DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Convidado em Ter Maio 06, 2014 12:21 pm

O modo que ele fala me irrita.

Seu sorriso, seu jeito sarcástico... Falando daquilo como se fosse uma feito para a humanidade.

Sinto vontade de soca-lo. De fazer com que ele engula essas palavras.

Não posso evitar, meus nervos andam a flor a pele. Tem coisas demais em minha cabeça... A distancia de Bruce, minhas incertezas ao continuar como vigilante, meu relacionamento com Stephanie, sempre conturbado demais. Sem falar em Damien como Robin, por mais que eu tenha aceitado... Isso nunca vai deixar de me incomodar.

Entretanto, respiro fundo e apenas cerro meus olhos...Porém, não faço questão de esconder o quanto quero agredi-lo. Isso vai ajudar ainda mais. Donavan pode ver minha expressão fechada, ficando perfeitamente visível pelo capuz. Tão atento como é, ele consegue notar minhas contrações musculares, como se meu corpo pedisse para que eu o surrasse.

Linguagem corporal de como me sinto, não há teatralidade nisso.

Revelo a história dos vermes, sempre de modo mais sucinto possível, e ele continua a falar.

Pelo menos isso facilita um pouco o trabalho.

Obviamente, não posso acreditar piamente em tudo o que ele fala, mas o fato dele estar falante pode leva-lo a erros e me entregar mais do que ele gostaria.

- Eles foram usados contra Aquaman e várias pessoas inocentes que participavam de grupos de autoajuda, dedicados a vítimas de confrontos com meta-humanos. Inocentes morreram... E há pouco conseguimos deter uma infecção em massa. Mas ainda não temos grandes pistas sobre quem está por trás – Me aproximo mais da cela, ignorando os guardas – Se eles são um dos seus orgulhos, você sabe muito bem quem está com ele... E até o que quer. É isso o que quero saber.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Convidado em Ter Maio 06, 2014 10:32 pm

Cass ainda estava a alguma distancia da mulher, o ferimento ao peito era notável, e sim, uma pequena vontade de esquartejar aquela mulher começava a nascer em seu íntimo. As palavras não eram mais tão fortes.

“Ninguém deve morrer...”

E porque? Aquela mulher, aquela “coisa” merecia morrer, ela já havia derramado sangue demais! É talvez se pensassem assim de todo monstro que criam você não estaria mais por aí sendo tão egoísta, não é Cass?.

Cala a boca.

O batrangue atingia uma das mãos da tributo e talvez pudesse faze-la perder uma das armas, o que abriria caminho para um golpe da Caçadora. E a tributo parecia vibrar com tudo aquilo, e falava.

Eles sempre falam, eles sempre subestimam a morte.

Cass suspirou fundo e pegou folego, dentro de si a mistura de adrenalina, o gosto ferro do sangue aos lábios, tudo aquilo fazia sua vontade delirar, assim como Azrael. Eram muito parecidos ao final, duas bombas relógios prestes a explodir. E pelo visto aquela vontade, aquele desejo que seu pai, Cain, tanto tentou fazer crescer dentro dela, tomava conta de muitos ali.

Quais são suas desculpas?.

Cass não mais pensou, ela de imediato, tomou impulso e disparou correndo na direção da tributo. Mesmo ferida, ainda tinha sua capacidade de ler seus oponentes. E não somente seus oponentes. Seus aliados também. Exatamente por isto tentaria saber o que a Caçadora tinha em mente para combinar seu golpe. Era a melhor forma de derrubar a tributo não? Levando em conta que Cass estava ferida e não estaria em sua melhor performance.

Mas onde faltasse você, sobraria a Caçadora, hm?

Coloque sua inteligência e perspicácia acima de todo este desejo insano, o gosto do sangue nunca foi bom, nem nos seus lábios, nem em suas mãos.

Iria tentar ler os golpes e a seguir encontrar o ponto fraco, ou a guarda baixa da tributo, para tentar derruba-la.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Guima em Qui Maio 08, 2014 5:06 pm

Questão extravasou toda sua fúria contra a fera. Repetidos golpes com a barra de ferro fizeram minar a resistencia da fera até que ela parou de tentar lutar. Ficou inerte... talvez morta. Mas a força impregnada por Vic Sage fora tanta que ele também exauriu suas energias. Suas pernas bambearam e ele só não foi ao chão porque usou a barra de ferro como apoio.

Olhou para o assessor desmaiado ao seu lado com um ar incredulo. Para ele pouco importava ele estar morto ou vivo... o importante é que ele havia o derrotado. O efeito do gas binario ia passando e antes que ele pudesse ser dissipado, Vic pegou um ultimo naco de pseudoderme e espalhou mais uma vez pelo seu rosto tornando-se mais uma vez o Questão.

Reunindo forças Questão se levanta um pouco tropego. Seria suicídio entrar em um combate agora devido sua situação, porem ainda havia muito pelo que lutar. Quando o gas se dissipa, Questão ve o Senhor Milagre invadindo o local onde os seguranças demonitas guardavam a localização de Vodu e Bandoleiro... o lugar que ele iria investigar se não fosse a intervenção do assessor. No momento em que Milagre neutralizou o ultimo soldado, Questão o chamou...

Hey... não comece essa festa sem mim.

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2350
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Pedro H. Oliveira em Sab Maio 10, 2014 6:28 pm

Agora os dois caras com machado caíram. Infelizmente eram apenas dois de um grupo poderoso o suficiente para derrotar muitos de nos.

A mulher que derrotou Cass esta seguindo na direção de Aço... Pelo menos eu acho que é ele, já que agora carrega o símbolo do Morcego e não o nosso. Fico curioso para saber o que teria acontecido com ele para que isso acontecesse, provavelmente vai ficar para um papo para depois, pois os demais precisam de uma mão.

Uso minha velocidade e dou uma trombada na mulher para joga-la na parede mais próxima e assim imobiliza-la, nesse tempo, recebo o recado do Estrela e gentilmente transmito a ela.

- Fique sabendo que seu líder caiu. Vocês estão perdidos e acabados.

Uso minha audição para tentar localizar os demais, caso a mulher ainda queira lutar, irei finalizar o mais rápido possível para que tudo possa finalmente terminar por ali. E caso alguém ainda esteja precisando de ajuda para derrotar seu adversário, farei o possível para dar uma "ajuda" nocauteando-os.

_________________
avatar
Pedro H. Oliveira

Número de Mensagens : 876
Idade : 26
Data de inscrição : 25/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Convidado em Qua Maio 14, 2014 9:03 am


Sabe quando aquele maldito sexto sentido feminino resolve te dizer alguma coisa? Pois é, ele escolheu a pior hora no meu caso. Quando estou em batalha, não costumo ser pessimista, porque mesmo o pior dos crápulas e canalhas pode ser vencido. A vontade deles de ser dar bem não supera minha ... aham ... obsessão por justiça, ou de simplesmente quebrar a cara deles. Eu faço o que faço sem receber nada em troca. Eles podem ficar sem faturar. E é por isso que normalmente os vigilantes são chamados de pirados. Por fazerem esse tipo de coisa sem uma recompensa física. Ninguém que não esteja nessa há algum tempo conhece o valor da recompensa moral.

Mas, como eu dizia, meu sexto sentido resolveu agir contra mim. Ele me dizia que eu havia cometido um duplo erro naquela noite. O primeiro foi abandonar Selina Kyle, mortalmente ferida e, a qual minutos antes, eu descobri ser minha mãe verdadeira. O segundo foi não ajudar Victor Sage, transformado em alguma fera bizarra, sem controle, e com medo de me machucar. Machucar a mim não é exatamente fácil, mas eu me afastei, porque confiei em Sage, porque sei que havia algo de Victor ali. Contudo, no caso da Mulher-Gato, não sei mais por quanto tempo haverá uma pessoa. Eu a deixei com meu equipamento, pra que fugisse, mas se algumas coisas que fazem de mim o que sou vieram dela, então ela deve ser tão teimosa quanto... Ele... e isso significa não deixar uma briga. Especialmente com um parente envolvido.

Mesmo assim, lá estava eu, avançando com fúria contra aquela coisa. Não somente pelo que ela fez à Selina, mas pelo pensamento que, aquela coisa, foi criada com os propósitos que a máfia desejou. Os malditos propósitos nefastos que só as mentes pervertidas que os criminosos, humanos em aparência e desumanos em essência, podiam conceber. Um instante de lucidez me faz perceber que a Batgirl está envolvida no combate também. Parte de mim deseja que ela se afaste. Isso é pessoal demais. Outra parte, mais racional, apóia o combate e sabe que ela é de grande ajuda. Dane-se. Não que eu consiga alguma coisa se mandar que ela se afaste. Parece que as mulheres de Gotham não gostam muito de ordens.

Eu avanço, desejando cada vez mais quebrar a cara daquela coisa. Uso força, rapidez e tento me adaptar. Guarda aberta, um, dois golpes. É a brecha que eu quero. A brecha de mim apanhando é tudo que minha parceira precisa. Ela não bate tão forte, mas bate muito melhor, e nos pontos certos. Eu só preciso aguentar, bloquear, aparar e suportar pra garantir que a gente derrube essa tributo. Avanço, e a ofendo pra chamar sua atenção. - Quando eu acabar com você, vai desejar ter ficado num tubo de ensaio, aberração.. Heh, e ainda dizem que não sei trabalhar em grupo.






Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum