DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Página 6 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Ricardo Sato em Qui Mar 06, 2014 11:01 pm

Tensão e confusão permeavam o ar,era evidente que a situação estava para dar uma reviravolta porém pelo menos do lado dos heróis nada havia sido preparado.

Era hora disso mudar,e nesse instante uma voz familiar aparece nos comunicadores,respondendo a ela com a voz calma Leonid novamente indaga.


Asa noturna aqui é Estrela vermelha,atualmente comandante dos titãs e repito:

Estou com Superboy,Moça maravilha,Sr milagre,Barda,Superchoque e Soviete supremo...não conseguimos contatar Robim vermelho e nossos outros membros estão ocupados mas podem ser convocados se for estritamente necessário....

Agora,o que diabos está acontecendo,não sabemos quem são os inimigos,qual a situação e nem quem estamos aqui para ajudar...só sabemos que as famílias de Gotham estão envolvidas e que elas tem apoio meta-humano.....quem está no comando ai e quem está do nosso lado?

De repente Superboy começa a relatar novas informações enquanto observa o galpão,como pensava Leonid as coisas pareciam piorar ainda mais.

E ao que parece existe uma movimentação interna,um tipo de apresentação.....mais metas.....onze deles mais um que parece o líder,não lembro de ninguém com tais descrições,mas acabaram de eliminar alguém da máfia.








PS=como não parece que o galpão foi modificado,estou partindo do pré suposto de que Superboy conseguiu ver e relatar o que ocorria lá dentro..se estiver errado é só falar que edito aqui.
e como realmente estrela não tem nenhuma informação quanto a situação,inimigos ou aliados vou esperar antes de dar qualquer opinião mais específica quanto a ação.....se houver tempo de postar denovo durante o planejamento claro^^.

_________________
"Bom e mal, eles se apegam as memórias porque é tudo que tem."
"Eu viverei com este fato!Não você!"
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1236
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sex Mar 07, 2014 8:21 am

Nota do narrador: podem considerar que o superboy viu o interior descrito no meu post passado. Só não identificou o questão que está transformado.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Guima em Ter Mar 11, 2014 6:22 pm

A presença de Hellspont ali diante dele e de Demi fez os pelos de Sage eriçarem. O perigo que aquele ser emanava era terrível e Sage sentia isso nos ossos...

Demi e Hellspont trocaram umas palavras mas a conversa que intessou mesmo ao Questão fora a pergunta que o Lorde Demonita fizera ao assessor do prefeito. Ele havia ouvido um nome comum: Cole Cash, conhecido por Sage como Bandoleiro. Bandoleiro estava com Sage a alguns dias atras mas depois que os vigilantes foram a Gotham ele havia desaparecido sem dar noticias. Pelo jeito fora capturado e agora estava em maus bocados. Esse cara só tras azar por onde passa... pensava Sage consigo mesmo.

Quando iniciou a demonstração dos tributos, Vic se dispôs a olhar aqueles "seres humanos" modificados com uma certa atenção. Quais poderes eles teriam agora e quais eram seu verdadeiro grau periculosidade. Mas ficar só olhando não ia resolver nada... Sage então vira-se para Demi dizendo...

Tem um cigarro Demi? Isso tudo está muito enfadonho... pensei que seria mais "eletrizante" Ela oferecendo ou não um cigarro, Sage retira um do bolso e vira as costas para ela e diz que vai dar um passeio enquanto fumava...Sage sabia que Demi não era boba e que a mesma iria mandar alguem ficar de olho nele. Mas a chance e a oportunidade de tentar salvar o Bandoleiro e a tal Vodoo era boa demais pra não ser tentada. Conforme Hellspont dissera, eles pareciam ser peças chaves para o que estava acontecendo. Enquanto passeou, Sage procurava um ponto pra tentar subir ao local onde Cash estava... precisava ser furtivo e rapido... estava na hora de usar aqueles atributos que a droga pandemonium lhe dera

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2201
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sab Mar 15, 2014 8:27 pm

Estrela Vermelha aproveita o canal de comunicação para se inteirar da situação. Ele recebe as respostas sobre a ação dos Demonitas, os tributos, o plano de invasão, o envolvimento da máfia e a presença de Questão no local. Também recebe a informação dos heróis envolvidos no ataque, sendo Asa Noturna, Caçadora, Mulher-Gato, Batgirl, Azrael, Morcego de Aço e Vingadora.

Superboy usa seus sentidos ampliados para ouvir e enxergar o que ocorria dentro do observatório. Ele se choca com os planos revelados de Hellspont, mas se choca mais ainda ao ver a cena do mafioso tendo a cabeça explodida. Uma indignação toma conta de seu ser ao se lembrar do homem que explodiu em seus braços. Ele informa aos companheiros o que descobriu e esse conhecimento serve de base para traçarem seu plano de ataque, onde um grupo assumirá a frente do combate e outro se dedicará à infiltração.

*************************

Batgirl sugere a Azrael a entrada pela tubulação após analisar a planta do local e ouvir as informações de Superboy. Em pouco tempo o helicóptero pousa e a dupla segue rumo a tubulação de esgoto.

***************************

No outro helicóptero, Caçadora ouve as informações passadas pelos companheiros e ao perceber que o Questão não foi localizado, decide saltar do helicóptero e ir procurá-lo. Em pouco tempo ela alcança o solo, seguida de perto pela Mulher-Gato, que diz:

 Arrow Nós vamos fazer isso juntas. Eu também quero chutar essas bundas alienígenas.

*****************************

Azrael e Batgirl já estavam chegando na tubulação quando recebem a informação de que Caçadora e Mulher-Gato deixaram o helicoptero de Asa Noturna. Dick informa que agirá junto com os Titãs e pede a Jean duas coisas: que fique atento a Helena e que evite mortes.
Azrael e Batgirl avistam as duas justiceiras se esgueirando próximas ao local onde estavam. Eles deviam decidir se as chamariam para tentar formar um grupo maior de infiltração ou se seguiriam adiante e deixariam a tarefa de tomar conta das duas para outros.

********************************

Sage pediu um cigarro e Demi lhe deu dizendo:

 Arrow Cuidado. Isso mata...

Ela gargalhou. A mulher parecia em extase com a promessa de que tudo ali daria certo e os demonitas dominariam a Terra. Ela estava tão excitada que nem se importou quando Sage se afastou. Sage seguiu com seu cigarro calmamente enquanto os mafiosos discutiam entre si sobre quem teria direito sobre os tributos, cada um reconhecendo no tributo da sua família a melhor arma para manter seu poder. Ele observa a primeira brecha numa passarela um pouco afastada e sobe em um salto. Lá em cima, ele rapidamente segue procurando pelos vassalos, até chegar a uma sala com decoração que imita a superfície lunar. Ele percebe a movimentação dos vigias na entrada da sala e se prepara para agir quando escuta uma voz conhecida:

 Arrow Eu sabia que você iria fazer uma merda... Bom, vamos acabar logo com isso!



Ele reconhece na figura uma versão distorcida de sua mutação, mas a voz lhe entrega que por baixo daquele pelo está o assessor arrogante do prefeito de Gotham.

Na frente da sala onde o Questão sente que seria o lugar onde estão os vassalos, estão ainda dois demonitas.

********************************

Aço e Vingadora aguardavam a hora de agir, porém, ao perceber que havia uma movimentação dos vigias seguindo na direção da parte dos fundos, onde ficava a entrada da tubulação de esgoto, Vingadora diz:

 Arrow Não vai dar pra esperar. Vamos ter que agir.

Ela salta disparando e chamando a atenção para cima dela. Aço se lança também na tentativa de dar apoio a ela. Os mafiosos, aliens e transformados começam a correr na direção dos dois. Havia começado o ataque frontal e agora era tudo ou nada.

*********************************

Ao ouvir os disparos do lado de fora do observatório, Hellspont olhou para os tributos e disse:

 Arrow Provem que são dignos de serem os tributo. Vão lá fora e exterminem a todos. Ninguém deverá interromper a cerimônia!

Os tributos correm para a entrada em em poucos segundos somam seus poderes às forças de contenção. Em pouco tempo Aço e Vingadora seriam insuficientes para conter tanto poder de fogo.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sab Mar 15, 2014 9:03 pm

Robin:

 Arrow Já tenho um plano pronto. Tudo que eu preciso é capturar alguns daqueles fanáticos. Se for do mesmo jeito que a Liga dos Assassinos, eles se vestem iguais e não passam de joguetes dispensáveis para seu líder. Nem vão reparar mudanças em altura ou voz. Assim, alguns do grupo podem entrar disfarçados. Sugiro que os que entrem sejam os com maior poder de fogo. Nunca se sabe o que pode ser encontrado dentro do domo. Eles com certeza vão manter alguns do lado de fora da redoma, para evitar que as autoridades tentem alguma coisa e ver se algum super-herói aparece. Esperem que eu chegue. Alguns dardos paralisantes e conseguiremos tudo que precisamos.

Vixen responde:

 Arrow Isso pode ser um bom plano, mas temos que agir rápido. Você consegue trazer reforços? Acho que iremos precisar de mais poder de fogo, sem ofensa.

Após a resposta dele, ela desliga. Damian então se dirige a Alfred:

 Arrow Se Grayson aparecer, diga a ele que estou na África resolvendo o que ele não quis resolver. E, por favor, cuide de Raio Negro. Entrarei em contato se descobrir alguma coisa.

 Arrow Perfeitamente, patrão Damian. Recomendo que tenha cuidado. Você pode ter vindo da liga dos assassinos, mas agora está na liga principal de heróis.

Ele olha o jovem nos olhos por um segundo e isso basta para se lembrar de outro jovem com o mesmo olhar e a mesma fúria. Em seguida ele diz:

 Arrow Prepararei Gyozas para o jantar. Volte a tempo de comê-las.

Ele então sai da sala. Deixando Raio Negro e Robin, que aciona Oráculo:

 Arrow Pode fazer o teletransporte. Me mande para onde veio o sinal de Vixen.

 Arrow Robin, a Liga já tem a situação sob controle no satélite. Solicitarei reforços para você na Africa. Boa sorte lá.

Enquanto Oráculo providencia o teleporte e faz a comunicação com o satélite, Damian ainda se vira para Raio Negro e diz:

 Arrow É uma pena, mas acho que não poderei mais desfrutar do seu elaborado senso de humor. Até a próxima.

O herói apenas sorri ao dizer:

 Arrow Teremos outras oportunidades. Com certeza.

O teleporte é feito e Damian se vê no meio de uma savana acompanhado dos seguintes heróis:


Vixen


Hotspot


Fera Bwana


Congorila


Batwing

O grupo o cumprimenta e mostra a Damian que estão a uma distância de observação segura da redoma. Damian observa a movimentação de soldados do cobra e homens vestindo roupas pretas que lembram mercenários. Dentro da redoma, ele observa uma agitação maior, como se estivessem realizando alguma operação muito importante lá. A primeira vista, ele não reconhece nenhum sinal de Ubiu ou dos homens de seu avô. Congorila é o primeiro a dizer:

 Arrow Então garoto. Vixen falou de seu plano. Acho que será mais fácil para Batwing, Hotspot e Fera Bwana entrarem. Eu fico meio gordo nessas roupas e você deve ficar meio baixo.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sab Mar 15, 2014 9:26 pm

Robin Vermelho:

 Arrow Sim, invadi o Cadmus na companhia de Elektron e Superboy. Descobrimos que eles mantinham Dubbilex congelado lá. Consegui deter Tumulto, que estava com Caveira Atômica e Libra na invasão, e a levei ao satélite para interrogatório. Acabei de descobrir, através do Dr. Meia Noite, que os vermes mentais que estão causando tantos problemas possuem uma cepa genética derivada do DNAlien de Dubbilex

 Arrow Isso se encaixa no padrão de roubos de alto nível que tem ocorido nos últimos dias. Grupos de criminosos invadindo locais para coleta de ítens estratégicos. O Lanterna evitou que roubassem kryptonita da dimensão de Poderosa. Foi uma ação da gang Royal Flush mas se enquandra no mesmo perfil de roubos. Também houve um outro roubo frustrado pelo Caçador de Marte, Gladiador Dourado e o novo Besouro Azul. Caçador de Marte estava infiltrado no grupo que invadiu uma instalação militar e levou uma caixa misteriosa além de uma jovem que se encontrava presa lá. O ponto comum nesses roubos é a coordenação do Calculador. Há alguém investigando isso?

 Arrow Acho meio óbvia a ligação de Dabney Donavan, uma vez que ele criou Dubbilex...Mas ele está preso. O que me leva a questionar quem poderia estar por trás disso... Pelo conhecimento no desenvolvimento do DNAlien, Donavan deve saber quem está envolvido, se não ele próprio, de algum modo.

 Arrow Donovan se passou por Luthor durante um tempo. Talvez as pesquisas que ele realizou no período não tenham se perdido com sua prisão. Apesar de ser previsível demais para Luthor, pode ser uma das respostas

 Arrow Não sei ainda o que Superboy e Elektron conseguiram com Libra. Por outro lado, enquanto estava no satélite para interrogar Tumulto, ele foi invadido por Sebastian Faust. Ele estava atrás do corpo de Grundy, diante dos conflitos políticos criados entre o embate entre Poderosa e Mulher Maravilha. Diante da postura do governo, vi que a permanência do corpo de Grundy lá era o mesmo que desenhar um alvo no satélite... Então invadi o laboratório e driblei os sistema de segurança. Furtei o corpo de Grundy, ele está comigo no Ninho. Através de exames preliminares, pude constatar resquícios de magia no corpo dele, o que não é nenhuma novidade... O que me incomoda é o tempo que ele está levando para se dissolver.... Por mais poder que posse ter o ataque de Magog, não seria tão surpreendente assim que Grundy ainda estivesse vivo. Ele está no meu laboratório mais resistente, com todo C4 que eu tinha diretamente ligado a sua cabeça, caso minha teoria esteja realmente certa e ele resolva acordar... De qualquer modo, produzi um ferimento em seu tórax, e meu computador está acompanhando a evolução, para ver se há algum sinal de seu fator de cura. Caso ele realmente esteja vivo, isso explicaria porque ele não se dissolveu ainda e voltou para o pântano... Mas não explicaria o porquê dele estar neste tipo de coma...

 Arrow Fausto? Ele disse o que pretendia? Tome cuidado Robin Vermelho. Não gosto de lidar com magia...

 Arrow Por fim, Asa Noturna está de mãos cheias em Gotham, não sei dizer quais são os membros de sua equipe... E pelo pouco que pude acompanhar, Robin está agindo por conta própria... Talvez precise de mais ajuda

 Arrow Não se preocupe com Asa Noturna. Ele e seu grupo saberão o que fazer. Quanto a Robin, por que ele não está com um de vocês? Vou tentar localizar mais informações sobre ele. Espero que não tente nada precipitado.

Um tom de preocupação soa patente na voz do homem-morcego. Um silêncio que Tim tenta quebrar falando:

 Arrow Minha prioridade é ir atrás de Dabney Donavan, e descobrir quem possa estar com ele nisso. Vou solicitar ao Dr. Meia Noite que interrogue Tumulto. Infelizmente, não vou poder auxiliar Asa Noturna ou Robin... E não tenho certeza se meu laboratório aguentaria a ira de Grundy, caso ele desperte... Mas não há muito o que eu possa fazer, já que seu paradeiro deve ser secreto no momento, e só você e A. tem conhecimento deste lugar, o que faz dele um dos mais seguros do planeta

 Arrow Compreendo. Você está agindo bem, Robin Vermelho.

 Arrow Essa seria minha linha de ação. Devo mantê-la? E não sei no que você está metido, mas estamos em uma crise bem grande aqui. Com as atitudes de Super-homem e da Mulher Maravilha, sua presença seria de vital importância...Principalmente para acalmar um pouco as coisas. Mas não sou eu que vou questionar seu métodos. Confio no seu bom senso

 Arrow Mantenha a linha. Siga seu instinto. Assim que for possível eu retornarei. E Robin Vermelho... Obrigado pela confiança.

Ele desliga a comunicação. E Tim solicita a Dr. Meia Noite que cuide de Tumulto. Ele concorda e informa a Tim que Donavan está preso numa prisão de segurança máxima do governo e que será necessário solicitar autorização para acessá-la. Tim não se surpreende ao ouvir o nome da pessoa a quem terá que recorrer para acessar a prisão: Amanda Waller.
Ele encerrava a ligação quando o computador soa o alarme informando alterações no corpo de Grundy. Ele baixa as atualizações e percebe que o corpo entrou em acelerado estado de putrefação e que a energia residual detectada havia abandonado o corpo. Grundy acabara de morrer e isso não podia significar coisa boa...

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Dom Mar 16, 2014 12:43 pm

A isca é perfeita.

Do alto de uma construção de tons bastante góticos e comuns da cidade eu me pergunto há quanto tempo esses seres influenciam nossas vidas enquanto Aço e Vingadora iniciam o ataque de distração, ainda que receosos sobre o resultado.

Observo o caminho até os túneis conforme os helicópteros descem eu deixo para lá a ideia tática de usar as metralhadoras. Espero que desça o Asa Noturna, Caçadora e Mulher-Gato pouco depois  de ouvir a mensagem falando para evitar mortes, eu respondo.

-Certo, Dick. Farei o possível para que elas não façam isso.

Falo em um tom amigável apesar de irônico, para ele entender que não só estarei disposto a evitar de gerar violência letal como também a delas.

Eu quase perdi o controle agora pouco, mas não mais! Em minha mente a segurança de Sage me faz remoer de culpa, ao saber que alguém acaba de ter a cabeça explodida temo também por ele...

Ao que parece algum tipo de demônio esta lá dentro e é ele quem envia sobre os Titãs um grupo de jovens que agora são chamados de Tributos.

A sugestão de Batgirl sobre a entrada pela tubulação me parece a mais sensata. Eu falo pelo transmissor com a Caçadora e a Mulher-Gato chamando-as comigo.

-Meninas, vamos pelos túneis! Tenho certeza que a experiência em furtividade da Mulher-Gato poderá nos guiar por eles até o local onde iremos combater de fato.

Já estavamos chegando na tubulação quando recebi a informação de que Caçadora e Mulher-Gato seguiam por aqui, aviso sem hesitar para que elas se aproximem.

Agora estrariamos nos esgueirando até o olho do furacão, enquanto Dick e os Titãs iriam lutar contra um grupo de meta-humanos inexperiente e mal treinados, a equipe do Asa Noturna e Estrela Vermelha iriam estar dando suporte ao ataque da Vingadora e Morcego de Aço que praticamente sozinhos já estavam dando trabalho para os criminosos, eu não me preocupo com a segurança do Superboy ou demais integrantes do time!

Conforme somos guiados pela mais experiente de nosso grupo de batedores tento pensar como é curioso que talvez a ladina em minha frente seja mãe de Helena, mas nesse momento me concentro no que nasceu dos planos do demônio que convocaram.

Sigo confiante diretamente ao centro do ritual deles, com o objetivo de acabar com tudo de vez!

-Mulher-Gato, temos de pegar esse tal "ritualista" de surpresa ataque-o por trás! Caçadora, prepare sua besta e tente pega-lo pelo flanco esquerdo. Batgirl, use bumerangues pelo flanco direito... Vou chamar a atenção dele pela frente.

Com isso avanço passando e vou diretamente de frente com o tal Hellspont pondo ambas armas em chamas.

-Ei, grandalhão... Eu não sei de qual dos nove infernos você veio, mas por conta dessa dúvida estou preparando sua passagem de volta em pedaços para cada um deles!

E seja o que Deus quiser.

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2535
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Ricardo Sato em Dom Mar 16, 2014 2:54 pm

Superboy continuava relatando os horrores dentro daquele lugar e durante todo o tempo um mal pressentimento corria pelo corpo de Leonid.
Os tais tributos eram um perigo desconhecido e poderoso,mas em nada comparados com a ameaça emanada do tal hellspont,que como um clássico vilão senta e espera que seus servos se mostrem dignos.
Como ele próprio estava acostumado com utilizar-se de grandes energias era capaz de sentir a enorme força emanada pela criatura e no momento que começa o combate não tem mais tempo de pensar e se põe a ação.

Senhor milagre,vá discretamente tente localizar Questão,Voodoo e o tal bandoleiro,se eles precisarem de uma fuga não há ninguém melhor que você para ajudá-los.

Barda junte-se a Aço e Vingadora na frente de combate contra os tributos e se puder tente saber o porquê de aço estar vestido de morcego.

Superchoque e Soviete usem seu poder de fogo para impedir que os mafiosos mutados ou não interfiram no confronto e quando acabarem ajudem com os tributos.

Superboy e Moça maravilha venham atrás de mim,eu atravessarei o teto e tentarei segurar o tal Hellspont junto de Azrael,vocês não devem me ajudar,ao invés disso ataquem os tributos por trás para dividirmos suas forças e cercá-los.

Se eles lutam com estratégia,provavelmente deixaram os mais resistentes a frente protegendo os de maior poder de fogo na retaguarda,não podemos deixar que isso aconteça.

Não se preocupem com Asa noturna,ele saberá onde é mais necessário e se posicionará de acordo.

TITÃS UNIDOS!!!


Se não houvesse nenhuma objeção,Leonid colocaria o plano em ação,atravessaria o teto em sua forma energética caindo como um cometa com os dois pés no peito de Hellspont na intenção de jogá-lo para trás,e se prepararia para proteger os outros de seus ataques com sua capacidade de absorver e desviar energia.

Escolheu o planeta errado para sua invasão camarada,seres humanos nunca desistem.

_________________
"Bom e mal, eles se apegam as memórias porque é tudo que tem."
"Eu viverei com este fato!Não você!"
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1236
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Convidado em Seg Mar 17, 2014 2:20 pm

Tim permanecia diante do computador, ainda manipulando o teleporte da Liga.

- Acredito que Elektron ainda esteja no caso, não sei dizer... Eu estava tentando seguir essa linha, mas como disse, estou de mãos cheias. De qualquer modo, talvez uma investigação leve a outra, já que os vermes estavam ligados indiretamente aos roubos. Caso não obtenha respostas, vou aparar essa aresta de Donavan e ir atrás do Calculador...

- O que não deixaria de ser a cara do Luthor... O mais óbvio afastaria suspeitas imediatas. Quanto a Fausto, ele anunciou que estava corrigindo as coisas, ao seu modo... Mas é estranho, porque não entendo a necessidade da invasão, ainda mais no momento em que a liga se encontra. Teria sido mais inteligente aproximar-se e expor o problema, e não atacar o satélite e os membros da liga, ao mesmo tempo em que pedia para que deixasse ele em paz para levar Grundy. Meio contraditório... Mas fique tranquilo, salvo Grundy, não tive contato com magia.

- Não sei dizer... Mas você sabe como ele é, e o fato dele estar agindo por aí sem sua supervisão ou a de Asa Noturna, não é uma das ideias mais confortáveis.


- Obrigado, Batman. Estarei aqui sempre que precisar – Fechava a comunicação, e não deixava de exibir um pequeno sorriso com os elogios de Bruce.

Assim que preparava-se para sair, o alarme do computador soava. Com um toque no teclado, surgia a imagem da maca coberta de roupas, lixo e necrochorume. Tim cerra o olhar, encarando a imagem... Aquilo não era um bom sinal, de modo algum.

Ele aciona o botão de limpeza do laboratório, vendo o mesmo ser inundado por compostos químicos. Depois teria que livrar-se apenas de tecidos e de ferramentas o qual deveria limpar – Dr. Meia Noite, obrigado... Vou me dirigir até lá neste momento. Elektron também estava comigo em campo, e até o momento não tive notícias sobre ele... Tente contatá-lo, é provável que ele nos ajude e tenha mais respostas.

Apesar de não ter tido resposta da primeira vez, mais uma vez, tenta contatar Poderosa – Grundy se decompôs por completo, com uma rapidez incrível. Do estado de estagnação, para uma reação química radical. Temo que em breve teremos novos problemas com ele... – Dizia a líder da Liga, mas logo fechava a comunicação.

Tinha que focar-se em uma única linha de raciocínio, ou não passaria de um bombeiro apagando incêndios. Aciona o teleporte, ao mesmo tempo em que mandava o Redbird, em piloto automático, para o local.

O tempo urgia, e não havia tempo para ser formal e tentar contatar a amigável Amanda Walker antes de bater em sua porta. Não que pudesse ser amigável com Amanda... Poderia tentar fazer o meio campo com alguém, como Sasha ou algum contato que tivesse um melhor relacionamento com ela, mas no momento, precisava arriscar-se para obter pistas o quanto antes.

Justamente por isso, ele surgia no portão frontal da prisão. O teleporte fazia com que os guardar prontamente apontassem suas armas, mas Tim não regia, apenas os olhava, erguendo sua voz. O tom de voz era ligeiramente rouco, uma rouquidão treinada, para que sua voz divergisse da de Tim Drake, e causasse certa intimidação em seus inimigos, o mesmo artificio utilizado por Batman.

Na verdade, apesar da abordagem muito diferente da que Bruce normalmente teria, o modo de se portar lembraria muito o de seu mentor, pois o Robin Vermelho permanecia completamente envolto em sua capa, encarando os guardar como se nenhum deles fosse capaz de lhe fazer mal algum – Se acalmem. Estou aqui para ver Amanda Waller... Preciso contatar um dos prisioneiros. A segurança nacional depende disso. Levem-me até ela o mais rápido possível, ou quem quer que esteja a cargo desta instalação.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Jor-El em Seg Mar 17, 2014 8:35 pm

Eu sei o que Pennyworth quer que eu faça: que eu deixe as emoções fluírem. Eu sei que ele quer que eu o deixe entrar, mas eu fui treinado para ser um guerreiro, não um sentimental. É até bom, ter alguém que se preocupa comigo, mas eu não tenho tempo para sentimentalismo. Me limito a dar um sorriso maroto antes de me teleportar.
Vixen quer que eu traga mais poder de fogo e Oráculo confirma que vai enviar reforços. Ao chegar lá, eu sinto que vamos precisar. A equipe é um lixo. E o pior é que não sei o que vamos enfrentar. O pior é o cara de sunga. Acho que ele não tem nenhum poder e ainda por cima usa a fantasia mais ridícula da história. 
O gorila, pela observação que faz, parece ser o Sherlock Holmes do grupo. É óbvio que nem eu nem ele vamos poder nos infiltrar. Começo a falar sobre como vamos fazer:
-Vixen falou que não temos muito tempo. Então precisamos ser rápidos e precisos. Vou atrás de nocautear uns 3 ou 4 terroristas. Preciso de reforço aéreo. Vixen e Batwing vão ser essenciais nessa parte. Depois disso, se nosso aliado tiver chegado, ele vai junto. Se não, vão os que estão aqui. Vão entrar Vixen, Hotspot, Bwana e o que está vindo. Quero que Batwing fique de tocaia. Acredito que os equipamentos em sua máscara podem ser úteis para detectar algo suspeito. Se não tiverem nenhuma pergunta, vamos ao trabalho. Eu vou ficar do lado de fora com os outros, de olho caso algo aconteça e com um comunicador. Enviem um sinal pelo comunicador se algo der errado.
Silenciosamente começo a me movimentar pela selva africana. É diferente dos prédios de Gotham, mas tento me adaptar o mais rápido possível. Assim que encontrar alguns bandidos só preciso de alguns batarangues com veneno nas pontas. O veneno atordoa o suficiente para passarem até 6 horas desacordados, fora ter ação imediata. Enquanto isso, conto com o apoio de meus 2 novos aliados.

_________________
avatar
Jor-El

Número de Mensagens : 993
Idade : 26
Data de inscrição : 11/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sex Mar 21, 2014 2:53 pm

Arqueiro Verde, Canário Negro e Arqueiro Vermelho:

O trio havia levado um tempo até alcançar o Observatório, mas quando chegou lá encontrou Asa Noturna e os Titãs envolvidos em um combate surreal contra mafiosos, aliens e mutantes. Roy Harper se aproxima de seu amigo Dick Grayson e diz:

 Arrow A festinha é fechada ou tem lugar pra mais três?

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Pedro H. Oliveira em Sex Mar 21, 2014 11:12 pm

Atendo prontamente o pedido do Estrela e sigo com ele para dentro do observatório.

- Vamos nessa então! Não temos muito tempo para brincadeiras!

Entro no local poucos segundos depois de meu companheiro de equipe e sigo para cima dos chamados "Tributos". Eles parecem ser formidáveis e muito fortes, por esse motivo não posso dar bobeira, tenho que ir com tudo para cima deles e envia-los o mais longe possível dos demais. Felizmente, sou mais difícil de ser abatido e sei que tenho a Moça-Maravilha me dando cobertura.

_________________
avatar
Pedro H. Oliveira

Número de Mensagens : 844
Idade : 26
Data de inscrição : 25/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Guima em Dom Mar 23, 2014 8:51 pm

Ja te disseram que você é um porre? Não fui com sua cara desde aquela noite no Cassino. respondeu Sage ao monstro que estava em sua frente. Embora travestido de uma fera, Sage na hora descobriu de quem se tratava. Era o assessor do prefeito de Gotham. Um cara insuportavel que pelo jeito fazia tudo pra obter poder. Vic o encarou nos olhos e sentenciou.

Tudo bem cara. Vamos acabar logo com isso. Você se tornou uma pedra no meu sapato. Estou louco pra saber os efeitos da droga pandemonium em meu organismo.

O questão bestial ruge e salta pra cima do Fera Negro atacando com suas potentes garras. O pandemonium deixou Sage mais violento e impulsivo e ele pretendia gastar toda aquela furia no seu nemese que estava diante dele...

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2201
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Convidado em Seg Mar 24, 2014 4:41 pm

Ao que tudo indicava iriam seguir a ideia dela. Ok mas vamos nos lembrar que estamos em um helicóptero e eu não consigo guardar ele no bolso ou faze-lô fica invisível, só se a Mulher Maravilha me der uma ajuda, rs.

Como Cass estava no comando ela pousava o helicóptero na cobertura de um prédio próximo e logo saltava do mesmo, jogava uma corda na direção de outro prédio e seguia até o local onde poderiam entrar pelos tuneis.

Azrael tentava novamente se comunicar com os outros vigilantes, pedindo que todos agissem em conjunto. Cass realmente não acha que elas vão ouvir, já ficou claro as características de agirem cada um por si ali e pelos seus próprios interesses ali. E obviamente havia muita gente impulsiva ou emotiva. Azrael mesmo até pouco tempo estava vomitando o coração pela boca, se é que ele tinha algum.
Azrael chamava então a excursão dos vigilantes pela tubulação. E Cass deixava que Mulher Gato indicasse o melhor caminho, embora ela checasse se realmente era o mesmo, afinal não baixou o mapa do local a toa.

E se uma é mãe e outra é filha, e outro é pai e aquele é namorado, Cass realmente não quer saber, estava tão focada na missão que nem passou pela cabeça dela estudar os sentimentos do grupo naquele momento.

Azrael dava as coordenadas e Cass apenas arqueou a sobrancelha. “Quem te pôs no comando?”. Mas tudo bem não parecia um plano ruim, embora também não parecesse um plano, as mãos ágeis iam até a cintura e ela logo sacava dois bumerangues, fazia como a orientação de Azrael, e logo atirava os objetos do lado direito, mas o olhar recaiu em Hellspon, exatamente porque Cass tentava ler os movimentos dele, as reações, as emoções, saber o que ele iria fazer o que diabos ele tramava.

Porque nunca nada era fácil naquela cidade e nada era o que parecia. Então era melhor ficar atenta, não que não pudesse socar alguns capangas enquanto passava o tempo. Era sempre bom fazer o que você fazia de melhor...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sex Mar 28, 2014 1:11 am

Robin Vermelho:

 Arrow Dr. Meia Noite, obrigado... Vou me dirigir até lá neste momento. Elektron também estava comigo em campo, e até o momento não tive notícias sobre ele... Tente contatá-lo, é provável que ele nos ajude e tenha mais respostas.

 Arrow Certo! Eu o localizarei!

Em poucos minutos o teleporte levava Tim Drake ao encontro de Amanda Waller. Sua chegada ao portão frontal da prisão alarmou a guarda, porém, quando estes empunharam suas armas, o ex-garoto prodígio lhes comunicou sua intenção de acionar Amanda. Um dos soldados, o que parecia ter maior patente legou um telefone e em poucos minutos recebeu o parecer positivo. A entrada de Robin Vermelho havia sido autorizada e ele entrava cautelosamente no lugar, Um dos soldados o conduziu à sala que Amanda usaria para a reunião, ao vê-lo, ela diz:

 Arrow Estava perguntando quando vocês iriam finalmente dar as caras...



Ele observa que ela emagrecera consideravelmente desde a última vez que a viu e ela parecia estar receptiva a uma parceria. Ele comprova essa impressão quando ela diz:

 Arrow As coisas estão uma bagunça e pelo que estou vendo temos pouco tempo para agir. Se você está aqui, provavelmente tem alguma idéia do que está ocorrendo. Se ainda não tem, então é hora de começar a ter...

Ela se aproxima dele e diz:

 Arrow Que tal um acordo? Você me conta o seu que eu conto o meu...

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Convidado em Seg Mar 31, 2014 11:07 am


Nosso avanço havia sido até rápido. Minha prioridade era confirmar que Sage estava em segurança. Eu tinha colocado ele nessa loucura, e agora precisava tirar. Já tinha descoberto tudo que precisava descobrir e agora só me restava impedir esses idiotas de promover uma invasão de alienígenas. Mas, as últimas horas foram tão intensas que descarregar a tensão em cima desses idiotas é mais que uma obrigação. Enquanto avançava, observei a mulher ao meu lado: determinada e altiva, apesar de seus atos. Não sei como exatamente serão as coisas de agora em diante, mas meus conceitos, com certeza, serão revistos. Eu sempre soube que, pra ela continuar "trabalhando" por aí, ELE certamente dava uma brecha, mas nunca pensei que o acordo de ambos envolvia... hã... você sabe...

Antes que eu localize Sage, percebo a chegada de Azrael e Batgirl. Pela expressão de Selina, ela está tão disposta quanto eu quando os vê. A coisa toda se torna um circo quando começam a atacar o lugar, que agora é um combate supercolorido, como pouco acontece em Gotham. Aliens, humanos mutados, super heróis, todos lutando no observatório de Gotham. Mal escuto o que Azrael diz, tirando a parte de que deveríamos pegar o ritualista. Errado, cara, temos que tirar o Victor daqui! O cara mal me dá tempo de responder e eles já se posicionam. Quem esse cara pensa que é? Nem se ele fosse o Batman eu ia seguir seu plano às cegas. Não sei da Mulher-Gato, mas eu tenho outro plano.

Quando Azrael age, eu saio do esgoto com uma bomba de luz. Disparo uma saraivada de setas, na tentativa de me garantir um segundo ou dois de vantagem pra ir pro teto. No meio do caminho do arpéu, vejo uma luta bestial entre duas... "coisas" peludas e medonhas. Bom, enquanto eu não acho Victor...

... salto na direção de ambos, e preparo o bastão. - Dá licença, cachorrada, cês tão no meu caminho! E avanço contra os dois.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Convidado em Ter Abr 01, 2014 12:05 pm

Os passos eram apressados.

O ruído dos coturnos dos guardas ecoavam no metal dos corredores. Segurança máxima, obvio que teria metal em todos os lugares.

Os olhos, atentos, percorriam ao redor constantemente, ainda que de modo disfarçado. Era uma instalação onde estava sendo mantido prisioneiros importantes... Era uma informação valiosa saber o que havia por ali. Justamente por isso, através das lentes do capuz, tirava fotos do local, as enviando automaticamente ao computador do Ninho.

Finalmente, se via diante de Amanda... E a reação dela, de longe, não era a esperada.

Ao invés de confrontá-lo, Amanda oferecia ajuda... Propondo um acordo, para trocar informações.

Tim cerrava o olhar, ignorando, a princípio, as palavras da mulher... A olhava mais atentamente, procurando por mais detalhes. A perda de peso poderia indicar inúmeros fatores... Desde uma simples dieta, ainda que pouco crível, até alguém se passando por ela. A mente de Tim voava, e os olhos procuravam detalhes. Mas ele fazia aquilo apenas por alguns segundos, pois logo respondia, não dando tempo para que aquele breve intervalo a incomodasse.

- Espero estarmos no mesmo caminho então...– Ele dizia, naquele tom de voz rouco, treinado por seu mentor a exaustão, sem tirar os olhos brancos, devido as lentes do capuz, dos da mulher.

Não os desviava por um segundo sequer.

Em sua mente, ele se lembrava das viagens que fez em treinamento, associava a situação aos encantadores de serpente que ele viu na Índia.

Os homens encaravam cobras Naja, e essas mal se moviam, perdidas no movimento da flauta embebida em urina de rato...

Naquele momento, Amanda abria o cesto e tocava sua flauta, esperando que Tim seguisse seus movimentos.

Precisava ter cautela ao lidar com ela, ou seria manipulado e colocaria tudo a perder. Não confiava nela de modo algum – O que você tem até agora? – Ele dizia, fechando-se mais em sua capa. Acionava o gravador em seu cinto de utilidades. Se ela sabia da iminência da situação, não perderia tempo no joguinho “você primeiro”.

Amanda era inteligente demais para isso, dava trabalho até mesmo para Bruce lidar com aquela mulher.

Definitivamente, tinha que ter muito cuidado ali.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sex Abr 04, 2014 10:57 am

Robin:

Batwing e Vixen sobem para fornecer o apoio aéreo a Robin. Hotspot fica junto com Congorila no apoio terrestre e Fera Bwana se mantém mais próximo para o caso do garoto precisar. Em pouco tempo Damian se aproxima da redoma o suficiente para encontrar um dos membros do grupo Kobra, que displicentemente urinava na redoma. Ele parecia se divertir vendo o jato de urina bater no campo de força. Esse foi seu último pensamento antes do batrangue o derrubar. Fera Bwana rapidamente se aproximou e carregou o corpo. Ele estava quase saindo de vista quando dois soldados o viram. Mais uma vez Robin agiu e os pôs para dormir.
Haviam agora três roupas e em pouco tempo, Vixen, Hotspot e Fera Bwana estavam nelas.
Fera Bwana parecia se sentir bastante desconfortável nelas e expressou isso ao falar:

 Arrow Estas roupas são muito ruins! Tiram toda a liberdade de movimento, além de serem feias pra caramba!

Vixen então dirá:

 Arrow Certo, agora temos os uniformes. Falta o motivo para nos deixarem entrar.

Hotspot responde:

 Arrow E se nós levarmos algum prisioneiro? Isso sempre funciona!

Congorila diz:

 Arrow Posso ser o prisioneiro. Ou então o garoto. Assim vocês os obrigarão a abrir para nossa entrada. Se bem que, entre o moleque e eu, acho que imponho mais medo... Sem ofensas garoto.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Sex Abr 04, 2014 12:21 pm

Estrela Vermelha, Superboy, Moça-Maravilha, Sr milagre,Barda, Superchoque, Soviete supremo, Azrael, Batgirl, Vingadora, Morcego de Aço, Asa Noturna, Caçadora, Mulher-Gato, Arqueiro Verde, Arqueiro Vermelho, Canário Negro, Poderosa, Jade e Questão (Ufa...rs):

A batalha havia iniciado e ocorria não só no observatório e em sua entrada, mas também no interior de cada herói.
Vingadora e Morcego de Aço se mantiveram na linha de frente, mas receberam o reforço providencial de Barda, Superchoque, Soviete Supremo, Asa Noturna e os recém-chegados Canário Negro e os Arqueiros Verde e Vermelho. As ações coordenadas deles surtiam efeito na contenção do grupo, de forma a evitar fugas e coisas do tipo.
Atendendo à solicitação de Estrela Vermelha, Sr. Milagre se lançou à missão furtiva de invadir o local, encontrar o Questão, Voodoo e Bandoleiro e tirá-los de lá.
Estrela Vermelha, Superboy e Moça-Maravilha assumem a ofensiva peso-pesada e se lançam em velocidade e força contra o centro de toda a história. O teto do observatório se parte frente o impacto da invasão dos três e o plano é posto em ação: Estrela Vermelha acerta Helspont que estava prestes a abrir a bíblia do crime para iniciar a cerimônia de abertura dos portais. O livro cai no chão enquanto o vilão é arremessado para o lado contrário. Atordoado pelo golpe, ele se levanta dizendo:

 Arrow Então você é o que se sacrificará primeiro? Pois, morra. Você está me tomando um tempo valioso.

Ele então dispara um raio potente na direção de Estrela VErmelha, que absorve a energia, mas é arremessado pra trás com o impacto. Ele olha para o herói e diz:

 Arrow Interessante.

E se lança numa corrida na direção de Estrela Vermelha, tencionando acertá-lo em cheio.

***************************

Superboy intercepta o gigante dourado com o machado. Em outra vida aquele poderia ter sido um adorável bebê russo, mas agora era uma arma de destruição alien-mafiosa e parecia disposto a se provar. Conner sente que o corpo da criatura é duro como um denso metal e que isso, combinado a sua força, seria um problema. A criatura tenta acertá-lo com seu machado e em duas ocasiões o acerta de raspão, deixando um fio leve de sangue. Seja qual for aquele material, era forte o suficiente para ferí-lo se ele não se cuidasse. Como se as coisas já não estivessem complicadas o bastante, outro gigante portando machado se aproximou e se juntou ao atacante de Conner. Este não tinha a mesma pele de metal, mas parecia mais agil que outro. Superboy agora estava numa luta entre machados e gigantes.

A seu lado, Moça-Maravilha enfrentava a mulher com o capuz de piloto e também parecia bastante envolvida no combate.

****************************

Azrael e Batgirl estavam a caminho da entrada subterrânea quando Caçadora e Mulher-Gato se uniram a eles. O grupo seguiu em segurança até a saída, que dava para a sala de calefação do prédio. Em poucos minutos estavam chegando ao salão principal, onde o combate se encontrava acirrado. Quando preparavam pra executar o ataque recomendado por Azrael, Estrela Vermelha e seus companheiros chegam ao local e iniciam seus combates.
Caçadora aproveita para disparar uma bomba de luz na direção do grupo de mafiosos e tributos que ainda não havia se envolvido no combate e salta para o alto.

O tributo com a pele alva saca sua espada e investe contra Azrael. O primeiro golpe dele é bloqueado instintivamente pelo anjo da morte, mas os demais golpes dão trabalho ao justiceiro, mostrando que o tributo era bem treinado e pretendia usar tudo que aprendera.

Batgirl estava com os batrangues na mão quando houve a invasão e sua primeira reação foi tentar se situar naquele combate. Ela tentava observar e fazer a leitura corporal de Helspont, mas notou a necessidade de adiar estes planos quando a tributo vestida de azul começou a disparar lâminas nela. Uma destas se cravou em seu braço gerando uma dor aguda, mas o treinamento de Cassandra também era pesado e ela conseguiu se desviar dos demais arremessos de forma quase sobrehumana. No entanto, esse fora apenas o primeiro round. A tributo agora disparava enquanto corria na direção de Batgirl. Ela queria sangue e aparentemente iria fazer seu melhor para obtê-lo.

Mulher-Gato se lançou atrás de Caçadora, mas não conseguiu alcançá-la, pois, o grupo de chefes das famílias mafiosas começaram a disparar contra Helena. Para evitar que sua filha fosse atingida, Selina se lançou ao ataque dos mafiosos.

***********************

Sage se lança a uma luta feroz contra o assessor. Eles se mordem e se atacam com golpes brutais. Os estragos são grandes, mas nenhum dos dois homens parece se importar com o que está havendo. Eles se confrontam como duas forças da natureza que estavam destinadas àquilo e só parariam com a extinção de um deles.

***********************

O arpéu ergue Helena o suficiente para que ela possa ver uma curiosa luta entre peludos transformados.



Ela percebe que terá que passar por eles para chegar à sala onde Sage deve estar, pois nota dois demonitas guardando uma sala mais ao fundo. Apesar da luta à frente os dois aliens não abandonam seu posto, se mantendo atentos para se lançarem a quem tentar invadir o lugar.

********************

Poderosa e Jade atravessam o portal na hora que o grupo que protege a parte de fora do lugar recebe reforços de alguns dos tributos. Uma com aparência que lembra uma freira profana surge disparando raios e já acerta Poderosa, recebendo o reforço de uma jovem agil e com poderes congelantes, que atinge o peito da heroína com um jato congelante.
Jade se prepara para atacar quando é surpreendida pelo fogo cerrado de um jovem com roupas que lembram um mosquiteiro e pelo tributo com uma pedra na testa, que havia matado um dos mafiosos mais cedo.

Os outros dois tributos restantes estavam no interior do prédio tentando localizar Sr. Milagre, que havia passado rapidamente por eles e desaparecido no meio da confusão.

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Ricardo Sato em Sex Abr 04, 2014 1:01 pm

Estrela sente o impacto mas enquanto é arremessado não deixa de agradecer que na raiva Hellspont havia mirado nele e não em alguém de corpo mais frágil,esse pensamento somado ao fato do monstro ter sentido seu golpe fazem seu rosto mostrar um pequeno sorriso.
Assim que se recupera ele nota a criatura vindo em sua direção de forma furiosa e decide apressar as coisas.
Ainda no chão Leonid dispara com ambas as mãos uma pequena rajada no solo atrás de si,porém o objetivo não é destruir mas sim impulsiona-lo para frente de forma repentina.
Interceptando o vilão inesperadamente no meio do caminho Estrela o chutaria com os dois pés no estômago e ao fazer isso numa manobra aérea giraria seu corpo no ar em uma cambalhota,assim arremessando Hellspont contra a parede onde ele próprio havia batido usando tanto a sua força quanto a da investida do demonita.
Se desse certo ele deslizaria por alguns metros na direção contrária e então ao parar dispararia contra o ser ainda caído uma rajada tão forte quanto a do próprio Hellspont e se prepararia para continuar o combate atento ao inimigo.


Me sacrificar monstro,NIET,não obrigado,e se não queria perder tempo não deveria ter vindo tentar dominar esta dimensão eu também tinha planos diferentes pra hoje a noite camarada.

Pessoal será que alguém poderia dar um jeito de sumir com aquele maldito livro DA,estou com as mãos um pouco ocupadas aqui e aquilo parece importante...


Estrela não podia subestimar seu inimigo,mas cabia a ele impedir que Hellspont interferisse com outros combates e acabasse ferindo seus colegas,assim ele seria um escudo impedindo os ataques da criatura e enfraquecendo suas defesas para um golpe final,dele ou de qualquer outro herói presente.

_________________
"Bom e mal, eles se apegam as memórias porque é tudo que tem."
"Eu viverei com este fato!Não você!"
avatar
Ricardo Sato

Número de Mensagens : 1236
Idade : 33
Data de inscrição : 06/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Jor-El em Sex Abr 04, 2014 11:14 pm

Foi muito fácil achar um alvo. O imbecil ficava brincando com a própria urina. Em uma zona de guerra, uma distração dessas pode ser a diferença entre a vida e a morte. Ele teve sorte de que jurei não decepar mais ninguém. Após fazer meu trabalho escuto as reclamações de Fera Bwana e, já sem paciência, respondo com uma leve acidez:
-Eu acho que roupas ridículas não serão problemas para um homem adulto que desfila por aí de sunga e sem camisa. 
Hotspot fez uma excelente observação: o motivo para entrarmos. No entanto, o macaco gigante se oferece e ainda critica o quão intimidante eu sou. Respondo a ambos:
-Excelente plano, Hotspot. Gorila gigante, eu já derrotei um lobisomen sem dar um soco. Você já fez isso? Se duvida, pergunte ao Asa Noturna. Fora isso, lá dentro deve ter algum sistema e acredito que quebrar tudo não seja a solução para o problema. Se for, temos poder de fogo o suficiente. Mais uma coisa, Batman e Robin todos sabem quem são. Deus, até o Aquaman as pessoas sabem quem é. Vão achar que você é apenas mais uma vítima de crueldade contra  os animais. Isso pode atrasar e muito nosso plano.
Em seguida, pego um batarangue e começo a fazer rasgos na minha roupa, para começarem a acreditar que lutei. Estrago um pouco a capa e o R fica bem desgastado. Entrego meu cinto de utilidades para Vixen e digo: 
-Fique com isso. É preciso que seja plausível. Eu ficar com todo um arsenal pode levantar suspeitas. Agora, vamos para a minha parte favorita.


Última edição por Jor-El em Dom Abr 06, 2014 10:35 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Jor-El

Número de Mensagens : 993
Idade : 26
Data de inscrição : 11/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Gláucio "Speedy" Gonzales em Sab Abr 05, 2014 10:29 pm


É uma noite triste...

Daquelas que você sente que a morte esta rondando ao seu lado. Isso e uma série de desentendimentos de equipe.

Mesmo tentando evitar de influenciar as decisões dos outros eu não consegui evitar de dar ordens!

O Sistema na minha cabeça já traça a melhor forma de enfrentar o adversário. Eu observo o ritualista chamado Hellspot em seu modo de andar, falar e até de ler e sei como ele se defende ou como ele luta.

Sei qual o melhor modo de cooperarmos para isso funcionar e instintivamente sai de minha boca o que as meninas deveriam fazer... A Caçadora e Batgirl não tentam esconder o descontentamento de me ver dando ordens, eu sinceramente não tenho mais tempo para as vaidades delas. Não tenho mais tempo para a minha!

Cassandra apesar de não gostar de voltar para os tempos em que eu era seu instrutor como vigilante adere ao meu plano, a Caçadora porém já foge em meio a confusão com uma bomba creio que feita de magnésio e foge para longe.

Sobre minha cabeça dois heróis extremamente poderosos avançam me dando cobertura, enquanto Estrela Vermelha avança sobre o líder do ritual o Superboy tenta atacar os tributos pelas costas porém não consegue pegar todos de surpresa.  

Pelo contrário, não só ele esta agora engalfinhando-se com o grandalhão de pele dourada e machado como agora os outros também estão cientes de que estamos aqui. Ao meu ver nossos adversários são muito bem treinados, tanto é que nesse empasse um jovem espadachim branco como o giz avança com sua espada sobre mim.

Consigo me manter na defensiva, porém toda sequência de ataques desenfreada termina sempre com um contra-ataque equivalente!

Eu só agora me dei conta de que ainda não sei bem até onde essas espadas e essa armadura que roubei de Wayne são capazes de chegar.

Pior para ele...!

A vestimenta que estou usando por si só amplia a força e velocidade de uma pessoa aos níveis de um Azrael, exatamente o que já sou... Não sei se ela me dá algum benefício maior, mas me sinto muito bem com ela!

As espadas se acendem em minhas mãos como velas de devotos em uma igreja, as lâminas parecem me implorar para beber do sangue e provar da carne de meus inimigos. Eu quase posso ouvir o grito do metal como que me pedisse para ferir!

Eu estive no inferno antes disso tudo, era um anjo caído antes mesmo de estar lá! Nessa hora eu não tenho escolha se não mergulhar na programação, quem quer que seja meu adversário eu sei que eles são todos iguais à mim... Esses tributos são forjados para a guerra!

Sinto como se fossem almas irmãs, sendo apenas instrumentos nas mãos de pessoas poderosas. Crianças ainda jovens e inexperientes que meramente estão protegendo sua família dentro do propósito para que foram criados.

Minha mente divaga ao notar que preciso de certa perícia e esforço pessoal para conter o avanço do meu adversário e com isso sinto como se estivesse perdendo o foco e quase deixando Jean-Paul controlar a situação.
 
Isso muda conforme as lâminas minha e dele geram pequenas faíscas de se batem, nessa hora percebo que não tenho tempo para melancolia. Minha das profundezas da escuridão eu imploro pela misericórdia de Azrael!

Busco dentro da alma o Anjo da Morte, é ele quem guia meus braços adestrados para a guerra. As lâminas escrevem minha história nessa batalha, eu sigo o fluxo das leis divinas enquanto ataco com uma das armas e miro para ir retalhando coxas e bíceps com a outra conforme ele vai bloqueando um dos ataques, uso sempre dois ataques seguidos tentando atingi-lo.  

A força do adversário do Superboy é impressionante e eu não sei o quanto é a do meu próprio, porém provavelmente ele não deve ser invulnerável aos ferimentos das espadas do Hades! Eu tento gerar o máximo de estrago e avanço, cortando e retalhando também os outros que tentam sair pela porta.

Tentando cercar meu inimigo e o unir aos seus próprios aliados, tentando dar cobertura ao kriptoniano ao mesmo tempo que chuto para tentar fazer com que se ter torne um obstáculo para os outros tributos o meu adversário albino...

Com sorte eles vão tropeçar uns nos outros, ou pelo menos se forem organizados como equipe terão de assumir uma outra postura que preste atenção em mim e no Superboy.

Não me sinto a vontade para dar qualquer instrução para a Batgirl ou tentar me comunicar com o herói Titã, não creio que eles precisem que eu lhes diga que nesse momento temos de impedir os Tributos de sair do lugar! Eles tem de ser parados aqui e agora!

Só me dou conta do risco que corre quem se esta se afastando do grupo muito tardiamente, são muitos inimigos! A Caçadora e Mulher-Gato estão ficando bem longe. Sou pego de surpresa pela impulsividade dela, tento avançar, cortando e derrubando todos Tributos que eu puder atordoar para abrir caminho até elas...

Em meio a batalha vejo mafiosos se preparando para atirar e sei que u não serei rápido ou forte o bastante para salvar Selina!

-Superboy! Rápido, a Mulher-Gato...!

Falo isso e tenho abrir caminho para que o garoto alcance a máfia, enquanto tento me alinhar com o avanço da Batgirl e formar uma dupla contra não só os Tributos que avançaram contra nós como também todos os outros juntos!

Com isso corto tudo que eu posso e chuto e dou rasteiras em quem eu puder, não importa quantos ferimentos eu sofra no processo, apenas para tentar bloquear o avanço dos Tributos sobre o Estrela Vermelha e conto com a Batgirl para fazer o mesmo.

Tento distribuir golpes no máximo de tributos que eu puder, com socos, chutes, cortes, cotoveladas e rasteiras. Tento chamar toda a atenção deles para mim e torço para que a Batgirl encurrale sua adversária para cima dos outros para juntos podermos vencer todos eles...

Pois na função do Azrael repousa a misericórdia!

_________________
avatar
Gláucio "Speedy" Gonzales

Número de Mensagens : 2535
Idade : 36
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.gonzalismoveloz.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Pedro H. Oliveira em Qua Abr 09, 2014 1:14 pm

Se a situação dentro do observatório já não estava boa quando invadimos, agora a situação ficou bem mais complicada para mim. Os dois gigantes que estou enfrentando possuem forças completamente opostas umas as outras. Enquanto o primeiro é resistente e forte porém lento, o segundo é mais rápido e não possui muita força, e os machados que ambos possuem não ajudam muito a minha situação.

Eles vem para cima de mim com todo poder que possuem e o que posso fazer a principio é desviar e garantir que não morra... pelo menos não por agora! Ao contrario dos dois, que possuem apenas uma "qualidade", eu sou aquele que possui as duas e preciso usar isso como vantagem para derrota-los.

Me mantenho na defensiva até estar numa posição próxima dos dois ao mesmo tempo, quando tal fato acontecer, irei esperar o ataque do mais forte, agarrar seu machado e joga-lo contra o mais veloz. Caso consiga, a força que um se chocara com o outro será grande o suficiente para pelo menos atordoar um deles. E quando um deles cair, parto para cima do outro com tudo que tenho (usarei golpes rápidos e contínuos contra o mais forte ou ficarei no contra-ataque usando força total contra o mais veloz).

Caso esse plano não funcione, terei que alternar entre ataques velozes contra o mais forte e mais poderosos e precisos contra o mais veloz.

_________________
avatar
Pedro H. Oliveira

Número de Mensagens : 844
Idade : 26
Data de inscrição : 25/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Leo Rocha em Qua Abr 09, 2014 8:26 pm

Robin Vermelho:

Amanda olha para o herói com uma expressão curiosa e diz:

 Arrow Vocês são realmente muito iguais... Espero que ele não os obrigue a decorar nenhuma cartilha quando os adota.

Ela fala com naturalidade e, em seguida diz:

 Arrow Fique tranquilo, a sala é segura. E eu não tenho o menor interesse em suas identidades. Se quisesse alguma coisa com elas, vocês já saberiam.

Ela então se senta e aponta a cadeira pra em frente para que ele se sente. Em seguida diz:

 Arrow Bom, nenhum de nós tem tempo sobrando, então podemos ser diretos. Eu nunca vi uma bagunça tão grande quanto agora e isso inclui a forma doida como vocês mascarados tem agido! Desde o surto do Superman, as coisas parecem ir ladeira abaixo. A situação na Coréia do Norte está insustentável com aquele imprestável matando todo mundo que ele acha que está envolvido em traição contra ele. Parece que realmente há indícios de produção de metahumanos no país, mas não tenho como conseguir mais provas no momento. Eu perdi uma equipe do Esquadrão Suicida que havia sido designada para atuar lá. Parece que alguém deu ordens acima das minhas e conseguiu um jeito de libertá-los das travas eletrônicas que eles deveriam usar. Minhas últimas informações foram referentes a uma invasão deles a essa fábrica de metas, mas depois disso não obtive mais informes.

Ela entrega a ele um dossiê com os nomes e fotos dos membros da última versão do Esquadrão Suicida. Em seguida diz:

 Arrow Esses são os integrantes. Se ainda estiverem vivos.

E continua:

 Arrow O que está havendo em Gotham? Tive informações sobre um confronto lá. Algo que eu deva me preocupar?

Ela pergunta encarando Tim, mas com naturalidade. Como se devolvesse a olhada estudada a ele. Ao ouvir o que ele tem a dizer, ela dirá:

 Arrow Sei que vocês não gostam de receber ajuda por lá, mas se isso ameaçar esse país ou mesmo o mundo, terei que me meter. Então façam o que fazem melhor. Que tal me dizer o que você descobriu agora?

_________________
avatar
Leo Rocha

Número de Mensagens : 4076
Idade : 38
Data de inscrição : 14/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Guima em Qui Abr 10, 2014 7:10 pm

Sage rugia a cada golpe dado e gania a cada golpe recebido. A cada ataque ele se entregava mais ainda a sua fera interior... Aquela era uma experiência unica para o Questão, uma vez que ele sempre usava a razão para solucionar as coisas. Ceder aos impulsos mais instintivos era algo muito prazeroso. Cada minuto que passava Vic Sage desaparecia, apenas um impulso bestial ia tomando conta de sua mente... um impulso cada vez mais dificil de controlar...


Num rugido alto, Vic salta pra cima do assessor com as garras em riste. Ele agarra os ombros de seu oponente em pleno ar cravando suas garras bem fundo na carne. Com o impulso do seu corpo ele gira sobre o seu inimigo e o arremessa contra a parede com uma força tremenda... o suficiente para quebrar a parede ou os ossos do assessor.


Súbito ele vê a Caçadora alcançando o local onde eles se digladiavam... porem sua mente dominada pelo frenesi bestial fez com que ele rugisse pra ela para que ela saísse dali... Saia daqui... é perigoso para você... e-eu não sei se posso me controlar...

_________________
avatar
Guima

Número de Mensagens : 2201
Idade : 32
Data de inscrição : 12/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.remistico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum