Dia dos Defensores [Inscrições]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dia dos Defensores [Inscrições]

Mensagem  Pedro Malasartes em Sex Jun 23, 2017 1:11 am

Sejam bem-vindos a um novo mundo! Depois dessa experiência, vocês nunca mais verão as ruas do mesmo modo. As inscrições para a mais nova equipe Marvel estão abertas. A aventura tem lugar no mesmo cenário cooperativo que está sendo construído para as demais histórias do Universo Marvel visto no fórum. Como já sabemos, cada equipe da Marvel tem um propósito específico. Portanto, para ser um defensor é necessário preencher os requisitos abaixo:

1) A preferência é de heróis com perfil de vigilante urbano.

2) É permitido adequar heróis que oficialmente não possuem o estilo de vigilante ao perfil desejado.

2) Nesse primeiro momento, estão proibidos heróis ligados ao sobrenatural.

3) Heróis que já agiram como mercenários ou anti-heróis serão permitidos, mas não vilões autênticos.

_________________
avatar
Pedro Malasartes

Número de Mensagens : 42
Idade : 33
Data de inscrição : 23/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia dos Defensores [Inscrições]

Mensagem  Leo Rocha em Sex Jun 23, 2017 3:06 pm

Uma fruta não cai longe da árvore, não é?
Na verdade eu não sei se esse ditado é tão verdadeiro…
Meu pai é um grande cientista. Famoso até demais… Seu nome é Nathaniel Richards. Ele usou seu talento para botar o dedo em quase todo tipo de área de desenvolvimento científico, se tornando referência em diversos destes campos. Não há nada que o velho Richards tenha se dedicado que não tenha repercutido.
Nem no seu projeto mais difícil: criar um filho.
Esse é o momento em que você dirá que eu estou exagerando… Que estou tentando demonizar um homem que fez tanto pela humanidade…
Não. Não é nada disso. Na verdade, só que lhe contar como as coisas caminharam até o ponto em que estão. Então, sem julgamentos e sem defesas, tenta apenas ouvir o que eu estou dizendo.
Meu pai sempre foi um homem muito ocupado. E pensar em ter uma criança tomando seu tempo não era muito bem o que ele tinha em mente.
Mas ele se casou… E Evelyn Richards não pode ser considerada uma mulher que aceita um não como resposta.
Depois de alguns anos, ela o convenceu de que a família precisava crescer e que não adiantava meu pai mudar o mundo se não tinha alguém para quem deixar esse legado.
Parece que isso acendeu alguma idéia nele e Nathaniel concordou com a proposta.
Pouco tempo depois eu cheguei a esse mundo.
A minha infância foi… interessante. Eu fui uma criança muito estimulada por meus pais e isso me ajudou a ser quem eu sou hoje.
Como eu disse antes, o velho Richards tomou a idéia de um herdeiro como um projeto e passou a me preparar para ser o gênio que o sucederia. Minha mãe, por sua vez, me ensinou sobre a vida fora dos livros e laboratórios. Foi ela que me deu a minha primeira revista em quadrinhos: As aventuras do Senhor Ultra.
Pra ganhar tempo, vamos dizer que eu perdi minha mãe aos 7 anos e me vi sozinho com meu pai e o mundo.
Nos anos seguintes, me lancei aos estudos e me formei em algumas especialidades. Aos 18 anos já estava terminando o meu primeiro doutorado. Aos 19, o segundo…
Agora você dirá que eu me tornei o orgulho do papai… O filho que o seguiu na genialidade, certo?
Nem tanto… Meu pai exigia que eu parasse de perder tempo com coisas mundanas e me dedicasse mais a usar meus talentos científicos. Mas os heróis e suas histórias me conectavam à minha mãe e ao nível de alienação que eu precisava.
Acompanhando de perto o trabalho do meu pai, descobri que ele contribuía com uma agência governamental chamada STRIKE. Descobri também que ele desenvolvia um trabalho de inteligência junto com o Capitão América! Qual? Os dois, mas mais com o primeiro.
Meu pai trabalha com super-heróis de verdade!
Sabe quando você finalmente percebe qual a sua missão no mundo? Então…
Trabalhando como assistente do meu pai, consegui facilmente acessar os arquivos sobre as fórmulas e demais experiências.
Tentei reproduzir algumas delas sem sucesso… Até que me veio a idéia de combinar 4 fatores: a fórmula parcial do soro do supersoldado, baixa quantidade de radiação gama, manipulação genética de uma cepa e, o toque final, radiação cósmica roubada diretamente do laboratório.
Aí você pensa, o cara conseguiu se tornar um super-herói sinistro só usando a cabeça!
Quase… Houve uma sobrecarga no laboratório. Uma explosão da onde eu sai vivo.
E não foi só isso… Eu havia conseguido mudar… Conseguido as habilidades especiais para me tornar o que eu estava destinado a ser.
Agora eu podia esticar meu corpo, alterar minha forma e tantas outras possibilidades… E eu fiquei até mais inteligente do que era!
E o que fazer quando uma coisa assim acontece? Eu arranjei um traje de moléculas instáveis, mudei minha aparência e passei a agir como o Sr. Fantástico.
Bom… Essa é a versão resumida. É que tá na hora da minha ronda e eu tenho que fazer isso logo, sabe como é… Sempre tem alguém precisando de algo Fantástico em sua vida.
Tá… Isso foi horrível, mas você entendeu..
Até mais!

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4086
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia dos Defensores [Inscrições]

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sab Jun 24, 2017 12:41 am



Minha filosofia é simples, gatinha.



Eu sou um Herói de Aluguel.

Se você tem o dinheiro, pode contar com um amigo, um salvador, um puta Jesus Cristo pessoal...
Se não, não há muito que eu posso fazer.
Acha que sou frio? Não, o mundo é um lugar frio. Eu posso ser seu amigo, seu truta, seu camarada, mas isso custa tempo e tempo é dinheiro.
Isso não tem nada haver com ser bom ou ruim, tem haver com ser vivo!
Tenho de pensar em como ficar bem nessa selva de pedra.
Um tigre não vai deixar de te devorar porque você é vegetariano, saca?

Sobre meus patrões...? Que referências, dona?
Eram bons e amorosos homens?
Eu servi à grandes homens de negócio no coração de Nova York!
Trabalhos de segurança para Wilson Fisk, Normam Osborn e para Roxxon.
Yakuza, máfia Italiana.

Eu me orgulho disso? Não.

Todos mafiosos loucos para encher a América do Sul com seus produtos feitos com mão de obra escrava.
Aposto que você compra vários deles sem saber.
Eu ligo para isso? Não faz diferença.
Eles são predadores, do pior tipo, garota.
Aquele tipo de criatura que te devora sem ligar para seus princípios.
Como eu disse, não existe nada além de respirar no dia seguinte.

Você pode estudar, se tornar um bom profissional em medicina ou talvez um gênio da ciência.
Isso é claro, se sua família tiver grana. Ou acha que consegue pela escola pública?
Ah, então vai ter de tirar fotos de super-heróis! Se tiver sorte!

Eu sou o melhor naquilo que eu faço. É sério! Se alguém mais por ai falar o mesmo, eu posso perfeitamente copiar o que ele faz.
Se me empregar, seus inimigos são os meus, vou ensinar-lhes uma lição. Eu sou um excelente professor...É o que eu melhor sei fazer, entender as pessoas.

Mas não faço isso de graça! Eu preciso dar meu dom apenas por um preço e esse preço com dinheiro sempre.
Entenda, não inventei a selva, só sou adaptado à ela!
Quem entende os homens, entende o jogo!

Ser feliz, amado pelo bairro depende de uma grana! É o sonho americano...E o mais exportado aliás!
É, tem de estar dormindo para acreditar nisso! hehe... Dinheiro é uma necessidade.

A verdade é que eu sempre fui bom para perceber certas coisas, li a respeito de há algum tempo havia uma fórmula desde a segunda guerra guardada e pesquisada para tornar as pessoas especias, feita pelas grandes empresas e o governo pra criar seus capitães Américas e seus monstros verdes, algo que talvez mexesse na genética humana ao mesmo estilo que acontece os mutantes. Saca?

E tinha ouvidos atentos nos negócios dos figurões, eles achavam que eu era só mais um sujeito abrindo portas e parando fãs indesejáveis. Mas não!
Eu sabia, eles queria fazer outros super-soldados. Vão ter de se contentar em ficar sem essa, entende?

É daí que veio minha capacidade se ampliar! eu sei tudo que você vai fazer rapaz, sei a posição em que você golpeia. Como você atira, e ainda qual seu melhor jeito de estrangular um homem. Só de olhar para você! E aguento boas pancadas. Não sei se sou o maior mestre de artes marciais do mundo, mas eu certamente sei como os maiores mestres lutam e domino as técnicas deles perfeitamente! Se há algum movimento que eu desconheça, eu só preciso olhar por alguns instantes!

Como? Soro do Super-Soldado? gene-X mutante? Fui mordido por uma vampira radioativa?

Isso não é tão importante quanto meus serviços. Com os quais vou abrir minha própria empresa de segurança e uma escola.
Isso vai ajudar a molecada a sair das ruas.
Claro, a que tiver com grana para pagar.
Sou um professor rígido, especialmente nos juros!

Se eu roubei as fórmulas do governo? Pensa nisso como restituição fiscal...

Saca? Então, de quanto estamos falando para continuar essa conversa?

Sou o "amigão da vizinhança" esse mês todo.
E todos desse bairro fizeram uma vaquinha para me pagar, não posso furar com eles.
Menos nas quintas. Se quiser proteção esse mês, nas quintas posso ajudar sua turma...

Nas quintas, eu posso ser seu cavaleiro de armadura. Que acha, moça?


Jeanne Foucault: -Na verdade, eu tenha vindo é te levar uma parte de seu "heroísmo" como pensão. Papai...

Neutral Putz...

E assim começam as aventuras da nova dupla dinâmica.

E com essa frase meu último bordão clichê.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2562
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia dos Defensores [Inscrições]

Mensagem  Scorpion em Dom Jun 25, 2017 2:15 pm



Esta é a minhas segunda semana como recruta do departamento de Polícia de NY. Eu tentei criar uma carreira de jornalista pra mim, mas a quem eu estou tentando enganar? Eddie Brock não nasceu para tirar fotos. A vida inteira eu quis salvar vidas e a NYPD parecia ser a oportunidade perfeita para um cara cheio de jovialidade como eu.

Foi então que numa certa noite eu estava voltando para casa após um dia exaustivo de multas de trânsito e de uma corrida de 9 quarteirões atrás de um moleque que estava vendendo uma nova droga na porta de uma escola. Pra piorar, eu não consegui pegar o meliante... mas nem tudo está completo se não piorar o suficiente. Na mesma noite, a minha namorada acabou comigo por WhatsApp, o que me fez comprar uma garrafa de rum e ir para o Central Park beber um pouco e, quem sabe, dormir no banco como um mendigo legítimo.

Já era madrugada quando eu havia adormecido sentado no banco... a camisa de meu uniforme desabotoada, a gravata foi parar sabe Deus-lá-onde e a garrafa já tinha rolado pelo chão. Tudo isso seria ordinário, se não fosse um leve tremor que me acordou, gerando uma fumaça e uma pequena cratera no meio do Central Park.
Eu me levantei e caminhei até lá... talvez eu não tivesse mesmo medo, ou talvez eu só estivesse bêbado ainda a ponto de não perceber o quanto era perigoso aquele negócio. Foi quando avistei uma pequena rocha, do tamanho de uma bola de futebol americano no meio da cratera... Era preta como uma ônix... tão negra que sequer refletia a luz da lua.

Eu fiz o que qualquer policial treinado faria... peguei um graveto e resolvi cutucar aquilo. Claro... qualquer policial treinado, sóbrio e sem um complexo de dia ruim. Foi quando aquela coisa se mexeu... ou eu achei q se mexeu... minha mente estava bem complicada naquela hora... mas quando cutuquei de novo... algo pregou-se na minha cara e eu apaguei.

Acordei em casa... mas estava estranho. Não me lembrava de ter feito uma tatuagem tribal nas minhas costas, tão grande. Porém, eu me sentia revigorado! Forte como um touro e com um apetite voraz por carne. No meu café eu normalmente comia 2 ovos, cereais e tomava um suco, ou então café preto... mas neste dia, eu senti a vontade de descongelar quase 2 kilos de bife de alcatra e comer tudo... meio que mal passado. Ok... bem mal passado! Fui trabalhar e desta vez resolvi correr atrás do meliante de novo... que estava vendendo drogas na porta de outra escola! Foi ali que tudo aconteceu... No meio da corrida, eu descobri que sabi "le parkour"... ou então eu estava mais ágil, pulando mais alto e muito mais forte. Porém... quando a tatuagem em minhas costas tomou conta de meu braço e se esticou como um tentáculo agarrando a perna do jovem, eu percebi que havia algo errado! Eu senti a vontade de devorar aquele moleque, que olhou com horror para mim e, por pouco... eu consegui me controlar. Mandei que ele fugisse e me apoiei na parede do beco... o que estava acontecendo comigo?

Quando me olhei na poça no chão, vi a imagem de uma criatura negra, com dentes enormes, falando em alguma língua estranha, mas que eu misteriosamente compreendia. Ela dizia... "justiça"

Poucos meses depois, eu estava aprendendo a controlar meus poderes novos. Eu conseguia assaltar facilmente o arsenal de armas da polícia de NY através da habilidade da minha tatuagem de me fazer passar por quase qualquer roupa e de me tornar camuflado com o ambiente também... e logo eu estava saltando pelas ruas de NY, procurando fazer justiça pela noite... os criminosos logo provariam de seu próprio Veneno! Provariam de... Venom!

Nome: Eddie Brock
Ocupação: Policial Recruta
Poderes: Venom possui todos os poderes do Venom comum, exceto as teias que ele herdaria do Homem Aranha (Garota Aranha), por nunca ter tido contato com a mesma. Ele possui uma força extraordinária, além de agilidade e muita resistência. É capaz de saltar dezenas de metros e sua simbionte pode se esticar, criando tentáculos e disparando pedaços pegajosos que podem pregar alguém numa parede ou amarrar um inimigo. Ele é capaz de se grudar em superfícies não por aderência, mas por conta da pegajosidade da simbionte. Além disso, Venom possui habilidades de combate e de tiro ampliadas pela alta percepção do simbionte.
Nota: Esta versão do Venom não possui nem o sensor de perigo e nem a capacidade de criar teias.

Fraquezas: Além das fraquezas clássicas do simbionte: som e altas temperaturas, o simbionte pode ter acessos de fúria se ficar muito ferido ou com muita fome, transformando Venom numa criatura horrenda e canibal, dominando sua mente. O simbionte se esconde em suas costas, por meio de uma enorme tatuagem tribal.

_________________
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2313
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia dos Defensores [Inscrições]

Mensagem  Guima em Dom Jun 25, 2017 3:55 pm


Meu nome é Peter Parker e eu tenho 16 anos. Meus professores falam que eu sou um gênio mirim. Mas não é pra tanto eu acho... Digamos que eu sou apenas um garoto acima da média, mas com toda certeza eu pretendo explorar meu potencial. Eu amo ciências e biologia, na verdade essas duas areas são minhas paixões. Então eu preciso estudar pesado pra conseguir uma boa bolsa de estudos numa faculdade. Para um garoto suburbano como eu, não  vou negar, não ta sendo fácil consolidar estudos, estagio supervisionado e a vida com meus tios.

Falando em estagio, eu tenho um segredo pra contar. Consegui um estagio remunerado para trabalhar como assistente de ciencia dos promissor Dr Otto Octavius. Não vou mentir, esse cara me da arrepios fora que ele consegue ser arrogante em quase cem por cento do tempo. Mas não vou negar, to aprendendo muito com o cara e as vezes ele me da alguma dicas valiosas. De uma certa maneira acho que ele gosta de mim, não admite mais gosta. Mas eu também tenho dado o meu melhor. Recentemente o Dr Octavius tem se envolvido em pesquisas envolvendo radiação que eu acho muito perigosas, já tentei avisa-lo varias vezes sobre o risco mas ele simplesmente me ignora dizendo " Mentes Superioras não temem os desafios impostos". Eu falei que o cara era arrogante, não falei? Então. Mas para diminuir o risco de exposição a radiação, o cara inventou tentáculos mecânicos assombrosos e espetaculares. Sério, vocês precisam ver o quanto o cara tem habilidade em lidar com aquelas coisas. Até inventei um apelido para o mesmo: Dr Octopus. Ele sorriu quando eu o chamei assim, acho que ele gostou.

Mas como eu disse, sua arrogancia o cegava. E no dia em que ele iria fazer a fissão nuclear de um elemento experimental, Octopus pagou o preço da arrogancia e não prestou atenção direito nos calculos que culminou no acidente que destruiu praticamente todo o quarteirão do laboratorio de Octavius. Por sorte eu não estava lá nesse dia. Era minha folga. Fico pensando no que deu no Doutor pra tentar fazer isso sozinho... Arrogancia ou Altruismo? Talvez ele sabia dos riscos e decidiu fazer a experiencia sozinho. Encontraram o corpo do coitado. Disseram que ele estava vivo mas depois do acidente ninguem mais teve noticias do coitado. Preocupados comigo, meus tios mandaram eu me afastar do estagio, mas isso não seria mais problema, pois a bolsa logo foi fechada e toda a pesquisa do Dr sumiu inexplicavelmente.

Curioso, deixei uns meses passar até baixar a poeira e decidi voltar ao que havia sobrado do laboratorio. Eu conhecia uma entrada secreta que se dava pelos esgotos e voltei ao local. Lá dentro encontrei diarios pessoais do dr Otto assim como suas anotações. Nesse local escondido dentro do laboratorio encontrei tambem um tipo de exo-traje que tinha praticamente o meu tamanho. O exo traje era resistente ao calor, frio e até uma certa quantidade de radiação. Fora que tambem aumentava a força e agilidade do usuario em niveis sobre humanos. Eu sabia que Otto havia construido esse exo traje para mim ajuda-lo no dia da experiencia fatal, mas no fim ele quis assumir o risco somente para si. Talvez se eu estivesse ao lado dele eu poderia te-lo salvo. Eu não podia fazer mais nada então, voltei para minha casa cabisbaixo...

Sem estagio remunerado ultimamente tenho feito alguns bicos no clarim como webdesigner. Não ganha muito mas é alguma coisa. E foi lá que eu ouvi falar da Garota Aranha. Cara, o que ela faz é foda, luta contra o crime, é estilosa... é a nova queridinha de nova iorque. Todos amam ela. E quem não amaria? A garota sai no braço contra esse bandidos deixando a vizinhança mais segura. Quem não gostaria de ser um herói, não é mesmo?

E foi assim que eu tive um estalo na minha cabeça. Eu tambem poderia ser um herói igual a garota aranha. Só precisava de um incentivo, e saber que ela luta contra o crime sem receber nada em troca foi o empurrão que precisava...Sai mais cedo do serviço e voltei ao local secreto do laboratorio. Vesti o exo-traje e fiz alguns testes no mesmo. Mas ainda faltava alguma coisa... Mexendo nos depositos e descarte encontrei um unico prototipo do tentaculo mecanico. Fiz alguns ajustes no mesmo e acoplei ele ao exo-traje. Ficou parecido com um tipo de Escorpião. É isso! Escorpião.

Se preparem escoria das ruas... há um novo heroi nas redondezas. E seu nome é Escorpião!

Nome: Peter Parker
Ocupação: Estudante Colegial
Poderes: Exo-Traje que aumenta a força, reflexos e agilidade do usuario. Lentes com mira, visão noturna e radar de 360º. Cauda preensil com aguilhão na ponta capaz de disparar um composto acido corrosivo de varias intensidades. Manoplas com disparadores bioquimicos e ferrões soniferos. As manoplas tambem concedem ao usuario aderencia em superficies. Exo traje possui proteção extra contra frio, calor e armas de fogo de baixo calibre. ( pistolas, revolveres e etc)

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2215
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia dos Defensores [Inscrições]

Mensagem  Ricardo Sato em Dom Jun 25, 2017 9:13 pm



Nome: Elijah Bradley
Codinome: Cidadão X
Ocupação: Estudante de Faculdade
Poderes: Super força,resistência,velocidade,agilidade,habilidade de combate e uso de armamentos.

Eli era um garoto em uma vizinhança que já havia sido tranquila mas que piorava a cada dia,impulsionado pelo descaso com sua comunidade,pelo passado heroico de sua família que quase ninguém sabia porque todo mundo achava que só havia existido um supersoldado americano e pelo desesperado desejo de fazer alguma coisa ele caiu na tentação de usar um composto estranho chamado MGH.Tal produto lhe deu poder para fazer algo mas também o deixou impulsivo e mais belicoso,por alguns meses após seu 17 aniversário ele empreendeu uma de certa forma bem sucedida luta contra o crime,no fim porém aquilo acabaria em tragédia,um ataque rápido demais,uma fuga muito atrasada pela vontade de lutar e uma emboscada terminaram com Eli recebendo tiros de alto calibre a queima roupa,por sorte ele conseguiu sobreviver e escapar,se esgueirando até um hospital enquanto se desfazia de seu "uniforme".
Lá ele perdeu a consciência e só a recuperaria semanas depois,vítima de um tiroteio cruzado era a história,confundido com membro de gangue diziam,mais um dos muitos que haviam chegado ali naquela noite violenta.
Seu corpo devastado pela dor e pela falta da droga,saber que apenas uma transfusão de sangue de seu avô o salvou o fez se sentir ainda mais indigno do poder que tentou trapacear para ter e da preocupação nos olhos de sua família,com um semestre de atraso ele decidiu deixar aquilo de lado,o heroísmo para os heróis e se afastar se inscrevendo em faculdades.
Depois de muito esforço suas notas altas e histórico atlético o tornaram apto a uma boa faculdade em Los Angeles,mas sua cor e seu "envolvimento" com gangues recente fecharam esta porta,sua opção restante foi uma bolsa em uma faculdade experimental e ainda desconhecida em Nova York,Elijah mudou-se de sua cidade para lá em um dos bairros pobres da cidade,fazendo bicos e tutorando pra famílias até conseguir um emprego de meio período para complementar a bolsa e evitando problemas,isso durou por cerca de um ano,ele queria que dura-se para sempre,mas não foi o que o destino quis.

Em uma noite voltando apressadamente pelo parque tentando chegar logo ao trabalho um grito chegou a seus ouvidos,uma voz feminina logo abafada,por um momento ele tentou seguir mas algo o fez ir na direção discretamente,ele rezava pelo melhor mas esperava o que estava pra ver,uma jovem,coincidentemente uma aluna de sua escola estava cercada por três rapazes estranhos.



Um deles segurando sua bolsa...neste ponto ele chegou a pensar que perder uma bolsa não seria tão ruim,que depois ele a ajudaria a ir pra casa...foi quando um deles sacou um canivete e o outro rasgou sua camisa,Elijah fechou os olhos e pensou "MERDA!!",no segundo depois ele saltou dos arbustos arremessando o corpo contra as costas de um deles e o jogando ao chão,o outro tentou uma estocada com o canivete e aparentemente errou.
Foi estranho,a luta não foi difícil,pelo contrário seus reflexos estavam agudos como nunca e em pouco tempo os três estavam no chão,a garota jogada em seu pescoço soluçando e agradecendo,ali ele percebeu o corte atrás de sua camisa o corte onde a lâmina deveria ter entrado mas não havia qualquer ferimento,enquanto se preparavam pra partir e a garota estava de costas Elijah pegou o canivete do chão e o partiu sem esforço algum.
Meses atrás,pouco depois de sair do hospital ele já se sentia muito melhor,logo seu corpo não tinha sinais ou desejo pela droga que um dia havia usado e ele se sentia leve,mas tentando sempre se manter afastado de problemas não foi até aquela noite de perigo que Eli se perguntou o quanto,de alguma forma ele havia conseguido uma segunda chance,seus poderes estavam maiores do que nunca e agora realmente eram SEUS poderes,ele não desperdiçaria sua chance,dessa vez faria as coisas como deviam ser feitas,sua força e economias lhe permitiram fazer uma réplica do escudo de seu avô,como o dele era apenas metal opaco...não se sentia muito patriótico depois de tudo que essa nação havia feito a seu avô,a sua família e na verdade a cada um que tinha o azar de ser pobre,mas o povo sim merecida sua ajuda,a ajuda de um cidadão como eles.

_________________
"Bom e mal, eles se apegam as memórias porque é tudo que tem."
"Eu viverei com este fato!Não você!"
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1257
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia dos Defensores [Inscrições]

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum