Anos Perdidos - HellsPawns

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Ricardo Sato em Sab Set 30, 2017 1:21 am

Parecia que o plano de Cagliostro havia dado certo....ou quase,como uma fera faminta o simbionte de Simmons passa a atacar a todos,que por azar estavam enfraquecidos.Felizmente a mesma coisa que permitia ao simbionte atacar permitia que Allende o contivesse sem gastar muita energia,Ankharosh cobria o corpo de Gabriel ao sentir a ameaça,seus tentáculos espinhosos se enroscando as correntes e partes de seu manto cobrindo os caídos e endurecendo.Enquanto isso o Hellspawn criava lâminas e as infundia em necroplasma para enfraquecer a ameaça,em movimentos quase impossíveis ele salta enquanto os simbiontes se contém para se posicionar para um golpe visando desestabilizar o sistema neural do simbionte enlouquecido e também brada para acordar o outro Hellspawn.

Acorde AL SIMMONS,fez tudo isso para morrer em um beco?Pra ver o mundo queimar?Já paguei minha dívida mas não quero que tudo tenha sido em vão,ACORDE SIMMONS!!!!

O manto que cobria os feridos os afasta da luta,Allende não sabia do estado deles mas precisava parar aquilo,precisava evitar aquilo de piorar ainda mais.Mas ele não estava sozinho,Ankharosh era velho e experiente assim como ele próprio os dois enfrentaram muitas coisas em seus séculos,lutavam em harmonia e com velocidade extrema....algo que se fosse necessário para deter o simbionte,Allente aumentaria ainda mais.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1373
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Nasinbene em Ter Out 03, 2017 2:28 pm

O corte em suas costas ardia, um lembrete a Yoshida de que não devia se descuidar... Apesar de bastante hábil e poderoso, o Samurai ainda podia ser ferido. No momento em que se volta pra revidar o golpe, o Monge que estava caído tinha finalmente se juntado à batalha e dado cabo do último Genma que ainda estava em pé. Imediatamente, a criatura se torna cinzas na frente do Samurai e, pela primeira vez, Yoshida pode ver a real extensão dos ferimentos do Monge. Ele não duraria muito mais tempo...
Com suas últimas forças, o Monge informa a Yoshida que o nome do youkai com quem havia luta era Gargant... e pede a Yoshida que entregue um pergaminho a um Tengu. Qual Tengu seria esse era um mistério, já que o Monge morre antes de dar mais qualquer informação... Yoshida toma os itens em suas mãos e resolve colocar a tal manopla, a tal Onimusha. Guardando o pergaminho no interior de sua armadura, Yoshida faz uma saudação ao cadáver do monge:

- Sua jornada termina aqui, monge-sama... Se o rei Enma Dai Oh ainda não o julgou, escute minha promessa... nenhum homem deve deixar de ter seu ultimo desejo atendido. Levarei esse pergaminho ao "Tengu". Tem minha palavra...- E, voltando para a manopla, diz - - Muito bem, Onimusha... mostre o caminho...
avatar
Nasinbene

Número de Mensagens : 1288
Data de inscrição : 29/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Leo Rocha em Qua Out 04, 2017 6:45 pm

Eu não gosto dessas coisas de lutas de espadas e outros fru-frus...
Mas esse jagunço na minha frente parece gostar muito disso.
Eu não posso matar o cara. E não posso deixar ele me matar também.
Então vou ter que pensar rápido antes que isso acabe feio pra um de nós dois... Principalmente se esse um for eu.

Arrow Escuta aqui, parceiro, a gente tá aqui saindo no braço sem nem saber porque...

Uma esquivada pra sair da frente do golpe.

Arrow Eu não sei quem você é ou o que tá querendo aqui e tenho certeza que tu também não sabe nada de mim...

Outra esquivada e um golpe com as correntes pra tentar tirar a espada da mão dele.

Arrow Aquele homem ali disse que você é um bom homem e eu não mato homens bons. Mas a gente vai ter que resolver essa pendenga, porque eu também não deixo homem nenhum me matar. Que tal a gente tentar se entender antes que seja tarde demais?

Mais uma esquivada e dois tiros: um na direção dele mirando o peito, mas com o objetivo de ganhar espaço; e o segundo na direção da mulher, mirando na cabeça, para liberar o Raziel.

Será que vai funcionar?

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4164
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Guima em Qui Out 19, 2017 1:59 pm

Allende.

A batalha entre os dois Hellspawns tem inicio. Gabriel Allende cria garras infundidas de necroplasma e ataca o traje que estava dominando o hospedeiro. Mas o traje de Al Simmons também era experiente em batalha... as correntes do traje atacavam ao mesmo tempo em que Allende o rasgava com suas garras. Era possível ver os guinchos de dor da criatura, mas ela não esmorecia...

Allende tentava apelar para a humanidade do hospedeiro do Traje, Al Simmons... mas esse parecia não ouvir. Será que ele realmente estava vivo?

Gabriel então tentou uma nova investida contra o oponente... mais rápido, o Necroplasma envolve os músculos de Allende que dispara numa investida fulminante contra o oponente. No momento em que Allende iria estocar sua lamina contra seu oponente uma barreira de correntes se formou diante dele e seu ataque foi repelido jogando- ele ao longe... Mas a criatura também foi arremessada contra a parede e esmorecendo começou a deixar o corpo do hospedeiro....

Gabriel se aproximou do homem que estava caído... a capa vermelha saiu serpenteando entre os becos fugindo pelos esgotos deixando somente o hospedeiro com o traje negro... Gabriel percebeu que a pessoa em questão não era Al Simmons, e sim um desconhecido...

Gemendo um pouco, o homem tenta se levantar com alguma dificuldade... ele ve Gabriel se aproximando e diz:

- Quem é Al Simmons?




Kenuchio


Quando Kenuchio toma posse da Onimusha, sua mente se envolve num turbilhão de memórias...

Ele ve uma luta entre duas forças distintas: Caos e Ordem... Uma luta sem fim que só terminou com uma trégua...A trégua era a a seguinte:  Caos e Ordem deveriam se unir numa única entidade para manter o equilíbrio do universo. Mas eles não tinham um corpo fisico para isso, então Ordem criou seu avatar: Amaterasu, Deusa do Sol e da Luz e Caos criou seu avatar: Mikaboshi, Deus das trevas e do Caos. Por milênios Amaterasu e Mikaboshi tornaram-se amantes e do seu amor nasceu Onimusha: o Guerreiro Demônio.

Amaterasu e Mikaboshi

Onimusha

Onimusha possuía dentro de si o equilíbrio entre as duas entidades. Mikaboshi tinha inveja de Onimusha, pois achava que o mesmo só servia as vontades de sua mãe e com isso foi enlouquecendo ao ponto de tentar destruir sua criação. Impedido por Amaterasu e Onimusha, Mikaboshi foi derrotado, porem ele não poderia ser destruído uma vez que para o bem ou para o mal, o Caos era uma força fundamental do universo, então para manter-se em equilíbrio, Mikaboshi foi dividido em Jóias espirituais, também conhecidas como joias demoníacas e lançada aos planos elementais: Natureza, Fogo, Agua, Luz e Trevas. As Joias demoníacas estão guardadas cada um com seu respectivo guardião elemental. Diz a lenda que quando acontece alguma catástrofe natural como terremotos, enchentes, queimadas, furacões, é a faceta caótica de Mikaboshi cobrando seu quinhão.

Na batalha contra Mikaboshi, Onimusha sacrificou-se para vence-lo sobrando apenas sua mão que agora tornou-se uma manopla. A manopla possui cinco locais onde se pode fixar as joias elementais. E quem possuir a manopla junto com todas as joias tem o poder de decidir o destino do mundo.

Por isso a Onimusha é passada de portador a portador ao decorrer dos séculos para que seu poder não corrompa o usuário. O ultimo usuário da Onimusha foi Tenkai, um monge Tengu. Tenkai estava fugindo de um Youkai chamado Gargant...Gargant tinha em seu poder a joia espiritual das Trevas e procurava roubar a Onimusha para obter as demais joias e assim, conquistar o plano terrestre.

Atualmente joia incrustada na Onimusha é a do fogo.


Tenkai, o ultimo portador da Onimusha estava a procura do Tengu sem asas... esse Tengu era um aliado que Tenkai conhecera seculos atrás... e por algum motivo, este Tengu sem asas possuía parte da Joia da Agua. A onimusha era capaz de detectar a presença das joias nos planos terrestres... e essa jóia por sorte não se encontrava tão longe. Estava na mesma cidade que Kenuchio estava, em Nova York, em um bairro isolado da cidade, proximo a ruma rodovia.

Wild Gun.

Wild Gun tentava um dialogo com o Redentor que lutava com ele. Mas mesmo assim ele atira no peito do Redentor com o intuito de afasta-lo de si.

-  É assim que você tenta remediar as coisas? Tentando enfiar uma bala em meu peito? - Disse o Redentor com a mão sobre a placa do peitoral da sua armadura onde o tiro havia sido acertado - Eu sinceramente não sei o que estou fazendo ao certo, mas todo o meu corpo e cada musculo em mim se move na intenção de te exterminar. Não é pessoal, acredite, mas assim que eu te destruir sinto que a dor vai passar.

- Fale menos e lute mais seu ajudante inútil - Gritava Tifanny para o Redentor enquanto lutava contra Raziel - Seja lá o que Raziel esteja fazendo em sua mente, ignore. É a mim que você obdeceraaaaaarghhhhhhhhhhhhhhhhhhh.

O grito de dor de Tifanny ecoa longe. O disparo de Wild Gun havia acertado o seu olho esquerdo levando parte do seu rosto. Ela agoniza colocando a mão no lado do rosto ferido... mas ela se mantinha em pé. Para matar um anjo era necessário muito mais do que um tiro certeiro.

Spoiler:

O rosto dela ficou mais ow menos assim

- MALDITO SEJA VERME IMUNDO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! EU VOU MATAR VOCE E COLOCAR SUA CABEÇA EM UM PEDESTAL COMO UM TROFÉU. DAREI SEU CORPO PARA SER DEVORADO POR GÁRGULAS. EU VOU MATAR CADA PESSOA QUE CARREGA O SEU NOME E A LINHAGEM DO SEU SANGUE. VOU AMALDIÇOAR SEU NOME ATÉ O FIM DOS TEMPOS.

Furiosa Tifanny bate suas asas de tal maneira que um furacão se forma dentro do bar jogando tanto Raziel quanto Wild Gun pelos ares. O teto do bar explode devido a força do furacão e depois os dois tombam no chão.... Tifanny voa cada vez mais alto alcançando os céus acima das nuvens. Mas sua voz era poderosa o suficiente para ser ouvida como se ela estivesse próxima deles.

- REDENTOR INÚTIL, ACABE COM RAZIEL. EU QUERO A CABEÇA DO HELLSPAWN. NÃO ME ATRAPALHE.

No alto, Tifanny empunhou sua lança e a projetou em seu corpo descendo na direção de Wild Gun como uma estrela cadente e vingativa.


Off: Leo vai levar dois turnos para Tiffany atacar, pois ela está caindo pra cima com você com tudo. Faça bom proveito desses dois turnos para pensar na sua estratégia.

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2351
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Nasinbene em Ter Out 24, 2017 3:22 pm

Assim que veste manopla, uma enxurrada de informações invade a mente de Yoshida... A exemplo do que aconteceu quando ele acordou nesse mundo, o simples ato de vestir a manopla desencadeou uma torrente de memórias que deixaram o Samurai momentaneamente prostrado. Apoiado a uma parede, tentado recuperar o fôlego, ele percebe que essas memórias são muito antigas... são na verdade ancestrais.
Tentando mante o foco, Kenuchio se concentra em algo relevante para ele neste momento: o youkai que quase havia estripado Gargant... estava a procura da mesma coisa que agora Yoshida procurava... a jóia que estava em poder do tal Tengu. Isso os colocaria novamente em rota de colisão, o que para Yoshida era magnífico. Não tinha tido tempo de finalizar o youkai... e detestava deixar um assunto inacabado.
Assim, quando finalmente Yoshida se põe em pé novamente, ele não consegue se furtar de esboçar um sorriso sob a máscara... iria sim, ao encontro do Tengu, havia prometido isso. Mas agora, havia um motivo a mais: a possibilidade de liquidar o que havia começado. E desta vez, o youkai não teria tanta sorte em conseguir escapar...
Com esse último pensamente cruzando sua mente, Yoshida se lança para o alto de um prédio próximo. Graças à Onimuhsha acoplada à seu braço, podia sentir com clareza a direção em que deveria ir. E, mais do que depressa, se põe da caminho.
Restava saber agora como seria recepcionado pelo tal Tengu...
avatar
Nasinbene

Número de Mensagens : 1288
Data de inscrição : 29/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Ricardo Sato em Ter Out 24, 2017 7:36 pm

As correntes se movem rápido,duas enrolam o homem que agora tinha o rosto exposto,outras duas,essas bem mais violentamente iam ao encontro de Cagliostro o amarravam enquanto se preparavam para sufocá-lo,Allende porém se voltava para onde Ângela havia sido jogada e ficava a postos com as lâminas preparadas.Sob a máscara com uma expressão de fúria ele começa a falar.

Quem é você é uma boa pergunta rapaz é isso que quero saber...além de algo mais,algo que julgo mais urgente.
Diga velho...Cagliostro não?O que diabos está acontecendo aqui,esse ai não parece ser ou mesmo conhecer Al Simmons,eu não gosto de ser enganado...especialmente quando pago uma dívida e mais ainda quando minha existência está em jogo.

Portanto lhe darei 10 segundos para começar a explicar porque mentiu e que sejam boas explicações ou deixarei que Ankharosh cuide de sua carcaça.

_________________
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1373
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Leo Rocha em Sab Nov 18, 2017 6:49 pm

O redentor questiona porque eu dei um tiro nele se eu quero conversar... Ora! A resposta sai fácil:

Arrow Já pensou que você está tentando me matar e eu precisei ganhar espaço? Se você reparar, eu atirei no lugar onde fica sua placa peitoral. Se fosse pra matar, eu teria atirado na sua cabeça assim...

A bala explode o olho da mulher e eu deixo escapar:

Arrow Cacete! Você ficou mais feia que a mula do velho pigshit!

A mulher se irrita e eu posso entender o motivo... Ela decide largar Raziel e partir pra cima de mim. Enquanto ela nos joga no chão e sobe, eu grito pra dupla que estava comigo:

Arrow Alguma coisa me diz que ela vai voltar o próprio demônio. Redentor, olha pra ela e vê se não é ela que te faz querer me matar... Agora, se vocês dois ficarem quietinhos, o papai aqui precisa fazer uma coisinha...

Ela desce rápido, mas tá na mira.
Eu só preciso esperar o momento certo.
Agora não...
Agora não...
Agora não...
AGORA!

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4164
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anos Perdidos - HellsPawns

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum