Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Ricardo Sato em Seg Set 03, 2018 10:06 pm

Olha se é possível ou não eu não sei,mas tem duas coisas que sabemos...ele é maluco e aparentemente arrogante o bastante pra achar que consegue e perigoso o bastante para eu achar que a chance não seja zero...mas como disse eu não sou o especialista, só sei que ele não parece preocupado enquanto canta Sunday,bloody sunday, uma música sobre um dos piores momentos já ocorridos por aqui.

Adam volta a atenção para as paravras cruzadas novamente, delicadamente observando as páginas com cuidado,buscando tirar dali alguma pista para seus colegas.

Estranhamente é uma boa música...que nem zombie...


(*murmurando enquanto lê)

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1500
Idade : 34
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Renata C. em Ter Set 04, 2018 1:19 pm

- Bom trabalho senhorita Simmons....você está bem? Pareceu ter uma tontura.

A tontura que sentia era um efeito colateral que acontecia ao encostar em algumas pessoas. Já tinha se tornado normal.

- Eu estou bem, obrigada por perguntar.
- respondia a ele antes de voltar sua atenção para a pergunta de Christofer. Antes de, logicamente, ignorar o pedido de "High Five", achei que já estivesse acostumado com isso. Ou melhor, estava e provavelmente fazia isso apenas para irritar.

- Seu "Hocus Pocus"? O que ele mostrou?

Arqueava a sobrancelha ao ouvir a pergunta. Hocus Pocus. Ok.

- Eu vi alguns 'flashes' do passado dele. Mas o mais importante... Eu senti um pouco do que ele sentiu. A mulher dele estudava história da arte, e tirou uma nota baixa ao analisar Guernica, do Pablo Picasso. Aparentemente, depois que ela morreu, ele ficou assim. Ele.. simplesmente mata as pessoas que acha que devem morrer. Um homem que ofendeu uma criança, o ex-professor de sua mulher que deu a nota baixa para ela. Ele.. simplesmente vai lá e faz. Não sente nada. Infelizmente o que eu vi não conta como prova, mas dá uma boa ideia do tipo de pessoa que ele é. E de como não tem nenhum remorso de ter cometido estes crimes.

Carrie então olhava para Kassidy através do vidro espelhado.

- Agora ele está ali, cantando aquela música do U2 com certeza por algum motivo. Essa música fala sobre um massacre na Irlanda. Levando em conta que estamos aqui, talvez ele também esteja querendo promover um massacre?

Mas o que Adam dizia talvez fizesse sentido. Ele tinha a intenção de matar "um figurão". Talvez não fosse boa ideia Christofer se passar por um, afinal.

- Se nós formos seguir com esse plano talvez seja melhor um dos policiais entrar com você. Sabe.. por garantia.

_________________
avatar
Renata C.

Número de Mensagens : 595
Idade : 33
Data de inscrição : 27/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Wesker em Ter Set 04, 2018 2:47 pm

Longe de compartilhar da preocupação dos colegas, Christofer parecia ate olhar para outros pontos conforme a conversa prosseguia, em um sinal claro de não estar tão interessado na complexidade dos detalhes. Entretanto, havia se voltado a Carrie quando essa retornava.

Não havia perguntando se ela estava bem.

Pela simples razão que afinal da acont...Bem, não vamos começar uma discussão.

Christopher mantinha a mão como se aguardando um high 5 enquanto ouvia a explicação. Ouvia e logo direcionava o olhar para os demais colegas, alguns detalhes a mais ou a menos mas era uma conclusão bastante semelhante.

- Bem pelo jeito chegamos todos a mesma conclusão.Bom trabalho pessoal! Ninguém? Ok.
- Ele mesmo batia na própria mão, baixando ambas e se voltando para o casal.

Erguia os ombros mediante as alegações da "Monstruosidade" de Cassady:

- Srta. Simmons, Sr. Watts...Prezado chefe de policia. Somos cidadões que seguem as regras da sociedade, ok ao menos na maior parte do tempo. Cidadões "de bem", de forma que compreender o que se passa na cabeça daquele homem dentro da sala se torna um tanto complicado, talvez até mesmo entender. Normas, regras...Tudo que guia a sociedade é superfulo para ele, não se prendendo as nossas regras e não as seguindo, porque deveria se sentir errado ou culpado?

Dava de ombros olhando para o espelho.

- Acho que um ou dois bons atirados na porta basta. Como disseram, ja temos uma confissão. Posso tentar quebrar o "ponto seguro" dele mas...Bem, tentativa e erro. Pode não dar em nada. Talvez ele pule emcima de mim e apenas me mate.

Erguia novamente os ombros, como se falasse do resultado de um jogo de futebol.

- De qualquer forma, eu gostaria de ao menos tentar. -Escutava o aviso de Carrie e sorria - Por mais que eu esteja honrado com a preocupação, é preciso se arriscar as vezes Srta. Simmons. Como estou?

Parava diante dela arrumando o sobretudo. Após aqui, mesmo diante de eventuais protestos ele voltaria-se para a saida.

- Bem, é por aqui certo? Me desejem sorte e fiquem atentos.

Sabia por onde ela havia entrado, e sairia dali.

Não havia ido até la para ficar observando no fim das contas.

Wesker

Número de Mensagens : 66
Idade : 34
Data de inscrição : 08/02/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Renata C. em Ter Set 04, 2018 5:07 pm

- Por mais que eu esteja honrado com a preocupação, é preciso se arriscar as vezes Srta. Simmons. Como estou?

A ruiva encarava Christofer por alguns segundos antes de responder.

- Petulante, como de costume. - Mas sorria ao terminar de falar. Não iria questionar, afinal ela própria estivera com o potencial assassino na sala e ele não havia a ameaçado nem nada assim. - Bem.. boa sorte!

É, ela dizia antes mesmo de você pedir que desejassem boa sorte.

Após isso, ela aguardaria, prestando atenção ao comportamento de Kassidy.

_________________
avatar
Renata C.

Número de Mensagens : 595
Idade : 33
Data de inscrição : 27/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Ricardo Sato em Ter Set 04, 2018 5:45 pm

Humm....

Antes que Maclister saia, não tentando impedi-lo mas ainda sim enquanto ele possa ouvir, Adam levanta os olhos do papel e pergunta ao chefe uma última coisa.

Ei...só perguntando...embora eu não tenha entendido nada sobre essa história de "ver", se ele está matando pessoas que ele acha que "merecem"......sei que já tem bastante tempo,mas alguém aqui teve alguma relação com o massacre,trabalhava na Irlanda na época?Algum nome que poderia ser rastreado depois de  muitos anos talvez como tendo se tornado um figurão daqui?

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1500
Idade : 34
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Leo Rocha em Sab Set 08, 2018 10:51 pm

O'Reily ouve os comentários do grupo e fica bastante perturbado com o que ouve. Ele então diz:

Arrow Flashes do passado? Tipo coisa de cigana? Vocês estão brincando comigo a uma hora dessas?

Ele em seguida diz:

Arrow Eu entro com Macallister. A investigação é minha e, por mais que vocês sejam bem recomendados, não posso correr riscos que façam esse cara sair daqui pela porta da frente.

Ele se encaminhava para a porta, junto com Macalister, quando ouviu o questionamento de Adam. Ele então diz:

Arrow O domingo sangrento ocorreu em 1972. Já não temos mais policiais que estiveram lá... Só se tivermos parentes e conhecidos deles..

***

Os dois entram na sala e Kassidy se vira com tranquilidade para eles. Ele então diz:

Arrow Olá.

Ele se detém um tempo olhando para Christopher. Examinando esse novo jogador, ele percebe uma postura despojada, porém bem atenta. Ele diz:

Arrow Você não tem perfil de figurão da polícia... Então, quem é você e por que está aqui?

Ele leva mão à boca e tosse fazendo uma leve careta. Ele então se vira pros dois é diz:

Arrow Eu pedi um policial de carreira e me mandam vocês . Bom... como temos pouco tempo, espero que entendam minha pressa... Se me arrumarem caneta e papel...

Ele olha para o relógio por um instante. E apenas sorri.

***
Dentro da sala de observação, Carrie e Adam conversam, enquanto observam a movimentação de Kassidy.
A sensitiva havia conseguido se sentar e repensada às informações que receberá.
O linguista sentia que conseguiu descobrir algo importante ali, apesar de não saber o que... Ao virar uma das páginas, ele encontra o recibo da compra da revista. Onde consta que a mesma foi comprada há menos de 3 horas em uma lanchonete. Onde seria? O que farão agora?

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4292
Idade : 39
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Ricardo Sato em Dom Set 09, 2018 8:22 am

Adam olha e verifica se há água ou café ao redor se sim ele se levanta se serve e oferece um copo a agente Simmons, enquanto retorna e vê a ação na sala.

Ele parece bem desconfiado...

Senhorita Simmons....posso te chamar de Carrie?Aceita?

Ele se aproxima mostrando a revista, o homem devia ser ainda mais sábio do que parecia...era difícil precisar mas considerando a situação e o tempo que o homem estava ali, sua resolução de palavras devia estar num nível bem alto e isso considerando que quem fazia esta estimativa era ele, um dos maiores linguístas do mundo.

Essa revista é interessante,está quase completa mas encontrei seu recibo, foi comprada em uma lanchone a menos de três horas...sem contar o tempo que ele ficou aqui.Deve ser um local próximo, talvez possamos verificar a área, se ele planejou estar aqui talvez tenha preparado algo...um álibe ou deus queira que não, outra vítima talvez.....

Adam então escuta a tosse de Kassidy e inclina a cabeça para o lado, tentando conter um comentário meio ridículo, mas vindo de um nerd que se sentia num filme de ação durante essas missões era bem difícil de segurar.

...Hummm...haha...pode ser bobagem mas já que conversou com ele de perto...ele parece o tipo de maluco que engoliria algo perigoso?Quer dizer, considerando a gravidade da situação e o tempo, já que a polícia se apressou em nos chamar, mesmo que tenham feito uma revista apurada eu não acho que tiveram tempo para exames mais profundos.Desculpe...deve ser bobagem...desculpe, não sei bem como agir nessas situações.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1500
Idade : 34
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Leo Rocha em Dom Set 16, 2018 2:01 pm

Enquanto Carrie e Adam conversavam, Christophe e O'Reilly assistiam ao homem escrevendo sua confissão. Ele parara de cantar. Agora apenas assobiava enquanto os dois homens o olhavam.
O'Reilly não se contém e diz:

Arrow Então, pra que essa palhaçada? Qual o sentido disso tudo?

Kassidy, pára um segundo de escrever. Em seus olhos algo quebrado.. sombrio... morto... Ele responde ao policial:

Arrow Exatamente.

O'Reilly passa a mão na testa e se controla para não socar a parede.
Kassidy tosse mais algumas vezes enquanto preenche com voracidade os papéis. Por fim, ele dá um arroto.

Arrow Me desculpem... Como eu disse, algo não me caiu bem...

Arrow Além do parafuso que lhe caiu da cabeça?

Arrow Haha... Eu ainda estou na dúvida se você é engraçado ou só patético... Eu vim aqui por que eu quero compartilhar a minha pequena Guernica com vocês... Você tem água?

Ele estende a mão com os papéis com as descrições de vítimas e crimes cometidos. Talvez a mais bizarra carta de confissão...
Ele então continua:

Arrow Não importa se você acredita em um Deus ou não. Não importa se você ama alguém ou não. Não importa se você tem predisposição genética a uma doença ou não. Nada importa! Aquela roupa cara comprada, aquela dieta, aquele sonho... Se alguém depende de você... Se você é nocivo a alguém... Nada importa! Tudo é um monte de caos e morte e essa é a única certeza em toda essa bosta que cada um de vocês chama de vida. Todos nós vamos morrer..

Ele tosse novamente e dessa vez de forma violenta. Com os olhos lacrimejando, ele diz:

Arrow Todos nós vamos morrer...


Nota do narrador:
antes de fazerem seus posts, gostaria que cada jogador rolasse um d6 e um d10.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4292
Idade : 39
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Leo Rocha em Dom Set 16, 2018 2:02 pm

Jogada do O'Reilly

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4292
Idade : 39
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Administrador em Dom Set 16, 2018 2:02 pm

O membro 'Leo Rocha' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D6' : 5

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4128
Idade : 35
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Leo Rocha em Dom Set 16, 2018 2:02 pm

segundo dado

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4292
Idade : 39
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Administrador em Dom Set 16, 2018 2:02 pm

O membro 'Leo Rocha' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D10' : 3

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4128
Idade : 35
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

rolagens

Mensagem  Ricardo Sato em Dom Set 16, 2018 3:14 pm

d6/d10

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1500
Idade : 34
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

rolagens

Mensagem  Administrador em Dom Set 16, 2018 3:14 pm

O membro 'Ricardo Sato' realizou a seguinte ação: Lançar dados


#1 'D6' : 6

--------------------------------

#2 'D10' : 6

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4128
Idade : 35
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Wesker em Ter Set 18, 2018 8:43 am

(Pessoal serio, hoje que "atentei' a data de atualização, para mim realmente não constava como atualizado o topico. Vou postar uma ação anterior só para não ficar tão "perdido" no meio)

Christopher adentrava a sala olhando para Cassady.

Ponderava um pouco, afinal estava tudo sobre controle e não queria arriscar tirar ele do sério além do necessario

- Não se subestime Sr. Cassady, estamos aqui exatamente por sua causa.

Se mantinha em silêncio durante a "confissão", mas logo parecia não resistir

Ao seu próprio instinto "espertalhão":

- Sabe...O que realmente não entendo é porque um Engenheiro acaba se tornando um psicopata. - Olhava para Cassady, andando pela sala. Pegava um cigarro e oferecia - Cigarro? Eu sei que não fuma, mas convenhamos...Muita coisa você não fazia...Antes.

Christopher ascendia o esqueiro, mas ao inves de ascender o cigarro apenas olhava para a chama, o fechando e mantendo o cigarro na boca.

- Regras separam a sociedade do caos Sr. Cassady. Você quer mostrar que eventos podem acontecer de formas completamente aleátoria e que a "ordem" que acreditamos não se aplica? Interessante mas... Da maneira que eu vejo, estamos aqui porque sua "obra" não foi compreendida. E se você não passar para nós, ela morrera com você.

Aguardava enquanto ele escrevia, e as coisas se tornavam mais...Estranhas


Última edição por Wesker em Ter Set 18, 2018 8:51 am, editado 1 vez(es)

Wesker

Número de Mensagens : 66
Idade : 34
Data de inscrição : 08/02/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Administrador em Ter Set 18, 2018 8:43 am

O membro 'Wesker' realizou a seguinte ação: Lançar dados


#1 'D6' : 4

--------------------------------

#2 'D10' : 5

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4128
Idade : 35
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Renata C. em Ter Set 18, 2018 4:56 pm

rolagem

_________________
avatar
Renata C.

Número de Mensagens : 595
Idade : 33
Data de inscrição : 27/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Administrador em Ter Set 18, 2018 4:56 pm

O membro 'Renata C.' realizou a seguinte ação: Lançar dados


#1 'D6' : 2

--------------------------------

#2 'D10' : 2

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4128
Idade : 35
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Ricardo Sato em Sex Out 05, 2018 12:13 am

Adam ouve tudo aquilo se aproximando cada vez mais do vidro com o recibo da lanchonete e a revista em uma das mãos e quase hipnotizado fala sem pensar.

ignore essa parte se não houver o objeto na sala:
Enquanto aperta o botão do microfone que dava comunicação da sala de interrogatórios para a de observação.(se não houver considere que ele apenas ta falando sozinho)

Mas então senhor Kassidy,se tudo é caos e nada faz sentido, se apenas a morte é certeza....porque diabos se meter,porque fazer "uma pintura" sobre isso?

No fim acelerar a morte de alguém ao invés de deixar o acaso seguir seu curso não é apenas tentar conseguir algum controle?
...Não é exatamente aquilo que você diz ser impossível?

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1500
Idade : 34
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Leo Rocha em Sex Out 05, 2018 8:42 am

Arrow - Sabe...O que realmente não entendo é porque um Engenheiro acaba se tornando um psicopata. Cigarro? Eu sei que não fuma, mas convenhamos...Muita coisa você não fazia...Antes.

Kassidy dá um sorriso, enquanto diz:

Arrow Isso mata, mas não é por isso que viemos aqui?

Ele pega um cigarro, mas não o leva à boca. Fica apenas brincando com ele.

Arrow Algumas pessoas diriam que eu apenas enxergo as coisas com maior clareza.

Arrow Regras separam a sociedade do caos Sr. Cassady. Você quer mostrar que eventos podem acontecer de formas completamente aleátoria e que a "ordem" que acreditamos não se aplica? Interessante mas... Da maneira que eu vejo, estamos aqui porque sua "obra" não foi compreendida. E se você não passar para nós, ela morrera com você.

Arrow É preciso que as pessoas entendam o que representa essa descoberta. O que a morte tenta nos dizer esse tempo todo. Essa é a verdade que nos libertará.

Pelo alto falante, os três ouvem a voz de Adam:

Arrow Mas então senhor Kassidy,se tudo é caos e nada faz sentido, se apenas a morte é certeza....porque diabos se meter,porque fazer "uma pintura" sobre isso? No fim acelerar a morte de alguém ao invés de deixar o acaso seguir seu curso não é apenas tentar conseguir algum controle?
...Não é exatamente aquilo que você diz ser impossível?

As tosses já se mostravam incontroláveis. Os olhos vermelhos, faziam uma pintura em tom sobre tom no rosto de Kassidy. Ele ouve a fala de Adam e diz:

Arrow "Ela foi chamada pra junto de Deus"... "Eles morreram porque já tinha chegado a hora"... Desculpas... Está na hora de mostrar que a morte é banal e que essa é a única verdade...

O'Reilly pega os papéis e diz:

Arrow Vamos chamar um médico pra você. Você está doente..

Arrow Não. Não há o que curar... E o tempo está acabado!

O'Reilly olha para a porta e se joga, trazendo Christopher com ele. Os dois ainda conseguem fechar a porta a tempo de evitar o impacto da explosão que pintou a sala de vermelho, com as vísceras e os devaneios de Kassidy.

***
Na sala de observação, Adam prestava total atenção à fala e a postura de Kassidy. Poucos segundos antes da explosão, ele consegue notar o que estava pra acontecer e grita para Carrie se proteger, enquanto se abaixa na parede onde ficava o botão do microfone.
Carrie, no entanto, não teve a mesma agilidade e foi pega por alguns estilhaços do vidro que separava as salas e por algumas partes liquefeitas de Kassidy.



***

Os quatro estavam vivos, com alguns ferimentos (principalmente Carrie), mas vivos. Kassidy terminara sua obra prima e seu legado iria para as páginas de jornais e livros de criminologia. Enquanto os brigadistas e demais policiais corriam para o local e tentavam entender o que havia acontecido, os quatro protagonistas do incidente iam aos poucos retomando o controle de seus sentidos e de suas consciências.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4292
Idade : 39
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Ricardo Sato em Sab Out 06, 2018 11:25 am

Adam balança a cabeça pra se recuperar e tenta não pensar no que viu,ele então vê Simmons caída e o sangue,sem saber de quem é e vendo também os cacos de vidro ele apressada e desastradamente da passos em direção a moça ao mesmo tempo retirando um lenço do bolso.Andava curvado em parte para evitar mais algum perigo possível,mas mesmo odiando admitir o maior motivo era para não olhar para o caos na outra sala.
Sem pensar ou exitar Adam toca o rosto da moça tentando limpar o sangue com o lenço.

Se-senhorita Simmons!...Você está bem,me responda....deve haver algum Kit de Primeiros socorros por aqui e a ajuda está chegando,você está bem?

Adam começa a olhar ao redor em busca pelo Kit tentando ainda limpar o sangue na agente em busca de ferimentos e sem olhar grita pra dentro da sala.

CHRISTOPHER...O'RILEY...ESTÃO BEM AI?

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Minutos depois o rapaz está encostado numa parede próxima,deixando um paramédico usando uma luz em seus olhos o examinar,com o olhar fixo no nada ele fala na direção dos outros.

Gente...eu não acho que os detalhes disso devam ser liberados...a última coisa que precisamos é um culto ou copycat desse aí....e não é que ele engoliu algo,tinha esperanças de que fosse doideira minha.

E ainda sem olhar sua mão aponta para um pedaço de papel agora amassado que ficou ao lado de onde ele encontrou a agente Simmons.

E será que dá pra mandar um esquadrão anti-bomba para aquele endereço?....Só por precaução...

Seu dedo apontava para o recibo de lanchonete que havia encontrado.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1500
Idade : 34
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Wesker em Dom Out 07, 2018 6:29 pm

Até que não estava indo tão ruim, ele falava, interagia.

E o melhor de tudo: Eu não havia o colocado em um surto de raiva.

Christopher ria do comentario sobre o cigarro, que talvez resultasse em um olhar feio vindo do chefe de policia.

Mas é sobre criar um vinculo, uma relação de confiança.

Sem truques aqui, apenas técnicas de interrogatório.

Ele continuava falando daquela forma enigmática e era quando se levantava. Christopher olhava como um inseto atraido pela luz, e certamente não estaria vivo para contar a história se O'Reilly não tivesse o arrastado, era quando...

Kasady...EXPLODIU?

Se levantava um tanto atordoado, ainda computando as informações. Extenderia a mão para O'Reilly para que o mesmo levanta-se.

- Como...Ele não teria maneiras de...

Ouvia os gritos de Adam e correria até o local, encontrando Adam sobre ela, ele logo procurava um Kit de primeiros socorros para atender a colega.

Ela estava coberta de sangue o que era bem...Assustador

- Vamos Carrie, aguente... - Verificava o pulso dela, sem parecer ligar muito para a parte de "não tocar".

Nunca era muito bom com regras mesmo.

Passado alguns instantes, estava junto a parede, olhando o atendimento de Adam.

-- Endereço? - Ele caminhava até o papel, abaixando para o pegar.- - Se o Sr. Currie acredita nisso... É melhor mandar uma equipe para la. - Direcionavasse a O'Reilly, fazendo uma breve pausa. -- Falando em explosivos, alguem entrou na sala? Algum resto de material explosivo encontrado?

Claro que haviam outras possibilidades.


Wesker

Número de Mensagens : 66
Idade : 34
Data de inscrição : 08/02/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Leo Rocha em Seg Out 08, 2018 9:47 am

Nota do narrador: Renata jogue 2d6, Alex jogue 1d6.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4292
Idade : 39
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Renata C. em Seg Out 08, 2018 3:37 pm

Rolagem (em breve eu posto, prometo)

_________________
avatar
Renata C.

Número de Mensagens : 595
Idade : 33
Data de inscrição : 27/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Administrador em Seg Out 08, 2018 3:37 pm

O membro 'Renata C.' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D6' : 1, 2

Administrador
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 4128
Idade : 35
Data de inscrição : 10/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prelúdio 2.1: Pensamentos mortais

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum