoas contem conosco. Eu tentei fazer isso por Gotham City, mas como todos viram o presidente Bill Clinton deu apoio aos vigilantes de lá.

Fracis Roberson:_O senhor tem problemas com a vigilância em Gotham, mas ainda assim se usa do apoio da Supergirl e do Superboy. Não é contraditória essa posição?

Lex Luthor II:_Ouça, em primeiro lugar o rapaz já conquistou o título de Superman e ele iria ficar muito irritado se o estiver ouvindo com sua superaudição. O símbolo do Homem-de-Aço sempre esteve ligado à pessoas descentes, ele sempre obedeceu a lei e à democracia, enquanto o Batman ultrapassou certos limites. Tanto é que hoje ele lidera uma Gotham que na verdade é uma outra ilha de Cuba ao leste dos Estados Unidos. A cidade de Gotham sempre esteve povoada de mascarados sombrios que só serviram para inspirar psicopatas que simplesmente desobedeciam o nosso senso de descência apenas por diversão. Eu compreendo que o crime seja algo que deva ser punido, mas muitas pessoas são levadas pela mais completa pobreza só que aquela cidade é o centro de pessoas compulsivas. Eu não tenho certeza exata de que posso dizer sobre como o Batman deve atuar nos próximos meses e espero proteger o país dentro dos interesses da nossa nação.

Fracis Roberson:_E quanto à campanha da Mulher-Maravilha pela igualdade de direitos? Ela continua culpando os Estados Unidos pelo controle de um patriarcado que não vê a mulher em iguais condições perante um homem.

Lex Luthor II:_Tudo é questão de ouvir suas propostas, ela é a embaixadora e diplomata eleita por seu povo para isso. Nós somos uma nação que prega o bem e harmonia para o mundo, estamos sempre juntos com quem busca a paz.

Fracis Roberson:_Sua campanha foi baseada numa plataforma progressista, com Lex prometendo avanço tecnológico idêntico ao de Metrópolis para todo o país. De que forma se dará isso?

Lex Luthor II:_Estamos trabalhando especificamente na área da Saúde, desenvolvendo medicamentos de forma a atender na cura de doenças que ainda não foram resolvidas.

Fracis Roberson:_Soube que o senhor receberá o prêmio Nobel por essas descobertas e por ter descoberto o elemento Z. Quando será a cerimônia?

Lex Luthor II:_Dia 11 do mês que vem, em Nova York...

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2572
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum