Batman RIP

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Leo Rocha em Ter Dez 30, 2008 6:12 pm

Hora de parar de comprar...

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4169
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Convidad em Ter Dez 30, 2008 9:56 pm

Homem-Borracha escreveu:Hora de parar de comprar...

Eles fazem de tudo pra gente parar de comprar, então que assim seja!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Administrador em Seg Jan 12, 2009 6:33 pm

Azrael não será Jean-Paul Valley...



Jean-Paul Valley não voltará dos mortos para mais uma vez vestir o manto de Azrael. A informação é do roteirista Fabian Nicieza, que escreve uma nova minissérie de Azrael, que tem lançamento previsto para março, nos Estados Unidos. Conversando com o website Newsarama, Nicieza deu uma pista de quem é o herói mascarado, e falou sobre a HQ.

A sinopse da revista, já divulgada pela DC Comics, diz que este novo Azrael "era um policial e um pai”. Questionado se o herói poderia ser um dos três Batmen vilões que Grant Morrison usou em suas histórias do Homem-Morcego – todos policiais submetidos a experiências – Nicieza se limitou a dizer: “Pode ser, não pode?”.

Contou também que o novo Azrael não será discípulo da Ordem de São Dumas, como o anterior, e sim de um grupo dissidente do culto milenar, a Ordem da Pureza, “uma dissidência da Ordem de São Dumas, criada séculos atrás. É uma organização muito menor, na qual seus integrantes realmente são bons, querendo fazer o trabalho de Deus na Terra”.

Nicieza explicou que este novo herói usará a Suit of Sorrows, uma armadura criada pela Ordem da Pureza para que seu campeão escolhido seja mais forte que o Azrael da Ordem de São Dumas em caso de guerra interna entre as organizações. A roupa foi dada à Batman por Talia Al Ghul durante a ressurreição de seu pai, mas ela foi roubada após a Batcaverna ser destruída pelo Dr. Hurt e seus comparsas em R.I.P.. “Ela deixa louco quem usá-la. Ela pode ter alguns aspectos mágicos ou psicossomáticos, veremos no futuro. Para vesti-la, é preciso querer matar por Deus, o que é tão pecado quanto salvação, e é esta contradição que enlouquece seu usuário”, explicou o roteirista.

Sobre Talia Al Ghul, Nicieza explicou que ela se sentirá roubada, e que tentará recuperar a armadura, sendo esta uma situação que dará ação ao título.

Falando sobre Jean-Paul, o roteirista assumiu que não tinha aceitado escrever a minissérie quando o editor Mike Marts lhe ofereceu pela primeira vez: “Sentia que Jean-Paul e Azrael eram puramente relacionados a Denny O´Neil, então era um desconforto para mim. Mike concordou comigo. As 100 edições que Denny escreveu de Azrael são um caso raro na indústria, e deve ser muito respeitado. Às vezes, conceitos valem a pena serem reutilizados, personagens não”.

Esperançoso, Nicieza espera que Azrael vire uma revista mensal após o fim das três edições da minissérie. “Vendas e a reação do público vão servir de barômetro para saber se vai acontecer ou não, mas nosso trabalho é pôr a mesa e esperar que vocês gostem da comida. Acho que cozinhamos direitinho, então veremos...”

Depois desta declaração de Fabian Nicieza, é preciso comentar alguma coisa?

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Administrador em Sex Jan 16, 2009 1:55 am

Azrael escreveu:Vou ser sincero, creio que tanto a Marvel quanto a DC tão refazendo o que aconteceu em 90 porque os leitores de hoje não lembram...

A verdade é que as editoras DC e Marvel estão ressuscitando os conceitos dos anos 90 porque seus atuais editores-chefe surgiram justamente naquela época. Naquela época foi que Dan Didio e Joe Quesada ganharam espaço nos quadrinhos. Para aqueles que não lembram, Joe Quesada foi co-criador do Azrael ao lado do Denny O'Neil, e Azrael foi um dos ícones dos anos 90, uma lembrança do pior que ocorreu naquela época. Por sua vez, Dan Didio escreveu histórias do Superboy nos anos 90. Os dois editores-chefe estão familiarizados com os anos 90 e os quadrinhos "sensação", aquelas histórias em quadrinhos com mudanças bombásticas que vendem apenas pela curiosidade gerada nos leitores. Dan Didio e Joe Quesada só sabem trabalhar assim.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Convidad em Sex Jan 16, 2009 2:20 am

Batman escreveu:Esperançoso, Nicieza espera que Azrael vire uma revista mensal após o fim das três edições da minissérie. “Vendas e a reação do público vão servir de barômetro para saber se vai acontecer ou não, mas nosso trabalho é pôr a mesa e esperar que vocês gostem da comida. Acho que cozinhamos direitinho, então veremos...”

Indigestão à vista.... silent

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Qui Fev 19, 2009 11:20 am

Olha eu não preciso dizer que gosto do Azrael, acho que é bastante evidente, né?

A única razão para isso é porque eu vejo no Azrael aquilo que o próprio Batman tinha falta em 80 e foi sendo usado em Jean-Paul sem medo. A idéia de colocar Batman em uma roupa protetora veio no final de 80 e foi usada no filme que inovou o Morcego! Antes desse filme o arpéu disparado de uma espécie de pistola não existia, Batman arremessava uma corda com batarangue e saltava de prédio em prédio Finalmente em 80 Frank Miller deu ao Batman uma roupa com Kevlar, que tanto fazia falta antes. Sim, porque ele realmente usava um colan nada a prova de balas! E ele fez isso em Cavaleiro das Trevas,onde o Batman passa a usar uma ARMADURA e tanque de guerra! Nada mais coerente, pombas! O cara luta com pessoas que traficam armas o tempo todo e se esquiva delas na velocidade?

Tá bom! Até o Flash é acertado de vez em quando... Mesmo esse do desenho que virou mais um clone do Homem-Aranha vira alvo as vezes... Mas deixando de lado isso...

Notem que depois do primeiro filme do Batman TODOS os filmes dele tem ele com armadura e proteções, assim como nos quadrinhos surgiu a moda do Kevlar colante! Na boa, é esteticamente legal, mas fisicamente ridículo na impossiblidade...

Mas até aí, quem liga?

Robin se veste de forma idiota, Batman é obscecado por sua infância e seus pais comandam sua vida até hoje! Morison simplesmente já falava isso em Asilo Arkham, enterrar o Bruce agora foi só pra reforçar o quanto ele é psicótico e esquizofrênico.

A insanidade dele faz com que ele seja um cara muito legal, ele fica ainda melhor sendo simplesmente pirado! Isso é bacana de se ver...

Eu devo dizer que a DC esta destruindo dois dos meus personagens favoritos nessa série: Jean-Paul e Lonin Machin...

Não importa se acham eles pouco "pops", eu realmente não ligo! Ambos são aquilo que a DC tem medo de que o Batman deveria ser, um sujeito que faz o QUE FOR preciso para resolver os problemas.

Eu reconheço que o próprio Grant sacaneou em partes a história do Anarquia o envolvendo com o Coringa e fazendo dele um gênio cientifico que alcançou a iluminação religiosa e mística de forma autônoma mesmo sendo ateu e materialista, mas Grant justificou isso dizendo que o público americano não curte personagens sem poderes com exceção do Batman. Ele teve de fazer isso para o personagem durar mais um pouco, mas a grande verdade é que o Anarquia é um problema muito maior do que falta de poderes, ele é uma crítica ao Batman!

Batman é um personagem pouco realista dentro da perspectiva humana, psicológicamente frustrado ele caminhou pelo planeta tentando entender o que era a mente criminosa. E chegou a uma magnífica conclusão: "Criminosos são supersticiosos..."

Veja bem, que tipo de criminoso é supersticioso se não o homem pobre das periferias ao estilo Joe Chill? Ou estamos falando dos mafiosos também? Bom, sei que Batman tentou ser um deles para controlar melhor a cidade como Fósforo Malonni...

Lembram? Pois é... Seria interessante que tivesse dado certo, mas isso não funcionou.

Bom, em momento algum os roteiristas até a década de 80 ele acreditaram que a criminalidade pudesse ser mero fruto de falta de oportunidades, afinal nem todo mundo nasce herdeiro de um médico que é dono de mais da metade de uma das maiores cidades do mundo!
Isso é que gera a maior parte da violência no mundo! Não um bando de doidos pscicóticos que passam seus dias babuciando bobagens no Asilo com o nome de uma cidade saida de um livro de Lovercraft!

Aliás, alguém aqui sabe o que faz as industrias Wayne? Além de tecnologia eletrônica para espionagem que fornece para o governo?

Anarquia esfrega isso na cara do morcego, que não é espacando batedores de carteira que o mundo se tornará um lugar melhor.

Quando Azrael assumiu o lugar do Batman a criminalidade diminuiu em 75%, mas não isso significa que os políticos não estejam ali sugando as vidas dos cidadãos com o Estado opressor. É aí que o Anarquia é a crítica e transforma-lo em outro interno do Arkham é fazer a maior idiotice desde que a série do Batman R.I.P. iniciou...

Eu não vou negar que curti a idéia do Batman ser filho do Alfred, e sim isso é realmente desmotivante para o vingativo Wayne! Mas o lado realmente legal é que o clube do Máscara Negra, desculpe Luva Negra é algo um elemento cruel no passado dele como no passado de algumas pessoas.

Bruce é um filho bastardo! Oh!

E daí?

Ele devia é ser agradecido ao Alfred por ter cuidado dele tantos anos e o protegido sabendo a verdade! Mas age como um crianção e endoida! A desculpa foi ótima, Zur er Arh...AAARGHHH...Que nojo!

A década de 90 tentou modernizar os heróis ao invés de por outros como Byrne faria! Os envelhecendo, tornado-os pais e mães e colocando seus filhos na linha de fogo. Aquaman sem um braço, Superboy astro da TV, Batman vestindo uma armadura e atirando como o Frank Castle (as vezes até mais!)

Sinceramente Joe Quesada só fez uma besteira central que é a de tentar manter os personagens tão velhos quanto o Ra´s Al Ghul e jovens... Pelo menos o Bruce Wayne tem por explicação o poço de Lázaro! E quanto ao fato dele ter criado o Az, devo dizer que ele DESENHOU o Azrael porque o O´Neill é um redator.

Azrael tem uma armdura. E não é só isso, quanto mais ele se ferra contra os inimigos ele melhora o equipamento, amplia o arsenal de armas e finalmente fica muito mais cheio de rebarmas, ampliações, tiras de bala e tantas coisas. Isso para mim faz sentido até demais...

Agora eu me pergunto, depois de tomar tiros e facadas na malha que usa, quantas vezes o Bruce arrumou seu uniforme? Batman R.I.P. é uma forma de dizer "Ele é um insano grotesco e infantil, vocês não notaram isso ainda?! Bom, então deixa eu modernizar a década de 40 aqui para vocês entenderem..." Faltou só o tio Phill... (não falo do tio Phill da série do Will Smith, Batman tinha um tio nas suas primeiras histórias que cuidava dele!)

E como eu acho que o Batman deveria ter morrido? Sim, já que o lance é esse! Era só durante as dez noites da Besta o "vilão" da KGB simplesmente descia o braço nele até o matar!

Simples! Pessoas morrem vítimas de violência todos os dias, Bruce devia saber disso como poucos!

Infelizmente as pessoas esquecem do que é simples... Não precisamos do Darkseid nem pra dizer que os heróis da DC são má influência e nem para matar o Batman, temos gente aqui que pode fazer o trabalho...

Não é o que querem os editores, querem um Batman perfeito que coordena um bando de heróis que são poços surreais de moralidade e o exautam tão grandemente em seu papel como bom moço que um passado de orgias faz dele um lixo tão grande que ninguém imaginaria que a queda seria mais poderosa que o KGBane poderia fazer.

Batman é maluco de pedra, isso é que faz dele interessante!

Agora...se vão ferrar o Anarquia, Azrael e Batman... Nem sei o que vai prestar para ler no mundo coloridinho da DC Comics... Porque a melhor Liga da Justiça já nem existe mais, uma liga divertida por ter personagens de uma moralidade problemática e que erravam se apaixonavam e odiavam como qualquer pessoa...

Quanto mais alto o pedestal que colocam você, mais doloroso é o impacto quando você cai dele! Se todos personagens fossem realmente humanos imperfeitos, Batman RIP nem teria sentido nele mesmo... A perfeição de Wayne foi alcançada, logo perde-la é algo aterrorizante e finalmente mortal.

Certo, realismo é chato, né? Fazer o que, eu me divirto com histórias inteligentes e parece que tá rolando um esforço para tornar o Batman um personagem realista o tornando algo grotesco. Compreendo... Vamos para feira-da-fruta!


E nós... bom, olha que já fomos a liga da Justiça.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2629
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Convidad em Sex Fev 20, 2009 12:12 pm

O pior de tudo é um amigo meu que engole qualquer coisa que seja lançada pelas duas editoras, querendo me conmvencer a ler "Batman RIP".Acho que não vou dar muita bola, porque ele faz muitas referências boas a blogs de quadrinhos que eu particularmente odeio(leia-se:melhores do mundo)...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sex Fev 20, 2009 7:09 pm

Gabriel, leia. Aí você pode falar mal com proipriedade, to descendo a pancada da série particularmente porque eu acho só um remake do remake.

A série é tão remake que ela se previne contra ela mesma, citando o passado das primeiras histórias Batman e outros elementos em flashbacks e referências a tudo que é possível! TUDO que puderam colocar em R.I.P. colocaram... Só para ninguém pegar nenhuma fresta e deslavancar tudo!

E sinceramente, essa prevenção é a única coisa que eu achei legal. Porque é um recurso narrativo que eu falei brincando que eu usaria se fosse escrever a Morte de Batman.

"Oh, não vamos mais esperar ele aparecer no sinal...De novo estamos esperando e ele não virá...Outra vez..."

Se puder ler é interessante pra criticar.

Quando eu tiver tempo vou ler toda... Mas poucas edições que peguei em mãos me doeram a vista...

Só posso dizer que a arte é linda e perfeita na apelação visual! Isso me faz pensar porque o desenho dos gibis da Vertigo é tão simples...

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2629
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Convidad em Sab Fev 21, 2009 2:29 am

Eu não li Batman RIP, mas acabei de ler a edição final do Asa Noturna... as histórias solo estão sendo bem "orquestradas" gostei das pistas que deixaram, mesmo sendo óbvio que Dick Grayson pareceu o mais cotado pra substituir Bruce, tanto pela recente mudança do personagem, amadurecimento e aceitando que o lugar dele é em Gotham... Se dedicando com a mesma intensidade que Bruce pra proteger a cidade.

Me agradou muito pelas memórias que eu vi que trouxeram no personagem, foi feito de um jeito bem tocante, tom de despedida, lembrando os primeiros anos do Batman, as semelhanças entre Bruce e Dick... Sei lá, realmente gostei da história, até com a mensagem final da Scar, com o Livro Negro... Pelo jeito a Blackest Night vai colocar todo o universo da DC em função de novo, não só os Lanternas.

Enfim, o encerramento da revista do Asa me pareceu muito bom, me deu vontade de ler Batman RIP pra acompanhar e fazer mais umas ligações, mesmo com a história sendo totalmente viajada e sendo literalmente um "remake do remake", como disse o Azrael.

PS: Isso ainda me faz lembrar da pergunta que eu fiz ao Pedro no MSN uns dias atrás... Como raios o Batman pode morrer DUAS vezes e voltar só UMA? xD

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Qui Fev 26, 2009 12:06 pm

Eu gostei de algumas coisas, odiei outras. Acho que é por ter lido no passado as histórias e ver tanta coisa se repetindo, mas o fato do próprio Morison notar isso deu um tom que trás elementos salvadores.

Dick assumir o manto do Batman era o que já devia ter acontecido na década de 90 e se tornado permanente e não fazerem uma história sem é nem cabeça chamada Filho Pródigo.

Afinal o Wayne já tinha voltado! Por que diabos não colocaram o Dick lutando com o Azrael na roupa de morcego? Teria sido o suficiente... Afinal o Bruce fez ele tirar a armadura e pronto, fim do Sistema! Dick não poderia ter pensado nisso? E aí sim, ele ficaria mais um tempo como Batman até Wayne voltar. É isso que me incomoda de verdade, ver que novamente Bruce enfrenta todos seus oponentes sendo manipulado para perder suas forças e ser derrotado por um grupo de criminosos para de novo ser substituido.

Quando falo do "remake" do "remake" me refiro a elementos narrativos e à personagens. O mais reutilizado de todos apareceu recentemente no Fórum e é o sujeito que para mim deveria ter vencido já o Batman e só não o fez porque na época os editores nem pensaram no vilão vencer como houve na Queda. Para mim KGBeast deveria vencer o Batman...

A verdade, real e absoluta é: Batman é o ícone e quem esta por baixo do capuz não faz a MENOR diferença!

Uma prova disso esta não só na queda do Morcego quando o Azrael socou o Bane e ninguém sentiu a menor falta do Bruce ter feito isso e na série de desenho Batman Behold. Onde Batman é simplesmente o primeiro garato orfão que apareceu no portão do Wayne!

Sim, eu sei que tem a versão que ele é um semi-clone do Bruce, mas não foram os criadores que inventaram essa merda então vai pra lista de ignore do meu chat. Além do mais antes de sabermos dele ser um semi-clone já era o Batman e era muito bem aceito.

Dick foi recrutado para ser o Batman, isso era evidente! Um estrategista como Wayne saberia que iria envelhecer...

O medo de perder o mercado é faz essas coisas de manter o personagem na casa dos trinta para sempre.

Bom, acontece... Espero que com isso de novamente fazer o Bruce cair tenhamos histórias melhores daqui para frente.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2629
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Convidad em Dom Maio 17, 2009 11:09 pm

Spoiler do tipo "todo-mundo-já-sabia-que-isso-iria-acontecer", quero ver o que vcs pensam à respeito.


Spoiler:




Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Seg Maio 18, 2009 1:17 am

Sequência de coisas ridículas que já falei mais vale reforçar:

1-Tim Drake com crise de filhinho de papai mal amado.

2-Todo mundo se veste de Batman e sai por aí na maior.

3-Anarquia e Azrael forma substituidos por personagens nada haver com nada só pra lembrar que eles existem.

4-Draken.

5-Jason Tood.

6-Anos 90 retornam em elementos narrativos muito mais pobres.

Agora, Batgirl Bárbara Gordon de volta! Desculpa, eu to indo pegar a pistola pra atirar nela de novo... Pelo menos tirar fotos dela pelada vai ser divertido.


Para entender Morisson entenda os anos 60... Assim como Loeb... Época que esses dois queriam que os quadrinhos tivessem permanecido.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2629
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Administrador em Seg Maio 18, 2009 8:17 pm

Sem falar que alguns asseguram que Jason Todd vai ser o Novo Azrael.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Convidad em Seg Maio 18, 2009 9:00 pm

Tá... então vamos falar de suposições...

- Jason Todd continua vivo (maldição!) no UDC, vira o novo Azrael, mas o atual que tá vestindo a Suit of Sorrows? O.o

- Barbara volta a ser a Batgirl e vira personagem secundária no plot "Dick Grayson, Batman relutante e alegre + Damian, o Robin enjoado e malvado" e perde toda a graça que tinha sendo a única personagem a sofrer uma mudança radical e ter melhorado com isso. (E ainda vira par romântico do Grayson quando ele tiver os momentos emo de "eu não sou Batman mimimi")

- Dizem que o Red Robin vai ser um sujeito obcecado por Bruce Wayne, querendo descobrir o que aconteceu com ele...

- Tim Drake na crise de adolescente rebelde desiste de ser "Robin" (dando lugar pro Damian) e vira o "Red Robin"(Baita mudança).

- Dick Grayson vira o Batman risonho, porém com crise de identidade. Mal se fixou como Asa Noturna e vai virar Batman pela segunda vez (mas sempre relutante!).

- QUE FIM LEVOU BRUCE WAYNE, DIACHO??

Didio explica! Ou não...
Spoiler:
(...) Da perspectiva do fã, todos sabemos que está acontecendo algo com Bruce Wayne. Portanto, veremos reflexos da história de Bruce Wayne, da história do Batman dentro do Universo DC, em todas as revistas do Batman e também em Blackest Night. O fã sabe – ou os fãs podem suspeitar – que não era o corpo do Batman que foi recuperado como um esqueleto em Final Crisis #6, mas ninguém mais sabe disso. Parte do que faremos no ano que temos diante de nós é explorar o que isso significa para o Universo DC – o que o corpo representa e, mais importante, o que realmente aconteceu com Bruce Wayne e qual é o mistério ao seu redor.

- Digamos que Azrael falhe como HQ, aproveitam o estado "desaparecido" de Jean-Paul, trazem o sujeito de volta, ao invés de dois Batmen se carneando em Gotham City, dois Azrael e matam OU o Jason Todd de vez (se ele realmente virar o novo Azrael depois de ter matado esse outro Azrael que era pra ser um substituto do Batman - simples, não?) OU Jean-Paul bate as botas definitivamente.

Isso não é um revival dos anos 90... Isso é uma diarréia mental. Só no scan mesmo, porque o preço não vale a pena. Pô, que matem o Damian duma vez...

Ah se indignação matasse...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Administrador em Qua Maio 27, 2009 9:36 pm

Olha, Batalha pelo Manto já acabou e vou ser sincero, não é necessário ler aquilo. A promessa é de que o Novo Batman seria revelado nesta minissérie, mas tudo foi implícito. A trama também não foi nada elaborada. Se resumiu no confronto dos parceiros mirins do Batman. Jason Todd assumiu uma versão mais agressiva do Batman, que inclusive usava armas de fogo. Então Tim e Dick resolveram detê-lo. No final, tivemos um confronto violento entre Jason e Tim. Tim só sobreviveu por causa da interferência de Dick. Tanto Jason quanto Dick sobrevivem, mas ambos escapam do local da batalha em péssima condição. Ao final, vemos Dick vestir o capuz do Batman na companhia de Damien na Batcaverna. Desculpe se fui estraga-prazer, mas a minissérie se resumiu na caçada de Jason Todd. Nada mais. Um desperdício de tempo ter lido isto. Recomendo que nem percam tempo lendo isto.

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Administrador em Ter Jul 21, 2009 9:22 pm

Bom, antes de apresentar novidades sobre o Batman, eu quero dar um parecer bem pessoal dos novos títulos batmaníacos. Notem que estas são minhas opiniões, não significa que vocês tenham que concordar. Pois bem, eu estou conferindo os novos títulos do Batman e gostaria de compartilhar o que penso das mudanças que estão ocorrendo. Vamos por partes!

Batman: Este título foi uma surpresa para mim! Depois dos últimos trabalhos de Judd Winnick, eu esperava por algum muito ruim vindo dele! Afinal, as últimas edições que ele escreveu para os Renegados não apresenteram a qualidade que ele apresentou durante a maior parte da série. E a passagem dele pelos Titãs também foi péssima! Mas até que ele se sai bem em cenários mais urbanos e politicamente incorretos, como ele bem mostrou no título do Arqueiro Verde! Não sei se Judd Winnick vai manter este padrão, mas pra começar está muito bom! Ele sintetizou muito bem a dúvida de Dick Grayson ao se tornar Batman!

Batman & Robin: Convenhamos, muitos estavam com medo deste título, afinal, Grant Morrison está cada vez mais insano e incoerente! Mas acompanhado de Frank Quitely, os trabalhos de Grant Morrison costumam ser primorosos, como foi provado em Grandes Astros: Superman. E tive uma grata surpresa ao ler esta nova série de Grant Morrison. A série de Batman e Robin começou muito bem e promete ainda mais. Na verdade esta série não surpreende tanto, pois Dick e Damien atuam como esperamos, mas os conflitos dos personagens são bem trabalhados. Vemos o empenho de Dick para se firmar como Batman, visto que ele tinha conseguido respeito do público como Asa Noturna e agora teria que conquistar este respeito novamente, visto que muitos não o aceitam como Batman, principalmente seu parceiro, Damien. Dick também terá que lutar pelo respeito de Damien, que não vê Dick como alguém a altura do manto do pai. Vale a pena ler!

Red Robin: Não gostei deste título, embora o enredo não seja ruim. A história é até interessante, mas não é o que muitos estão propagando por aí. Muitos fãs comentam entusiasmados que Tim Drake finalmente conquistou seu próprio espaço e saiu da sombra do Batman, ou que Drake está mais maduro e sombrio, e que nada lembra o Robin de antes. É tudo papo furado! Tim se tornou Red Robin sim pra criar uma nova identidade, mas também porque não aceita a morte de Bruce. A sua intenção é encontrar Bruce, que pra ele está desaparecido em algum lugar. Claro, Tim está mais agressivo, muito mais agressivo MESMO, mas na maioria das vezes ele mais parece um bebê chorão que ainda não foi capaz de lidar com a ausência de Bruce. Ele não gosta da idéia de um substituto para Bruce e ele desaprova Dick como Batman. Isto parece com alguém que caminha com as próprias pernas? Não, não é mesmo? Tim Drake ainda é dependente do Batman. Ainda vive na sombra dele. Sua busca frenética pelo Batman é uma prova disto.

Gotham Sirens: Ainda não tenho uma opinião definida a respeito deste título. As Sereias de Gotham são óbvias substitutas das Aves de Rapina. Ou seja, as vilãs tomaram o lugar das heroínas. Mas o que podemos dizer de um título escrito por Paul Dini? Bom, o enredo é simples, porém, divertido. É tudo o que se pode esperar deste título. Quem está em busca de algo mais elaborado, fique longe das Sereias de Gotham. As histórias de Mulher-Gato, Arlequina e Hera Venenosa não vão render tanto. O aspecto mais dramático é a falta de confiança entre elas, pois Mulher-Gato sabe como suas colegas são perigosas e que elas vão tirar proveito dela, como o fato de que a Mulher-Gato sabe a verdadeira identidade do Batman, informação que as outras duas cobiçam muito. Por outro lado, Arlequina e Hera Venenosa sabem que Mulher-Gato é ambivalente e que por muitas vezes ajudou o Batman, então como confiar nela? Esta é toda a tensão que vão encontrar no título. O resto é só ação desenfreada, sem muita explicação. As três vilãs são atacadas nos momentos mais improváveis. São seguidas com facilidade, mesmo a Mulher-Gato sendo tão furtiva. As Sereias são caçadas constantemente. Quem gostar deste tipo de trama, leia sem pensar duas vezes.

Streets of Gotham: Ainda não li nenhuma edição deste título, então vou ficar devendo uma opinião, mas soube que não é muito relevante. Vale mais pela curiosidade!

Detective Comics: Esta foi talvez a maior surpresa de todas, pois devo admitir que gostei da Batwoman. Greg Rucka é um bom autor e está sabendo desenvolver sua criação, a nova Batwoman! A heroína está na pista dos integrantes da Intergangue, adoradores da Bíblia do Crime. Afinal, o culto a tentou matar e ela não sabe porque ela é tão especial para eles. Mas o melhor não é isto. O bom é que Greg Rucka está redefinindo a confusa cronologia da Família Kane, afinal, outras mulheres desta família já atuaram ao lado de Batman e Robin. Agora a família dos Kane é detalhada para os leitores. As origens da família bem como a relação de seus membros com a nova Batwoman serão detalhes esclarecidos. Uma das presenças mais inusitadas e marcantes na revista é a do pai da Batwoman, que sabe da vida dupla da filha e tem contatos militares, inclusive fornece equipamentos de ponto para a filha. Não é um dos melhores títulos do momento, mas tem sua qualidade.


Agora vamos as novidades...

Segundo o editor Dan Didio, Judd Winnick vai escrever a revista Batman até completar o arco das seis primeiras edições. Depois Tony Daniel deve assumir o roteiro e a arte da revista. Isto vai ocorrer porque ainda existem ganchos da saga "Battle for the Cowl" que não foram devidamente aproveitados, como a ameaça que Duas-Caras vai representar agora que se tornou uma versão distorcida do Batman.





O arco de Tony Daniel também deve enfocar os primeiros confrontos de Dick Grayson como Batman contra alguns dos clássicos criminosos de Gotham, como Pinguim, Espantalho, Mulher-Gato e Máscara Negra. Porém, se engana quem pensa que Tony Daniel vai assumir definitivamente as histórias do Batman. Judd Winnick voltará após a conclusão do arco escrito por Tony Daniel, só que com novo artista, pois Mark Bagley, que foi o responsável pela arte da primeira história de Winnick com o novo Batman, estará muito ocupado desenhando a nova Liga da Justiça de James Robinson. Então um novo artista deve ser escalado para acompanhar Winnick. Isto se Dan Didio não demitir Winnick até lá, não é mesmo? Afinal, Winnick tem criticado muito o trabalho de Didio como editor-chefe...

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4029
Idade : 34
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Convidad em Sex Out 02, 2009 9:42 am

Não se ja viram esse video feito por fãs, mas achei que ia combinar com o tópico... rsrs


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sex Fev 12, 2010 11:55 pm

hahahaha... Já tinha visto, mas amo ver de novo! Muita gente achou que iria sair o filme! Mas se notarem as cenas, tem elementos para uma mini série!

O cara que fez esse filme é fã do Dick Grayson, deve tar dando pulos de saber que o Bruce morreu e provou que é possível fazer um filme da Liga da Justiça.

Eu queria saber onde acharam esse ator do Superman!

Quanto a filmes da morte do Batman. Tem um que eu gostei do texto, apesar de ser menos bem feito que o Grayson.


_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2629
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Batman RIP

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum