Descobertas em Alcatraz

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Descobertas em Alcatraz

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sex Fev 15, 2008 11:11 pm

Descobertas em Alcatraz
Conto referente a Hipercrise

Novamente o pobre George Karther estava magoado, lendo uma coluna do Diário Planeta e vendo por anos aquilo que esta o estiga de sua inveja no mundo de fotografia jornalistica!

- Jimmy Olsen do planeta Diário... Novamente ele tirou as melhores fotos! Como esse cara consegue as melhores fotos do Superman? E aqui nessa minha droga de cidade, ninguém viu o Batman...

George engoliu seu café super chateado, não conseguia uma foto de um dos heróis desde que deixou o tablóide sensacionalista do Verdade. Sua carreira estava para acabar, ele ficava sempre nos piores lugares que um fotografo em Gotham City poderia fotografar, nunca lhe davam espaço.

Alexander Knox entrou agitado na redação do Gotham Globe. Seguindo rapidamente até sua sala, pendurou o casaco junto à porta e chamou com um gesto apressado sua secretária que bebia um copo de café ali perto. Aproximando-se, ela perguntou graciosamente:

– Sim, chefe?

– Pode me ajudar, querida. Essa cidade esta uma bagunça! – suspirou o editor-chefe.– O trânsito estava uma loucura! Passei por um bloqueio na Avenida Arkham... O que você tem de novo para mim esta manhã?

– Essa você tem de ver Alex, não consigo acreditar que esta acontecendo em Alcatraz! E o maior ajudante do comissário de Gotham está lá...Há soldados e mais soldados tentando enfrentar um grupo chamado "Formigueiro"...Algo assim...

- Colméia, não? - interrompeu Vick Vale, principal fotógrafa do jornal. Ah! Como George gostaria de estrangular ela pouco depois de violenta-la. O misto de tara e inveja que sentia o fazia ferver, chauvinista como era não poderia suportar que uma mulher, ainda tão atraente, pudesse ter mais espaço que ele no jornal.

– E o Cavaleiro das Trevas esta lá? – estranhou Knox.

– Sim. Parece que a polícia conseguiu visualizar ele e o líder dos Titãs: Asa Noturna. Alguns comentam que até a Caçadora possa estar por lá também. - continuou Vale

– Nossa, quem tem deu tantas dicas? - interrompeu o furioso George, que sempre estava pronto para tentar passar a perna em sua colega - Quem ouve isso pensa até que você tem um caso com o Morcegão!

Vale respondeu.

- Se isso tivesse acontecido eu ainda estaria mantendo meu lugar nesse jornal por minha competência e não tentando sugar o trabalho dos outros como alguns fazem, George.

Nem era pra tanto, uma foto que ele pegou da câmera dela anos atrás e publicou como dele, quem poderia provar. Se ela era tão compentente quanto dizia, porque não manteve a camera longe dele?

– Certo, já chega! - disse o jornalista - Já que estão tão cheios de energia por que não vão até lá e tentem ver se pegam boas fotos? Espero a melhor cobertura dos fatos o mais breve possível.

– Sim e você terá chefe. - disse Vick com firmeza, deixando seu machista colega de braços cruzados imitando a voz dela em seguida furioso.

Foram direto para o helicóptero do jornal, voando para São Francisco, se o caso era tão grave que levou o mais sombrio defensor de Gotham para lá é algo que não poderia se ignorado. No caminho George se perguntava se pegaria alguma cena de ação violência ou do Morcego sendo trucidado. Ele já torceu por isso tantas vezes! Nunca teve nenhum escrupulo em admitir nos bares que o tal homem-morcego merecia uma sova. Ele lembra que isso até aconteceu um tempo antes da cidade ficar em quarentena. Mas ele nem imagina o que houve depois, tinha perdido tempo demais se refugiando em Nova York.

E pensando em Nova York, lhe vinha em mente que não sabia o que raios o tal Asa Noturna estava fazendo de vez em quando perto do Batman. Não importava, pegar um dos dois tomando uma sova seria o seu momento de glória máxima!

Só que a velha e boa carnificina para as massas que o cinema tanto vende não ocorre tão bem na vida real, chegando no local o grupo de heróis já tinha tomado conta da situação.

Vários reporteres batem muitas fotos e George desanimado se aproxima perguntando para o primeiro fotografo que viu, era um sujeito sardento e de gravata borboleta.

– Com licença, , mas o que está acontecendo? - Ao reconhecer o fotográfo do Planeta Diário a cara de George fechou e continuou com uma irônia - Ora, então você também tira fotos de quem é ferido por balas? Não tem medo do azulão não estar aqui para te proteger?

– Vejo que ficou em Gotham por algum tempo, até o seu medo do ébola, não?

– Intriga da oposição... E que aconteceu? Algum herói morreu ou foi ferido por alguma ameaça terrorista alienigena ou algo do tipo?

– Felizmente para a humanidade não.

George, se entristeceu e Vale notou isso, Jimmy sempre tão entusiasmado com o heroísmo alheio continuou.

- Esses heróis salvaram o dia!

Nessa hora, a portadora do poder de Shazam se aproxima, vinda para perto de três outras heroinas que estavam ali no local da batalha. George foi atropelado por uma multidão de repórteres e fotógrafos que o jogaram tão longe que nem pode conter a lente camera na mão, então ele se esgueirou, tateando no meio dos flashs e passando por um grupo imenso de heróis para pegar o que lhe pertencia no chão.
Perguntas soavam no ar, mas os heróis estavam recebendo ordens de retornar e serem teleportados imediatamente.
Nessa hora, perdido entre flashs e vendo os heróis sumirem, quatro famosas heroinas pararam rapidamente e pousaram para as cameras antes de sumirem no ar. Foi nessa hora que George bateu uma foto de frente para as luzes piscando e pensou.

– Devo ser o homem mais azarado vivo em toda a América!

Ele imaginou se não era sua inveja, sua arrogância, seu preconceito que fizera dele o alvo favorito da ira do Todo Poderoso! Fez uma prece e pediu perdão à Deus por todo seu egocentrismo e vaidade que tanto o atrapalhava!

E foi nessa hora...

...que começou a chover!


Vale viu o colega cabisbaixo e abrindo o guarda-chuva o chamou, ela preferia deixa-lo pegando uma gripe ou pior, mas sentiu pena dele. Viu que ele só conseguiu tirar uma foto, sem ângulo e sem visão do que saiu e que provavelmente estaria na rua.
Rastejando em auto-piedade George voltou para o helicoptero junto de Vale, demonstrando muita dó a sua superior apenas disse.

– Sinto muito.


George não falou nada a viagem toda, pensou que devia mais respeito a essa mulher que chegou até aqui por esforço próprio e tudo que viu de bom nela e no jovem Olsen de Metrópolis, mas era tarde, sua carreira acabava de ir para o buraco.

Foi então que sem muita esperança ele foi revelar seu filme, em sua camera profissional, pensando quando inventariam digitais mais avançadas.

Nessa hora que ele viu a foto que tirou no momento em que tudo parou por uma fração de segundo antes de implorar perdão aos céus e esse responder com chuva.

Um sorriso malicioso surgiu no canto de sua boca e ele viu que a foto que tirou foi essa.




E Vick Vale que se dane!


Última edição por em Sab Fev 16, 2008 12:53 am, editado 1 vez(es)
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2582
Idade : 37
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum