Prólogos- Chamando todos os membros.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Prólogos- Chamando todos os membros.

Mensagem  Jor-El em Qui Out 03, 2013 8:20 pm

Aqui vocês colocam como foram convocados para a Liga. Lembrando que dos membros já presentes apenas o Superman está ativo. Logo ele é o único recrutador.

_________________
avatar
Jor-El

Número de Mensagens : 993
Idade : 26
Data de inscrição : 11/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prólogos- Chamando todos os membros.

Mensagem  Ricardo Sato em Qui Out 03, 2013 11:36 pm

Lawrence se mantinha discreto e atravessava a enorme cidade que já era grande décadas atrás,ele sentia certa nostalgia,da última vez que esteve aqui ele frequentou os teatros e as festas,mas por mais que detestasse admitir,a melhor parte fora seguir sua mãe em uma fúria de compras...não que gostasse de comprar,mas adorava vê-la sorrir.
Ela era a mulher mais bela do mundo...infelizmente alguns de seus amigos de infância também achavam e isso lhes rendeu uns olhos roxos.
Seu devaneio é interrompido pelo soar das sirenes de uma viatura que passava em desespero,ele para um instante decidindo se a segue ou não e leva a mão ao peito.
Ao levar a mão ao peito ele já havia decidido,se movendo para um beco ele abre a camisa,e sob ela um traje diferente e mais escuro,incrustado nesse traje um objeto brilha com um suave prateado,Lawrence puxa de dentro do capuz de sua blusa um outro capuz,na verdade uma máscara que representava um animal.
Tocando o objeto prateado ele avança rápido,muito mais do que deveria ser possível,correndo através do trânsito congestionado como uma cheetah ele alcança a viatura e vê para onde ela iria.
A sua frente homens armados e encurralados atiravam e gritavam,em um segundo eles gritam ainda mais,mas de susto ante a figura que aparece entre eles.
Os golpes são fortes e rápidos e logo todos vão ao chão,ironicamente a única força por trás desses golpes vem de Lawrence McCabe,o Pantera e  de nenhum outro animal.
Os policiais estupefatos ficam parados ainda de armas em punho e uma enorme sombra paira sobre eles,todos inclusive Lawrence param tomados de surpresa novamente,vendo a figura que descia.
O rapaz logo se recupera e sorri.

Olá superman é bom vê-lo,estava mesmo procurando por você....a propósito eu sou o Pantera.

_________________
"Bom e mal, eles se apegam as memórias porque é tudo que tem."
"Eu viverei com este fato!Não você!"
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1236
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prólogos- Chamando todos os membros.

Mensagem  Scorpion em Sab Out 05, 2013 8:06 am

Era um dia normal... ao menos, era para ser um dia normal! Kevin havia levado Isabelle para um jantar romântico, afinal, não se faz 7 anos de casado toda a vez, certo?
Isabelle havia pedido uma salada de nome estranho, com uns cogumelos em cima, enquanto Kevin saboreava um filé bem alto, acompanhado de um risoto mais caro do que ele normalmente poderia pagar.
O momento estava mágico, até a hora que Kevin resolveu ir ao banheiro e de lá começou a ouvir uma gritaria no salão. Alguns homens mascarados e armados entraram no Geppo's e começaram a roubar carteiras e jóias, dando salvas de metralhadoras para cima.
Kevin olhou pela fresta da porta do banheiro e viu que Isabelle o olhava desesperado. Seus lábios se moviam e ele pôde ler o que eles diziam: AÇO!
Kevin voltou para o banheiro, abriu os braços e em bom tom disse.
Kevin: AÇO!!!
Uma descarga bioelétrica insensível percorrera de seu cérebro até sua coluna, onde ficava o rastreador da armadura. Há 8km dali, as peças da armadura sobre a mesa tremiam, como se vivas. ENtão, todas acenderam mini-foguetes e voaram em direção ao teto da Geppo's, quebrando-o.
Punhos... Pernas... Tórax... Virilha... Braços... A Máscara... faltava apenas uma peça... Foi quando um enorme martelo de operário voou e parou precisamente no punho de Kevin, que o cerrou, energizando a sua armadura.
O tiroteio prosseguia no salão do Geppo's. Um ladrão apontava a arma para a cara de uma senhora e disse:
Ladrão 1: Andem logo! Acham que eu estou de brincadeira?! Onde estão os diamantes e as carteiras?! Passem logo pros meus amigos, ou eu vou acabar com a noite de todos v...
Um enorme martelo voou, acertando o homem bem na focinheira, que caiu para trás.
Aço: Vocês escolheram a pior noite e o pior restaurante para assaltarem! Agora, larguem as armas e esperemos a polícia, ou vocês podem esperá-la no hospital!
Os outros dois abriram fogo contra Aço, enquanto as pessoas se jogavam no chão para evitar balas perdidas.
Aço apenas manteve os braços cruzados e olhou até para seu pulso em deboche, como se estivesse olhando o horário.
Aço: Já acabaram? Não quero perder o jogo contra os Knights, de Gotham...
Os ladrões se entreolharam e olharam para suas armas, como se estivessem com defeito. Eles então pensaram em correr, mas Aço arremessou o martelo novamente, usando o controle tecnopático dele para fazê-lo bater em um e voltar no outro. Com todos neutralizados, os clientes levantaram e bateram palmas, saudando o Superman de Aço. Ele sorriu, orgulhoso e feliz por ter salvo a vida daquelas pessoas. Então, ofereceu a sua mão para sua esposa levantar, como se fosse um estranho.
Aço: A senhorita está bem? Todos estão bem?
Então, Aço partiu voando pelo teto. Meia Hora depois ele voltou como Kevin McNamara, seu alter ego.
Kevin: Mas... O que aconteceu aqui?!
Enquanto isso, um vulto Azul e Vermelho observava do espaço... e sorria.
Superman: Achei você...

No dia seguinte, Kevin ajeitava um motor de um dos jatinhos particulares da Lex Corp.
Foi quando ele apareceu... com sua capa vermelha voando contra o vento e o sol amarelo por suas costas, ele sorriu.
Kevin estava todo sujo de graxa. Ele procurou uma flanela e limpou as mãos, honrado e assustado.
K: Superman?
S: Olá, Kevin. Ou devo dizer... Aço?
K: Aço?! Que Aço?!... Bom, como você soube?
S: Revestir sua armadura com ligas de chumbo foram uma boa idéia.
K: Não foi minha... foi do John Henry.
S: Entendo. Demorei um tempo pra descobrir quem era você.
K: E agora que descobriu? Vai me processar? Você não inventou a letra "S", sabia? Além disso, John Henry detém a patente de...
S: Hahaha! Acalme-se, Kevin. Eu não vim lhe fazer mal ou ameaçar. Vim como amigo. Fui muito amigo de John Henry, quando ele estava vivo e agora gostaria de ser seu. Estou aqui pra lhe fazer um convite...

E foi assim que eu entrei para a Nova Liga da Justiça.

_________________
avatar
Scorpion

Número de Mensagens : 2303
Idade : 31
Data de inscrição : 04/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prólogos- Chamando todos os membros.

Mensagem  Convidado em Sab Out 05, 2013 7:14 pm


Anoitece na Ilha Paraíso. Enquanto o sol se põe, uma figura cruza o céu. Seu porte é imponente, e seus olhos exibem uma expressão decidida, embora branda. De braços cruzados, rapidamente seus olhos captam a outra figura, no mirante. Vagarosamente, ele desce, a capa balança quando uma brisa passa. Ele não toca o chão. Na ponta do mirante, outra figura observa. Os braços também cruzados, mas a expressão é de preocupação. Não era a primeira vez que se viam, nem seria a última. Assim como, daquela vez, eles decidiam o destino do mundo, ou pelo menos, do mundo de alguém. Foi ele quem começou.

- Aqui, a noite é sempre mais bonita.
- Você fala como se fosse um visitante recorrente.
- Bom, já vim algumas vezes, não?
- É... veio, sim. Mas você pode ser mais direto, Clark.
- Nem seria preciso, Diana. Nunca precisei ser, nem com você, nem com Bruce.
- Você sabia quem seria minha escolha desde o início, não é?
- Você já tinha falado dela. Treinou-a, sabendo que não era preciso. Pelo menos, não as habilidades de amazona.
- Eu precisava ter certeza. O fardo que ela vai carregar não é leve.
- E então...?
- Ela não está apta.
- Por que?
- Ela é impulsiva, agressiva, individualista, excessivamente confiante e impaciente.
- Diana... você agia desse jeito quando começamos.
- O mundo não vai dar a ela o tempo pra mudar como eu tive, Clark.
- Todos passamos pela mesma curva de aprendizado.
- Você não entende.
- ...
- O mundo vai ter de viver sem a Liga da Justiça.
- Eu vou reconstruir a Liga.
- Não vai haver uma Mulher-Maravilha nela.
- Diana, me deixe tentar. Eu também posso aconselhá-la.
- Pfft... ela não está disposta a obedecer nenhuma autoridade.
- As pessoas mudam. Você mesma disse que mudou depois de conhecer melhor o mundo.
- Você não vai desistir, não é?
- Você sabe que não.
- Sempre foi sua característica mais marcante.
- Pensei que fosse a inocência infinita.
- Bruce ainda acha que seja essa. Não eu.
- Heh...
- O que foi?
- Ela acaba de fugir. Está carregando suas coisas. Estava nos espionando. Devia estar tão curiosa quanto eu.
- Eu já tinha dito pra ela. Droga, Donna!
- É a oportunidade perfeita de deixá-la mais à vontade.
- Não. Apenas traga-a de volta.
- Vou conversar com ela. Não posso garantir que ela volte.
- Era o que você queria desde o ínicio.
- Eu vou ajudá-la, Diana. Confie em mim.
- Em você eu confio. Não confio nela.
- Até, Diana.
- Até, Clark.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prólogos- Chamando todos os membros.

Mensagem  Guima em Dom Out 06, 2013 10:13 am

Metropolis. O sol estava a pino. Não era a toa que esta cidade era conhecida como cidade do amanhã, tudo em Metrópolis funcionava em perfeita harmonia como um organismo vivo equilibrado. Uma cidade onde os cidadãos tinham sua chance de ter uma boa vida... Metropolis era praticamente uma Utopia, só não chegava a esse status porque mesmo um organismo sadio possui alguns parasitas esperando a chance de se instalar e sugar sua energia... E hoje não foi diferente.

O Gladiador Dourado já estava de prontidão visualizando o esplendor da cidade do alto de seus arranha céus. Seu traje tecnológico captava a frequência da Policia de Metropolis e um roubo ao banco central da cidade estava acontecendo neste exato momento. A policia cientifica fora enviada ao trabalho pois o roubo ao banco estava sendo feito pelos integrantes da intergangue.

Michael não estava muito distante de onde acontecia o roubo e decidiu intervir. Aos saltos ele alcançava os topos dos outros arranha céus e em questão de minutos ja estava proximo do local. Em queda livre ele salta na direção dos bandidos caindo no chão com maestria e graça... seu traje possuia campos gravitacionais que faziam que ele tivesse uma queda suave, com impacto quase nulo.

Como um cavaleiro reluzente e orgulhoso, o Gladiador Dourado aponta o dedo para os bandidos dizendo Parem já com isso. Devolvam o dinheiro e no máximo pegam uns cinco anos de cadeia. Acreditem, é a melhor opção Enquanto dizia, suas manoplas faiscavam energia elétrica.

Os bandidos riram da proposta do Gladiador e iniciaram um ataque com uma saraivada de tiros feito por armas de fogo. Michael levanta seu campo de força e os tiro são anulados. Quando as balas dos inimigos se esgotam, Michael sorri e diz Minha vez agora!!. Num estouro de velocidade ele já se encontrava em meio aos bandidos. Seu visor analisou os inimigos e as potenciais ameaças e indicou que uma descarga eletrica radial era a melhor maneira de neutraliza-los. Aumentando a carga eletrica de suas manoplas, Michael desferiu um soco no chão e uma forte onda eletrica incapacitou todos os bandidos de maneira rapida e eficaz.

Quando a policia cientifica ja estava chegando ao local, Somente o Gladiador Dourado estava de pé enquanto os bandidos tiravam uma soneca com seus músculos travados pela eletricidade...

Logo a policia começa a recolher os corpos até que aparece ELE... Superman, o lendario defensor de metropolis...Sua história e seu legado ainda permanecem vivos na época do qual Michael veio.

Ele se aproxima de Michael dizendo de maneira séria Bom Trabalho, Gladiador
- Obrigado senhor, espero que não se importe de eu ter feito este trabalho
Pelo contrario, voce foi rapido e os efeitos colaterais foram minimos. Pensou na segurança dos civis e nas dos bandidos tambem. Algo digno de mérito. O que acha de usar suas capacidades pra lutar ao lado da Liga da Justiça?
Seria uma honra senhor. A maior honra que eu teria na vida.
Pois então seja bem vindo!

Superman estende sua mão ao Gladiador, e ele retribui o gesto selando um aperto de mãos. Uma nova aliança acabar de iniciar.

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2202
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prólogos- Chamando todos os membros.

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sab Out 12, 2013 1:24 pm

Gotham City, 3:00 da manhã.


Ah... Mer#@... A minha cabeça doí... Sei lá que estragos eu devo ter feito.

Quanto uso essas coisas que meus amigos e amigas trazem para as festas, eu realmente perco a noção do que acontece. Meus pais viviam enchendo minha cabeça com as maluquices deles sobre super-heróis e magia... Fizeram isso tanto que eu passei a acreditar piamente que ambos se divertiram mais do que deviam junto dos hippies com quem andavam.

Deve ser por isso que eu também embarquei nessa mesma linha... Tal pais, tal filho...

No meio de tanta gente na casa coletiva, procuro minhas calças e as encontro jogadas em meio à garrafas de cervejas, whisky e bitucas de cigarro comum e de maconha. Quanto desperdício!

As duas garotas do meu lado ainda estão nuas, jogadas adormecidas como se tivessem morrido e eu mesmo tenho dificuldades para perceber se estão respirando... Olho em volta, nos colchões ao redor existem trios e casais e até quartetos de amantes chapados por todos os lados.

Eu me lembro apenas de que fomos comemorar termos encontrado mais um pouco de comida enlatada... Foi durante a tal guerra de Hades e Ares que eu consegui com meus colegas essa velha indústria abandonada como abrigo e fonte de produção de roupas e plantação.  

Do lado de fora temos uma horta comunitária. É de lá que veio grande parte da nossa cevada, assim como os cogumelos que fazem nossa... bem, nosso chá relaxante.

Tem sido uma vida boa, cada vez mais conseguimos mais adeptos para construir uma vida melhor e com mais liberdade.

Menos no meio dessas festas... Quando me sinto envolvido nesses prazeres todos, minha mente voa... Entro em êxtase com os rituais malucos que meus pais descreviam para mim... Nessa hora eu vejo o aprendiz mais velho dos dois... O Tio Tim Hunter...


Vejo duendes, fadas... Minha mãe contando dos tempos que andava com a tal Liga da Justiça. Eu não acreditava que a tal Liga era real... Até o dia em que conheci a Sociedade dos Anarquistas pela internet.

Primeiro falei com o tal Aranha Financeira... Depois descobri que eles eram uma equipe... Foi muito tempo de treinamento em como poderíamos derrubar o governo (que meu pai acreditava ser controlado por anjos e querubins!) e criar uma nova sociedade.

Eles me contaram que o fundador do grupo, o Anarquia, enfrentou pessoalmente o Batman! Foi só assim que comecei a confirmar as histórias de minha mãe.

Meu pai achava o máximo eu andar com eles, minha mãe era cheia de ressalvas. Com o passar do tempo eu ia achando a ideia de magia dos dois mais e mais sem sentido... Não acreditava em nada... acho que depois da infância a brincadeira poderia ter parado.

Meu pai era um fumante inveterado e bêbado, raramente aparecia em casa. Minha mãe vivia dizendo que ia encontrar os heróis da tal Liga, que para mim eram tão reais quanto o coelhinho da Páscoa e o Papai Noel... Os mesmos que certa noite meu pai contou que um tal de Lobo os matou!

Quem mais cuidava de mim era o Tio Tim Hunter.

Eu voltei para casa em um dia mais cedo, foi nesse dia em diante que vi o quanto a religião dos meus pais era perigosa.



Hunter havia os encurralado e o sangue dos dois escorria de um livro...

Eu fugi para junto de meus amigos e amigas da federação. Juntos viramos uma legião, o Anarquia. Mergulhei na luta anarquista além de me enfiar no uso de drogas, festas e orgias... Porém nunca esqueci o que meus pais ensinaram... Nunca deixei de lembrar... Mas nunca acreditei no que diziam plenamente... Nem mesmo confiei que os rituais que aprendi eram reais.

É sempre assim que acontece. Eu durmo e sonho com feitiços, super poderes e monstros de outra realidade.

Saio pela porta da frente, já vestido... Sou sempre o primeiro a acordar para contemplar nossas plantações e um vulto começa a sobrevoar minha cabeça...

Quando olho para cima... a imagem é muito estranha. Tão confusa que não entendo se é um pássaro ou avião...

Superman-Vocês fizeram um ótimo trabalho aqui. É uma pena que vai ser difícil de manterem o canteiro de trigo se o adubo específico não for usado corretamente...


Anarquia: -Pelo que sei você poderia adubar todos canteiros do planeta em segundos... Aliás, pela quantidade de b&%$# que você fala já seria eficiente.

Superman-Preciso de você, Jack. Sua mãe...

Anarquia: -Não ouse falar da minha mãe, seu escoteirinho de p¨&**@!

Superman-Sei que não concorda com como conduzimos as coisas, mas tanto a Liga quanto seu grupo desejam um mundo melhor... E creio que precisa de nossa ajuda para descobrir o que aconteceu exatamente com eles. John Constantine várias vezes nos ajudou, mesmo também sendo alguém... Igual você...

Ele realmente é inspirador, esse maluco é um patriota idiota que vê o mundo com lentes coloridas. Mesmo assim ele sabe falar de forma sensível a me deixar motivado a ajudar... Talvez ele também tenha sofrido alguma dura perda.

Superman-Estou reorganizando a Liga, não precisa estar nela. Porém eu preciso de sua colaboração.

Anarquia: -Desculpe... Mas eu não posso fazer muito. Não do modo que vocês fazem... Se me der vontade... eu apareço.

Ele levita para longe, o desgraçado não desfaz o sorriso do rosto. Ele sabe que meu ego foi aquecido e deve ouvir minha respiração acelerar quando ele cita que posso descobrir o que houve com meus pais. O cretino sabe que vou ceder... Eu sei... Nessa hora uma das meninas enrolada em um robe se aproxima.

Roxy: -Jack... Devia estar na cama.

Anarquia: -Eu já vou... Mas antes precisamos adubar o canteiro de trigo.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2535
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prólogos- Chamando todos os membros.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum