Ato 2 - Ano letivo começa...

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Drako em Dom Set 03, 2017 8:13 pm



Universidade de Heróis.

Uma semana após o ataque dos monstros no distrito Kane, os seis jovens se apresentavam na universidade para o inicio do ano letivo e de sua jornada como heróis. O começo das aulas tinha sido adiado por conta do ocorrido. O campus era enorme, quase um bairro inteiro da cidade, com toda a infraestrutura para o ensino de seres superpoderosos. Apesar de gigantesco, o número de alunos da universidade gerava em torno de um total de 200 pessoas por ano, com um número bem menor de formandos.

Ao chegarem ao local eles foram instruídos a se reunirem no hall principal da universidade. Cerca de 20 calouros se juntaram e aguardaram a chegada do diretor.


Drayden, o diretor da Universidade de Heróis. Tinha a fama de ser rigoroso com os alunos e ter poucos amigos, mas ser justo e imparcial. Ele já cuida daquele local há mais de cinquenta anos e formou praticamente todos os heróis conhecidos do país, inclusive o próprio National Man.

Drayden: Sejam bem-vindos, calouros da turma de 2X17. Se foram escolhidos para entrar na nossa universidade é porque há algum talento dentro de vocês, e é nosso trabalho ajuda-los a explorar esse talento da melhor maneira possível. Porém, para que se mantenham aqui, terão que seguir estritamente nossa conduta de regras, terem excelência nas disciplinas aplicadas e, acima de tudo, portarem-se única e exclusivamente de forma ilibada. Não serão toleradas de forma alguma trapaças, artimanhas e condutas consideradas vilanescas, resultando em expulsão imediata. Se seguirem essas diretrizes e se esforçarem diariamente tenham certeza que se tornarão heróis incríveis. Todos entendidos? Certo. Olhem no quadro em frente a vocês, os vinte foram separados em duplas para dividirem o quarto no dormitório. Você tem duas horas para se acomodarem em seus quartos e se reunirem no Coliseu para começarmos as aulas.

Todos os 20 calouros se amontoam em frente ao quadro de nomes que estava ali na frente do Hall para ver com quem eles dividiriam o quarto durante todo o ano.

Dormitório 204: Chris Stone e Isao Watanabe.

Dormitório 207: Harrison McFly e Ray Callitri.

Dormitório 210: Jay Alburn e Ashley Evans.

Eles se entreolharam, os seis conheciam uns aos outros, mesmo que pouco. Imaginaram que aquilo não poderia ser coincidência, a Universidade de heróis sabia exatamente o que tinha acontecido na semana anterior.

Post de interação, dialoguem entre si para que os personagens se conheçam. No próximo post irei rankear os personagens de vocês e será a primeira rolagem de dados da aventura.

_________________
avatar
Drako

Número de Mensagens : 1813
Idade : 28
Data de inscrição : 28/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.ds-club.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Scorpion em Dom Set 03, 2017 8:35 pm

Estar ali com os novos heróis era mais do que uma simples coincidência. Possivelmente a universidade soube de como agiram e devem tê-los visto como algum tipo de equipe ou coisa do gênero. De qualquer forma, aquilo não era de todo ruim... seria bom ter gente por perto um pouco mais "familiar", tendo-se me vista que Ray era um sujeito bem mais introspectivo do que o normal.

Ele ouviu tudo o que o diretor disse calado e depois dirigiu-se para o seu quarto. Parece que iria ter que dividir o quarto com o garoto que ele montou nas costas para derrotar o primeiro monstro. Aquilo sim era coincidência ou proposital? Difícil dizer...

Ray começou a tirar as coisas de sua mochila e arrumar em seu lado do quarto. Ele trouxe de casa um cobertor especial revestido de borracha isolante, feito justamente para não eletrocutar alguém que tentasse acordá-lo, além de um porta-retrato de sua família, alguns livros de espionagem do Tom Clancy e uns 3 vidros de loção pós-barba.

Arrumou tudo no melhor local e se deitou na cama, com os braços cruzados por trás da cabeça e olhando para o teto. Ray não era exatamente o cara mais expansivo do mundo. O trauma da descoberta de seu poder fez com que ele fosse um sujeito bem retraído e o fato de perder um olho a primeira vez que seu poder máximo se manifestou também não ajudava.

_________________
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2429
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Phelipe Peregrino em Seg Set 04, 2017 11:01 am

Chris: 201... 202... - Chris caminhava lentamente, puxando uma mala de rodinhas pelo corredor, enquanto procurava o quarto em que fora designado. - 203... - Ele parou diante do 204 e suspirou. - 204. Bom... Lá vamos nós.

Ele inseriu o cartão de identificação de estudante, e abriu a porta. Não havia ninguém lá, e isso o fez respirar aliviado. Na cabeça dele, era mais fácil assim. Ele observou o quarto. Observou a posição das camas e olhou no relógio. Optou pela cama em que o sol não bateria diretamente. "Odeio acordar com sol forte na cara". Sentou e testou o colchão. Depois deitou por um segundo, deixando a imagem do quarto se ajustar aos seus olhos.

Chris: Que... Saco... - Levantou-se e tirou o celular do bolso. - Acho melhor dar um pouco de vida pra esse lugar.


Abriu a bolsa, meio que dançando, meio que acompanhando a batida da musica com a cabeça, cantarolando baixinho. Três mudas de roupas, carregador de celular, um tablet, uma jarra de suco de beterraba (desde que sua individualidade se manifestou, sua mãe o faz tomar suco de beterraba todos os dias, alegando que faz bem para o sangue), um porta-retratos com a foto da sua família, a bolsinha com as coisas de higiene pessoal. "É... Acho que não esqueci nada dessa vez".

E música chega no refrão e o seu cantarolar aumenta de volume. Ele gira nos calcanhares, agitando uma das mãos enquanto usa a escova de cabelo como microfone. "All my life!". Dançando sem o menor jeito pelo quarto.

É nesse momento que a porta abre, e seu colega de quarto entra em cena, pegando-o no meio de um dos passos de dança mais fora de ritmo da história. Chris o encara por um segundo. Ele pensou em inventar qualquer desculpa, mas apenas suspirou fundo e murmurou. "Que saco!".

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1445
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Ricardo Sato em Ter Set 05, 2017 1:52 am

Após ouvir ao diretor rapidamente sigo para os dormitórios,não carrego muita coisa...numa mochila militar cabe quase tudo o que tenho,fora as duas maletas quadradas que carrego.O quarto é bem espaçoso pro meu padrão,retiro minhas roupas e as estico sobre a cama estranhamente bem arrumadas,já que sempre ajudei em casa.Escolho a cama mais próxima da janela,me sento e recebo os raios fulgurantes do sol no meu rosto enquanto coloco umas fotos sobre a escrivaninha,fotos minhas,de meu avô e de minha mãe.




Ligo para o hospital e recebo as mesmas notícias de nenhuma mudança que sempre recebo e decido que preciso de uma injeção de ânimo.Coloco um item que muitos achariam estranho no chão,uma grande maleta de madeira,algo precioso que recebi do meu avô,a muito tempo atrás aquilo era o ápice da tecnologia para ouvir música....um tocador portátil de vinil com fones,hoje em dia ninguém nem sabe o que é um vinil,ligo a tomada(já acostumado a sempre trazer um adaptador),coloco um dos disco da coleção de meu avô,me sento de frente a janela e de costas para a porta e coloco os fones enquanto fecho os olhos e sinto o sol lá fora.



Relaxo e me lembro de que eu vi Ceresa hoje enquanto olhávamos nossos dormitórios,estava um pouco distante de mim lendo a parte das garotas....linda como sempre,mas depois do fiasco de ser quase comido semana passada nem animei em ir falar com ela....



quando esse lado acabar ainda terei muito tempo de chegar ao coliseu então deixo a próxima música rodar.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Leo Rocha em Ter Set 05, 2017 11:09 am

Uma semana após o confronto com os monstros, Isao ainda ouvia em sua mente as palavras de National Man dizendo que ele e os outros novatos haviam impedido uma tragédia maior. Isso lhe deu forças para perseverar em seu sonho de ser um herói e foi o que o levou à Universidade de Heróis naquele dia, para ouvir o reitor Drayden colocando as regras às claras e iniciando oficialmente o ano letivo.
Ele olha no quadro o local onde fica seu dormitório e se dirige até lá. O nome do jovem lhe pareceu familiar, mas Isao não conseguiu lembrar de onde até entrar no alojamento.
A batida da música era boa. Ele gostava de sons ritmados assim. No entanto a coreografia que era executada pelo seu colega de quarto já não era algo de qualidade tão boa...
Ele entra no lugar e percebe que o jovem era um dos combatentes do confronto de semana passada. O garoto da bicicleta.

Arrow Hum hum..

Isao tenta sutilmente chamar a atenção de seu colega de quarto e, quando ele se virar, dirá:

Arrow Oi carinha que vai morar ali do lado, gostei do som. Meu nome é Isao, não sei se você se lembra, mas lutamos juntos na semana passada.

Ele joga as duas bolsas dele sobre a cama e deposita a espada lá também. Depois diz:

Arrow Talvez você possa me emprestar algumas músicas destas para usar no treino. Que bom que você deixou a cama perto da janela pra mim. Me ajudará a não perder o horário da alvorada.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4143
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Nasinbene em Ter Set 05, 2017 1:51 pm

Nem parecia que fazia apenas uma semana...
A uma semana atrás, Harry e os demais jovens envolvidos no incidente que culminou na morte de Mr. Justice estavam cara a cara com a morte. Harry passou a semana toda pensando em tudo o que havia acontecido, em como havia lutado e em como tinha se tornado inútil no final da luta. Se tivesse um pouco mais de força, talvez Mr. Justice ainda estivesse ali. Uma coisa, no entanto, não fazia sentido: nunca tinha lido sobre um monstro capaz de absorver uma habilidade daquela maneira. Era muito estranho, não parecia normal (por mais que usar a palavra normal pra descrever monstros soasse absurdo).
Com as aulas adiadas em uma semana por conta dos acontecimentos, Harry procurou saber mais sobre aqueles tipos de criaturas, pesquisando em todas as fontes possíveis. A única coisa que conseguiu foi se frustar com uma enxurrada de rumores que não faziam o menor sentido.
Por fim, finalmente tinha chegado a hora de se apresentar à universidade de heróis... outros talvez deixassem que a experiência os afastasse do mundo heróico, mas para Harry o ataque dos monstros serviu apenas para deixá-lo ainda mais obstinado com a idéia de se tornar mais forte para proteger as pessoas.
Após o discurso do diretor, era hora de dirigir aos dormitórios e qual não foi a surpresa de Harry ao descobrir que seu colega de quarto era o mesmo jovem que o havia ajudado a lutar contra o primeiro monstro, Ray. Não só isso... uma rápida olhada nos quartos adjacentes mostra que os outros envolvidos estavam no mesmo bloco de dormitórios. Coincidência? Muito provável que não...
Assim, Harry se dirige para o quarto 207. Ao chegar na porta, ele vê Ray ja deitado em sua cama, olhando para o teto. Lembrando-se de que quando se conheceram Ray não estendeu a mão (por razões óbvias), Harry apenas o cumprimenta verbalmente enquanto guarda suas coisas:

- E aí, Ray... parece que seremos colegas de quarto - Harry se senta em sua própria cama e continua - Os outros caras daquele dia também estão nesse bloco, não se se reparou... Não acho que seja coincidência... acha que nos querem como algum tipo de time ou algo assim?
avatar
Nasinbene

Número de Mensagens : 1281
Data de inscrição : 29/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Scorpion em Ter Set 05, 2017 2:36 pm

Ray vira apenas o olho bom, observando quem era o seu colega.

Ray: Olá, Harry. É, parece que sim, não é? Eu tava pensando a mesma coisa.

_________________
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2429
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Phelipe Peregrino em Ter Set 05, 2017 3:01 pm

Chris se encolheu ao ver o colega de quarto entrando.

Isao: Oi carinha que vai morar ali do lado, gostei do som. Meu nome é Isao, não sei se você se lembra, mas lutamos juntos na semana passada. - Isao joga as duas bolsas dele sobre a cama e deposita a espada lá também. - Talvez você possa me emprestar algumas músicas destas para usar no treino. Que bom que você deixou a cama perto da janela pra mim. Me ajudará a não perder o horário da alvorada.

Chris: Lembro. Lembro, sim. - Ele caminhou e apertou a mão do colega. - Oi, eu sou o Chris!

Chris olha as malas do colega e bufa baixinho.

Chris: Acho melhor você se apressar. É um saco, mas a gente tem compromisso logo mais, né?

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1445
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Leo Rocha em Ter Set 05, 2017 3:31 pm

Concordando com o colega de quarto, Isao inicia o procedimento de guardar seus pertences no armário ao lado de sua cama. Após fazer isso. ele dirá para Chris:

Arrow Já que temos tempo antes do início do treinamento, que tal a gente fazer um lanche antes? Eu vi uma máquina de lanches no final do corredor.

Ele coloca as mãos nos bolsos, procurando algo durante um tempo e, um pouco sem graça se vira para Chris e diz:

Arrow Carinha que mora ali do lado, me empresta um dolar? Estou sem nenhum trocado...

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4143
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Guima em Ter Set 05, 2017 5:47 pm

A academia de heróis é um lugar fantástico. Não vou negar, estar aqui me deixa um pouco eufórico mesmo não estando acostumado com esse tipo de coisa. Afinal masci e cresci na periferia... Essa é uma realidade muito além do que estou acostumado.

Ouço o blá blá do diretor enquanto dou uma olhada ao redor. Vários rostos incomuns e alguns conhecidos... Todos aqueles q estavam no incidente com os monstros da semana passada estavam ali também.

Mas a maior coincidência pra mim é quando descubro q vou dividir um quarto com um desses caras... Torci o nariz pra isso. Tô acostumado a ficar sozinho mas fazer o que.... Manda quem pode e obedece quem tem juízo.

Chego no quarto e vejo que o cara ja separou as coisas dele é td mais. Não faz mal... Fico no canto que me sobrou mesmo. Enquanto tiro minhas poucas coisas que trouxe comigo vejo o pendrive dado pelo câmera man para mim na semana passada. Acho que seria uma boa ideia entregar pro diretor... Ou guardar comigo? Talvez o cara do lado tenha algum computador ou um notebook.

Ash: aí fera... Eu posso te pedir um favor? Você tem algum computador aí com você pra me emprestar?

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2319
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Ricardo Sato em Ter Set 05, 2017 6:02 pm

Ouço a movimentação da porta e me viro para ver quem era,reconheço o cara da semana passada...não sabia seu nome então nem me liguei que poderia ser um deles....o grandão.

Ash: aí fera... Eu posso te pedir um favor? Você tem algum computador aí com você pra me emprestar?

Esse ai deu azar,nunca fui rico e muito do que era meu se perdeu na luta com ....ele,mas talvez possa ajudar.

E aí....ta sem sorte cara,tive um acidente lá em casa,o meu note que já era uma porcaria virou literalmente cinzas e até eu arrumar um trampo de meio período vai continuar assim,grana ta curta....ainda tenho meu celular,mas é um beeeem velhinho que arrumei usado,serve pro que você quer?

Mas se não,com certeza esse lugar deve ter uma biblioteca com computadores ou uma sala de computação mesmo.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Drako em Ter Set 05, 2017 11:12 pm

Os seis jovens se reuniram em duplas nos seus dormitórios e começavam a se conhecer. Era apenas um primeiro contato, mas eles já dividiam um momento importante juntos, o que talvez tornasse tudo um pouco mais esquisito. Alguns eram mais amigáveis, outros mais sérios e sisudos. Uns queriam apenas descansar, outros saíram para comer um lanche. Rapidamente as duas horas tinham passado e eles foram Coliseu, como tinha instruído o diretor da Universidade.


Quando ao local, notaram que na gigante arena existiam 5 grandes aparelhos eletrônicos, quadrados, com uma entrada no meio. No topo em cima da entrada do aparelho estava escrita a palavra “Rankeador”. Na subida da arena estava uma mulher loira, vestida formalmente, que aguardava os alunos. Ao lado dela, uma equipe de pessoas que iria ajuda-la a operar o maquinário.


Michelle: Sejam bem-vindos, calouros. Meu nome é Michelle Davis, sou a professora responsável pela turma de vocês. Como podem ver, colocamos cinco “rankeadores” na arena do Coliseu para medirmos o nível atual de vocês. Formarão cinco filas de quatro pessoas e um por um irá entrar no aparelho. O Rankeador irá testa-los em cinco quesitos: Força, Agilidade, Inteligência, Resistência e Habilidade Especial. Ao entrarem, verão uma tela que vai do chão ao teto da maquina que lhes dará as instruções de como proceder nos testes.

Ela aponta para os quatro telões que estão em volta do Coliseu.

Michelle: Cada rankeador está com uma câmera ligada a uma dessas telas. Eu e minha equipe iremos monitorá-los durante todo o processo. Para não haver nenhuma dúvida eu farei uma demonstração antes de começarem.

Ela tira o blazer e se posiciona em frente ao aparelho. Quando a luz verde na lateral da entrada se acende ela entra. Lá dentro a câmera liga e os 20 alunos ali presente podem vê-la pelo telão.

O enorme monitor do Rankeador se liga com a palavra “Força” e as explicações. Após isso sobem do chão duas bases com manetes. Ela segura as manetes, cada uma com uma mão, e aplica força.

Agora a palavra “Agilidade” e dois lançadores descem do teto. Eles lançam rapidamente bolas de borracha, que não machucam, mas causam incomodo. Michelle desvia das bolas, na medida do possível.

“Inteligência” e um teste aparece no monitor. Era uma situação de quase derrota num jogo de xadrez. Cada usuário mudaria a situação, com pouquíssimas chances de vitória. A professora conclui o teste.

Na “Resistência” um scanner desce do teto e analisa toda a estrutura corporal de mulher.

E enfim “Habilidade Especial”. O aluno deveria usar uma técnica de médio porte no alvo que se levantou do chão. Nesse momento, os jovens só puderam ver algo acontecendo no rosto de Michelle e a câmera desligou.


Ela enfim sai do Rankeador e o resultado é mostrado.

RANK A.

Michelle: Fiiuu... Bem, basta agora seguirem passo a passo o que eu fiz, seguindo as instruções na tela e ao fim terão o Rank de vocês. Como sabem os heróis são ranekados de A à F, sendo A os heróis de elite e F normalmente civis com habilidade ou heróis de apoio, como os guardas de transito e bombeiros. Ao fim do processo vocês terão seus Ranks, mas não se assustem se ele for baixo, pois ele na maioria dos casos sobe ao longo do curso e de suas carreiras. Basta se esforçar e ter foco. Pois bem, vamos iniciar os processos. Por favor, formem cinco filas de quatro pessoas, escolham um “Rankeador”. O primeiro da fila entra, o segundo aguarda e procede quando a luz verde ligar. Boa-sorte!

Os alunos começam a formar filas. Jay nota que Ceresa estava na última fila, caberia a ele falar com ela ou não. Porém, não foi apenas Jay que tinha notado as pessoas ao seu redor. Outro garoto notou os ilustres calouros desse ano.

???: Então são vocês, não são? Os garotos do ataque da semana passada.


???: Não vejo nada de especial em nenhum de vocês seis, mas eu tenho que respeitá-los. Aquilo lá foi demais! Comecei minha jornada atrás de vocês, mas não vou perder para ninguém! Eu sou Hoshi, guardem esse nome! Eu serei o maior herói de todos os tempos!

Se preparando para entrar numa fila e escutando tudo aquilo estava outro calouro querendo mostrar ao que veio. Yamamoto Daichi, o único aluno daquela turma que tinha uma habilidade de Tier 4, Transformação. Seu potencial era incrível e ele estava prestes a conhecer os jovens que iriam mudar a sua vida.


Off: Como funciona os testes. Vocês irão rolar o dado 5 vezes, uma para cada quesito. Especifiquem o teste que estão fazendo e rolem o dado. Irei dar um exemplo logo mais.

Como cada personagem tem uma característica especial, darei um 10 para cada um a sua escolha, exceto Habilidade. Por exemplo, Ash tem a habilidade de super força, então darei um 10 para ele no quesito força. Para os outros quesitos ele tem q rolar o dado. Tirar um número baixo em um quesito não necessariamente vai dizer que o seu personagem é péssimo naquilo, mas que é algo que ele vai precisar trabalhar.

O número da Habilidade vai mostrar o quão forte é a habilidade especial do seu personagem atualmente. Se for baixo, ele poderá melhorara ao longo do jogo.

Ninguém no grupo é fodão, então só vou estender o Rank até o D.
Lembrem-se que o Mr. Justice era um herói de Rank D, então caso algum de vocês consiga somar esse total já estão em grande vantagem.

Rank F: 0 à 15
Rank E: 16 a 35
Rank D: 36 a 50.

Não sei se fui claro com o que eu quis passar, qualquer dúvida só perguntar no chat.

Usem o dado com esse código:
Código:
[rand]10[/rand]

Exemplo.


Força
Quantidade aleatória (1,10) : 8
Agilidade
Quantidade aleatória (1,10) : 1
Inteligência
Quantidade aleatória (1,10) : 9
Resistência
Quantidade aleatória (1,10) : 2
Habilidade Especial
Quantidade aleatória (1,10) : 10


Última edição por Drako em Ter Set 05, 2017 11:15 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Drako

Número de Mensagens : 1813
Idade : 28
Data de inscrição : 28/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.ds-club.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Ricardo Sato em Qua Set 06, 2017 12:23 am



Chego finalmente ao coliseu e vejo a explicação do que iríamos fazer,a tecnologia era impressionante mas não deixo de achar aquilo um pouco de propaganda demais,tão público....

Aceno para os outros garotos um pouco travado,não é como se fôssemos amigos mas não poderíamos ser desconhecidos depois daquilo...tento ser um pouco mais gentil do que sou normalmente....tento deixar meus dias de agir como um delinquente para trás...como um vilão.Também vejo Ceresa na última posição da última fila e decido ir para a penúltima ao lado dela,ela também é alguém que não posso tratar como uma desconhecida afinal...no caminho porém um outro rapaz se volta a todos nós.

Hoshi:Então são vocês, não são? Os garotos do ataque da semana passada.

Hoshi:Não vejo nada de especial em nenhum de vocês seis, mas eu tenho que respeitá-los. Aquilo lá foi demais! Comecei minha jornada atrás de vocês, mas não vou perder para ninguém! Eu sou Hoshi, guardem esse nome! Eu serei o maior herói de todos os tempos!

Passo por ele com um aceno de cabeça enquanto me coloco em posição na fila.

Boa sorte Hoshi,espero que consiga pois o mundo tá precisando de mais heróis.....e você tem razão,aquilo não foi nada especial,no meu caso pelo menos....eu só sou meio burro daquele jeito mesmo.

Paro no fim da fila,o braço direito coçando atrás da cabeça e uma expressão relaxada....ou assim espero.

Hey,e ai Falcion,muito tempo que não te vejo...você parece bem.

Puta que pariu,eu falei mesmo esta merda????

...Algo de novo?Já se acostumou com a cidade?

Tento manter uma conversa natural e curta pelo meu próprio bem e antes que espere já é a minha vez,hora do Rankeador.


Força:
Quantidade aleatória (1,10) : 4


Agilidade:
Quantidade aleatória (1,10) : 6


Inteligência:
Quantidade aleatória (1,10) : 8


Resistência:(10 de graça)


Habilidade Especial:
Quantidade aleatória (1,10) : 5

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Scorpion em Qua Set 06, 2017 2:35 am

Ray caminhou pelo local com os colegas. Mantinha-se sempre caladão e com as mãos enluvadas dentro dos bolsos da roupa emborrachada. Foi então que uma mulher veio e deu a eles uma demonstração do que seria feito ali. Realmente, as habilidades da mulher eram bem impressionantes...

Então, um outro garoto apareceu e parecia que ele tinha grandes aspirações. Ray não dava tanta moral para este tipo de gente. Ele sempre fez o tipo caladão, que resolve o problema. Era esse o tipo de herói que Ray Callitri esperava ser... do tipo que entra num lugar, resolve o problema e sai antes que as câmeras de tv cheguem. Ele não buscava fama... de que adianta a fama se você nunca vai poder desfrutá-la? Nunca vai poder ter mulheres aos seus pés sem que estejam usando uma roupa de 3cm de borracha... nunca vai poder ter uma casa de praia sem matar todos os banhistas...

Ele só torceu a boca para o garoto que estava ali perguntando por eles. Aquela não era a hora de ficar contando vantagem... era a hora de entrar nos rankeadores e ver onde ele se encaixava.
Quando foi a sua vez, ele tirou as luvas e tirou o sobretudo isolante, deixando-o cair no chão...

Força
Quantidade aleatória (1,10) : 10
Agilidade
Quantidade aleatória (1,10) : 8
Resistencia
10 gratuito
Inteligência
Quantidade aleatória (1,10) : 5
Poder
Quantidade aleatória (1,10) : 9
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2429
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Phelipe Peregrino em Qua Set 06, 2017 6:55 am

Na fila, Chris conversava com Isao. Eles haviam lanchado no chão do dormitório, e conversado um pouco. No fundo, ele gostou da possibilidade de fazer uma amizade, mesmo alguém mais velho que ele. Soava legal. Ele sempre achou pessoas de sua idade um saco, mesmo. Alias, ele sempre achou pessoas de qualquer idade um saco.

Pra falar a verdade, ele sempre acha tudo um saco.

????: Então são vocês, não são? Os garotos do ataque da semana passada. - O jovem aborda o grupo de heróis que, por coincidência ou não, havia se reunido na fila. - Não vejo nada de especial em nenhum de vocês seis...

Chris: É porque eu estava sem a minha camisa de golfinhos. - Zombou.

????: Mas eu tenho que respeitá-los. Aquilo lá foi demais! - O jovem continuou. - Comecei minha jornada atrás de vocês, mas não vou perder para ninguém! Eu sou Hoshi, guardem esse nome! Eu serei o maior herói de todos os tempos!

Jay: Boa sorte Hoshi, espero que consiga pois o mundo tá precisando de mais heróis... E você tem razão, aquilo não foi nada especial, no meu caso pelo menos... Eu só sou meio burro daquele jeito mesmo.

Chris estremeceu levemente. "Aquilo não foi nada especial". Imediatamente o grito da pequena Kim ecoou em sua cabeça, e a imagem do Mr. Justice sendo devorado vivo surgiu diante de seus olhos, nítida como o sol da manhã. Ele quase pôde sentir o cheiro do sangue sendo jorrado, e o pavor nos seus ossos. "Nada especial". Se foi assim, porque sentiu medo como nunca havia sentido em toda a sua vida?

Finalmente chegou sua vez nos rankeadores.

Chris: Que saco... - Murmurou.

Força
Quantidade aleatória (1,10) : 6

Agilidade
Quantidade aleatória (1,10) : 10

Inteligência
10 Automático

Resistência
Quantidade aleatória (1,10) : 4

Habilidade Especial
Quantidade aleatória (1,10) : 2

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1445
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Leo Rocha em Qui Set 07, 2017 11:48 am

Isao gostou de passar um tempo lanchando e conversando com seu companheiro de quarto. Ele perceberá que o garoto, ainda que muito jovem e indisciplinado pros padrões de seu dojo, era inteligente e também tinha um ótimo senso de equipe.
Os dois então se dirigiram ao coliseu, onde avistou os outros jovens que estiveram na luta da semana passada. Eles também foram avistados por dois pretendentes a herói que vieram dizer que iriam supera-los. Chris é os outros os respondem. Isao também fala:

Arrow  Seja seu melhor e ajude a quem precisa. O resto não importa se você realmente pretende ser um herói.

Chega então a hora de seu teste. Ele fecha os olhos por um segundo, lembrando de tudo que passou até agora, respira fundo é entra na máquina...

Força:  
Quantidade aleatória (1,10) : 5
Agilidade: 10
Inteligência:  
Quantidade aleatória (1,10) : 6
Resistência:  
Quantidade aleatória (1,10) : 9
Habilidade especial:
Quantidade aleatória (1,10) : 8

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4143
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Guima em Qui Set 07, 2017 11:58 am

Pelo visto esse cara ai é tão fodido quanto eu. Fazer o que, parece que a escola já colocou dois pobretões juntos num dormitorio. Se isso não é excluir é o que? Coincidencia? Eu acho que não... Mas tudo bem. Ele não tem culpa, até prefiro ficar com um cara no mesmo nivel economico que eu no quarto mesmo...

Bom ele não tem computador mas deu uma boa ideia sobre ir na biblioteca ou em alguma sala de computadores... Agradeço a ideia do cara e visto minhas roupas que costumo vestir e vou dar uma volta por ai enquanto procuro a biblioteca...

Ash: Valeu pela dica mano. Vou dar uma olhada por ai então

Pego o pendrive e guardo no bolso da frente da minha camiseta florida. Visto um shorts brancos e um chinelo "havaianas". Sim pareço um surfista com este visual todo despojado, mas é assim mesmo que gosto de estar e se alguem ficar cornetando vai levar um soco na fuça.


A escola é um lugar de primeiro mundo... muito diferente do que costumo ver no meu dia a dia. Uma coisa engraçada que percebi é que eu acho que sou o mais alto do local. Do alto dos meus 1.95, todo mundo parece pequeno... acho que o unico calouro grandão que vi foi aquele que encontrei na semana passada que disparava choque pelo olho cego. Talvez seja um cara legal para ter uma amizade. Sei lá... mas que cacete, ja rodei esse local varias vezes e ainda não achei a biblioteca, logo vai dar a hora de ir ao coliseu e...

O sinal toca convocando todos os alunos ao Coliseu.


Porcaria... bom, esse pendrive vai ter que ficar pra depois. Guardo o pendrive novamente no bolso e vou em direção do Coliseu. No meio do caminho vejo mais calouros indo todos ansiosos pra saberem em qual Rank eles vão se encaixar. Como se heroismo pudesse ser classificado. Não gosto desse tipo de coisa, o valor de um herói se dá no campo de batalha e não em maquinas que "testam" suas habilidade e bla bla bla... Mas beleza, não vou me opor as regras... não ainda.

Chego no local com um ar despreocupado olhando a galera por cima. Me encosto numa parede e com as mãos entrelaçadas na nuca eu apenas observo. Dali vejo um moleque bobão metendo a panca pra cima dos outros, um tal de Hoshi. Pelo visto a publicidade em cima que rolou daquele dia não foi uma coisa positiva... esses calouros vão querer sempre competir com a gente agora. Bom que venham...  Consegui salvar vidas resgatando o helicóptero enquanto os demais suaram a camisa para deter os monstros. Mas quem salvou o dia mesmo foi o National Man. Senão fosse ele nem era pra gente estar aqui agora. Por isso não vou desperdiçar esta oportunidade.

Ah quer saber, to cansado de ficar aqui só olhando.

Ash: Minha vez.

Corto a fila dizendo:

Ash: Da licença ai ô pintores de rodapé. To com fome e não to afim de ficar esperando esses anãozinhos de jardim ficarem mostrando  quem tem a pica maior. Deixa eu fazer logo esses testes cretinos e depois vocês podem ficar ai se gabando e se achando como estão acostumados a fazer.

Fico na frente do primeiro aparelho... Vamos lá Ash, você não precisou de maquina nenhuma pra chegar até aqui. Senta o ferro nessa birosca.
Força
10. Automatico.


Agilidade
Quantidade aleatória (1,10) : 7

Inteligência
Quantidade aleatória (1,10) : 7

Resistência
Quantidade aleatória (1,10) : 5

Habilidade Especial
Quantidade aleatória (1,10) : 4

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2319
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Pedro H. Oliveira em Qui Set 07, 2017 7:23 pm

Daichi havia chegado bem cedo à Universidade para o inicio das aulas. Ele estava relativamente bastante animado para seus padrões e muito mais irritado por ter tido toda aquela demora em iniciar as aulas. Ele entendia os motivos, mas mesmo assim não estava muito satisfeito.

Quando o dia começou, ele gastou boa parte do seu tempo observando os demais 19 estudantes de sua turma enquanto o Diretor da instituição falava e transmitia as primeiras informações a todos. Não demorou muito para achar seu quarto, deixar suas coisas e voltar para os corredores da escola. Daichi visitou todos, um por um, prestando bastante atenção à todos os detalhes do local que passaria um bom tempo.

Não demorou muito para serem convocados ao Coliseu para um rankeamento e os testes serem iniciados. O jovem ouviu algumas conversas e não demorou muito para notar as estrelas daquela turma, os jovens que haviam se envolvido no incidente recente e responsáveis pelo atraso no inicio das aulas. Após alguns testes, o jovem que estava encostado numa parede se levanta e caminha até o aparelho. Ao passar pelos demais, ele encara cada um dos membros daquele grupo.


- Blaze... OUT!

Força
Quantidade aleatória (1,10) : 2

Agilidade
Quantidade aleatória (1,10) : 8

Inteligencia: 10

Resistência:
Quantidade aleatória (1,10) : 5

Habilidade Especial:
Quantidade aleatória (1,10) : 7

_________________
avatar
Pedro H. Oliveira

Número de Mensagens : 875
Idade : 26
Data de inscrição : 25/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Nasinbene em Dom Set 10, 2017 12:32 pm

Após se instalarem, os jovens aspirantes a herois são encaminhados à sua primeira aula, que consiste na verdade em medir qual a quantidade poder dos heróis. Harry aguarda em seu lugar, um tanto quanto ansioso. Nunca pensara que ja na primeira semana seria avaliado desta maneira. O termo "prova surpresa" tinha acabado de ganhar um novo significado...
A professora explica como o procedimento funciona, se submetendo ela mesma à máquina avaliador. Não tinha como negar que aquilo era realmente um tanto quanto intimidante... Harry vai então deixando que alguns alunos passem à sua frente. Não que isso fosse resolver alguma coisa, suas capacidades ja estavam ali, e não mudariam nesse meio tempo em que esperava. Sendo assim, Harry finalmente se decide e entra, resoluto, na cabine da máquina.
Ele então fecha seus olhos e deixa que seu Propulsion venha à tona... Após um breve sinal sonoro, a maquina passa a exibir o seguinte resultado:

Força
Quantidade aleatória (1,10) : 1

Agilidade
Gratuito: 10

Resistência
Quantidade aleatória (1,10) : 3

Inteligência
Quantidade aleatória (1,10) : 8

Poder
Quantidade aleatória (1,10) : 2

Harry tinha agora uma noção exata, mensurada de seu poder. Agora, era treinar duro pra melhorar suas marcas...
avatar
Nasinbene

Número de Mensagens : 1281
Data de inscrição : 29/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Drako em Dom Set 10, 2017 4:40 pm

Antes de entrarem no Rankeador, os seis jovens são reconhecidos por Hoshi, um calouro louco para se provar digno de heroísmo, tendo como objetivo se tornar o maior herói de todos os tempos. Um objetivo em tanto, muitos diriam que era loucura, mas aquele garoto de cabelo espetado não se importava.

Jay e Isao são os únicos que respondem ao jovem.

Jay: Boa sorte, Hoshi, espero que consiga, pois o mundo tá precisando de mais heróis... e você tem razão, aquilo não foi nada especial, no meu caso pelo menos... eu só sou meio burro daquele jeito mesmo.

Hoshi: Humpf... Eu disse que vocês não parecem ser especiais, mas o que fizeram foi demais. Eu queria ter estado lá.

Isao: Seja seu melhor e ajude a quem precisa. O resto não importa se você realmente pretende ser um herói.

Hoshi: É o que eu pretendo fazer, japa. Só quis avisar a vocês que não importa se sejam famosos ou não, eu vou ser o herói número um dessa classe.

Michelle observava ao longe a provocação entre os três alunos, mas não se intrometeu. Um pouco de competitividade é sadia naquele ambiente. Querer ser o melhor no que faz é uma atitude compreensível, principalmente no mundo dos heróis.

Na fila, Jay tenta falar com Ceresa, que estava parada ao seu lado.

Jay: Hey, e ai Falcion, muito tempo que não te vejo... você parece bem.

Ceresa: Alburn... Obrigada.

Jay: ...Algo de novo? Já se acostumou com a cidade?

Ceresa: Não, vou demorar a me acostumar com isso tudo. Não sei se posso dizer o mesmo de você, já está até ficando famoso.

Foi então que um a um eles foram entrando no aparelho. Uma hora depois, todos os vinte alunos tinham sido examinados. A equipe dela reuniu todos os ranks, imprimiu os resultados e entregou a professora.

Michelle: Hum... quatro alunos tiraram o Rank D. Nada mal, já vi melhores. –Ela folheia os status de cada aluno— Treze Ranks E... Alguns de vocês estão bem perto de subirem de nível, continuem se esforçando. Três Ranks F... bem, não é motivo para desespero, mas terão que trabalhar duro durante todo o ano, estou a disposição se precisarem de alguma ajuda. Enfim, olhem para o telão!

Ela levanta o dedo, apontando para o telão diretamente acima dela, revelando todos os ranks da turma.


Michelle: Faço questão de revelar o Rank de todos os meus alunos. Vejam aqueles que estão acima de vocês, torne-os objetivos a serem alcançados, queiram ser tão fortes quanto eles. E se precisarem, peça ajuda entre si. Todos estão aqui com a mesma finalidade, pedir ajuda e criar alianças torna nosso trabalho muito mais fácil.

O telão desliga, assim como os Rankeadores. A professora anda até eles, passando em direção a saída.

Michelle: Sigam-me, vou apresenta-los aos heróis selecionados para cuidar das aulas dessa turma.

Os calouros vão atrás de Michelle, que saí do Coliseu, passando pelo campus da Universidade. Ela entra no prédio principal, onde as aulas são ministradas, sobe as escadas e entra na sala dos professores. Como tudo naquela universidade, a sala dos professores era enorme. Era tão grande que dava o dobro do quarto da casa da maioria deles. Lá eles veem que de pé estava uma linda jovem de cabelos rosa, um marombeiro sorridente, uma garota de óculos que não parecia muito mais velha que eles, um homem mal encarado. Sentado e imponente estava um rapaz de cabelos loiros e terno preto, que também não parecia ser tão mais velho.

Michelle: Esse é o corpo docente que irá me ajudar durante o ano a ensinar vocês. Todos eles são heróis que vem sendo cultuados no país atualmente e se formaram na universidade há alguns anos. Devem ter ouvido falar de pelo menos um deles.


Michelle: String foi uma aluna da primeira turma que representei, ela é uma das pessoas mais ágeis que eu já conheci. Aos homens não tentem nenhuma gracinha com ela ou vão conhecer um lado dela que não vão gostar. The Dragon é mestre em mais de 50 tipos diferentes de artes marciais, tem cara de poucos amigos, mas no fundo é muito gentil. Sportsmaster gosta de puxar os limites dos seus alunos, eu diria que seria melhor dormirem bem antes das aulas dele. Smart Girl não fala muito, mas quando começa a ensinar uma matéria ela não cala a boca. Ela é uma das cinco pessoas mais inteligentes do mundo. E aquele almofadinha sentado no sofá, todo pomposo, é o meu irmão, Zodiac. Seu controle de habilidade é excelente, dizem que ele é um gênio nesse quesito, mas eu acho um exagero. Ele se formou na universidade no ano passado e já subiu ao Rank A.

Zodiac: Só falta o meu convite para o World of Heroes, não é, maninha? Seria tão bom se eu conhecesse uma pessoa linda, gentil e bondosa que fizesse parte do grupo e pudesse me convidar.

Michelle: Cala a boca, Anthony.

Zodiac: Ok, Ok.

Michelle: Agora prestem atenção, cada um de vocês deve escolher um deles para ser o seu tutor. Serão eles que cuidarão de frente da evolução de vocês. Escolham sabiamente, pois não há volta. Os horários das aulas estão presos nas portas dos seus dormitórios. Não faltem, não se atrasem, não durmam em sala de aula.

Michelle vai até uma estante, pega vinte folhetos e distribui.

Michelle: Caso queiram ter aulas extracurriculares, esses são os heróis que se disponibilizaram esse ano. Façam a inscrição de no máximo duas no portal do aluno, de lá pegarão o endereço dos heróis e o horário disponível. Alguma dúvida? Por hoje estão liberados. As aulas começam amanhã 7:30 da manhã.




Uma semana se passou e a rotina já começou a se estagnar para os alunos. As aulas se dividiam em 6 matérias, com cada um dos professores. Michelle dava uma aula mais abrangente, porém mais teórica. Com poucas aulas eles puderam notar que a professora era bem rígida com os alunos.

As aulas de String eram normalmente em circuitos e locais abertos, com muita atividade corporal e pouquíssima habilidade especial. Muito bonita e simpática, normalmente era a aula favorita dos garotos, todos adolescentes, que adoravam ver a professora suada ao fim dos exercícios.

The Dragon tinha uma academia própria dentro da universidade e um dojo. As aulas se alternavam nesses locais. Não tinha muito mistério, era ou puxar ferro ou aprender a se defender no mano a mano. Sempre de cara fechada, o professor tentava passar uma de durão, mas se derretia todo quando os alunos se saiam bem nas lições.

Smart Girl tinha aulas teóricas de tudo que era possível. Pouca gente conseguia acompanha-la enquanto ela dava as matérias, pois ela realmente não calava a boca, quase que sem ponto final. Só parava de falar quando o sinal tocava, e voltava ao seu modo caladona. Apesar de tudo, os alunos não conseguiam deixar de acha-la fofa.

Sportsmaster como o nome já indica era o professor de educação física. Suas aulas eram intensas, ele gostava de puxar mesmo os limites dos alunos, tentando criar mais resistência neles. Sempre com um sorriso no rosto, ninguém conseguia entender se ele fazia aquilo feliz ou se era meio sádico. De qualquer jeito era a aula que todo mundo ficava receoso de ir.

Zodiac tinha cara de almofadinha, mas era gentil. Suas aulas alternavam de teoria e prática. Era esquisito ter aula com um cara tão jovem quanto eles, mas os calouros logo perceberam que quando se tratava de controle de habilidade especial ele era um gênio.  

O grupo estava na última aula do dia, com a professora Michelle, quando eles escutaram um alarme soar. Incêndio? Ninguém viu nenhuma fumaça pela janela.

Michelle: Fiquem aqui!

A professora saiu correndo pela sala e deixou a classe lá. Olhando um por um, Chris notou que não tinham mais 20 alunos na sala. Faltava um. King Helbram não estava lá. Perguntaram a Yukio, seu colega de quarto, se ele o tinha visto.

Yukio: Não o vejo desde manhã, quando sai para a aula. Achei que ele iria vir depois, mas não apareceu até agora.

Pela janela, Ray e Ash veem uma multidão se aglomerar perto a uma das áreas verdes da universidade. Preocupados, os 19 saem correndo até o local, mesmo tendo sido advertidos para ficar lá. Quando chegam ao centro da multidão, eles podem ver o motivo do alarme.

Spoiler:


Yukio: KIING!!

Michelle, Zodiac e Dryaden estavam em volta do corpo, tentando entender o que tinha acontecido ali. Ninguém queria admitir, pois a ideia era tão absurda que não poderia ser verdade, mas um aspirante a herói tinha sido assinado dentro da casa deles, e ninguém fazia ideia de como ou por que. Michelle nota seus alunos chocados com a cena e se levanta rapidamente.

Michelle: Eu disse para ficarem na sala de aula! VOLTEM PARA LÁ AGORA!!

Off: Cada tutor dará a vocês uma aptidão maior em um quesito, e na imagem está o bônus que vocês vão ganhar. As aulas extras também vão dar mais perícias aos personagens de vocês. No caso da cura lá, não será o poder de cura, mas sim uns primeiros socorros. Qualquer dúvida só dizer.
Atualizei os números das fichas de vocês, ao longo da semana vou dar os números específicos de cada quesito que vocês poderão alcançar.

_________________
avatar
Drako

Número de Mensagens : 1813
Idade : 28
Data de inscrição : 28/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.ds-club.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Scorpion em Dom Set 10, 2017 7:34 pm

Ray havia ficado em primeiro lugar no ranking com mais outros três... Apesar de estar orgulhoso, Ray Callitri era um garoto extremamente desligado de seus sentimentos. Afinal, o seu poder era a sua maldição... coisa que ele trocaria fácil: ser um garoto normal, sem fritar tudo e todos por aí. Diabos, ele não podia usar uma torradeira sem explodir ela!

Ficou olhando o ranking enquanto os outros iam aparecendo, mas não esbanjou um sorriso nem nada. Manteve a mesma expressão que teria se tivesse ficado em último lugar. O pobre do Hoshi quem deveria estar se remoendo, afinal, por enquanto, o Trovão Azul era o único que o separava de seu objetivo: ser o maior aluno daquela turma.

Ray era extremamente grande para a sua idade, talvez menor apenas que Ash e mais uns poucos. Porém, seu corpo era robusto como o de um jovem fisiculturista. Ele havia passado muito tempo em academias e praticando esportes solitários para suprir o tempo de não poder jogar futebol ou baseball com os outros garotos. Não somente isso, estar constantemente eletrificado fazia com que os seus vasos sanguíneos vivessem constantemente dilatados, o que facilitava a circulação sanguínea e que os seus músculos dessem constantes espasmos. Imagine alguém que usa um abshape por todo o corpo, 24h por dia... então você sabe porque o corpo de Ray era tão definido.

Quando a instrutora Michelle disse que os jovens deveriam escolher seus tutores, Ray já pensou em quem poderia ser o seu tutor. De todos ali, só havia um que realmente lhe interessava: Zodiac! O problema era simples... Ray era extremamente poderoso, mas era incapaz de controlar o seu poder. Era quase como um sonho poder aprender aquilo.

Quando as apresentações se acalmam e Michelle distribui os panfletos, Ray pega e ainda não os olha. Ele caminha até o irmão dela e faz um cumprimento de cabeça, curvando-se.

Ray: Com licença, Sr. Zodiac. Eu sou Ray Callitri... o senhor me daria o privilégio de ter o senhor como meu tutor?

Ray esperava que fosse aceito. Ele não sabia se tinham de pedir, se tiham de ser aceitos ou se bastava preencher o formulário e o tutor teria de engolir. O que ele queria era aprender a controlar a eletricidade que saía o tempo todo de seu corpo.

Mais tarde, Ray e Ash estavam olhando pela janela, quando ouviram o grito. Ray falou baixo como sempre.

Ray: Alguma coisa aconteceu...

Todos os 19 alunos correram feito loucos até verem o menor dos colegas ali. King estava morto e jogado no chão. Aquilo era uma escola... uma escola de Super Heróis! Pessoas podiam dobrar o aço, voar ou virarem hipopótamos! Já era uma coisa rara uma criança morrer por acidente num jardim de infância, imagine alguém com super poderes numa escola como aquela. Só haviam duas opções: assassinato ou suicídio. Ambas possíveis, mas não plausíveis!

Michelle gritou para que os alunos voltassem para lá. Enquanto os alunos voltavam, Ray ainda olhou um tempo... chegou perto da professora Michelle quando os outros já haviam ido e disse no tom de sempre... calmo, baixo e muito racional.

Ray: Mandar que voltemos para lá não vai fazer com que não se criem especulações e pânico, Michelle-sama. São adolescentes... a maioria está bem assustada. Nesta hora, talvez precisemos mais de você do que nunca...

O jovem ainda a olhou nos olhos com seu único olho em alguns segundos e virou-se, indo em direção onde estavam os outros colegas.

Se algum dos jovens falasse em assassinato, Ray meio que cortaria a pessoa.

Ray: Você não sabe disso... então porquê não para de causar pânico?

Obviamente ele pensava nesta possibilidade... mas haviam jovens ali que eram imaturos o suficiente e não precisavam imaginar essas coisas.

[RAY IRÁ TER AULAS COM HANZO E HUNTRESS]

_________________
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2429
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Ricardo Sato em Seg Set 11, 2017 12:16 am

Hey, e ai Falcion, muito tempo que não te vejo... você parece bem.

Ceresa: Alburn... Obrigada.

...Algo de novo? Já se acostumou com a cidade?

Ceresa: Não, vou demorar a me acostumar com isso tudo. Não sei se posso dizer o mesmo de você, já está até ficando famoso.

Continuo ali esperando e tendo uma conversa com Ceresa,ela me responde cordialmente e vejo uma abertura pra aumentar meu ibope...mas não dá,minha expressão muda um pouco,meus olhos mais baixos e escurecidos e a verdade escapa. Tento me enganar e pensar que "Ceresa não sabe de nada",mas no fundo tenho certeza de que seus pais lhe contaram o que eu sou,o que meu pai é e o quanto eu tenho que fazer pra redimir o que aquele crápula fez....eu não sou herói,sou um delinquente,mas vou fazer a melhor imitação de herói que esse mundo já viu ou morrer tentando e vou começar por não fazer o que aquele maldito fazia....e mentir pra mina de quem eu gosto só por ser mais conveniente.

Famoso?....olha,isso é só coisa dos garotos,eu não me arrependo de forma nenhuma,era algo que eu tinha que fazer,mas eu falei sério quando respondi ao Hoshi. Não foi nada de...eu não fiz nada demais a não ser quase morrer,nunca fui covarde mas aquilo foi horrível,nós quase morremos...eu quase fui comido vivo e tive mais sorte que outras pessoas.

Eu vi a esperança que um herói trás em primeira mão...mas também vi o que pode acontecer com qualquer um....comigo,com os professores,até o National Man....com...vo.....


Eu me calo,a imagem de Ceresa mergulhada em um mar de vermelho atravessa minha mente...



...brilho muito levemente,espero que o bastante para que ninguém perceba no sol da manhã,não por coincidência recupero minha calma e sorriso.

Mas ver o National Man foi super legal...

Prefiro que ela me ache fútil do que amedrontado....por ela,que é como eu me sinto....como eu queria que aquele teste desse zero pra ela,que ela alcança-se rank Z e volta-se pra casa,mas ai me lembro da pobre garota indefesa e penso que seria melhor que ela fosse tão forte quanto o National Man...ou quem sabe que eu fosse,mas ela não quer proteção de ninguém.

Afogo minha confusão em luz e só existe a calma enquanto o tempo passa....e realmente,apesar de entender o porquê ainda detestei nossas caras no telão....pelo menos logo conhecemos nossos outros professores e escolhemos onde nos focaríamos.

Claro que pretendo aumentar meu controle de poder o máximo que puder,mas o herói que mais salva vidas é aquele que continua vivo pra tentar....o poder não ajudou Mr Justice a se salvar e principalmente a salvar mais pessoas,peço que SportsMaster me ajude....me atiro no treinamento sem medo algum,quase como se achasse que merecia punição.Também peço que Blind Portal e Cavalier me aceitem como aluno,perceber as ameaças,encontrar pessoas e poder proteger mesmo sem meus poderes(ou com meus sabres)pode me ser útil.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O tempo passa,as aulas seguem e o impensado ocorre....King...estava...morto????Como?quando?....Porquê?
Tudo passa muito rápido,mas sei que devemos voltar....sei que não é hora para pânico e sei que devo olhar ao redor e não para o óbvio,como Blind Portal ensinou.....o crime é chocante mas o que nos rodeia pode me dar mais pistas,ele foi deixado aqui para ser encontrado,alguém pode estar observando e esse alguém não está chocado.
Enquanto observo caminho com os outros.....e tento diminuir o pânico com meus poderes,não é hora pra sermos descuidados ou impulsivos.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1348
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Phelipe Peregrino em Seg Set 11, 2017 10:10 am

Chris observa a máquina que exibe seus resultados. E se pegou pensando longamente sobre seus resultados com sua individualidade. Não estava nada bom. Quem eu quero enganar, está péssimo! Mas, pensando bem, não era totalmente inesperado. Desde que seu poder se manifestou, ele teve medo de usá-lo. Ele sabia que cada disparo que fazia o deixava mais próximo da morte. Por isso podia contar nos dedos as vezes que usou seu poder. Mesmo na batalha contra as criaturas na semana passada, eu só disparei um único tiro! O preço pago por esse medo estava aí, na sua cara. Seu controle do próprio poder beirava o ridículo.

Chris: Que saco...

Quando Michelle apresenta os professores, Chris pesou bem seus resultados. Ele tinha duas opções bem claras: Escolher um professor que iria trabalhar sua deficiência, ou um professor que iria potencializar ao máximo sua qualidade mais notável. A segunda opção soou a mais inteligente. Por isso a escolha pela professora Smart Girl soou a mais correta.

Ele também precisava se matricular em duas aulas extracurriculares. Não era difícil notar que cada decisão que tomava ali era guiada para que tipo de herói ele gostaria de se tornar. Ele não era o mais poderoso da turma. O rank deixava isso claro, e nem tinha o que se debater quanto à isso. Ele conhecia a individualidade de pelo menos cinco deles. Daqueles que, meio que, se tornaram seus amigos após o ocorrido. Todos ali eram homens de ação. Partiram pra cima das criaturas sem pensar duas vezes. Ele ficou. Ele observou a cena. Era esse o tipo de pessoa que ele era? Era esse o tipo de herói que ele seria? Se esse era o caso, quais daqueles professores ajudariam a extrair cada grama do seu potencial?

Blind Portal foi sua primeira escolha. Alguém que possa ajudá-lo a prestar atenção nos detalhes. Era algo importante. Sua segunda aula... Após muito pensar, foi L'N'O o professor escolhido. A combinação de uma percepção apurada, com uma grande capacidade dedutiva e investigativa, para Chris, soou extremamente proveitosa.

***

Já era a última aula do dia. Chris rabiscava coisas aleatórias no caderno, com a mente já divagando, torcendo pelo fim daqueles intermináveis minutos finais. Até que o alarme soou.

Michelle: Fiquem aqui!

Assustado, sem entender direito o que aconteceu, Chris ficou olhando para os colegas de sala sem dizer nada.

Ray: Alguma coisa aconteceu...

Todos correram e se amontoaram. O motivo se revelou diante deles. King, o aluno que tinha tido a menor pontuação no rank, estava morto. Como?! Essa é uma escola de super-heróis! Deveria ser um dos locais mais seguros do mundo! Impossível alguém tê-lo assassinado aqui! Então o que aconteceu? Um acidente? Chris não conhecia a individualidade dele, ele poderia ter simplesmente explodido sozinho. Besteira!

Michelle: Eu disse para ficarem na sala de aula! VOLTEM PARA LÁ AGORA!!

Ray: Mandar que voltemos para lá não vai fazer com que não se criem especulações e pânico, Michelle-sama. São adolescentes... A maioria está bem assustada. Nesta hora, talvez precisemos mais de você do que nunca... - Alguém fala algo sobre assassinato e Ray imediatamente o corta. - Você não sabe disso... então porquê não para de causar pânico?

Isso surpreendeu Chris. Toda a postura de "não tô nem aí", mas assim que a situação pediu, ele assumiu o controle. Interessante. Curiosamente, a sensação de medo foi reduzindo. Ele não entendia o motivo, mas foi sentindo uma sensação de conforto leve. Isso era bom. Ajudava sua mente a trabalhar melhor.

Chris: Ray... - Chris puxou o braço de Ray, tocando na luva emborrachada. - Eu sei que você quer respostas. Mas agora não é o momento. Vamos voltar para os dormitórios. - Falei em voz alta para todos os alunos ouvirem. - Em dupla! Cada um com seu colega de quarto. Nossos professores são heróis renomados, tenho certeza de que eles vão cuidar disso melhor do que nós, e que ficarmos aqui exigindo respostas quando eles ainda não devem tê-las não vai ajudar. Nessa hora o melhor a fazer é esperarmos um pouco.

_________________
avatar
Phelipe Peregrino

Número de Mensagens : 1445
Idade : 28
Data de inscrição : 27/04/2009

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/phelipe.peregrino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Pedro H. Oliveira em Seg Set 11, 2017 10:46 am

Quando o resultado saiu, Daichi não ficou muito contente com os resultados de seus poderes. Ele sabia muito bem que não era a pessoa mais poderosa do mundo, principalmente devido a suas limitações com relação aos poderes. Mas tudo bem, seu objetivo aqui era exatamente esse, treinar e ficar mais forte.

Ao longo do dia, eles foram apresentados aos demais professores e tutores, além de terem uma explicação de como as coisas iriam funcionar por aqui a partir daquele instante e isso o deixou bem mais motivado, principalmente ao perceber que havia encontrado as melhores pessoas para treina-lo e dominar por completo seus poderes. A primeira coisa que fez foi decidir qual seria seu tutor, o que não era muito difícil de escolher: Zodiac! Através dele, Daichi poderia melhorar sua transformação e até mesmo conseguir usar os demais poderes sem se transformar.

Depois disso, ele buscou os outros dois professores para se especializar: Cavalier e Masamune foram suas escolhas claras, afinal de contas, um mestre em armas brancas poderia ensina-lo a forjar melhores armas para as lutas, enquanto um espadachim o ensinaria a lutar melhor. Era o plano perfeito, Daichi esperava se tornar o melhor, então aquelas seriam as melhores pessoas!

***

Com o passar dos dias, os treinamentos e aulas foram ficando mais sérios e puxados. Daichi não era do tipo que se relacionava muito com os demais alunos, preferia ficar no seu canto ouvindo música ou lendo algum livro que chamasse sua atenção. Conhecendo suas limitações físicas, decidiu por começar a frequentar a academia, mas sempre evitava os horários com mais pessoas.

Tudo mudou no instante em que o alarme tocou e todos viram um dos alunos mortos no patio da escola. Ele e os demais 18 alunos de sua turma rodeavam o corpo, porém ao notar tudo aquilo, Daichi começa a se afastar e corre em direção ao prédio da escola. Quando chega na porta, escuta o grito de sua professora mandando todos retornarem à sala, mas mesmo assim, não era para lá que o jovem se dirigia. Alguma coisa havia acontecido e a primeira coisa que ele deveria fazer era refazer os passos do garoto morto, para isso ele começou a se lembrar de tudo que fez naquele dia até conseguir chegar ao momento em que viu King pela ultima vez!

King era o "último" de sua turma no rank, provavelmente o mais fraco entre eles, então se mostrou como uma presa MUITO fácil para o que quer que tenha atacado ele.

_________________
avatar
Pedro H. Oliveira

Número de Mensagens : 875
Idade : 26
Data de inscrição : 25/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Guima em Seg Set 11, 2017 7:11 pm

Ash: Humpf !! Não foi bem o que eu esperava mas tudo bem. Maquinas só conhecem dados...

A professora Michele então apresenta o Rank de todos num telão. Da turma desse ano fiquei em sexto. Desnecessário mostrar nossas posições, e sinto pena do garoto que ficou em ultimo lugar... Espero que ele avance de Rank rápido.

Michelle apresenta o time docente da escola. Todos são heróis fantásticos em suas habilidades principais. Logo de cara me interessei por dois professores... Sportsmaster e The Dragon. Uma porque esportes foi algo que eu sempre curti e já estou acostumado a puxar ferro na academia... Mas o fato do The Dragon ser um grande mestre lutador versado em diversas artes marciais é algo surpreendente. Talvez eu possa aprender os segredos das técnicas do combate corpo a corpo com um professor que talvez eu não tenha outra chance. É isso... vou trocar uma ideia com o The Dragon. Me aproximo do mesmo e puxo assunto...

Ash: Professor Dragon?! Seria uma honra ser seu aluno... Será que poderia me dar aulas para que eu possa aperfeiçoar meu boxe?

Esperando ser aceito, Ash depois voltou para seu dormitorio onde no portal do aluno foi fazer a inscrição extracurricular. Olhando o curriculo dos professores disponiveis, Ash analizava qual era o que se encaixava melhor no seu perfil... Umas aulas com Hello Nurse não seria de todo mal, uma vez que a mesma possuia conhecimentos de pronto socorros, ele poderia aprender mais sobre anatomia e outras coisas ligadas ao corpo humano. Ash então se inscreveu nas aulas da professora Hello Nurse. O professor Anonymous poderia me dar umas aulas de computador e eu poderia mostrar ao mesmo o Pendrive que o cameraman me entregou...

Semanas se passaram e a rotina na faculdade já começava a sentir falta da sua casa, do seu bairro, da academia do Joe e de tudo aquilo com o que crescera e estava acostumado, estar na faculdade era ótimo isso ele não podia negar, mas sentia-se um pouco deslocado naquele local... As aulas da professora Michelle eram massantes demais, embora ela fosse gata e Ash se amarrasse numa gatinha de oculos, as aulas dela demoravam horas e horas para passar... Mas ai veio o alarme e depois a barulheira.... Da janela da classe da pra ver a galera se aglomerando perto da area verde da facu... O que será que tinha chamado tanto a atenção do povo ali? Sem pensar duas vezes, Ash correu pra onde a multidão estava não dando ouvidos as ordens da professora, alias ninguém havia dado a minima pra ordem de ficar ali.

Quando meus olhos se deparam com o garoto morto, meu sangue gela. Era King Haram... o garoto que ficou em ultimo na colocação do Ranking... coitado, pobre coitado.


Ash: Ai! Que bosta... King foi o ultimo no Rankeador. Ja pararam pra pensar que ao mostrar ele como ultimo isso pode ter mostrado ao seu assassino que ele era o mais facil. E outra, vocês pensaram na possibilidade de suicidio? Era preciso mesmo mostrar o Rank assim pra todo mundo ver. Vocês foram irresponsaveis.

Gritou Ash, apontando o dedo pra Michelle.

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2319
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ato 2 - Ano letivo começa...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum